CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 30 de novembro de 2020

FEIJÓ: Prefeito Kiefer Cavalcante entrega e inaugura nova sede da Secretaria Municipal de Saúde



O Prefeitura de Feijó inaugurou nesta segunda-feira, 30 de novembro de 2020, a construção da obra da nova sede da Secretaria Municipal de Saúde.

O novo prédio irá centralizar as atividades da Secretaria Municipal de Saúde e abrigará o Gabinete do Secretário, Diretoria Administrativa, departamento de Sistemas Informacionais de Saúde e ainda o Departamento de Vigilância Sanitária. 

A obra teve um investimento de 272 mil reais sendo 205 mil de emenda parlamentar do Senador Sérgio Petecão e 67 mil de recursos próprio da prefeitura de Feijó, num esforço do prefeito Kiefer e sua equipe, com o saneamento das contas públicas.

O prédio é 100% novo e conta com garagem para estacionamento das ambulâncias e veículos da saúde, coberta com estrutura metálica, recepção, salas amplas e confortáveis para os servidores, além de mobiliário novo e equipamentos de informática tecnologicamente atualizados, materiais e consumíveis para uso da Secretaria, além de rampa de acessibilidade para portadores de necessidades especiais. 

O chefe do executivo municipal, prefeito Kiefer Cavalcante, lembrou que a prioridade de sua gestão é a saúde do povo feijoense e destacou que o novo prédio da Secretaria, faz parte da estratégia do município, para melhorar ainda mais os serviços prestados.
“A construção do novo prédio da Secretaria Municipal de Saúde foi parte da nossa estratégia de melhorar os serviços de saúde a população e se fez necessária para poder dar aos usuários e aos colaboradores um lugar adequado, confortável e humano para os atendimentos”, ressaltou o prefeito Kiefer Cavalcante. 

As novas instalações auxiliarão no planejamento e facilitarão o atendimento aos munícipes, oferecendo um serviço de melhor qualidade em menor tempo.

Já o Secretário Eronildo Oliveira, diz que o novo prédio é moderno, ergonômico e representa o cuidado da gestão municipal para com a saúde pública do povo feijoense.

"Só temos a agradecer o prefeito Kiefer Cavalcante por olhar a saúde municipal com carinho e dedicação, desde o início o prefeito vem dando todas as condições para que o trabalho da equipe de saúde seja o melhor possível e traduzindo em resultados em favor do povo feijoense " pontou o Secretário.

A solenidade de inauguração contou com a presença do prefeito Kiefer Cavalcante, vice-prefeito Cláudio Braga, secretário de saúde Eronildo Oliveira, deputado Marcus Cavalcante, Presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Francisco Machado Dantas, e demais conselheiros, vereadores, secretários municipais, funcionários da Secretaria de Saúde, imprensa local e a população em geral.

(ASSESSORIA)

Grupo de amigos percorre de bicicleta 230 km entre Tarauacá e Cruzeiro do Sul


Gilson Amorim do Notícias da Hora -No final de semana um grupo conhecido, em Tarauacá, como “Amigo do Pedal”, resolveu se aventurar pela BR-364 até ao município de Cruzeiro do Sul. Um grupo composto por mais de 30 pessoas entre homens e mulheres.

Os ciclistas saíram no sábado, dia 28 de novembro, às 17h de Tarauacá e chegaram no domingo (29), às 7h30 em Cruzeiro do Sul.

A prática de ciclismo em Tarauacá tem ganhado grande destaque. São várias pessoas praticando a modalidade. A cada dia só aumenta o número de pessoas neste movimento.

De acordo com Assis Souza, integrante do grupo, “o que para muitos parecia impossível, tornou-se realidade, mostrando desta forma que além do treinamento, a fé, a humildade, a confiança e a motivação, servem para nos tornar mais humanos, mais fortes e capazes de atingirmos nossos objetivos, concretizando nossos sonhos”, disse.

TARAUACÁ: DIRETOR DE ESCOLA PEDE PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE ESCOLAR NA DECISÃO DE VOLTAR AULAS PRESENCAIS.


O Diretor da Escola Estadual Djalma Batista, a unica de Ensino Médio em Tempo Integral do município de Tarauacá, Professor José Ivonaldo, usou uma rede social para dizer que a comunidade escolar, especialmente as familias dos alunos,  precisam ser ouvidas nesse debate de volta das aulas em tempo de pandema. "T
emos pressa em resolver a questão da Educação de nossos filhos", disse.

leia abaixo o que ele escreveu.

"Nós precisamos falar sobre o retorno das aulas presenciais, estabelecendo um Quando? Como? Quem?... Falar e cumprir. Nossos alunos precisam ser ouvidos, as famílias também e as escolas adequadas ao novo normal.  É urgente que precisamos falar. Temos pressa em resolver a questão da Educação de nossos filhos. Se for para voltar, que seja decidido e se for para continuar Ead, que seja nos dado o mínimo possível".

TARAUACA: APÓS CHUVA, MORADORES DA COHAB FECHAM RUA JOSE HIGINO


Moradores do Bairro Cohab em Tarauacá fecharam a rua José Higino nesta segunda feira, 30.11, às 17:30 horas, devido as péssimas condições da mesma, após cada chuva.
"Fechamos para evitar que os carros danifiquem ainda mais a rua que vira um atoleiro após cada chuva", disse um morador.
Eles pedem a presença da secretaria de obras do município para melhorar as condições da rua.

Polícia Federal prende em Portugal suspeito de invasão hacker ao TSE


Operação coordenada pela Polícia Federal (PF) em parceria com a Polícia Judiciária Portuguesa prendeu neste sábado, 28, em Portugal, um suspeito de envolvimento no ataque hacker ao sistema Tribunal Superior Eleitoral do (TSE), que divulgou dados do tribunal no dia do primeiro turno das eleições municipais.

Segundo a PF, o inquérito policial aponta que um grupo de hackers brasileiros e portugueses, liderados por um cidadão português, foi responsável pelos ataques criminosos aos sistemas do TSE no primeiro turno das Eleições de 2020.

Estão sendo cumpridos, no Brasil, três mandados de busca e apreensão e três medidas cautelares de proibição de contato entre investigados nos estados de SP e MG. Além da prisão, em Portugal, é cumprido um mandado de busca e apreensão. As ações se desenvolvem com por meio da Operação Exploit.

Os mandados cumpridos no Brasil foram expedidos pelo Juízo da 1ª Zona Eleitoral do Distrito Federal, após representação efetuada pela Polícia Federal e manifestação favorável da 1ª Promotoria de Justiça Eleitoral.

A Polícia Federal apura o acesso ilegal aos dados de servidores públicos divulgados no dia 15 de novembro, além de outras atividades criminosas do grupo. Os crimes apurados no inquérito policial são os de invasão de dispositivo informático e de associação criminosa, ambos previstos no Código Penal; além de outros previstos no Código Eleitoral e na Lei das Eleições. Segundo a corporação, não foram identificados quaisquer elementos que possam ter prejudicado a apuração, a segurança ou a integridade dos resultados da votação20


Socorro Neri se manifesta em rede social após derrota nas urnas neste 2º Turno das Eleições


Willamis França do Notícias da Hora - A prefeita Socorro Neri ( PSB ), que não conseguiu sua reeleição para administrar Rio Branco por mais 4 anos, usou seu perfil no Facebook para agradecer os eleitores, familiares, amigos e apoiadores neste Segundo Turno das eleições municipais.

Socorro Neri agradeceu os 61.702 votos que obteve hoje (29), assim como o apoio do governador Gladson Cameli, que segundo ela, muito lhe honrou. Neri também não deixou de agradecer ao seu companheiro de chapa Eduardo Ribeiro, e ao seu partido, o PSB.

Segundo a nota, Socorro Neri garante que já nesta segunda-feira, 30, dará início aos preparativos para a transição a ser feita de maneira “mais republicana e transparente possível, como foi toda a minha administração”, diz Socorro Neri.

Veja a nota:

NOTA DE AGRADECIMENTO

Estou com a consciência tranquila. Lutamos o bom combate com coragem e honra!

Fizemos uma campanha limpa e propositiva.

Defendemos uma gestão séria, planejada e a serviço do bem comum .

Quero agradecer os 61. 702 votos dos eleitores de Rio Branco que confiaram nas propostas que apresentamos.

Agradecer aos meus familiares, meus alicerces de vida, ao apoio do governador e amigo Gladson Cameli, que muito me honrou, ao meu leal companheiro de chapa Eduardo Ribeiro, ao meu partido, o PSB, aos partidos da coligação que se mantiveram fiéis ao nosso projeto, a militância sempre aguerrida, aos servidores da Prefeitura de Rio Branco. E a toda a população da nossa cidade, que sempre nos recebeu com muito carinho e reconhecimento.

Desejo sucesso ao prefeito eleito. E já nesta segunda-feira darei início aos preparativos para a transição, a ser feita da maneira mais republicana e transparente possível, como foi toda a minha administração.

Este é o momento de expressar minha gratidão a toda a população e desejar o melhor para esta cidade que tanto amo.

Tião Bocalom é eleito prefeito de Rio Branco com 62,93% dos votos válidos


Da redação do Notícias da Hora - Com 100% das urnas apuradas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AC), o candidato do Progressistas Tião Bocalom foi eleito com 104.746 votos, o que representa 62,93% dos votos válidos. Socorro Neri (PSB), que disputava a reeleição, ficou com 61.702 votos (37,07% dos votos válidos).

Foram às urnas neste domingo, 174.249 eleitores. Deste total 166.448 votos válidos. Nulos 4.473 e Brancos 3.328 votos. Rio Branco tem 256.673 eleitores. Abstenções foram 82.424.

No comitê central da campanha, Tião Bocalom comemorou a conquista confirmada nas urnas. “Nós tivemos muitas pessoas acreditando, se esforçando com a gente. Isso é resultado da nossa persistência”, avalia.

Nessa eleição, Bocalom teve o apoio dos senadores Márcio Bittar (MDB), Mailza Gomes (PP) e Sérgio Petecão (PSD). “Nossa vitória é o resultado da persistência, e da resistência do nosso projeto para cuidar das pessoas, de Rio Branco, e ajudar o Acre a se desenvolver. Nunca desistimos, e hoje podemos agradecer a Deus e ao povo de Rio Branco”, conclui o progressista.

Tião Bocalom vai comandar a Prefeitura de Rio Branco a partir de janeiro de 2021 ao lado de Marfisa Galvão (PSD). Sebastião Bocalom Rodrigues é natural da cidade de Bela Vista do Paraíso (PR), e nasceu no dia 18 de maio de 1953. Graduado em matemática, Tião Bocalom começou sua carreira na vida política nos anos de 1980, quando se elegeu vereador em Nova Olímpia, também no Paraná.

Bocalom chegou ao Acre em 1988, onde foi servidor público, elegendo-se, tempos depois, prefeito do município de Acrelândia, vizinho a Rio Branco, por três mandatos. Em dois dos mandatos, conseguiu ser prefeito sem ter sequer um dos vereadores fazendo oposição.

Quando filiado ao PSDB, tentou, sem sucesso, quebrar a hegemonia do PT no governo e na Prefeitura de Rio Branco, candidatando-se ao executivo estadual em 2006 e 2010, e ao executivo municipal em 2008 e 2012. No ano de 2013, deixou o PSDB e filiou-se ao DEM, devido a disputas internas com o então ex-deputado estadual Marcio Bittar, atual senador pelo MDB.

Tião Bocalom, filiado ao PSL, foi candidato a deputado federal em 2018, decolando na onda bolsonarista, mas apesar de ter sido o terceiro mais votado no pleito, não conseguiu ser eleito devido ao coeficiente eleitoral. Em 2019 assumiu o comando da Emater, convidado pelo governador Gladson Cameli, de quem seria, meses depois, colega de partido, ao se filiar ao Progressistas.

Nas eleições deste ano, ele disputou o cargo de prefeito pela Coligação Produzir Para Empregar formada pelo Progressistas e o PSD.

domingo, 29 de novembro de 2020

Chico Batista, Lulu Neri e Valdor do Ó disputam a presidência da Câmara de Tarauacá

Gilson Amorim, do Notícias da Hora 27 Novembro 2020

No dia 1º de janeiro de 2021, os vereadores de Tarauacá darão um passo importante para eleger o presidente da Câmara pelos próximos dois anos. Além disso, também escolherão os demais membros da Mesa Diretora.

Chico Batista foi eleito pelo PDT

Disputam a presidência da Câmara os vereadores Chico Batista (PDT), Lulu Neri (PSD) e o Valdor do Ó (PSDB). A escolha só acontecerá no próximo ano, mas as articulações estão bem avançadas na terra do abacaxi gigante.

Lulu Neri do PSD 

Além de corpo robusto de funcionários, o presidente da Câmara tem a função de conduzir e representar a Casa.

Vereador Valdo do Ó - PSDB

O presidente tem o poder regimental de decidir, em última instância, o que será colocado em pauta no plenário. Esse é um dos pontos mais favoráveis ao presidente da Câmara, visto que ele pode colocar ou tirar de votação temas de interesse da Prefeitura de Tarauacá.

Por Gison Amorim
Notícias da Hora

Pandemia acelera tendências da indústria da música




A indústria da música apresentava algumas tendências nos últimos anos que se aceleraram muito com a pandemia. O fim do ciclo do CD como mídia física para ouvir música é um deles.

O CD já vinha com queda vertiginosa de vendas, tornando-se produto de compra de aficionados, colecionadores e aqueles que ainda preferem manusear o disco compacto a laser – mais ou menos o que ocorre com o seu antecessor, o disco de vinil.

Há uma questão muito séria no Brasil que empurra ainda mais o CD para longe da prateleira, além da queda brutal do interesse em adquirir um: a logística de distribuição no país, cara e precária.

Os acessos às plataformas de streaming de música, por outro lado, cresceram vertiginosamente nesse ano. As assinaturas avançaram e já há farto material fonográfico nesse ambiente digital.

Ressalta-se, porém, que há algum tempo intérpretes e compositores, aqui e lá fora, pedem transparência dos serviços de transmissão de áudio pela web, para pagamento adequado de execução das músicas. E reclamam ainda da baixíssima remuneração do serviço.

As gravadoras, pelo seu lado, vêm se adaptando ao meio digital, incorporando os serviços de streaming ao seu poderoso esquema de marketing. Mas o interesse delas com relação aos artistas tem recaído muito no seu potencial de atração de público pela internet, principalmente nas redes sociais.

O artista independente ganha mais do que perde com a internet com custo menor de se autoproduzir. O problema tem sido disputar espaço na tradicional rede social em meio a tanta gente querendo visibilidade.

O caminho tem sido conhecer melhor seu público e trabalhar com ele, numa comunicação direta, algo que não acontece com os grandes artistas devido ao alto volume de seguidores ou mesmo por não conseguirem cativá-los a todo tempo como eles gostariam.

Ressalta-se que a venda de CD, mesmo diminuindo, segue viva para o segmento independente como bastião de divulgação e receita, mas não deve perdurar por muito tempo.

O cancelamento de shows por conta da pandemia, a principal fonte de renda da indústria, no entanto, é ainda muito preocupante. As lives, embora dando sinais de esgotamento pelo excesso delas, vieram para ficar e devem sofrer aprimoramentos ao longo do tempo, mas não se sabe ao certo como torná-las viáveis economicamente.

A opção é aplicar a cobrança de ingressos de apresentações especiais na web. O espectador como um avatar e a possibilidade de interagir com o artista é um dos atrativos.

O fato é que toda a cadeia da música ainda trabalha para saber como fazer a internet um ambiente mais rentável. Por certo não será igual aos padrões do ambiente físico. Nem de perto.

Ao invés de ficar pensando em fórmulas mirabolantes para chamar à atenção na internet, muitos músicos torcem mesmo é pela volta, o mais rápido possível, do insubstituível show presencial no seu antigo formato, para retornarem à vida normal.

Carta Capital

Alunos do Ifac estão na final da ONHB

O campus Rio Branco do Instituto Federal do Acre (Ifac) teve duas equipes representando o estado na etapa final da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), realizada em novembro. A competição contou com a participação de mais de 17 mil equipes de todo o país, sendo 71 do Acre.


A fase final da olimpíada teve 421 equipes classificadas sendo somente duas do estado do Acre, a “IFHIS Dino” e a “Iluministas Lu-nashawn” que terminaram com a medalha de Honra ao Mérito. Ao todo, foram entregues 40 medalhas de bronze, 30 de prata, 20 de ouro e medalhas de cristal (honra ao mérito) para todas as outras 331 finalistas.

No Ifac, o campus Rio Branco entrou na 12ª ONHB com 25 equipes, conforme explicou a professora de história, Flávia Alves, responsável pelas equipes. Ela comentou sobre a importância do evento para o aprendizado dos alunos.

“A ONHB é um projeto incrível, os alunos se envolvem, pesquisam, debatem e se encantam pela História brasileira. As provas são riquíssimas em informações, nos possibilitam uma ampla reflexão histórica e isso provoca um grande amadurecimento nos discentes.”

A 12ª ONHB ocorreu entre os meses de setembro e novembro de 2020, com 69,8 mil inscritos de todo país. Assim como vem ocorrendo com a maioria dos eventos, devido à pandemia, nessa edição todas as fases foram realizadas on-line, com a premiação transmitida pelo Youtube.

“Estou muito feliz por ter participado dessa edição, por ter con-seguido estar entre os finalistas e também pela grande experiência e conhecimento que a olimpíada me proporcionou. Em nome da minha equipe, digo que estamos mais que lisonjeadas com todos esses meses de estudos e deba-tes e com a nossa classificação!”, compartilhou a aluna Franceline Amorim, integrante dos “Iluministas Lunashawn”.

A estudante Janyne de Lima participou da competição pela primeira vez. Ela integrou a equipe “IFHIS Dino” e disse que chegar na final foi uma surpresa. “Foi uma experiência gratificante e ficamos alegres com nosso resultado e por representar o Acre. Valeu a pena o esforço e experiência, só temos a agradecer nossa professora Flávia pelo incentivo e ajuda.”

Os alunos finalistas estudam nos cursos técnicos Integrados ao Ensino Médio em Edificações e em Redes de Computadores do Ifac.

A ONHB é um projeto de ex-tensão da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações (MCTIC), por meio do edital de Olimpíadas Científicas do Conselho Nacional de De-senvolvimento Científico e Tec-nológico (CNPq).


Mundo Verde: Saiba quais são os alimentos aliados da saúde do homem


Novembro é o mês de conscientização da saúde do homem, principalmente no que diz respeito a saúde da próstata. A nutrição e alimentação adequadas são grandes aliadas na prevenção da doença e da manutenção da saúde e qualidade de vida.

“Uma dieta rica em frutas, legumes, verduras ou alimentos minimamente processados como cereais integrais, feijões e outras leguminosas são capazes de prevenir o surgimento do câncer”, afirma Marcela Mendes, nutricionista do Mundo Verde.

Conheça abaixo cinco alimentos indispensáveis no plano alimentar de todo homem.

1 - Ômega-3

O Ômega-3 é a gordura essencial ao organismo e pode ser proveniente de peixes ou de origem vegetal, presente na linhaça, chia e algumas algas. De ação anti-inflamatória, antioxidante, promove a saúde cardiovascular, pode reduzir a pressão arterial e prevenir o envelhecimento das células, prevenindo também alguns tipos de câncer, como o de próstata.

2 - Coenzima Q10

De ação antioxidante, a substância presente no organismo tem relação direta com a saúde cardiovascular e produção de energia celular. Atua na saúde das células, protegendo os neurônios e prevenindo mutações cancerígenas.

Além da suplementação, pode ser encontrada em alimentos como: oleaginosas, tofu, cereais integrais, frutas e vegetais.

3 - Cúrcuma e especiarias

Fonte de curcominóides, a cúrcuma é uma opção rica em antioxidantes e possui atuação na prevenção do envelhecimento celular e mutação de células cancerígenas, sendo assim muito indicada para prevenção do câncer de próstata.

As especiarias, como pimenta preta, canela e gengibre, por exemplo, também atuam como anti-inflamatórios e antioxidantes, na saúde celular e na imunidade.

4 - Folhas verdes escuras

Ricas em clorofila, as folhas verdes escuras tem ação antioxidante e atuam na destoxificação do organismo, promovendo a eliminação de toxinas e agentes estranhos ao organismo humano. Contribuem para a renovação celular, podem prevenir a mutação de células e inúmeros tipos de câncer.

5 - Zinco e vitamina E

Os nutrientes presentes nas oleaginosas como a castanha do Pará, castanha de caju e nozes, são de grande importância para a saúde dos espermatozoides e para prevenção da calvície quando associados ao complexo B. Atuam ainda na saúde celular e na prevenção do câncer de próstata.

Sobre o Mundo Verde

O Mundo Verde, maior rede especializada em produtos naturais e orgânicos da América Latina, é referência em qualidade de vida e alimentação saudável, oferecendo soluções para o bem-estar através de lojas, e-commerce, delivery e drive-thru em todo o Brasil. A rede oferece ainda o serviço gratuito Olá Nutri, para esclarecimentos de dúvidas, dicas e orientações por meio do telefone 0800 022 25 28 e pelo e-mail olanutri@mundoverde.com.br.


Saiba mais sobre o Mundo Verde:
Ink Comunicação – Telefone: (11) 3817-2131
...

sábado, 28 de novembro de 2020

TARAUACÁ: SUSPENSAS POR 15 DIAS AS VISITAS AO PRESÍDIO MOACIR PRADO (ALA MASCULINA)



INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO PENITENCIARIA - IAPEN 
UNIDADE PENITENCIÁRIA MOACIR PRADO - UPMP 

PORTARIA 018/2020 

O DIRETOR DA DIVISÃO DE ESTABELECIMENTOS PENAIS DE TARAUACÁ- DEP/TK, no uso de suas atribuições constitucionais, legais e com alicerce no ordenamento jurídico pátrio que rege o sistema prisional. 

CONSIDERANDO o Art. 4º da portaria 623 do IAPEN-AC, o qual viabiliza a alterações na retomada de vistas aos estabelecimentos prisionais do Estado do Acre, mediante fatos agravantes do COVID19. 

CONSIDERANDO a necessidade zelar pela vida e saúde dos usuários deste estabelecimento penal. 

CONSIDERANDO o surgimento de crescente número de casos positivos para COVID19, envolvendo a população carcerária, principalmente na ALA 1 e registros no pavilhão C. bem como atendendo a orientação médica. 

R E S O L V O: 

1. SUSPENDER a visitação social da UNIDADE PENITENCIÁRIA MOACIR PRADO-UPMP, excluindo a Ala feminina(UPF), por um período inicial de 15 (quinze) dias a partir da data de 28/11/2020; 

2. Intensificar o monitoramento da doença supra referida, para posteriores deliberações. 

3. O Setor Técnico deste estabelecimento, através de seu viés social, buscará manter contato útil com os familiares dos reeducandos que forem acometidos de doença. 


Tarauacá-Acre, 28 de novembro de 2020. 


Claudecir Sousa de Sousa 
Diretor da UPMP 
Portaria nº 099/2019-IAPEN

José Saramago e a indiferença social


Uma das obras mais famosas e célebres de José Saramago é Ensaio sobre a Cegueira, romance que convida a uma reflexão profunda sobre a alma humana e sobre o que aos nossos olhos parece invisível.

José Saramago foi a voz mais autoritária da literatura portuguesa. O refinamento de sua escrita lhe valeu o Prêmio Nobel, mas não menos importante foi seu compromisso do ponto de vista político e social. Obras como “Ensaio sobre a cegueira” são um meio excepcional de catarse, um ponto de partida para a reflexão filosófica, um convite claro para “acordar”.

De José Saramago diz-se frequentemente que ele era um agitador de consciências. Ele nunca desistiu de denunciar as injustiças e sempre assumiu uma posição clara contra os conflitos de sua época. Em uma de suas palestras, ele se definiu como um escritor apaixonado, impulsionado pela necessidade de levantar cada pedra, mesmo sabendo que monstros reais poderiam estar escondidos embaixo.

A busca da verdade e o desejo de estimular a mente eram os ingredientes de um estilo literário único. Suas parábolas, construídas com imaginação, ironia e compaixão, desenham uma realidade que ninguém pode permanecer indiferente.


Vários anos após sua morte, os trabalhos de Saramago continuam sendo reimpressos em diferentes idiomas. E nem mesmo as novas gerações permanecem insensíveis ao encanto de uma personalidade tão multifacetada, um homem que chegou a pensar em completar a Declaração Universal dos Direitos Humanos com sua Carta de Deveres e Obrigações. .

Foi o escritor mais brilhante que Portugal nos deu, ao lado de outros nomes ilustres como o de Fernando Pessoa e Eça de Queiroz . Sua provocativa, mágica e perturbadora obra nos convidou a analisar o presente através de seus olhos.


“Os três males do homem moderno são a ausência de comunicação, a revolução tecnológica e uma vida centrada no triunfo pessoal”.

-José Saramago-

Biografia de José Saramago, um estudioso de origens humildes

José de Sousa Saramago nasceu em 16 de novembro de 1922 na Golegã, Portugal. Seus pais eram José de Sousa e María da Piedade, um casal de agricultores de origem humilde que ganhavam a vida com o trabalho duro da terra. Quando o pequeno José tem apenas dois anos, os dois decidem emigrar para Lisboa em busca de melhor sorte.

Na capital portuguesa conseguem alcançar uma certa estabilidade econômica. O pai começa a trabalhar como policial e José tem a oportunidade de receber educação primária. Por alguns anos ele frequentou um Instituto Técnico, mas foi forçado a sair quando seus pais não podiam mais pagar a ele o ensino médio.

Por esse motivo, o jovem José não tem escolha senão começar a trabalhar em uma fundição. Ao realizar essa atividade, com a qual ele ganha a vida, ele também usa outras roupas: as de erudito . Na verdade, ele nunca para de ler, aprendendo sozinho e, acima de tudo, escrevendo . Assim, em 1947, aos 25 anos, publicou seu primeiro romance, Terra del Peccato . Nesse mesmo ano nasceu sua filha Violante, fruto do primeiro casamento.


Maturidade como escritor e jornalista comprometido


A partir de 1955, José Saramago começou a traduzir as obras de Hegel e Tolstoi para a editora Estúdios Cor. Ao mesmo tempo, ele se esforça para tornar seu estilo de escrita mais maduro, e está empenhado em buscar novas oportunidades para alcançar o sucesso com seus romances. No momento, na verdade, apesar do talento inquestionável, nenhum editor está disposto a publicar seus trabalhos.

Depois de ver o novo romance rejeitado, Claraboia (que será publicado somente após sua morte), Saramago leva vários anos para decidir tentar novamente. Teremos que esperar até 1966, com Poemas Possíveis e uma segunda coleção de poemas, Provavelmente Alegria

Tendo alcançado o sucesso literário, Saramago sente a necessidade de embarcar em uma nova carreira no mundo do jornalismo. Começou a trabalhar para o jornal Diário de Notícias, onde mais tarde retornou como vice-diretor. Mais tarde trabalhou como comentarista político no Diário de Lisboa.

Em 25 de abril de 1974, a chamada Revolução dos Cravos explode em Portugal e, desde então, Saramago tomou a decisão de dedicar-se exclusivamente à escrita. Agora é uma figura conhecida e respeitada, e o que ele quer é deixar mais obras, mais livros para o mundo. Desde 1976 publica Os Apontamentos, obras teatrais como A Noite (1979) e livros de histórias como Objecto quase (1978).

O Prêmio Nobel

Nos anos 80, José Saramago é agora um escritor mundialmente famoso. Memorial do Convento (1982) consagra-o definitivamente como um autor internacionalmente apreciado. Alguns anos depois, ele consolidou seu sucesso com A Jangada de Pedra (1986), o polêmico O Evangelho segundo Jesus Cristo (1991) e, em particular, Ensaio sobre a cegueira (1995).

Seu estilo agora é mais procurado e seus livros são mais engajados, de modo que, em 1998, o Comitê de Estocolmo (Suécia) deu a ele o maior prêmio por um escritor: o Prêmio Nobel de Literatura. Naquela época, José Saramago dividia sua vida entre duas terras: Lisboa e Lanzarote (Ilhas Canárias). Neste último lugar, ele passou os últimos anos de sua vida com sua terceira esposa, Maria del Pilar del Rio Sánchez, jornalista e tradutora espanhola.

Ele morreu em 18 de junho de 2010 depois de lutar por um longo tempo contra a leucemia. Ele tinha 87 anos e acabava de começar um novo romance , dos quais existem apenas as primeiras 30 páginas.

Ensaio sobre cegueira

“Nós não somos cegos, mas nós não vemos”. Essas palavras resumem bem a metáfora argumentativa de uma das obras mais perturbadoras de Saramago. Em Cegueira, falamos sobre a incapacidade dos seres humanos de reconhecer o próximo. As pessoas de repente se transformam em criaturas mesquinhas, seres cegos que precisam da orientação dos outros para entender as coisas e sobreviver.


O romance é uma profunda reflexão sobre a alma humana. É um conto distópico, que mantém você preso até pela curiosidade de descobrir por que essa estranha forma de cegueira afetou a população e continua a se espalhar como uma infecção. As coisas precipitam quando o governo decide colocar em quarentena os doentes, sujeitando-os a formas estritas de controle.

Entre os protagonistas da história, só se pode ver: uma mulher que acompanha o marido naquela prisão, emprestando-lhe, por sua vez, seus olhos para ajudá-lo em tudo o mais. No entanto, todo o cenário não é menos opressivo. A higiene é escassa, os soldados não hesitam em atirar em quem chega perto demais e a degradação começa a se espalhar. Lentamente, a situação assume a forma de uma verdadeira ditadura. O caos reina e a esperança é consumida inexoravelmente.

Uma obra em que nos é mostrada a cegueira interna do ser humano. Essa incapacidade de reconhecer um ao outro e que evoca egoísmo, perda de razão, conflito e medo. Um cenário perturbador, através do qual Saramago convida a uma reflexão moral corajosa.

Ensaio sobre a Cegueira é um livro chocante, um marco na literatura contemporânea que vale sempre a pena redescobrir ou descobrir pela primeira vez.


fonte: pensar contemporâneo

O valor dos contos de fadas e a importância de contar histórias



“A alma do ser humano tem uma necessidade inesgotável de que a substância contida nos contos de fada flua em suas veias, da mesma maneira que o corpo precisa de substâncias nutritivas fluindo dentro de si” – Rudolf Steiner-

Contar histórias é uma forma antiga de transmitir conhecimentos, valores, fantasias e memórias. Temos feito desde tempos imemoriais. O DNA humano é feito de histórias. Ao longo deste post, que acompanham com citações de figuras respeitáveis sobre os assim – chamados contos de fadas, vamos abordar o significado profundo que eles contêm, bem como o papel importante no desenvolvimento saudável da criança e da criança.
Era uma vez…

Uma história é uma recriação de imagens através de palavras. As crianças são especialmente sensíveis às histórias, porque vivem em um mundo em que as imagens exercem uma tremenda influência para elas.

Durante os primeiros sete anos de vida, a criança ainda não está familiarizada com o pensamento abstrato. A formação de imagens é a maneira pela qual ela se aproxima do mundo, desce sobre ele e é incorporada à existência terrena, um processo que acontece gradualmente.


As abstrações não têm (e não deveriam ter, porque não é o que você precisa naquele momento) influência em seus processos internos. As imagens, por outro lado, ajudam você a entender o mundo. A primavera é, no momento, apenas uma palavra abstrata e desprovida de significado profundo, enquanto a descrição de uma paisagem verde e florida com céu azul será traduzida em uma imagem que será mais útil para você.


A imaginação é a chave para o desenvolvimento harmonioso dos seres humanos, especialmente em seus estágios iniciais.

“Os contos de fada que me contaram na minha infância têm um significado mais profundo do que qualquer verdade que me ensinaram na vida” – Friedrich Schiller-

Como as imagens desempenham um papel tão importante no desenvolvimento de meninas e meninos, torná-las adequadas ao que precisam é uma tarefa que os contadores de histórias aperfeiçoaram, uma vez que os seres humanos são seres humanos. O conto de fadas popularmente conhecido contém imagens que respondem às preocupações atuais de seus corpos físicos, seus humores e sua essência espiritual.

“As imagens de contos de fadas são uma fonte inesgotável de” água viva “para acelerar nossa compreensão do mistério” homem “e seu destino na terra, sempre em forma original e surpreendente!” -Goethe-

Narração estimula a formação de imagens através do que os sentidos entender, aumentar a sua criatividade e perguntando sobre uma história que vai criar a criança ea criança uma curiosidade saudável e perguntas que responder às preocupações vitais e atemporais: Por quê? Para que? Como? Para onde? Em que momento? Com que ajuda?

“Contos de fada são inestimáveis ​​para toda a sua vida; eles apontam o caminho luminoso que ele terá que percorrer durante sua própria vida e dar a ele a força para enfrentá-lo. Os contos de fadas são um legado inestimável do passado que alimenta e protege a vida interior da criança “- Rudolf Steiner-


Contar histórias

“Se você quer que seus filhos sejam espertos, leia os contos de fadas, se você quer que eles sejam mais inteligentes, leia mais contos de fadas. Quando examino a mim mesmo e meus métodos de pensar, chego à conclusão de que o dom da fantasia significava mais para mim do que qualquer talento do pensamento abstrato e positivo ” – Albert Einstein.

Alejandro Jodorowsky diz que a verdade não pode ser conhecida, mas podemos conhecer a expressão dessa verdade, que é a beleza. A beleza é importante . Apreciar a beleza e mostrar a reverência que ela merece torna nossa vida mais bonita. A história deve ser transmitida, portanto, lindamente.

Para as crianças, o mundo é um lugar inegavelmente belo. A visão adulta da realidade, no entanto, tenta impor pontos de vista que tendem a fomentar imagens mentais desprovidas de beleza. A mídia é um exemplo claro disso, atormentado por imagens violentas, destrutivas e doentias, sem utilidade para o desenvolvimento saudável. Como adultos devemos considerar, antes de permitir que as crianças recebam essas imagens, se elas representam a beleza a que aspiram. A história de um conto fantástico no tom certo irá ter um efeito calmante sobre a alma da criança ea criança, que favorecerá a formação correta do corpo físico durante os primeiros sete anos de vida, preparando-se para a assimilação posterior de conceitos lógicos. Da fantasia à razão nessa ordem.


“É importante enfatizar que para uma história manter verdadeiramente a atenção da criança, alertar e estimular sua curiosidade, além disso, estimular sua imaginação para ajudar a desenvolver seu intelecto e esclarecer suas emoções; ele tem que concordar com suas ansiedades e aspirações; faça-o reconhecer plenamente suas dificuldades, ao mesmo tempo em que sugere resolver os problemas que lhe dizem respeito.


Destaques como é importante que o adulto está próxima, ter o cuidado de dar todo o crédito à gravidade dos conflitos da criança, sem diminuir em tudo, e estimulando, simultaneamente, a sua confiança e seu futuro ” (Bruno Bettelheim : A psicanálise dos contos de fadas)

Contar histórias para nossos filhos é uma excelente maneira de dar a eles ferramentas bonitas, saudáveis, estimulantes e apropriadas para o seu desenvolvimento. Qualquer menina ou menino apreciará muito a narração cuidadosa e dedicada de um conto de fadas. Há uma infinidade de literatura fantástica para crianças que respeita as premissas de uma boa história, e compartilharemos algumas dessas opções em posts futuros. Mas há um modo sublime, ainda mais alto, de fazê-lo: você pode inventar suas próprias histórias . Nós fizemos isso e continuaremos fazendo isso. Eles podem até ver a luz na forma de uma publicação, quem sabe. Por enquanto, é suficiente para nós sabermos que essas histórias cumpriram o propósito de preparar nossas filhas para “O mais maravilhoso conto de fadas de todos: a vida” (Hans Christian Andersen).

“Os contos de fada são mais que reais, não porque nos dizem que os dragões existem, mas porque nos dizem que os dragões podem ser derrotados” – Gilbert K. Chesterton-

fonte: pensarcontemporâneo

Como o “Bem Maior” é usado como ferramenta de controle social


Em vez de respeito pela razão, diálogo aberto, liberdade de expressão e direitos individuais e de propriedade, os sistemas políticos em todo o mundo estão se tornando cada vez mais autoritários. Decepções e mentiras, manipulação e propaganda, fomento do medo e operações psicológicas estão todos sendo usados ​​para justificar ações políticas que destroem vidas. Como os políticos continuam a convencer o público a acabar com sua liberdade em favor de um controle governamental pesado? Por que tão poucas pessoas estão defendendo a liberdade quando um mundo sem ela é um mundo de sofrimento em massa? Neste vídeo, vamos examinar essas questões.

“… se a liberdade está regredindo hoje em uma parte tão grande do mundo, isso provavelmente se deve ao fato de os dispositivos para a escravidão nunca terem sido escolhidos tão cinicamente ou tão eficazes, mas também porque seus verdadeiros defensores, através do cansaço, do desespero ou de um falsa ideia de estratégia e eficiência, se afastaram dela. ” 

Albert Camus, Resistência, Rebelião e Morte

Costuma-se dizer que não se pode resolver um problema se nem mesmo estiver ciente dele, e aqui está uma das razões pelas quais a liberdade está se retirando tão rapidamente de nosso mundo. Muitas pessoas ainda acreditam que são livres e, como Goethe escreveu: “Ninguém é mais desesperadamente escravizado do que aqueles que acreditam falsamente que são livres”. Aqueles que se consideram livres desconsideram o fato de que ser governado no mundo moderno é ser

“… vigiado, inspecionado, espionado, dirigido, movido por lei, numerado, regulamentado, inscrito, doutrinado, pregado, controlado, verificado, estimado, valorizado, censurado [e] comandado, por seres que não têm o direito nem a sabedoria nem a virtude de fazê-lo. ”

Pierre-Joseph Proudhon

Aceitar nossa falta de liberdade é um passo necessário para neutralizar essa condição indesejável. Enquanto permanecermos na negação das cadeias de servidão que estão sobre nós, não faremos nada para colocá-las de lado. Mas quando reconhecemos nossas cadeias, podemos começar a nos opor a elas e, no processo, contribuir para a criação de um mundo melhor, ou como Camus observou:

“A tarefa dos homens… não é abandonar as lutas históricas nem servir aos elementos cruéis e desumanos dessas lutas. É antes permanecer o que é, ajudar o homem contra o que o oprime, favorecer a liberdade contra as fatalidades que a cercam … A grandeza do homem … está em sua decisão de ser maior que sua condição. E se sua condição for injusta, ele só tem uma maneira de superá-la, que é ser apenas ele mesmo. ”

Albert Camus, Resistência, Rebelião e Morte


Mas a ignorância generalizada quanto à falta de liberdade não é a única razão pela qual a liberdade está se retirando do mundo. Em vez disso, há também uma ideia que infectou muitas mentes e essa ideia, se não for derrotada, pode vir a ser o beijo da morte pela liberdade em nossa geração. Essa ideia é promovida pela maioria dos políticos, doutrinada na juventude na escola e por meio da cultura popular, e defendida pela grande maioria dos palestrantes na grande mídia. Essa ideia é coletivismo. Para entender o que é coletivismo, devemos considerar a questão: “O indivíduo existe para o bem da sociedade? Ou a sociedade existe para o bem dos indivíduos? ” Aqueles que aderem ao coletivismo acreditam que o indivíduo existe para o bem da sociedade e, portanto:

… O indivíduo deve subordinar-se e conduzir-se para o benefício da sociedade e sacrificar seus interesses particulares egoístas ao bem comum. ”

Ludwig von Mises, Epistemological Problems of Economics


Esta mentalidade coletivista é fundamental para o comunismo, fascismo e socialismo: “O bem comum antes do bem individual.” proclamou os adeptos mais infames de um coletivismo. ( Adolf Hitler )  A doutrina do coletivismo foi posta em prática por muitos ditadores como Hitler, Lenin, Stalin, Pol Pot e Mao. Morte, destruição e sofrimento em grande escala foram o resultado final em cada caso.

Como colocar o bem da sociedade acima do bem do indivíduo tende a esses resultados infelizes? Não é uma demonstração de compaixão sacrificar nossos interesses pessoais pelo bem maior de nossa sociedade? À primeira vista, o coletivismo pode parecer uma posição virtuosa a se assumir, mas em uma investigação mais detalhada, um erro filosófico chamado de falácia da concretude mal colocada corrompe a aplicação prática dessa ideologia. A falácia da concretude deslocada ocorre quando tratamos o que é meramente uma abstração como uma entidade que existe no mundo real. O coletivismo, ao afirmar que o indivíduo deve sacrificar seus interesses privados pelo bem da sociedade, toma o que é apenas um conceito – “sociedade” – e trata tal conceito como se tivesse uma existência concreta, mas como Jung aponta:

““ Sociedade nada mais é do que um termo, um conceito para a simbiose de um grupo de seres humanos. Um conceito não é portador de vida. ” 

Carl Jung, Volume 15 Prática de Psicoterapia


Em contraste com o indivíduo que tem uma existência real no mundo, a sociedade é uma abstração usada para representar uma coleção em constante mudança de indivíduos vivendo e interagindo em proximidade. Por mais que se pareça, nunca se encontrará uma entidade concreta chamada sociedade que possamos apontar e identificar de maneira análoga a como podemos identificar um indivíduo.

“A sociedade não existe separada dos pensamentos e ações das pessoas. Não tem “interesses” e não visa nada. O mesmo é válido para todos os outros coletivos. ”

Ludwig von Mises, The Ultimate Foundation of Economic Science
Ou, como disse Jung:

“. . .a “nação” (como o “Estado”) é um conceito personificado… A nação não tem vida própria separada do indivíduo e, portanto, não é um fim em si mesma…. Toda vida é vida individual, somente na qual o significado último pode ser encontrado.

Carl Jung, a linha suíça no espectro europeu

Como uma sociedade é um conceito que ela não pode pensar, agir, falar ou escolher e, portanto, um indivíduo, ou grupo de indivíduos, deve receber a capacidade de definir o chamado bem maior da sociedade e, então, o poder de forçar os indivíduos a agir a serviço desse bem. Desde o início da civilização, tem sido classes dominantes que se ungir os árbitros do bem maior, e assim não surpreendentemente o bem maior, mais frequentemente do que não, meramente equivale ao bem dos que estão no poder, ou como o 20 º século o psicólogo Nathaniel Branden escreveu:

“Com tais sistemas [coletivistas], o indivíduo sempre foi uma vítima, torcido contra si mesmo e ordenado a ser” altruísta “no serviço sacrificial a algum valor supostamente superior chamado Deus ou faraó ou imperador ou rei ou sociedade ou o estado ou a raça ou o proletariado – ou o cosmos. É um estranho paradoxo de nossa história que essa doutrina – que nos diz que devemos nos considerar, de fato, como animais de sacrifício – tenha sido geralmente aceita como uma doutrina que representa a benevolência e o amor pela humanidade. Do primeiro indivíduo … que foi sacrificado em um altar para o bem da tribo, aos hereges e dissidentes queimados na fogueira para o bem da população ou para a glória de Deus, aos milhões exterminados em … campos de trabalho escravo para o bem da raça ou do proletariado,


Nathaniel Branden, The Psychology of Romantic Love
O filósofo Georg Wilhelm Friedrich Hegel, um coletivista ferrenho que exerceu profunda influência nas ideias de Karl Marx, promoveu a negação do indivíduo pelos coletivismos com as seguintes palavras: 

“Uma pessoa sozinha, nem preciso dizer, é algo subordinado e, como tal, deve se dedicar ao todo ético. Portanto, se o estado reclama a vida, o indivíduo deve renunciar a ela … Todo o valor que o ser humano possui … ele possui apenas através do Estado. ”  

Georg Wilhelm Friedrich Hegel, Elementos da Filosofia do Direito
Ao contrário das artimanhas filosóficas promovidas pelo coletivismo, nem o “bem maior” da sociedade, nem do Estado, nem qualquer outro conceito usado para descrever uma simbiose de seres humanos é superior a indivíduos de carne e osso, cujas ações espontâneas são o verdadeiro criativo e força geradora no mundo. Como o 19 º  século britânico filósofo Auberon Herbert escreveu,

“O indivíduo é rei, e todas as outras coisas existem para o serviço do rei.” 

Auberon Herbert, Lost in the Region of Phrases

Ou como ele explicou:

“[O indivíduo] está incluído em muitos conjuntos – sua escola, sua faculdade, seu clube, sua profissão, sua cidade ou condado, sua igreja, seu partido político, sua nação … mas ele é sempre maior do que todos … Todos esses vários todos, sem exceção … existem para o bem do indivíduo. Eles existem para fazer seu serviço; eles existem para o seu lucro e uso. ” 

Auberon

A convicção de que “o indivíduo é rei” informou as ideias dos pensadores iluministas dos séculos 17 e 18 e levou a um rápido despertar para a conexão vital entre a liberdade e os direitos individuais de vida, liberdade e propriedade. De um modo geral, os direitos individuais especificam que:

“A única liberdade que merece esse nome é a de buscar o nosso próprio bem à nossa maneira, desde que não procuremos privar os outros do deles ou impedir seus esforços para obtê-lo. Cada um é o guardião adequado de sua própria saúde, seja corporal ou mental e espiritual. ”

John Stuart Mill, On Liberty

Aqueles que defendem os direitos individuais não são motivados por uma insensibilidade à situação e sofrimento dos outros, mas sim pelo reconhecimento de que, ao conceder a cada um de nós a liberdade de buscar o nosso próprio bem, surge a cooperação social, a divisão do trabalho e uma sociedade próspera de uma maneira ascendente e, portanto, a capacidade de ajudar os outros também melhora. Pois, sem o mecanismo de geração de riqueza da liberdade, todas as boas intenções do mundo não irão vestir, abrigar e alimentar os pobres. Os coletivistas afirmam o contrário. Uma ênfase nos direitos do indivíduo, eles sugerem, ao invés do bem maior, tende a inibir a cooperação social e promover uma população atomizada na qual cada homem e mulher é uma ilha deixada para se defender por si mesma. Mas aqui os coletivistas entendem o contrário. Somos naturalmente animais sociais e por isso a atomização dos indivíduos só ocorre quando um governo, sob o pretexto do “bem maior”, recebe o poder de impor o isolamento social ou então de semear o medo e a suspeita entre amigos e vizinhos. Em seu estudo clássico de 20th coletivista século sistemas políticos, o médico Joost Meerloo observou que

“… Por trás da cortina de ferro, a reclamação mais proeminente no sistema totalitário era a sensação de isolamento mental. O indivíduo se sente sozinho e continuamente alerta. Existe apenas suspeita mútua. ”

Joost Meerloo, The Rape of the Mind
Carl Jung, que viveu o totalitarismo que varreu a Europa em meados do século 20 , também observou:

“O Estado de massa não tem a intenção de promover o entendimento mútuo e a relação de homem para homem; ela se esforça … pela atomização, pelo isolamento psíquico do indivíduo ”.

Carl Jung

A melhor maneira de promover a cooperação social e uma sociedade próspera não é por meio do controle centralizado de cima para baixo, mas removendo as garras do controle e permitindo que os indivíduos façam suas próprias escolhas em relação às suas próprias vidas. E é isso que realiza uma sociedade estruturada em direitos individuais. Viva e deixe viver, como diz o velho ditado. Ou como David Kelley explica:

“[Os direitos individuais] deixam os indivíduos responsáveis ​​por viver suas próprias vidas e atender às suas próprias necessidades, e eles fornecem a liberdade para cumprir essas responsabilidades. Os indivíduos são livres para agir com base em seu próprio julgamento, para buscar seus próprios fins e para usar e dispor dos recursos materiais que adquiriram por meio de seus esforços. Esses direitos refletem a suposição de que os indivíduos são fins em si mesmos, que não podem ser usados ​​contra sua vontade para fins sociais ”.

David Kelley, A Life of One’s Own: Individual Rights and the Welfare State
Como os direitos individuais nos deixam livres para buscar o nosso próprio bem à nossa própria maneira, desde que não agredamos a pessoa ou a propriedade de outros, segue-se que cada um de nós tem o direito à liberdade de expressão, liberdade de movimento, liberdade de associação e reunião, direito de propriedade e autonomia corporal, e direito de trabalhar e reter os frutos do nosso trabalho.

“O homem é senhor absoluto de sua própria pessoa e posses, igual aos maiores e não sujeito a ninguém.” (Locke)

John Locke, segundo tratado
Os direitos individuais são universais no sentido de que se aplicam a todos os seres humanos em todos os lugares:

“… Os direitos existem independentemente de serem implementados na constituição legal de um determinado país.”

David Kelley, A Life of One’s Own: Individual Rights and the Welfare State
E são inalienáveis ​​no sentido de que não podem ser dados ou tirados por nenhum homem, governo ou instituição.  

“Os direitos naturais do homem são seus, contra o mundo inteiro; e qualquer violação deles é igualmente um crime … seja cometido por um homem, chamando-se de ladrão … ou por milhões, chamando-se de governo ”. 

Lysander Spooner, Sem Traição A Constituição Sem Autoridade
Quando uma sociedade e o sistema judicial são baseados em um profundo respeito e compromisso com os direitos individuais, o indivíduo é rei e, portanto, o indivíduo é livre. Mas quando os direitos individuais são transgredidos sob o pretexto da segurança pública ou do “bem maior”, o indivíduo se torna mera propriedade política que qualquer turba, governo ou instituição no poder pode oprimir, deter ou eliminar se julgar necessário. Como Lysander Spooner explicou:

“… Não há diferença… entre escravidão política e escravidão. O primeiro, não menos do que o último, nega a propriedade de um homem de si mesmo e dos produtos de seu trabalho; e afirma que outros homens podem possuí-lo e dispor dele e de sua propriedade, para seu uso e à sua vontade. ”  

Lysander Spooner, Sem Traição A Constituição Sem Autoridade
No mundo moderno, estamos nos aproximando cada vez mais de uma aceitação generalizada do coletivismo e, portanto, da condição de escravidão política à qual Spooner alude. Em ocasiões como essas, é útil reconhecer que, embora a maioria seja cúmplice de sua servidão, ao se colocar do lado da liberdade, nos unimos em espírito com todos os outros guardiões da liberdade em todo o mundo.

“Eu me revolto – portanto existimos.”

Albert Camus, o rebelde
Ou como Camus Further escreveu:

“Cada pessoa insubordinada, quando se levanta contra a opressão, reafirma assim a solidariedade de todos os homens.” (Camus)

Albert Camus, Resistência, Rebelião e Morte

Esse artigo foi transcrito e traduzido a partir do vídeo (Em Inglês) do canal Academy of Ideas


fonte: https://www.pensarcontemporaneo.com/

Gêmeas siamesas nascem em Rio Branco


Do AC24Horas - Na noite desta sexta-feira, 27, nasceram duas gêmeas siamesas na maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco. As crianças são filhas de uma mulher do município de Feijó, no Seringal Vista Alegre.

O secretário de Saúde, Alysson Bestene, estava providenciando Tratamento Fora de Domicílio (TFD), mas pelos exames provavelmente não existe chance de sobrevida para nenhum dos bebês, por compartilharem órgãos vitais.

O governador Gladson Cameli telefonou agora à noite para a tia e acompanhante, Osmarina de Souza e disse que Deus abençoe as crianças e à família, se colocando à disposição. Cameli perguntou como está o estado de saúde da mãe das crianças. “Transmita meu abraço”, disse o chefe do executivo.

TARAUACÁ: Unidades de saúde do município estão sendo reformadas e modernizadas

 

Da Assessoria - Todas as Unidades Básica de Saúde do município de Tarauacá, estão passando por revitalização realizada pela Prefeitura de Tarauacá, através da Secretaria de Saúde.

O trabalho faz parte de uma reestruturação completa realizada pela prefeita Marilete Vitorino, com a intenção de melhorar o atendimento à população. O Secretário de Saúde, Raimundo Nonato (Déy), fez questão de agradecer a gestora pelo empenho com saúde do município. 

Uma série de pequenos reparos é realizada em toda a estrutura da Unidade Saúde. Além disso, o foi feito limpeza geral, além da revitalização do prédio como pintura, reparos em portas, janelas, móveis e substituição de equipamentos . 

A prefeita Marilete Vitorino, disse: "Esta obra é muito importante para população de Tarauacá e temos o compromisso de oferecer um atendimento em um ambiente confortável e saudável onde todos podem ter atendimento digno".

Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano


Da Agência Brasil - A exigência da prova de vida anual de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está suspensa até o fim do ano. A Secretaria de Previdência do Ministério da Economia informou, no início da noite, que publicará, na segunda-feira (30), uma portaria com a prorrogação da medida.

A prova de vida anual obrigatória deixou de ser exigida desde o dia 18 de março de 2020, como medida de proteção no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A medida, no entanto, não afeta o recebimento de proventos e pensões. Com o adiamento da retomada da prova de vida, quem não fez o procedimento entre março e dezembro desse ano, não terá o benefício bloqueado até o fim de janeiro.

Realizada todos os anos no mês de aniversário do beneficiário, a comprovação de vida é exigida para a manutenção do pagamento do benefício. A prova de vida exige o comparecimento do segurado ou de algum representante legal ou voluntário à instituição bancária onde saca o benefício.

Desde agosto do ano passado, o procedimento pode ser feito por meio do aplicativo Meu INSS ou pelo site do órgão por beneficiários com mais de 80 anos ou com restrições de mobilidade. A comprovação da dificuldade de locomoção exige atestado ou declaração médica. Nesse caso, todos os documentos são anexados e enviados eletronicamente.

TARAUACA: SINTEAC FIRMA PARCERIA COM ESCOLINHA DE FUTEBOL

 


O Sindicato da educação de Tarauacá – Sinteac firmou convênio/parceria com a Escolinha de futebol BOM DE BOLA, a parceria proporciona aos filhos de associados do Sinteac realizarem aulas de futebol com custo zero. 

A escolinha de futebol BOM DE BOLA funciona no turno da tarde, antes as aulas aconteciam na quadra de grama sintética do bairro Senador Pompeu “TKBOL”, mas a partir de agora serão na quadra da escola Instituto São José.

A mesma tem como missão contribuir para o desenvolvimento do indivíduo em todos os aspectos: esportivos com teoria e pratica, cidadão, recreativo, social, cognitivo, sócio afetivo e espiritual, mantendo assim o compromisso de promover o crescimento global da criança, As aulas são voltadas a ensinamento técnico-educacional específico para a modalidade desportiva do futebol, por formação coletiva ou individual, assim como dará conhecimentos específicos de regras, legislação, fundamentos e comportamentos do atleta de futebol. 

Tendo como diferencial o resgate dos valores cristãos, essenciais ao ser humano, através de um trabalho pedagógico primoroso em parceria com professores, comunidade, educadores e familiares. 

A escolinha é voltada a alunos de seis a dezoito anos de idade. 

De acordo com Lauro Benigno, a diretoria do Sindicato decidiu firmar esta parceria para dar a oportunidade aos associados do Sinteac, colocarem seus filhos para praticarem o futebol. “Sem dúvida, o esporte é um importante instrumento educacional e, com esta iniciativa, estamos oferecendo esta oportunidade”. Este é um projeto antigo da nossa entidade e encontramos na escolinha BOM DE BOLA a oportunidade de por em pratica, e ainda contamos os renomados desportistas Francisco de Assis “Guru” e Martonio Bezerra “Poti”, como monitores, destaca. 

As inscrições para os dependentes diretos de associados já se encontram abertas, onde os associados e responsáveis pelos jovens deverão procurar a secretaria do sindicato, no horário da manhã.

veja horário das atividades:

terça -feira: de 13h as 15:30h alunos da faixa etária 6 a 14 anos.
de 13:30h as 17h alunos da faixa etária 15 a 18 anos. 

quinta -feira: de 13h as 15:30h alunos da faixa etária 6 a 14 anos.
de 13:30h as 17h alunos da faixa etária 15 a 18 anos.

(assesoria)