CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sábado, 30 de abril de 2011

Tião Viana abre seminário dos marceneiros e garante compras governamentais para o setor

governador_encontro_com_marceneiros_sergio_vale_223.jpg

Emprego e salário são as duas palavras de ordem do governo Tião Viana. O setor de madeira e móveis é  que mais gera renda depois da construção civil, apesar de enfrentar algumas dificuldades para crescer. Cumprindo uma das promessas de campanha e com o compromisso de ajudar o desenvolvimento das marcenarias e movelarias, o governador reuniu mais de 400 trabalhadores da indústria de madeira e móveis de todas as regionais acreanas no auditório do Hospital das Clínicas nesta sexta-feira, 29.

Eles discutiram um programa para o setor moveleiro, incluindo questões como o licenciamento dos empreendimentos, acesso à madeira e compras governamentais. A falta de regularização de alguns empreendimentos dificulta o acesso à madeira legalizada. "E esse processo de regularização para o licenciamento, além de muito burocrático e complexo, envolve órgãos das esferas municipais, estaduais e federais, por isso se torna ainda mais complicado", explicou George Dobré, presidente do Sindicato da Indústria de Móveis do Estado do Acre (Sindmóveis).

"Eu lembro o tempo em que queriam derrubar a floresta para plantar soja e abrir pasto. Vejam quantos empregos são gerados numa fazenda ou numa plantação de soja. Com certeza são bem menos do que os postos de trabalho que podem ser criados mantendo as árvores em pé. A floresta pode nos dar muitas riquezas, desde que sejamos conscientes e saibamos utilizar os recursos. Emprego e salário é o que eu peço para vocês, e vocês são um setor forte, mas precisam de uma ajuda. É o que estamos fazendo aqui", disse o governador.


leia mais AQUI

Nenhum comentário: