CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 30 de junho de 2021

REDE DE EDUCAÇÃO ESTADUAL: AULAS DA ZONA RURAL INICIAM NA PRÓXIMA SEGUNDA FEIRA (5)

Na próxima Segunda-feira, 05 de julho, marca o início do ano letivo da rede estadual de ensino 2020/2021 na zona rural do município de Tarauacá. A Secretária Estadual de Educação por meio do Núcleo de Tarauacá vem planejanto a melhor forma de oferecer todo suporte necessário para que as atividades seja, desenvolvidas de forma eficiente.


Na tarde da última segunda-feira (28), a Equipe da Educação no Campo promoveu um encontro com professores rurais para tratar sobre o início das aulas, processo de formações e apresentação do programa 'Caminhos da Educação no Campo'. O encontro ocorreu no auditório do Sinteac e teve como objetivo situar os professores sobre o Programa, tirar duvidas, disponibilizar o material do nivelamento/Plano de curso entre outros.

Assessoria Nucleo
Tarauacá


Aulas presencias devem voltar dia 8 de setembro no Acre


As aulas presenciais no Acre devem voltar no 2º semestre, com previsão de início para 8 de setembro. Será de forma gradual, diz a Secretaria de Estado da Educação – se o cenário pandêmico for favorável.

Atualmente, parte do Acre já evoluiu para a bandeira verde mas a maioria dos municípios segue na bandeira amarela de risco da Covid-19.

“A SEE está trabalhando para sanar todas as questões relacionadas ao retorno das atividades escolares presenciais e vem orientando as equipes gestoras para um retorno seguro”, diz a SEE, segundo a Agência de Notícias do Acre.

“Dentro do nosso planejamento, na distribuição dos dias, estamos trabalhando para atender e cumprir o requisito mínimo, que são 800 horas anual dentro do contexto da pandemia”, ressaltou a diretora de Ensino, Denise dos Santos.

AC24HORAS.

Prefeita de Tarauacá se reúne com o governador Gladson para tratar de investimentos para o município


A prefeita de Tarauacá, Maria Lucinéia, se reuniu na tarde desta terça-feira (29), em Rio Branco, com o governador Gladson Cameli, onde tratou de recursos para investimentos no município.

Maria Lucinéia estava acompanhada do deputado federal Jesus Sérgio e do presidente da Funtac, Tom Sérgio, e destacou na reunião com o governador a importância dos recursos do Governo para obras de infraestrutura na cidade.

“Temos recebido apoio do Governo do Acre para obras importantes como a aberturas dos ramais, e o nosso objetivo é que o governador possa ajudar cada vez mais o nosso município, pois assim estará beneficiando a nossa população. E não temos medido esforços para buscar o melhor para Tarauacá”, afirmou a prefeita Maria Lucinéia.

(ASSESSORIA)

FEIJÓ: Prefeito reúne vereadores para dialogar sobre o futuro pós-Covid-19 e reafirma parceria

O prefeito Kiefer Cavalcante reuniu-se nesta segunda-feira, 28, com vereadores para dialogar sobre os projetos que serão enviados pelo Executivo à Câmara Municipal. A agenda serviu para demonstrar que é possível construir um futuro melhor, deixando um legado positivo para a cidade, mesmo com as severas consequências econômicas e sociais impostas pela pandemia da Covid-19, foi a principal intenção da reunião, disse o chefe do executivo feijoense.


A reunião ocorreu no gabinete do prefeito, com a presença dos vereadores: Berlândia Souza (Presidente), Ronaldo, Dra. Cléo, Cabeludo, Prof. Vanda, Charles, Mirla, Décio, Zé Maria, Tiago, Leildo e Terezinha. Acompanharam a agenda o secretário municipal de administração, Wisley Monteiro, a secretária municipal de educação, Professora Vinete Leitão, o secretário municipal adjunto de educação, Professor Valdemir Tavares e o Secretário Municipal de Saúde, Eronildo Oliveira.

“A união do Legislativo com o Executivo neste momento difícil que estamos vivendo pode ser uma oportunidade de aprovar projetos que façam mudanças estruturais, provocando mudanças positivas para sempre em nossa querida Feijó” disse animado Kiefer Cavalcante.

Durante a agenda, o prefeito e os secretários municipais explicaram sobre os projetos que serão implementados no segundo semestre de 2021.

Eronildo Oliveira da Saúde, apresentou aos parlamentares que no segundo semestre a partir de julho a balsa funcionará para atender a população, será implementado o plano de melhoria de atendimento das unidades de saúde do município. O prefeito Kiefer afirmou que busca recursos para viabilizar a implantação do Centrim para garantir melhor condições aos autistas feijoenses e suas famílias. A prof. Vinete da Educação, disse que o município vem realizando a contratação de cuidadores, visto que nos últimos anos cresceu os alunos com algum tipo de necessidade especial, que exige cuidados durante as aulas na rede de ensino municipal. Wisley Monteiro da administração, lembrou que na última semana esteve no parlamento e dialogou sobre o processo seletivo da assistência social.

Kiefer afirma que os novos projetos, que serão enviados à Câmara nas próximas semanas, buscam readequar o planejamento da gestão municipal e reforçou para os vereadores uma série de investimentos que serão mantidos independentes da crise financeira – obras de saneamento, pavimentação de vias, cultura, ação social, entre outras. Iniciativas que são levadas adiante com recursos específicos, e que fazem parte das ações do atual governo que projetam uma cidade mais segura, mais bonita, com melhor infraestrutura e com menos burocracia para atrair novos investimentos após a crise provocada pela pandemia.

Os vereadores também trouxeram uma série de reivindicações para o chefe do executivo, visando melhorias para o município de Feijó, que as recebeu e disse que dará os encaminhamentos para resolve-las dentro das possibilidades da administração municipal.

"Quero agradecer aos vereadores pela parceria, por nos ouvir, nos ajudar a achar soluções e construir uma Feijó melhor para todos, obrigado!" finalizou o prefeito.


(ASSESSORIA)

Conheça a borboleta que lembra a imagem de Nossa Senhora


Uma espécie de borboleta está gerando curiosidade em quem as vê e causando emoção entre devotos de Nossa Senhora Aparecida. Isso porquê, o animal, que parece uma obra da natureza tem desenhos que se assemelham a imagem da santa muito popular no Brasil.

A borboleta que lembra a imagem de Nossa Senhora recebe o nome popular de olho-de-pavão-diurno — Foto: Foto: Mayara Cristina / Arte: Edison Garcia/EPTV


A Junonia evarete ou Olho-de-pavão-diurno, como é conhecida popularmente, é uma espécie de borboletas da família Nymphalidae que habita regiões tropicais e sub-tropicais como partes da América do Norte, do Sul e Central — não é à toa que o animal está encantando brasileiros.

A beleza de suas asas não é o principal atrativo neste animal, o detalhe que mais intriga quem as vê é a forma triangular azul que se assemelha ao manto da virgem Maria, a padroeira do Brasil.

A Junonia evarete faz parte de um grupo de espécies muito parecidas que inclui também as Junonia Genoveva, além de muitas outras. São borboletas muito similares e de difícil identificação. — Foto: Norton Santos/Arquivo Pessoal

A bióloga Aline Vieira, que faz mestrado em ecologia na Unicamp, com foco nas borboletas, explica que esses insetos chegam a medir até seis centímetros de envergadura, sendo os machos menores e mais coloridos.

Os machos são menores e em geral possuem uma coloração azul bastante marcada na região dorsal das asas posteriores. Já nas fêmeas, esse azul é muito pálido ou ausente. O azul presente nos machos é muito importante para chamar atenção das fêmeas, já que elas escolhem o parceiro para se reproduzir com base na intensidade dessa cor – explica a bióloga

Em 2017, um vídeo de uma borboleta Olho-de-pavão-diurno pousando sobre a bota de uma pessoa. Ela batia lentamente as asas e à medida que a câmera se aproximava, a forma triangular com um manto azul e enfeites na borda inferior evidenciavam o desenho muito parecido a imagem da padroeira.


Na época, a gravação viralizou nas redes sociais e deixou internautas encantados, enquanto alguns ficaram intrigados achando se tratar de uma manipulação de imagem. No entanto, o animal é real e apenas os machos desta espécie possuem o tom azulado no centro para chamar a atenção das fêmeas.

Fontes: G1 / Bons Fluídos

ONU adverte que há um tipo diferente de ‘pandemia’ chegando ao mundo


Um estudo de milhares de anos de história mostra que a seca não é uma crise nova. Às vezes, os seres humanos superam essa crise, mas muitas vezes não conseguem.

Um olhar sombrio para o futuro nos diz que não vimos nada ainda, com uma mistura de climas mutantes, práticas inadequadas de gerenciamento de água e densidades populacionais crescentes que prometem uma ‘ pandemia ‘ de secas catastróficas.

O Relatório Especial da ONU sobre a Seca 2021 detalha os riscos que enfrentaremos nos próximos anos como resultado da redução das chuvas em pontos-chave ao redor do mundo, explorando as causas da seca e a variedade de medidas que todos nós tomamos para lidar com a escassez de água.

O fato de o aquecimento global estar redistribuindo nossa água já é uma realidade sombria com a qual muitos ao redor do mundo são forçados a lidar.

“Com a mudança climática induzida pelo homem , a frequência e a severidade da seca já aumentaram em algumas – muitas vezes já com escassez de água – regiões do globo”, escrevem os autores no relatório .

“À medida que o mundo se move aparentemente inexoravelmente em direção a temperaturas médias globais 2 ° C mais altas do que os níveis pré-industriais, os impactos da seca estão se intensificando e prevê-se que piorem em muitas regiões, particularmente em cenários de negócios como de costume.”


Pelo menos 1,5 bilhão de pessoas em todo o mundo foram afetadas pela seca nas últimas duas décadas, que custou às economias mais de US $ 124 bilhões.

Como os autores apontam, geralmente há uma lacuna entre as perdas relatadas e os impactos reais, o que significa que números como esses devem ser considerados, na melhor das hipóteses, conservadores. Sem falar que as estimativas de fato nem levam em consideração as economias dos países em desenvolvimento.

Ironicamente, são as nações em desenvolvimento e regiões remotas que vêm pela primeira vez à mente quando pensamos em uma seca severa.

No entanto, quase um quinto da população mundial vive em uma área potencialmente em risco de escassez de água. No final do século, podemos esperar que a maioria dos países seja afetada de alguma forma pela seca.

Relatórios prevendo a extensão dos riscos crescentes de escassez de água em um futuro devastado por uma crise climática se tornaram comuns. Presságios de seca mal se qualificam como notícia nos dias de hoje.

Mas, como sabemos de tudo isso – como sabemos como a seca pode ser devastadora, e que tantos de nós enfrentamos um futuro de períodos de seca – por que não somos melhores em administrá-la?


Na tentativa de encontrar uma resposta, o relatório da ONU reuniu uma série de estudos de caso detalhando ‘experiências vividas’ de seca para destacar quem na comunidade será mais afetado por períodos frequentes de estresse hídrico.

Capacitar os envolvidos com a agricultura é um primeiro passo óbvio. Mas qualquer pessoa que precise de um ambiente aquático saudável, seja no turismo, nos transportes, na hidroeletricidade ou na pesca, tem interesse na gestão eficiente da água.

Com base nas experiências coletadas nesses casos, fica claro que a política sobre a água não é tanto um problema de pouca consciência, mas um problema de memória ruim.

“Os atuais mecanismos e abordagens de gestão de risco e governança para lidar com a seca estão sendo oprimidos pela natureza cada vez mais sistêmica do risco de seca”, afirma o relatório .

“Os estudos de caso descrevem ações no desenvolvimento, revisão e reestruturação de políticas quando as secas são severas, e inação quando as secas não são mais evidentes”.

Ninguém quer pensar na próxima seca quando as chuvas vierem, então não é de surpreender que a maioria das abordagens políticas sejam reativas, ao invés de proativas.

O representante especial do secretário-geral da ONU para redução de risco de desastres, Mami Mizutori, é rápido em comparar a escassez de água no futuro com um desastre global que não precisamos imaginar.

“A seca está prestes a se tornar a próxima pandemia e não há vacina para curá-la”, cita Fiona Harvey, do The Guardian .

A analogia de Mizutori com COVID-19 deve ressoar. Desigualdade social, falta de preparação e dificuldade de adaptação a novos riscos apenas aumentaram o que é efetivamente um desafio que enfrentamos com frequência no passado .

Mas assim como um sistema imunológico saudável se beneficia de uma memória de longo prazo de doenças anteriores, nossa comunidade global não pode se dar ao luxo de esquecer as comunidades que desapareceram da história por falta de acesso confiável à água potável.

Leia o Relatório de Avaliação Global sobre Redução de Risco de Desastres: Relatório Especial sobre a Seca de 2021 aqui .

30% da população de Tarauacá já foi vacinada contra a covid-19


A Secretaria Municipal de Saúde já aplicou vacina em mais de 11 mil munícipes. Isso representa cerca de 30% da população do município de Tarauacá, no interior do Acre. Haja vista que segundo o IBGE, o município têm 43 mil habitantes.

O município está vacinando pessoas com idade a partir de 25 anos.

Com o apoio da prefeita Maria Lucinéia ( PDT), o secretário de Saúde Aderlândio França , tem conseguido fazer um trabalho de respaldo e com agilidade para imunizar os moradores da terra do abacaxi.

(Portal Tarauacá)

Vagas em todo Brasil! Veja concursos públicos federais abertos no país

Cargos são para todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 19.764,86 na Prefeitura de Campo Novo do Parecis (MT).


Veja concursos públicos federais abertos no Brasil atualmente


Pelo menos 95 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (28) e reúnem 14.761 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade.

Os salários chegam a R$ 19.764,86 na Prefeitura de Campo Novo do Parecis (MT). (clique no vídeo acima para aprender a ler editais)


Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Nesta segunda-feira, pelo menos, 11 órgãos abrem o prazo de inscrições para 776 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade.

Só na Força Aérea Brasileira (Aeronáutica) são 289 vagas. Os salários chegam a R$ 14.164,84 na Prefeitura de São Bento do Sul (SC).

Veja abaixo as informações de cada concurso:

Exército Brasileiro

Inscrições: até 21/07/2021
9 vagas
Salários de até R$ 8.943,13
Cargos de nível médio e superior

Força Aérea Brasileira (Aeronáutica)

Inscrições: até 10/07/2021
289 vagas
Cargos de nível superior

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Inscrições: até 30/06/2021
5 vagas
Cargos de nível fundamental

Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Inscrições: até 30/06/2021
17 vagas
Salários de até R$ 1.650,00
Cargos de nível fundamental

Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip)

Inscrições: até 06/07/2021
5 vagas
Salários de até R$ 7.925,79
Cargos de níveis médio e superior

Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ)

Inscrições: até 27/07/2021
32 vagas
Salários de até R$ 7.051,94
Cargos de nível superior

Prefeitura de Bela Vista da Caroba (PR)

Inscrições: até 13/07/2021
2 vagas
Salários de até R$ 3.226,59
Cargos de nível superior

Prefeitura de Ipojuca (PE)

Inscrições: até 02/07/2021
80 vagas
Salários de até R$ 1.381,50
Cargos de nível fundamental


Prefeitura de Nova Marilândia (MT)


Inscrições: até 13/08/2021
20 vagas
Salários de até R$ 4.024,13
Cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior

Prefeitura de Pedro Canário (ES)

Inscrições: até 02/07/2021
74 vagas
Salários de até R$ 12.003,16
Cargos de níveis fundamental, médio e superior

Prefeitura de Reduto (MG)

Inscrições: até 15/07/2021
238 vagas
Salários de até R$ 9.884,75
Cargos de níveis fundamental, médio e superior

Prefeitura de São Bento do Sul (SC)

Inscrições: até 11/07/2021
5 vagas
Salários de até R$ 14.164,84
Cargos de níveis técnico e superior


Fonte: https://g1.globo.com/

O que são os transtornos de aprendizagem? conheça os sinais e como ajudar


Muitas crianças com distúrbios de aprendizagem, também chamados de dificuldades de aprendizagem, lutam na escola muito antes de serem diagnosticadas. Isso pode afetar a autoestima e a motivação de uma criança. Entenda como reconhecer os sinais de um distúrbio de aprendizagem e o que você pode fazer para ajudar seu filho.
O que é um transtorno de aprendizagem?

Um transtorno de aprendizagem é um problema de processamento de informações que impede uma pessoa de aprender uma habilidade e usá-la com eficácia. Os distúrbios de aprendizagem geralmente afetam pessoas de inteligência média ou acima da média. Como resultado, o transtorno aparece como uma lacuna entre as habilidades esperadas, com base na idade e inteligência, e o desempenho acadêmico.

Os distúrbios de aprendizagem comuns afetam as habilidades da criança em leitura, expressão escrita, matemática ou habilidades não-verbais.
Leitura

Os distúrbios de aprendizagem na leitura geralmente são baseados na dificuldade de perceber uma palavra falada como uma combinação de sons distintos. Isso pode dificultar a compreensão de como uma letra ou letras representam um som e como as combinações de letras formam uma palavra.

Problemas com a memória de trabalho – a capacidade de reter e manipular informações no momento – também podem desempenhar um papel.

Mesmo quando as habilidades básicas de leitura são dominadas, as crianças podem ter dificuldade com as seguintes habilidades:

• Ler em um ritmo típico
• Compreender o que eles leem
• Relembrar com precisão o que leram
• Fazer inferências com base em suas leituras
• Ortografia

Um distúrbio de aprendizagem na leitura geralmente é chamado de dislexia, mas alguns especialistas podem usar o termo para descrever apenas alguns dos problemas de processamento de informações que podem causar dificuldade de leitura.
Expressão escrita

A escrita requer habilidades visuais, motoras e de processamento de informações complexas. Um distúrbio de aprendizagem na expressão escrita pode causar o seguinte:

• Escrita lenta e trabalhosa
• Escrita à mão difícil de ler
• Dificuldade em colocar pensamentos na escrita
• Texto escrito mal organizado ou difícil de entender
• Problemas de ortografia, gramática e pontuação
Matemática

Um distúrbio de aprendizagem em matemática pode causar problemas com as seguintes habilidades:

Compreender como os números funcionam e se relacionam entre si
• Calculando problemas matemáticos
• Memorizando cálculos básicos
• Usando símbolos matemáticos
• Compreendendo problemas de palavras
• Organizar e registrar informações enquanto resolve um problema matemático

Habilidades não verbais

Uma criança com distúrbio de aprendizagem em habilidades não-verbais parece desenvolver boas habilidades básicas de linguagem e fortes habilidades de memorização mecânica desde a infância. As dificuldades estão presentes nas habilidades viso-espaciais, habilidades viso-motoras e outras habilidades necessárias no funcionamento social ou acadêmico.

Uma criança com transtorno de aprendizagem em habilidades não-verbais pode ter problemas com as seguintes habilidades:

• Interpretar expressões faciais e dicas não verbais em interações sociais
• Usar a linguagem de forma adequada em situações sociais
• Coordenação física
• Habilidades motoras finas, como escrever
• Atenção, planejamento e organização
• Compreensão de leitura de nível superior ou expressão escrita, geralmente aparecendo no final da escola
O que causa distúrbios de aprendizagem?

Fatores que podem influenciar o desenvolvimento de distúrbios de aprendizagem incluem:


História familiar e genética. Uma história familiar de distúrbios de aprendizagem aumenta o risco de uma criança desenvolver um distúrbio.

Riscos pré-natais e neonatais. O baixo crescimento do útero (restrição severa do crescimento intra-uterino), a exposição a álcool ou drogas antes do nascimento, nascimento prematuro e muito baixo peso ao nascer têm sido associados a distúrbios de aprendizagem.

Trauma psicológico. Trauma ou abuso psicológico na primeira infância podem afetar o desenvolvimento do cérebro e aumentar o risco de distúrbios de aprendizagem.

Trauma físico. Lesões na cabeça ou infecções do sistema nervoso podem desempenhar um papel no desenvolvimento de distúrbios de aprendizagem.

Exposição ambiental. A exposição a altos níveis de toxinas, como o chumbo, tem sido associada a um risco aumentado de distúrbios de aprendizagem.

Quais são os sinais de transtorno de aprendizagem?

Seu filho pode ter um transtorno de aprendizagem se ele ou ela:

• Não domina habilidades de leitura, ortografia, redação ou matemática na idade e nos níveis escolares ou próximo dele
• Tem dificuldade em entender e seguir as instruções
• Tem dificuldade em lembrar o que alguém acabou de dizer a ele ou ela
• Falta de coordenação ao caminhar, praticar esportes ou habilidades como segurar um lápis
• Perde ou perde facilmente trabalhos de casa, livros escolares ou outros itens
• Tem dificuldade em entender o conceito de tempo
• Resiste a fazer tarefas de casa ou atividades que envolvam leitura, redação ou matemática, ou de forma consistente não consegue concluir as tarefas de casa sem ajuda significativa
• Atua ou mostra desafio, hostilidade ou reações emocionais excessivas na escola ou ao fazer atividades acadêmicas, como lição de casa ou leitura

Procurando ajuda para distúrbios de aprendizagem

A intervenção precoce é essencial porque o problema pode crescer como uma bola de neve. Uma criança que não aprende a somar no ensino fundamental não será capaz de resolver a álgebra no ensino médio. Crianças com distúrbios de aprendizagem também podem apresentar ansiedade de desempenho, depressão, baixa autoestima, fadiga crônica ou perda de motivação. Algumas crianças podem agir de maneira ativa para desviar a atenção de seus desafios na escola.

O professor, os pais ou responsáveis, o médico ou outro profissional de uma criança podem solicitar uma avaliação se houver dúvidas sobre problemas de aprendizagem. É provável que seu filho primeiro faça exames para descartar problemas de visão ou audição ou outras condições médicas. Muitas vezes, a criança passa por uma série de exames realizados por uma equipe de profissionais, incluindo psicólogo, professor de educação especial, terapeuta ocupacional, assistente social ou enfermeiro.

A determinação de um distúrbio de aprendizagem e a necessidade de serviços são baseados nos resultados de testes, feedback do professor, contribuições dos pais ou responsáveis ​​e uma revisão do desempenho acadêmico. Um diagnóstico de ansiedade severa ou transtornos de déficit de atenção / hiperatividade também pode ser relevante. Essas condições podem contribuir para atrasos no desenvolvimento de habilidades acadêmicas.
Opções de tratamento

Se seu filho tem um distúrbio de aprendizagem, o médico ou a escola dele podem recomendar:

Ajuda extra. Um especialista em leitura, tutor de matemática ou outro profissional treinado pode ensinar técnicas a seu filho para melhorar suas habilidades acadêmicas, organizacionais e de estudo.

Programa de educação individualizado (IEP). As escolas públicas nos Estados Unidos são obrigadas a fornecer um programa de educação individual para alunos que atendam a certos critérios para transtorno de aprendizagem. O IEP define metas de aprendizagem e determina estratégias e serviços para apoiar a aprendizagem da criança na escola.

Acomodações. As acomodações da sala de aula podem incluir mais tempo para completar as tarefas ou testes, sentar-se perto do professor para promover a atenção, usar aplicativos de computador que apoiem a escrita, incluindo menos problemas de matemática nas tarefas ou fornecer audiolivros para complementar a leitura.

Terapia. Algumas crianças se beneficiam da terapia. A terapia ocupacional pode melhorar as habilidades motoras de uma criança com problemas de escrita. Um fonoaudiólogo pode ajudar a abordar as habilidades de linguagem.

Medicamento. O médico do seu filho pode recomendar medicamentos para controlar a depressão ou ansiedade severa. Os medicamentos para o transtorno de déficit de atenção / hiperatividade podem melhorar a capacidade da criança de se concentrar na escola.

Medicina complementar e alternativa. Mais pesquisas são necessárias para determinar a eficácia de tratamentos alternativos, como mudanças na dieta, uso de vitaminas, exercícios para os olhos, neurofeedback e uso de dispositivos tecnológicos.

O plano de tratamento do seu filho provavelmente evoluirá com o tempo. Se seu filho não está progredindo, você pode procurar serviços adicionais ou solicitar revisões em um IEP ou acomodações.

Nesse ínterim, ajude seu filho a entender em termos simples a necessidade de quaisquer serviços adicionais e como eles podem ajudar. Além disso, concentre-se nos pontos fortes de seu filho. Incentive seu filho a buscar interesses que lhe dêem confiança.

Juntas, essas intervenções podem melhorar as habilidades de seu filho, ajudá-lo a desenvolver estratégias de enfrentamento e usar seus pontos fortes para melhorar o aprendizado dentro e fora da escola.

Fonte: https://www.pensarcontemporaneo.com/

Educação reorganiza o calendário escolar do Estado

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes do Acre (SEE), reorganizou o calendário escolar do Estado com o fim da greve dos profissionais da Educação, há cerca de duas semanas, após a categoria concordar com o pacote de medidas do governo.

O ano letivo na rede estadual teve início dia 10 de maio, mas algumas escolas aderiram ao movimento e a SEE precisou alterar o calendário quanto ao cumprimento da carga horária exigida por lei.

Professora Denise dos Santos, diretora de Ensino da SEE, reforça aos pais dos alunos que não têm acesso à internet para procurar a escola e retirar o material impresso. Foto: Arquivo SEE

O planejamento da SEE foi consolidado para que o 1º e o 2º bimestres sejam desenvolvidos de forma remota e está trabalhando de maneira integrada para que no 2º semestre possa fazer o retorno presencial, seguindo todas as recomendações e protocolos de segurança.

“Dentro do nosso planejamento, na distribuição dos dias, estamos trabalhando para atender e cumprir o requisito mínimo, que são 800 horas anual dentro do contexto da pandemia”, ressaltou a diretora de Ensino, Denise dos Santos.

Durante o 1º bimestre, a SEE está trabalhando com o ensino remoto, utilizando as quatro ferramentas: online pela plataforma https://educ.see.ac.gov.br/, disponibilizada para acesso irrestrito dos alunos, transmissão das aulas pela TV, com o programa Escola em Casa, como também pelas rádios Aldeia e Difusora Acreana, além do material impresso disponibilizado pela escola para os estudantes que não têm acesso à internet. O uso das quatro ferramentas foi planejado para alcançar o maior número de alunos possível.

O 2º semestre está previsto para se iniciar no dia 8 de setembro, de forma gradual. Foto: Mardilson Gomes/SEE

O ano letivo está em andamento e o 2º semestre está previsto para se iniciar no dia 8 de setembro, de forma gradual, se o cenário for favorável, mas caso haja alteração a comunidade será informada com antecedência sobre como serão conduzidas as ações relativas ao trabalho escolar.

A SEE está trabalhando para sanar todas as questões relacionadas ao retorno das atividades escolares presenciais e vem orientando as equipes gestoras para um retorno seguro.

Para reforçar o quadro de profissionais da Educação, o governo convocou nesta terça-feira, 29, 150 professores do cadastro de reserva e a notícia foi comemorada pela diretora Denise dos Santos. “Precisamos desses profissionais e pedimos que sejam respeitados os prazos e as orientações. Ficamos felizes com os avanços das convocações que vêm ocorrendo, pois elas sanarão a necessidade que a rede tem”. (Agência/Acre)

terça-feira, 29 de junho de 2021

Brasiléia capacita servidores para oferecer serviço de laqueadura e vasectomia


O município de Brasiléia realizou nesse final de semana uma vivência à equipe multiprofissional do Departamento de Atenção Primária em Saúde para a implantação do serviço de laqueadura e vasectomia na regional do Alto Acre. A ação ocorreu em parceria com a Policlínica do Tucumã, de Rio Branco.

A equipe multiprofissional qualificada é composta por psicólogo, assistente social, enfermeiro e médico, de acordo com a técnica do Núcleo de Saúde da Mulher, Marília Figueiredo: “A promoção dessa vivência dará início à implementação do serviço de laqueadura e vasectomia em Brasiléia, sendo referência para a região do Alto Acre”.

Ainda de acordo com a técnica, a vivência também será proporcionada à equipe de Tarauacá. “Está prevista também para o dia 29 deste mês, destinada à equipe multiprofissional de Tarauacá, fortalecendo o processo na Região do Juruá”, relata.

(ac24horas)

Prefeita Lucinéia participa de cerimônia de entrega de máquinas pesadas e caminhões


Manhã desta segunda-feira (28), prefeita de Tarauacá, Maria Lucinéia, participou ao lado do deputado federal Jesus Sérgio da cerimônia de entrega aos municípios acreanos do maquinário e dos caminhões adquiridos pelo Governo do Estado do Acre, por meio da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e da Bancada Federal do Acre.

“Deixamos aqui o nosso agradecimento ao governador Gladson Cameli pelo empenho e pela ajuda aos municípios do nosso Estado”, disse deputado Jesus Sérgio.

"O evento que ocorreu na Arena da Floresta entregou 90 máquinas pesadas que irão compor a Operação Ramais do Acre 2021", falou a prefeita Maria Lucinéia.

Foram entregues 4 escavadeiras hidráulicas, 18 motoniveladoras, 18 pás carregadeiras, 18 retroescavadeiras, 8 tratores de esteira, 18 caminhões basculantes, 2 cavalos mecânicos, 2 semirreboques basculantes e 2 semirreboques com dois eixos.

(assessoria)

Senadores apresentam no STF notícia-crime contra Bolsonaro por suposta prevaricação no caso da Covaxin

Parlamentares apontam “inação” do presidente ao ser alertado, segundo deputado, de suspeitas sobre compra do imunizante indiano. Bolsonaro diz que “não tem como saber o que ocorre nos ministérios”.

O presidente Jair Bolsonaro em evento no Planalto em 1º de junho.EVARISTO SA / AFP

As revelações da CPI da Pandemia chegaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira com uma apresentação de uma notícia-crime que aponta a suspeita de prevaricação por parte do presidente Jair Bolsonaro no escândalo da compra da vacina indiana Covaxin contra a covid-19. Três senadores —Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Jorge Kajuru (Podemos-GO) e Fabiano Contarato (Rede-ES)— entregaram ao Supremo o documento que relata a suposta ocorrência do crime e pede para que a corte encaminhe os indícios para a Procuradoria-Geral da República, a quem cabe abrir a investigação. A ministra Rosa Weber foi sorteada a relatora do pedido e, já na noite desta segunda, enviou o caso à PGR, sem analisar o mérito.

Randolfe Rodrigues é vice-presidente da CPI, que na última sexta-feira ouviu os irmãos Luis Miranda (DEM-DF), deputado federal, e Luis Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde que denunciou, em depoimento ao Ministério Público Federal, “pressão atípica” para a aquisição da vacina, produzida pelo laboratório Bharat Biotech e representada no Brasil pela empresa Precisa Medicamentos. Na sessão no Senado, o deputado Miranda declarou que comunicou os indícios de irregularidades a Bolsonaro em 20 de março. “Aí ele [Bolsonaro] cita para mim assim: ‘Vocês sabem quem é, não é?’ [...] ‘Você sabe que ali é foda e tal. Se eu mexo nisso aí, você já viu a merda que vai dar’”, contou o deputado à CPI. Segundo o parlamentar, o presidente fazia referência ao deputado Ricardo Barros (PP-PR), líder do Governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados.

No texto da notícia-crime, os senadores argumentam que Bolsonaro deveria ter agido para levar o caso à investigação pelas autoridades competentes e para interromper as tratativas sob suspeita no Ministério da Saúde. “No entanto, não houve nenhuma ação para a abertura de inquérito capaz de investigar as denúncias”, escrevem os parlamentares. Por isso, apontam indício de crime de prevaricação, ou seja, retardar ou deixar de praticar ato de ofício para satisfazer interesse pessoal, previsto no artigo 319 do Código Penal.

“Parece-nos, assim, que o presidente da República escolheu, deliberadamente, a inação diante do aparente esquema de corrupção. Como agente político da maior envergadura, o presidente não pode guardar para si informação tão relevante a ponto de apurar indícios de corrupção que remontam a cifra bilionária no bojo de uma pandemia com consequências sanitárias e socioeconômicas tão graves”, afirmam os senadores no documento.

Apoie a produção de notícias como esta. Assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$CLIQUE AQUI

Ao encaminhar a notícia-crime para a Procuradoria, a ministra Rosa Weber não se manifestou sobre o mérito. Em seu despacho, declarou que que cabe ao Ministério Público a formação da opinio delicti, ou seja, a verificação sobre se há indícios para a realização da investigação, o que é praxe. Agora, o procurador-geral da República, Augusto Aras, deverá se manifestar —ele poderá dar início à investigação ou arquivar o caso.

Os senadores também pedem no documento que Bolsonaro seja intimado a responder em até 48 horas se confirma a versão do deputado Miranda e se adotou medidas cabíveis para a apuração das denúncias. Requerem, ainda, que a Polícia Federal informe se houve a abertura de inquérito sobre o caso e de quem foi o pedido.

A medida protocolada pelo senador Randolfe Rodrigues antecipa uma estratégia da CPI da Pandemia, que também deve apontar o suposto crime de prevaricação do presidente em seu relatório final, a cargo de Renan Calheiros (MDB-AL). Nesta segunda, o vice-presidente da comissão apresentou um pedido para prorrogar os trabalhos, iniciados em abril e que terminariam em 7 de agosto. Se prorrogada, a comissão irá até novembro. O caso da Covaxin deverá ser a principal frente da CPI daqui para frente.

Mais cedo, Bolsonaro minimizou a revelação da CPI e declarou desconhecer as supostas irregularidades relatadas pelos irmãos Miranda na compra da vacina. “Não tenho como saber o que acontece nos ministérios”, disse Bolsonaro. “Eu recebo todo mundo. Ele [Luis Miranda] que apresentou, eu nem sabia da questão, de como tava a Covaxin, porque são 22 ministérios. Só o ministério do Rogério Marinho [Desenvolvimento Regional], tem mais de 20.000 obras”, afirmou o presidente a apoiadores ao sair do Palácio da Alvorada. “Nada fizemos de errado”, acrescentou. Na sexta, o deputado Ricardo Barros negou envolvimento com as tratativas do imunizante. “Não participei de nenhuma negociação em relação à compra das vacinas Covaxin. Não sou esse parlamentar citado”, declarou nas redes sociais.


Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana.

fonte: ElPaísBrasil

Suprema Corte do México libera uso recreativo da maconha

Uma maioria qualificada votou por declarar a inconstitucionalidade de artigos da lei que proíbem cultivar, colher, transportar e distribuir a substância entre particulares.


Um ativista do Plantón420 fuma um cigarro de maconha em protesto para exigir a regularização de seu consumo.CARLOS RAMÍREZ / EFE

O plenário do Tribunal Constitucional do México aprovou uma Declaratória Geral de Inconstitucionalidade de alguns artigos que impedem o consumo, a aquisição de sementes, plantio e a distribuição da maconha. Oito ministros, maioria qualificada, votaram a favor do projeto e três, contra. Esses artigos proibitivos já haviam sido declarados inconstitucionais no passado, por isso o Congresso tinha a obrigação de eliminá-los ou modificá-los, mas não o fez, apesar de terem ocorrido três prorrogações para que tomasse essa medida. Por essa razão, houve o recurso à declaração geral de inconstitucionalidade, um dispositivo que só havia sido utilizado uma vez. O presidente da suprema corte do país descreveu a consolidação do livre desenvolvimento da personalidade no uso recreativo da cannabis como “um dia histórico para as liberdades”.

A decisão do plenário insta a Secretaria Geral da Saúde (pasta ministerial) a emitir autorizações para que adultos possam plantar, colher, transportar e consumir cannabis, desde que o Congresso legisle adequadamente a respeito. Ou mesmo que não o faça. Além disso, a Comissão Federal de Proteção contra Riscos (Cofepris) deverá estabelecer as diretrizes para a aquisição de sementes e especificar que o consumo desta droga não pode ser feito afetando terceiros nem em locais públicos nos quais os demais presentes não tenham dado sua autorização. Da mesma forma, devem ser incluídas as salvaguardas de não dirigir nem operar máquinas ou realizar qualquer atividade que possa pôr terceiros em risco ou causar danos. Esses são os aspectos que também foram aprovados em plenário. Quando a matéria for publicada no Diário Oficial da Federação, a Secretaria Geral da Saúde deverá expedir permissões aos cidadãos, que não terão mais que interpor um recurso para isso, como vinha sendo feito até agora, o que havia sido qualificado por alguns magistrados como discriminatório para os cidadãos que não dispõem de recursos jurídicos.

“Tem que ficar bem claro que o Código Penal não foi alterado, portanto, os crimes ainda estão em vigor, as pessoas podem continuar sendo perseguidas por tráfico de drogas”, observou a diretora-geral do México Unido contra a Delinquência, Lisa Sánchez, que promoveu e venceu todos os cinco julgamentos desta causa. Para ela, o que aconteceu nesta segunda-feira também é histórico, pois “é a segunda vez que é utilizada no país a Declaração Geral de Inconstitucionalidade, consistente com a jurisprudência anterior”. De resto, diz ela, continuamos no mesmo lugar de antes, só que não será mais necessária a interposição se recurso para poder cultivar e consumir, somente a autorização da Cofepris. “Cabe aos congressistas definirem a melhor forma de emitir as licenças, as quantidades, os espaços de consumo. Devem legislar sobre isso”, afirma. Mas o Congresso poderia deixar as coisas como estão, nas mãos da Secretaria da Saúde, conforme a determinação da Suprema Corte, e não fazer uma lei sobre a cannabis. “A criação de um mercado legal de maconha ainda depende do Congresso”, acrescenta. O tribunal, neste caso, atuou como legislador negativo. Retira esses artigos da lei, mas não pode redigir outros.


Apoie a produção de notícias como esta. Assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$CLIQUE AQUI

O uso recreativo da maconha no México era uma demanda havia muito tempo por parte de certos grupos, que alegavam o direito ao livre desenvolvimento da personalidade. O tribunal já se havia pronunciado sobre a inexistência de riscos coletivos à saúde no consumo privado dessa substância, em uma espécie de equiparação com as demais drogas lícitas, como o álcool e o tabaco. E a primeira câmara do tribunal estabeleceu em 2017 a inconstitucionalidade dos artigos que declaravam a proibição absoluta do consumo. O Congresso modificou alguns artigos que abriam caminho para o uso terapêutico do tetra-hidrocanabinol (THC), mas os grupos demandantes consideravam que estava sendo regulamentado um mercado, e não a liberdade pessoal, que era o que requeriam. E o protesto continuou com vigílias de rua, em frente ao Senado, e nos últimos dias em frente à Suprema Corte.

Na manhã desta segunda-feira, o grupo Plantón420 havia pedido aos ministros que votassem sem medo a Declaração Geral de Inconstitucionalidade, e isso finalmente aconteceu. E eles festejaram, mas com muita cautela. Estão esperando para ver como a medida se concretizará, como se legislará a respeito. “Nos alegra, mas estamos atentos aos detalhes que ainda não se conhecem. A inconstitucionalidade já ocorreu, é uma grande batalha vencida”, disse Hugo Legorreta, um dos porta-vozes do Plantón420, entidade que luta pela liberdade de consumo privado. “É um dia histórico, sim, o México se pronunciou por uma visão de direitos humanos e de garantias de acesso a vários direitos, como o do livre desenvolvimento da personalidade. Em nenhum outro país isso acontece, todos os outros regularam os mercados. Agora precisamos saber o que os deputados farão, porque já vimos que eles são especialistas em procrastinar e delegar. Houve várias prorrogações e não legislaram”, acrescentou Legorreta. “Na Colômbia e na África do Sul também foram conquistadas algumas liberdades com a intervenção do tribunal”, acrescentou Lisa Sánchez.

O grupo Plantón420 ainda tem demandas não atendidas, como a do livre cultivo e da posse ilimitada quando não houver fim lucrativo, e a da criação de espaços para compartilhar com os fumantes de tabaco. “Faltam ainda muitas coisas, continuamos na luta, o plantão em frente ao Senado não vai sair dali. Agora, além disso, os Estados têm que ir completando a regulamentação, indicando espaços para consumo, quantidades etc.”, afirmou Legorreta.

A declaração foi histórica, mas agora o México terá que aguardar a implementação da ordem do tribunal. As licenças exigirão que o plantio e o consumo sejam nas condições que forem estabelecidas.


Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana.

Fonte: ElPaísBrasil

Governo prorroga prazo para pagamento do Licenciamento 2021

O governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), resolveu prorrogar o prazo máximo para pagamento do imposto relativo ao Licenciamento Anual de Veículos Automotores no exercício 2021. A decisão foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira, 28.

Os licenciamentos podem ser pagos em setembro, outubro, novembro e dezembro. Foto: Renato Beiruth/Detran

Com a nova deliberação, os proprietários de veículos com placas finais 1 e 2 têm até o dia 30 de setembro para pagar o Licenciamento, os de placas finais 3, 4 e 5 até 29 de outubro, placas 6, 7 e 8 até 30 de novembro e os impostos dos finais 9 e 0 podem ser pagos até 31 de dezembro.

“Nós atendemos uma demanda do governador Gladson Cameli, que, sensível ao atual momento econômico pelo qual passamos, pediu que encontrássemos alternativas para postergar os prazos sem prejuízo ao erário. Dessa forma, o Detran entende que a população pode se reprogramar para quitar os débitos de seus veículos e ficar em dia com a legislação de trânsito”, lembrou Taynara Martins, presidente do Detran.

Os boletos ainda não pagos devem passar pelos referidos ajustes e já nos próximos dias poderão ser emitidos para pagamento pelo contribuinte. A medida não vale para exercícios anteriores e valores já pagos não poderão ser ressarcidos.

Com a prorrogação, o Detran se alinha ao que já vem sendo feito pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), que prorrogou o prazo para pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de todos os finais de placa até 20 de dezembro de 2021.

Agência/Acre

Com investimento de R$ 47,7 milhões, Gladson Cameli entrega 90 máquinas pesadas para manutenção de ramais

O estacionamento do estádio Arena da Floresta, em Rio Branco, foi o local escolhido para a concretização de uma das maiores ações já realizadas pelo governo do Estado na área de infraestrutura e em prol do desenvolvimento agrícola do Acre. Nesta segunda-feira, 28, o governador Gladson Cameli fez a entrega oficial de 90 máquinas pesadas à Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e cedidas ao Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre).

Governo do Estado fez a entrega de 90 máquinas pesadas nesta segunda-feira, 28. Foto: José Caminha/Secom

Com investimento de R$ 47,7 milhões, a aquisição foi realizada pelo governo do Acre e Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). Parte dos recursos são oriundos de uma emenda de bancada dos parlamentares federais acreanos que fizeram parte da legislatura passada, entre eles, o então senador Gladson Cameli.

As máquinas adquiridas pelo governo do Estado são 4 escavadeiras hidráulicas, 18 motoniveladoras, 18 pás carregadeiras, 18 retroescavadeiras, 8 tratores de esteira, 18 caminhões basculantes, 2 cavalos mecânicos, 2 semirreboques basculantes e 2 semirreboques com dois eixos.

Durante o fim de semana, o maquinário ficou exposto em uma das laterais da Via Chico Mendes e chamou atenção de quem passou pelo local por conta da fila quilométrica que se formou ao longo da principal avenida do Segundo Distrito da capital.
Governador Gladson Cameli e demais autoridades durante a solenidade realizada no estacionamento do estádio Arena da Floresta, em Rio Branco Foto: Diego Gurgel/Secom

Para facilitar a identificação das máquinas, o governo optou pela padronização de cor entre os veículos estatais. A pintura se diferencia das tradicionais tonalidades utilizadas neste mercado. O pedido foi feito pelo próprio chefe do Poder Executivo, para assegurar transparência e coibir o uso indevido do bem público.
Segundo Cameli, entrega do maquinário garante direito de ir e vir da população rural e contribui para o aquecimento da economia

A atual administração do Estado vislumbra no agronegócio uma excelente alternativa de desenvolvimento socioeconômico do Acre. Em seu discurso, o governador falou sobre a relevância das novas máquinas em benefício de 27,6 mil famílias da zona rural.

“O nosso verão amazônico traz a esperança para milhares de produtores que vivem na zona rural. É o momento de produzir as riquezas, que podem alavancar o desenvolvimento do Acre. Assim, destaco a importância da entrega dessas máquinas como essencial para o aquecimento da nossa economia”, afirmou.

“Com elas, poderemos viabilizar o acesso a milhares de quilômetros de ramais e estradas vicinais. Vamos garantir o direito de ir e vir aos moradores da zona rural e validar as condições de escoamento da nossa produção agrícola”, completou o governador.

Durante sua fala, governador agradeceu o empenho dos operários, que não medem esforços em prol do desenvolvimento do Acre. Foto: Diego Gurgel/Secom

Enquanto falava, Cameli fez questão de chamar operadores de máquinas pesadas que prestam serviço ao Estado. Na oportunidade, o chefe do Poder Executivo agradeceu o empenho de cada um deles em favor do progresso do Acre. “São eles os responsáveis por tocarem o nosso estado. Trabalham no sol e na chuva e, por essa determinação, quero dar o meu muito obrigado”, disse.

Desde o início de sua gestão, Gladson Cameli tem priorizado investimentos no campo. Pelo terceiro ano consecutivo, o governo firma convênios com as prefeituras para a recuperação de milhares de quilômetros de ramais. Para este ano, R$ 94 milhões já estão garantidos para a melhorias dos principais polos produtivos do Acre.

Presente à solenidade, a superintendente da Sudam, Louise Campos Löw, lembrou a necessidade de conciliar a preservação da Amazônia e, ao mesmo tempo, assegurar as condições necessárias para o desenvolvimento da população. “Nossa região é composta por vários elementos e habitada por mais 23 milhões de pessoas, que precisam de água tratada, energia elétrica, mobilidade e conectividade. Temos muitas riquezas, que podem muito bem ser utilizadas de maneira sustentável e é isso que defendemos”, declarou.

Louise Campos Löw é a atual superintendente da Sudam. Foto: Diego Gurgel/Secom

De acordo com o presidente do Deracre, Petrônio Antunes, os veículos estão prontos para ser utilizados nos mais diversos serviços executados pelo governo estadual, como é o caso do Programa Ramais do Acre, e por meio de parcerias com as prefeituras municipais. “Essas máquinas vão estruturar o Deracre e teremos condições de atender todos os municípios do interior, por meio de execução direta dos ramais, e no apoio às prefeituras. Quem ganha com tudo isso é população em geral”, explicou.

Representando a bancada federal da legislatura passada, o deputado federal Alan Rick enalteceu a compra dos equipamentos pesados e dos benefícios para os moradores da zona rural. “O povo do Acre está recebendo um presente. Entendemos que investir nos ramais é investir na produção. Esse é mais um compromisso da bancada federal com os nossos produtores rurais“, pontuou.

Deputado federal Alan Rick representou parlamentares federais da legislatura passada. Parte dos recursos para aquisição das máquinas foi por meio de uma emenda de bancada, em 2018. Foto: Diego Gurgel/Secom

Em nome dos prefeitos, Bené Damasceno, de Porto Acre, reconheceu o feito do governo acreano e lembrou que a manutenção das estradas vicinais é uma das principais demandas nas gestões municipais. “Temos um povo trabalhador e essa entrega de hoje mostra que estamos no caminho certo. São os produtores rurais os responsáveis pelos alimentos que abastecem a zona urbana. Somente em Porto Acre, temos mais de dois mil quilômetros de ramais e o governo do Estado, juntamente com os nossos parlamentares, estão de parabéns. A população do nosso município agradece”, expôs.
O que eles disseram

“2021 é ano do produtor rural. Além da entrega dessas máquinas, temos os R$ 94 milhões, que serão utilizados para a melhoria de ramais.”

Ítalo Medeiros, secretário de Infraestrutura

“Essas máquinas chegam em boa hora, no início do verão. Milhares de famílias acreanas que produzem e vendem sua produção na cidade serão as principais beneficiadas. Esse é um sonho que o governador Gladson Cameli está proporcionando a todos os produtores rurais do nosso estado.”

Nenê Junqueira, secretário de Produção e Agronegócio

“Estou feliz de estarmos vivendo um momento histórico. Temos que valorizar o homem do campo e é isso que estamos presenciando aqui.”

Nicolau Júnior, deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa

“Sem dúvida, um momento de muita felicidade para todos os prefeitos. Em Assis Brasil, enfrentamos muita dificuldade para dar conta de recuperar quase 800 quilômetros de ramais. Com o recebimento dessas máquinas, temos certeza que todos os municípios serão contemplados.”

Jerry Correia, prefeito de Assis Brasil


Da Agência/Acre

TARARAUACÁ: VACINAÇÃO ANTI COVID PARA PESSOAS COM 25 ANOS SEGUE ATÉ QUARTA

 


TARAUACÁ: PROFESSOR CRIA CANAL NO YOU TUBE E CONTA SUA A EXPERIÊNCIA DE TER CONTRAÍDO COVID 19


Professor João Maciel, acometido recentemente da Covid-19, criou um canal no You Tube para contar um pouco da sua vivência.
 
"Olá, assista nossos vídeos no meu canal do You Tube “FALANDO TUDO COM JOÃO MACIEL”, esse canal trata-se de uma realização minha, onde exponho fatos pessoais de minha vida, de minha terra, conversas informais com amigos, e detalho de forma bem-humorada a vida cotidiana de meu povo e de minha querida terrinha. Temos momentos de descontração, lazer, seriedade, informações, resenhas, cultura, esportes etc... Se INSCREVA em nosso canal e curta à vontade... https://youtu.be/0_qK5NCvslc  Como vocês sabem fui acometido ao vírus do Covid-19, e passei por momentos de muita dificuldade, chegando a ser hospitalizado por dias, e ter a necessidade de ajuda de oxigênio, mas felizmente estou me recuperando. Nesse 1° vídeo vou retratar em forma de documentário, com vários vídeos que estarei postando semanalmente, minha angústia em relação ao vírus, desde o início quando testei positivo, passando por minha internação hospitalar, quarentena, medicamentos, atividades físicas, medicina alternativa e todo o processo de recuperação... OBRIGADO! APROVEITEM E DEEM UMA FORÇA SE INSCREVENDO E ACESSANDO O CANAL. https://youtu.be/0_qK5NCvslc" (João Maciel)