CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sábado, 30 de abril de 2011

Frio chega ao Acre nesta segunda-feira com ventos de até 40 km/h: Já na quarta-feira,04, o clima volta ao normal com o aparecimento do sol, e consequentemente dando início a período seco do ano.

Friagem vem do Pólo Sul, atravessa os países andinos e chegará no Acre nesta segunda-feira/Foto:Ilustração
Friagem vem do Pólo Sul, atravessa os países andinos e chegará no Acre nesta segunda-feira/Foto:Ilustração

Os acreanos enfrentarão a primeira friagem deste ano já na madrugada deste domingo, 01, para segunda-feira, 02, segundo informou neste sábado à Agência ContilNet o meteorologista David Friale.

Segundo ele, uma forte massa de ar frio vinda do Pólo Sul cruzará o Chile, a Argentina, o Paraguai e a Bolívia, e chegará ao Brasil pelo Acre.

Depois de marcar 33 graus no termômetro em vários pontos de Rio Branco, o clima fica chuvoso durante todo dia de domingo, 01, em todo o estado, apresentando inclusive riscos de fortes temporais com relâmpagos e queda de granizo. 

De acordo com Friale,o frio não será intenso, e a temperatura vai variar entre 15 e 18 graus no período da noite, e 22 a 25 no período do dia.

Porém, os ventos durante toda segunda e terça-feira, serão intensos, podendo destelhar casas e derrubar galhos de árvores nos pontos mais altos da cidade de Rio Branco.

As rajadas de ventos serão ininterruptas e superiores a 40 quilômetros por hora.

Já na quarta-feira,04, o clima volta ao normal com o aparecimento do sol, e consequentemente dando início a período seco do ano.

“O forte calor registrado já neste sábado, a chuva deste domingo e a friagem que teremos em seguida, precede a chegada do verão”, explicou Friale.

Durante a segunda quinzena de maio poderá haver uma nova friagem, deste vez mais intensa.




Tião Viana abre seminário dos marceneiros e garante compras governamentais para o setor

governador_encontro_com_marceneiros_sergio_vale_223.jpg

Emprego e salário são as duas palavras de ordem do governo Tião Viana. O setor de madeira e móveis é  que mais gera renda depois da construção civil, apesar de enfrentar algumas dificuldades para crescer. Cumprindo uma das promessas de campanha e com o compromisso de ajudar o desenvolvimento das marcenarias e movelarias, o governador reuniu mais de 400 trabalhadores da indústria de madeira e móveis de todas as regionais acreanas no auditório do Hospital das Clínicas nesta sexta-feira, 29.

Eles discutiram um programa para o setor moveleiro, incluindo questões como o licenciamento dos empreendimentos, acesso à madeira e compras governamentais. A falta de regularização de alguns empreendimentos dificulta o acesso à madeira legalizada. "E esse processo de regularização para o licenciamento, além de muito burocrático e complexo, envolve órgãos das esferas municipais, estaduais e federais, por isso se torna ainda mais complicado", explicou George Dobré, presidente do Sindicato da Indústria de Móveis do Estado do Acre (Sindmóveis).

"Eu lembro o tempo em que queriam derrubar a floresta para plantar soja e abrir pasto. Vejam quantos empregos são gerados numa fazenda ou numa plantação de soja. Com certeza são bem menos do que os postos de trabalho que podem ser criados mantendo as árvores em pé. A floresta pode nos dar muitas riquezas, desde que sejamos conscientes e saibamos utilizar os recursos. Emprego e salário é o que eu peço para vocês, e vocês são um setor forte, mas precisam de uma ajuda. É o que estamos fazendo aqui", disse o governador.


leia mais AQUI

Movimento popular menos impostos mais energia foi um sucesso no Juruá


movimento_impostos.jpg

A revolta da população com os preços abusivos da conta luz e a má qualidade da energia elétrica fornecida pela Eletrobrás, fez com que o movimento se tornasse a grande oportunidade do consumidor expressar sua insatisfação com os impostos cobrados pelo Governo.
O enceramento da campanha no vale do Juruá, aconteceu na quinta-feira (28) com mais de 3.500 assinaturas. A coordenadora do movimento popular, a jornalista Eliane Sinhansique, esteve em Cruzeiro do Sul, acompanhada do jornalista Francisco Rocha que coordenou o movimento na região do Juruá junto com Valdenísio Martins, presidente local do Sinteac. 
Na manhã de quinta-feira durante o enceramento da campanha, centenas de pessoas compareceram ao centro de Cruzeiro do Sul para registrar a assinatura no abaixo assinado. Muitos consumidores de baixa renda que vivem na zona rural da cidade apresentaram  conta de luz de ate R$ 600,00. Para eles é inadmissível que um agricultor que tem apenas uma Televisão e uma Geladeira em casa, continue pagando uma conta de luz tão cara.
O objetivo do movimento popular é conseguir a redução do ICMS, imposto cobrado pelo Governo do Estado, que chega a 33,33% a mais na tarifa de energia elétrica.
Eliane Sinhansique disse que a população do Vale do Juruá está de parabéns pelo sucesso da campanha. O movimento popular que se estendeu em todo o estado, termina neste final de semana com as coletas de assinaturas. A idéia é que na próxima semana o projeto de lei já esteja pronto para ser apresentado na Assembléia Legislativa.

Mega Show hoje em Tarauacá: Banda Boca Mel (RB), Caro John (TK) e Dj Tiago Albuquerque (TK)

Banda Boca Mel de Rio Branco

Acontece hoje em Tarauacá um Grande Show Musical em comemoração ao Dia do Trabalhador, promovido pela Prefeitura e Governo do Estado e com apoio do Deputado Moisés Diniz.
NO palco montado na Praça Tarauacá se apresentarão Coral da Igreja Católica, Banda Caro John, Banda Boca Mel e Dj Tiago Albuquerque.

Banda Caro John (Tarauacá)


Dj Tiago Albuquerque de Tarauacá

Acre é o 3º estado que mais cresce no país, aponta IBGE

Populaca3004

O Acre está em terceiro lugar entre os estados brasileiros que mais cresceram na última década. O primeiro e segundo lugares ficaram com outros dois estados da região Norte: Amapá e Roraima respectivamente. Este último apresentou a maior taxa geométrica de crescimento ( 2,09%).

Os dados foram divulgados ontem pelo IBGE e são os primeiros resultados definitivos do Censo 2010 do 12º recenseamento geral do Brasil e que constam na sinopse do Censo Demográfico 2010. A população total do Estado é de 733.559 habitantes. Em 2000, este número era de 557.226 habitantes. Residem somente em Rio Branco 336.038 pessoas, que representam 45,8% do total da população do Estado. A população urbana do Acre predomina com 72,6%.

A coleta de dados no Acre para compor o Censo 2010 foi realizada em 893 setores censitários, de forma presencial. Destes, 512 setores são da área urbana. A região Norte apresenta o maior índice de população vivendo na zona rural (73,5%). Mas em todo  país é verificado um número cada vez menor de moradores nestas áreas em relação às pesquisas anteriores, ao mesmo tempo em que se observa crescimento populacional nas cidades.
A população do Acre, que apresentou a terceira maior taxa de crescimento do país, representa 4,6% do total da região Norte. Apesar disto, a densidade demográfica da região é a mais baixa do Brasil, sendo a do Acre de 4,12 habitantes por Km². O Estado está à frente apenas do Amazonas e Roraima.

Melhor desempenho no índice de alfabetização 
O Acre ainda está em primeiro lugar entre os estados da região com maior índice de analfabetismo entre pessoas acima de 15 anos. Em contrapartida, nos últimos 10 anos foi o que apresentou melhor desempenho no número de pessoas alfabetizadas, ficando em média 8 pontos percentuais acima dos índices da região Norte e entre 5 e 6 pontos percentuais acima da média brasileira. Em 2000, o índice de pessoas acima de 15 anos alfabetizadas era de 75,51%. Em 2010, a taxa subiu para 83,5%.

População jovem
O número de pessoas (homens e mulheres) entre 10 e 14 anos representa 12% do número de habitantes do Estado. Entre 15 e 19 anos este índice é de 10,5%, entre 20 e 24 anos, 9,6% e entre 25 a 29 anos, 9,1%. Apesar do envelhecimento da população de toda a região Norte desde o censo de 2000, ainda há predominância do número de crianças, segundo a pesquisa devido “aos altos níveis de fecundidade do passado”.


Também é observado que no país ainda há mais mulheres que homens. A relação se dá de 96,0 homens para cada 100 mulheres, tendo como excedente de 3.941.819 mulheres em relação ao número de homens. A região Norte segue tendência contrária sendo a única a apresentar número maior de homens: 101,8 para cada 100 mulheres. No Acre eles totalizam 368.324 (50,2%), enquanto as mulheres somam 365.235 (49,8%).

Luz, renda e esgoto
O número de domicílios com energia elétrica também aumentou no Estado. Eles representam 93,2% das moradias no Acre tanto de distribuidoras oficiais como de outras fontes. Os que estão ligadas à rede de esgotos representam apenas 24,4% do total de domicílios. Em 2000 este índice era de 21%. Os que possuem fossas sépticas representam 12,1% há 10 anos. O mesmo número é mantido no censo 2010. O rendimento per capita representa ganho de meio a um salário mínimo em sua maioria, ou seja, em 25,5% dos domicílios e em 24,1% a renda domicilitar per capita é de um quarto a meio salário mínimo. Sete por cento da população informou não ter renda alguma e apenas 2,9% disse ter renda acima de 5 salários mínimos.

IBGE divulgará novos dados do Censo 2010 nos próximos meses
Nos próximos meses, o IBGE divulgará novos dados do Censo de 2010 sobre a estrutura territorial do país, a malha dos setores censitários e novas informações sociais, econômicas, demográficas e domiciliares referentes aos dados do universo, conforme pode ser conferido no calendário de divulgações na página da instituição na internet (www.ibge.gov.br).  (G.P.)

com informação de agazetadoacre.com

BB divulga resultado final das provas objetivas de concurso público

bb_resultado
Instituição ofertou salários de R$ 1.280,10, mais gratificações, por jornada semanal de 30h.
O Banco do Brasil, através da Fundação Carlos Chagas, divulgou nesta sexta-feira (29) o resultado final do concurso público para formação de cadastro de reserva do cargo de escriturário. O certame foi realizado em 10 Estados.
A prova objetiva foi aplicada no dia 20 de março. O salário ofertado é de R$ 1.280,10, mais gratificação semestral de 25% sobre o vencimento básico. Os convocados também receberão participação nos lucros do banco.
Esse resultado é referente ao concurso aplicado nos Estados do Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Norte e Sergipe.
Clique aqui e confira o resultado.
oriobranco.net



sexta-feira, 29 de abril de 2011

Censo 2010: população do Brasil é de 190.732.694 pessoas



Após cerca de quatro meses de trabalho de coleta e supervisão, durante os quais trabalharam 230 mil pessoas, sendo 191 mil recenseadores, o resultado do Censo 2010 indica 190.732.694 pessoas para a população brasileira em 1º de agosto, data de referência. Em comparação com o Censo 2000, ocorreu um aumento de 20.933.524 pessoas. Esse número demonstra que o crescimento da população brasileira no período foi de 12,3%, inferior ao observado na década anterior (15,6% entre 1991 e 2000). O Censo 2010 mostra também que a população é mais urbanizada que há 10 anos: em 2000, 81% dos brasileiros viviam em áreas urbanas, agora são 84%.
A região Sudeste segue sendo a região mais populosa do Brasil, com 80.353.724 pessoas. Entre 2000 e 2010, perderam participação as regiões Sudeste (de 42,8% para 42,1%), Nordeste (de 28,2% para 27,8%) e Sul (de 14,8% para 14,4%). Por outro lado, aumentaram seus percentuais de população brasileira as regiões Norte (de 7,6% para 8,3%) e Centro-Oeste (de 6,9% para 7,4%).
Entre as unidades da federação, São Paulo lidera com 41.252.160 pessoas. Por outro lado, Roraima é o estado menos populoso, com 451.227 pessoas. Houve mudanças no ranking dos maiores municípios do país, com Brasília (de 6º para 4º) e Manaus (de 9º para 7º) ganhando posições. Por outro lado, Belo Horizonte (de 4º para 6º), Curitiba (de 7º para 8º) e Recife (8º para 9º) perderam posições.
Os resultados mostram que existem 95,9 homens para cada 100 mulheres, ou seja existem mais 3,9 milhões de mulheres a mais que homens no Brasil. Em 2000, para cada 100 mulheres, havia 96,9 homens. A população brasileira é composta por 97.342.162 mulheres e 93.390.532 homens.
Entre os municípios, o que tinha maior percentual de homens era Balbinos (SP). Já o que tinha maior percentual de mulheres era Santos (SP). O Censo 2010 apurou ainda que existiam 23.760 brasileiros com mais de 100 anos. Bahia é a unidade da federação a contar com mais brasileiros centenários (3.525), São Paulo (3.146) e Minas Gerais (2.597)
O Censo Demográfico compreendeu um levantamento exaustivo de todos os domicílios do país. Foram visitados 67,6 milhões de domicílios e ao menos um morador forneceu informações sobre todos os moradores de cada residência. A partir do dia 4 de novembro, o IBGE realizou um trabalho de supervisão e controle de qualidade de todo material coletado, em conjunto com as Comissões Censitárias Estaduais (CCE) e das Comissões Municipais de Geografia e Estatística (CMGE,) em todas as 27 Unidades da Federação e nos municípios brasileiros. As comissões funcionaram como um canal de comunicação entre o IBGE e a sociedade e participaram de todo o processo de realização do Censo.
Do total dos 67,6 milhões de domicílios recenseados, os moradores foram entrevistados em 56,5 milhões de domicílios. Foram classificados como fechados 901 mil domicílios, em que não foi possível realizar as entrevistas presenciais, mas havia evidências de que existiam moradores. Nesses casos, o IBGE utilizou uma metodologia para estimar o número de pessoas residentes nesses domicílios fechados. Esta é uma prática já adotada por institutos oficiais de estatísticas internacionais de países como Estados Unidos, Canadá, Austrália, México e Nova Zelândia, igualmente já utilizada na Contagem de 2007 realizada pelo IBGE. A metodologia consiste em atribuir a cada domicílio fechado o número de moradores de outro domicílio, que havia sido inicialmente considerado fechado e depois foi recenseado. A escolha foi aleatória, levando em conta a unidade da federação, o tamanho da população do município e a situação urbana ou rural.
O Censo Demográfico encontrou ainda 6,1 milhões domicílios vagos,ou seja, aqueles que não tinham morador na data de referência, mesmo que, posteriormente, durante o período da coleta, tivessem sido ocupados. Casas colocadas à venda (ou de aluguel) e abandonadas são exemplos de domicílios vagos. Os domicílios de uso ocasional, que somaram 3,9 milhões, são aqueles que servem ocasionalmente de moradia, usados para descanso de fins de semana, férias ou outro fim. Já o número de domicílios coletivos (hotéis, pensões, presídios, quartéis, postos militares, asilos, orfanatos, conventos, alojamento de trabalhadores, etc) foi de 110mil. Em 2000, do total de 54,2 milhões de domicílios, 45 milhões eram ocupados, 528 mil fechados, 6 milhões vagos e 2,7 milhões de uso ocasional.
Iniciado em 1º de agosto de 2010, os 191 mil recenseadores percorreram os 5.565 municípios brasileiros e as entrevistas implicaram no recenseamento da população por meio de três métodos: entrevista presencial, questionário pela Internet e, por fim, a estimação do número de moradores em domicílios fechados.
Em suma, o Censo Demográfico 2010 consiste na visita exaustiva de todos os domicílios e entrevistas. O IBGE agradece aos participantes das Comissões Censitárias Estaduais (CCE) e das Comissões Municipais de Geografia e Estatística (CMGE) e à população pelas informações prestadas. O IBGE espera que os dados coletados sirvam de base para o planejamento público e privado, em favor da melhoria das condições de vida da sociedade brasileira.
leia mais no Site do IBGE

LIDERANÇA EM EQUIPE: Assista esse vídeo incrível!


Registro: Aniversário da amiga Lucita




Moisés Diniz toma posse na Academia Acreana de Letras

NOVA ERA FM - AO VIVO

Músicos de Tarauacá vão fundar cooperativa


Aconteceu na última quarta feira uma importante reunião entre os músicos de Tarauacá, representantes do Sebrae - Acre, equipe do Governo do Estado e representantes dos Músicos do Acre, para uma importante discussão sobre a fundação de uma Cooperativa da Categoria. Em breve acontecerá uma grande assembléia com todos os músicos para oficializar a criação da entidade.









Projeto Bombeiro Mirim de Tarauacá vai preparar estudantes para o convívio social


O Corpo de Bombeiros lançou hoje (28.04.2011) no município de Tarauacá o Projeto Bombeiro Mirim, que tem como missão contribuir para a melhoria da população de nossa cidade, proporcionando condições favoráveis que auxiliem na formação integral das crianças, pré-adolescentes e adolescentes de famílias em estado de vulnerabilidade social.

O evento contou com a participação de Vereadores, Policia Militar, Comando Geral do Corpo de Bombeiros do Acre (Interior), professores, pais e os alunos.
Eles terão atividades envolvendo educação física, futebol e piscina, e participam de aulas onde recebem noções básicas de combate a incêndios, primeiros socorros, salvamento em altura, terrestre e náutico, civismo e cidadania, respeito aos símbolos nacionais, educação no trânsito, prevenção ao uso de drogas, informática, higiene pessoal e educação ambiental. Suas atividades escolares também são acompanhadas pelos instrutores. 


Para fazer parte do projeto, o aluno tem que ter entre 12 e 14 anos, ser oriundo de escola pública, ter sido aprovado no ano anterior e ter bom comportamento na escola e nas atividades do projeto. Para permanecer no projeto tem que obter boas notas e não se envolver em atos ou práticas ilícitas ou desabonadoras.
Depois da solenidade de lançamento do projeto os novos bombeiros mirins tomaram o tradicional banho de mangueira em frente ao CEDUP.


 
O tenente-coronel Rodrigues, que representou o comandante-geral dos Bombeiros, coronel Pires, lembrou que o projeto foi uma iniciativa pioneira do comandante do 4º Batalhão, major Moisés, ideia logo abraçada pelo coronel Pires e que neste ano recebeu o aval do governador Tião Viana, que decidiu investir R$ 250 mil na ampliação do projeto.


blog do Eurico Paz

Governo vai oferecer 8 milhões de vagas em cursos de educação profissional


Brasília – O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), lançado hoje (28) pela presidenta Dilma Rousseff, tem como meta oferecer 8 milhões de vagas, até 2014, na educação profissional para estudantes do ensino médio e trabalhadores que necessitam de qualificação. O programa prevê a ampliação das redes federal e estaduais de educação profissional, pagamento de bolsa formação para trabalhadores e estudantes, aumento das vagas gratuitas em cursos do Sistema S e a extensão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para cursos técnicos.
As vagas serão oferecidas por instituições públicas e privadas e pelo Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac), em cursos presenciais e à distância. Promessa de campanha da presidenta, o programa foi pensado inicialmente como ferramenta para melhorar o ensino médio, ampliando a formação do aluno, em cursos profissionalizantes integrados ao ensino regular. Mas a iniciativa vai incluir também trabalhadores interessados em qualificação profissional.
Trabalhadores reincidentes no seguro-desemprego serão recrutados para participar de cursos profissionalizantes em instituições públicas ou do Sistema S. Eles serão orientados sobre o tipo de curso e a área em que podem se capacitar. Após a matrícula, a frequência do aluno será controlada e ele só receberá o seguro-desemprego se comparecer às aulas.
Já os alunos do ensino médio que quiserem combinar a escola com cursos profissionalizantes receberão uma bolsa formação caso não consigam uma vaga em instituição pública. O valor da bolsa vai variar de acordo com o curso escolhido. Os beneficiários serão definidos pelos sistemas estaduais de ensino e estudarão essencialmente em escolas do Sistema S. De acordo com o ministro da Educação, Fernando Haddad, serão ofertadas 3,5 milhões de bolsas formação nos próximos quatro anos.
O Pronatec também pretende atingir os beneficiários do Bolsa Família, que vão ser selecionados pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para cursos de formação em diferentes níveis, a partir da oferta disponível em cada município. Os cursos poderão ser voltados à alfabetização de adultos ou ao aperfeiçoamento profissional.
O projeto de lei que cria o Pronatec será encaminhado ao Congresso Nacional com pedido para tramitar em regime de urgência.


Dilma quer construir 120 escolas técnicas federais


Para atingir a meta de criar 8 milhões de vagas na educação profissional até o fim do mandato, a presidenta Dilma Rousseff prevê a construção de mais 120 escolas de educação profissional e tecnológica. A meta foi divulgada hoje (28), no lançamento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
A presidenta Dilma Roussef ainda vai inaugurar 81 escolas que começaram a ser construídas ainda no governo anterior, de Luiz Inácio Lula da Silva. Somadas às 214 inauguradas pelo ex-presidente e às 140 que funcionavam antes de 2002, a previsão é que a rede seja ampliada para 600 unidades escolares administradas pelos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Quando a expansão for concluída,a rede federal atenderá a 600 mil estudantes.
Promessa de campanha de Dilma, o Pronatec vai ofertar vagas gratuitas em instituições públicas e privadas, incluindo as do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac), a estudantes e trabalhadores interessados em qualificação profissional. O programa prevê, além da ampliação da rede federal, pagamento de bolsa formação para trabalhadores e estudantes, aumento das vagas gratuitas em cursos do Sistema S e a extensão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para cursos técnicos.
Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil
Edição: Vinicius Doria

Governo oferece descontos para pagamento de dívidas do ICMS

edvaoldo-mag-foto_sergio_vale_6_001

O governador Tião Viana lançou nesta quarta-feira, 27, no auditório da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) o programa de descontos e parcelamentos do ICMS. Pelo menos 3,5 mil contribuintes podem ser beneficiados com descontos de até 95% para o pagamento de dívidas.
A intenção é garantir que os contribuintes possam ser regularizar, pagando as dívidas com descontos e em até 120 parcelas. “Estamos estendendo as mãos para os contribuintes que estão inadimplentes, com descontos e prazos para parcelamento de dívidas”, explicou o governador Tião Viana.
Durante a apresentação do programa, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços, Ciência e Tecnologia, Edvaldo Magalhães, lembrou que o programa foi criado em conjunto com os contribuintes de todo Estado.
“A pedido do governador Tião Viana realizamos várias reuniões com contribuintes da Capital e do interior. Agora estamos colocando em prática tudo que discutimos, com esse programa que traz muitos benefícios e vai impulsionar a economia do nosso Estado”, disse.
Para dívidas até 2009 o contribuinte que desejar pagar em parcela única terá um desconto de 95% das multas e 80% dos juros. Quem optar pelo parcelamento de até 60 parcelas terá 80% de desconto das multas e 60% dos juros. Para parcelamentos de 61 a 120 parcelas, os descontos são de 65% das multas e 50% dos juros.
Já as dívidas de 2010, os descontos para multas e juros variam entre 10% a 95% com as dívidas em até 60 meses.
“Nós estamos estudando novos incentivos para os contribuintes. A intenção do Governo é aquecer o setor, garantindo melhorias para os comerciantes. Por isso, estamos convocando todos os contribuintes que estão inadimplentes para aderir ao programa”, lembrou o secretário de Fazenda, Mâncio Lima Cordeiro.
agazeta.net

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Em carta, alunos do Projovem Trabalhador de Tarauacá desabafam: "Não estamos aprendendo nada"



Caro Sr. Irailton Lima (diretor presidente do Instituto Dom Moacyr).

Primeiramente cumprimentamos a vossa senhoria com o nosso saudoso e sincero boa noite.

Admiramos o seu trabalho em relação aos cursos profissionalizantes que a sua Instituição exerce. Temos informações através da internet que o nível de capacitação em Cruzeiro do Sul e em outros lugares é muito alto, mas infelizmente aqui em Tarauacá os fatos não acontecem dessa forma.

Não sabemos se é de seu conhecimento, mas os cursos profissionalizantes do programa Projovem Trabalhador, oferecido pelos governos municipal, estadual e federal, em parceria com o Instituto Dom Moacyr, com todo respeito, está sendo um fracasso.

Quando fomos convidados á participar desse projeto, fomos informados que receberíamos material de acompanhamento, que estudaríamos em um laboratório equipado, que cursaríamos um período de 6 (seis) meses de aula e nos prometeram que esse programa seria de grande importância para a nossa capacitação. No entanto, os fatos que estão ocorrendo na realidade é muito diferente do que esperávamos. Não recebemos o material (com exceção da aulas de qualificação social), no ínicio do curso éramos obrigados a aceitar uma péssima estrutura, pois os computadores nem sempre prestavam, tínhamos que nos deslocar de escola em escola em busca de um laboratório apropriado e se não bastasse, muitas vezes era preciso dividirmos um computador para 3 (três) pessoas. Em relação ao tempo de curso programado, não chegamos á estudar 4 (quatro) meses. As aulas seram finalizadas dia 29 (vinte e nove) de abril, ou seja, todos os dias que perdemos ou deixamos de estudar por causa da má estrutura desse programa foram contados como aula e não foram repostas.

Com toda sinceridade, sentimos em informar que o nível do nosso aprendizado foi muito baixo.

Somos educandos na área de web design e reconhecemos que o nosso professor faz o possível para nos ensinar, mas como já mencionamos, não estamos em boas situações. Portanto, todo o esforço do Instituto Dom Moacyr de capacitar e preparar jovens para o mercado de trabalho aqui em Tarauacá será praticamente em vão.

Receberemos um certificado que comprovará a nosssa profissionalização para atuarmos em uma função, mas infelizmente, na prática esse certificado não nos servirá para quase nada. Esses são apenas alguns dos problemas que acontecem no Projovem Trabalhador aqui em Tarauacá.              

Não sabemos se é de sua responsabilidade, mas queremos saber se a bolsa de $100,00 (cem reais) mensais que receberíamos no decorrer das aulas era apenas uma farsa, pois a maioria dos educandos nunca receberam nenhum centavo desse dinheiro.

Não temos ninguém para esclarecer as nossas dúvidas, não sabemos á quem pedir informações, é por esse motivo que nós, alunos do projovem trabalhador estamos nos comunicando com o senhor para pedir que nos dê uma posição de como vai ficar essa situação.

Pedimos desculpa por informar tantas notícias desagradáveis, temos certeza que o senhor não tem conhecimento de todos esses problemas, por isso se é realmente de seu interesse o nosso aprendizado, será de grande importância que alguém do Instituto Dom Moacyr entre em contato conosco.

Agradecemos pela sua atenção.


Atenciosamente: alunos do Projovem Trabalhador de Tarauacá

Dia da Familia na escola Plácido de Castro


PM APREENDE 169,17G DE COCAÍNA EM FEIJÓ: Duas jovens de 17 anos de idade foram buscar a droga em Tarauacá


Após uma ligação anônima, informando que as agentes M.P.S. e C.J.S.S. ambas com 17 anos e moradoras do bairro Bela Vista, estariam indo para Tarauacá no ônibus da Real Norte às 07:00h da manhã buscar drogas e que as mesmas retornariam as 10:00h chegando em Feijó por volta das 11:00h.

De posse dessas informações a guarnição de serviço, seguiu para o local onde o ônibus deixa os passageiros aguardando sua chegada. Logo que o ônibus parou às duas jovens foram abordadas pelo 2º Tenente PM Augusto que pediu licença para que  pudesse revistar a mochila da adolescente M.P.S. a mesma não resistiu e entregou a mochila ao SD PM César Matos, que fez a revista e encontrou 169,17 gramas de entorpecente. Já com a segunda acusa nada foi encontrado, porem testemunhas afirmaram que as mesmas estavam juntas, com isso as duas envolvidas foram conduzidas a Delegacia Geral de Feijó.

O entorpecente apreendido foi entregue na Delegacia de Policia Civil para que sejam tomadas as providencias cabíveis.


Venho parabenizar a PM de Feijó não só pelo belo trabalho que vem sendo feito no combate as Drogas, mais também pela agilidade em que vem atendendo as ocorrências, o que é fundamental para o sucesso das mesmas.


fonte: http://www.feijonline.net/2011/04/pm-apreende-16917g-de-cocaina-em-feijo.html


Hildebrando volta ao tribunal do júri nesta segunda-feira


De volta ao banco dos réus na próxima segunda, 2, o ex-deputado federal Hildebrando Pascoal será julgado pelos crimes de sequestro e cárcere privado cometidos contra Clerisnar Alves - esposa de José Hugo, que assassinou Itamar Pascoal em 1996.

Este é o último processo contra o coronel aposentado da PM no Acre. De acordo com o juiz Leandro Leri Gross, a previsão é de que o julgamento termine no mesmo dia, tendo em vista que o processo a que Pascoal e mais cinco réus vão responder na próxima segunda tem poucos volumes.

Porém, essa previsão inicial pode ser mudada caso o ex-deputado decida fazer a autodefesa, como já ocorreu em julgamentos anteriores. A audiência está prevista para as 7h30, na Vara do Júri do Fórum Barão do Rio Branco.

fonte: pagina20

Frigorifico em Cruzeiro do Sul assina acordo de não comercializar carne ilegal


O frigorífico Frigonorte, instalado em Cruzeiro do Sul, assinou nesta quarta-feira, 27, um acordo judicial proposto pelo Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e Ministério Público do Trabalho, se comprometendo a não comprar carne bovina de áreas embargadas em razão de desmatamento ilegal ou de exploração de trabalho escravo.

 O Frigonorte é o segundo frigorífico a assinar o acordo. A JBS, maior empresa também se comprometendo com as mesmas cláusulas do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que foi proposto antes de a ação civil ser ajuizada, mas que não teve a adesão de nenhum dos 14 frigoríficos citados.


 Para a Procuradora de Justiça Patrícia Rêgo, que esteve em Cruzeiro do Sul, a decisão das duas empresas mostra que os demais estabelecimentos também tem condições de cumprir o TAC, proposto em março.
 Com o acordo assinado, a partir de agora, a JBS e o Frigonorte estão isentos do pagamento de multa, mas caso o acordo seja descumprido deverão pagar R$ 500 por quilo de carne comercializado irregularmente. (Ascom MPE)

Projeto Bombeiro Mirim de Tarauacá: Solenidade de abertura da primeira edição acontece hoje


SER BOMBEIRO MIRIM É APRENDER A SER CIDADÃO - O 7º Batalhão de Educação, Proteção e Combate a IncênDio Florestal da Regional Tarauacá - Envira realiza hoje a Solenidade de Abertura da Primeira Edição do Projeto Bombeiro Mirim de Tarauacá. O evento avento acontece hoje às 9 horas no Auditório do Centro de Educação Permanente - CEDUP.



O “Projeto Bombeiro Mirim” como um instrumento social atuando, especialmente, com foco na promoção da qualidade de vida, prevenção da criminalidade e da violência, através de um conjunto estruturado de políticas públicas voltadas pata a inclusão social, integração e mobilização comunitária. Esse conjunto de ações tem como eixos principais a defesa da vida, o respeito à cidadania e a garantia dos direitos fundamentais da criança e do adolescente.

SEIKY: Mais uma loja será inaugurada em Tarauacá


De propriedade da jovem empresária Mirna Borges, mais uma loja de confecções e acessórios do vestuário será inaugurada em Tarauacá. 

Trata-se da Loja SEIKY, com exclusividade das marcas CAVENDISH, CARLOS MIELE, BASE, EQQUS, CAOS, LUZ DA LUA E JORGE BISCHOFF. 

A inauguração acontecerá sexta-feira dia 29 de Abril às 10:00 horas, na Rua Dr. Sansão Gomes, 205 no térreo do Hotel Estrela.

A proprietária Mirna conta com sua presença. 

Fone: 3462-2669



Hoje é dia da SOGRA


Você já pensou em dar um presente, mandar flores ou simplesmente dar um abraço e os parabéns à sua sogra?

O relacionamento com ela não está tão bem? Então o Dia da Sogra é uma excelente oportunidade para demonstrar grandiosidade de espírito e dar o primeiro passo na busca da reconciliação. Afinal, ela é a mãe de seu cônjuge e avó de seus filhos.

O bom relacionamento nora, sogra e filho-marido, ou, genro, sogra e filha-esposa, é muito importante. Vale a pena. E a felicidade, com a bênção de Deus, fará de todos pessoas que contribuem para bem desempenhar o papel que lhes foi reservado na existência

Moisés Diniz toma posse hoje como Membro da academia Acreana de Letras


Na comemoração do Dia Internacional da Educação, a Academia Acreana de Letras (AAL) empossa cinco novos membros em cerimônia que acontece nesta quinta-feira, 28, às 20 horas, no Teatro Plácido de Castro. A solenidade contará com a exposição do renomado artista plástico Rodolfo Bader Filho. O evento conta com o apoio do governo do Estado, através da Fundação de Cultura Elias Mansour.

Moisés Diniz Lima - Neto de nordestinos de Riacho do Sangue, no Ceará, e índios ashaninkas, das margens do Rio Amônia, em Cruzeiro do Sul. Moisés Diniz é oriundo da Congregação dos Irmãos Maristas, onde professou os votos temporários de pobreza, castidade e obediência. É formado em Pedagogia pela Ufac. Aprendiz da luta na cidade acreana de Tarauacá, ajudou a organizar os sindicatos de trabalhadores urbanos e extrativistas, organizações comunitárias, juvenis, indígenas, de cultura e de mulheres. Vereador, vice-prefeito de Tarauacá e agora no segundo mandato de deputado estadual, sente-se mais para a poesia que é “nossa alma. herdada dos tempos imemoriais quando o homem ainda não havia se tornado lobo do semelhante”. A política, a seu ver, é a ferramenta necessária para vencer os lobos e lutar pela felicidade humana.

convite_.jpg

Além de Moisés Diniz, Glória Perez, Francisco Gregório Filho, Edson Ferreira de Carvalho e Margarete Edul Prado Souza Lopes são os novos imortais da Academia Acreana de Letras, composta de 40 cadeiras, cada uma delas sob patronato, nos seus 74 anos de existência.

Os novos membros ocuparão as cadeiras de Geraldo Mesquita (10), Luiz Cláudio Castro e Costa (17), Francisco de Oliveira Conde (23), Fernando de Castela (25) e Josué Fernandes (32). Para o presidente da Academia Acreana de Letras, professor Clodomir Monteiro, o evento é de suma importância tanto para a entidade como para a sociedade acreana.

“É um momento ímpar para a Academia, por inovar e recompor seu quadro com esses novos membros. Além disso, celebramos a oportunidade de manter viva a chama do conhecimento e da tradição nesses 74 anos de existência da entidade”, disse.

Com informações da Agência de Notícias do Acre



Governo lança edição 2011 do Prêmio de Gestão Escolar


  O Prêmio Gestão Escolar 2011 foi lançado na manhã desta quarta-feira, 27, no auditório da Secretaria de Estado de Educação, pelo secretário de Educação, Daniel Zen (Foto: Eunice Caetano) 
  
Começou a disputa pelo maior prêmio da educação acreana. O Prêmio Gestão Escolar 2011 foi lançado na manhã desta quarta-feira, 27, no auditório da Secretaria de Estado de Educação, pelo secretário de Educação, Daniel Zen. O evento contou com a presença de gestores escolares, estudantes e coordenadores dos núcleos de Educação.

O Prêmio Gestão visa exercitar a cultura de autoavaliação de gestão escolar e disseminação das experiências de referência educacional que estimulem o desenvolvimento e a aprendizagem do aluno. Escolas da rede pública de ensino que desenvolveram projetos em 2010 podem concorrer ao prêmio. As inscrições vão até o dia 17 de junho.
 

Para Daniel Zen, o maior patrimônio do concurso não é sua premiação, mas o fato de a escola poder fazer uma reflexão geral de como ela vem trabalhando. 


Para massificar o evento em todas as regiões do Estado, a SEE tem apostado na divulgação e orientação referente à elaboração dos projetos. Equipes formadas por técnicos da Secretaria vão visitar os municípios para realizarem apresentações aos gestores das escolas municipais e estaduais. A ideia é que cada vez mais aumente o número de escolas do interior participando do evento.

Acre já  classificou duas escolas entre as finalistas nacionais
 

O Prêmio Nacional de Referência em Gestão Escolar do Acre teve como base a experiência e bons resultados alcançados pelas escolas participantes do Prêmio Nacional. Em 2005, o governo instituiu, através da Lei n. 1.650, o prêmio, com o objetivo de estimular a melhoria tanto da gestão escolar quanto do ensino nas escolas públicas do Acre.
 

Duas escolas acreanas já ficaram entre as seis melhores do país. A última foi em 2009, com a escola Luiza Batista, no Conjunto Esperança. Antes, a Duque de Caxias também figurou entre as melhores do Brasil. No ano passado, a Escola de Ensino Fundamental Francisco Salgado Filho, de Rio Branco, venceu o prêmio por ter apresentado um projeto consistente, no qual prevaleciam temáticas relacionadas à leitura, escrita e família.  
 

Prêmio é um dos maiores pagos no Brasil
 

Quando for conhecida no mês de agosto, a escola campeã, que representará o Acre na edição nacional, não levará apenas um troféu personalizado e um abono salarial de 20% no mês posterior a todos os seus funcionários, mas também um cheque no valor de R$ 10 mil para serem aplicados nas iniciativas bem sucedidas que a instituição desenvolve. Este é o maior prêmio pago em edições estaduais no país.
 

Para as classificadas em segundo e terceiro lugares, o prêmio é de R$ 7.500 e R$ 5 mil, respectivamente. Todos os recursos serão para o desenvolvimento de projetos educativos.

Fonte: Agência de Notícias do Acre