CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

TARAUACÁ: SURGE MAIS UM PRÉ CANDIDATO A VEREADOR - O POPULAR "CACH"


Antônio Hilton Souza Gomes, conhecido popularmente Como Cash, é mais um pré-candidato a Vereadora em Tarauacá.

Cashé militante do PCdoB desde sua adolescência e pretende ser um legítimo representantedo povo na câmara de vereadores.

Atualmente é fundador e presidente do Bairro Ilha Grande.  

Bebês negros eram usados como iscas para caçar jacarés nos EUA


Durante a escravidão e até meados do século vinte, bebés negros foram usados como isca de jacaré no Norte e Centro da Florida nos Estados Unidos de América.

Os caçadores de jacarés roubavam os filhos quando as mães, muitas delas escravas estavam ocupadas com seus afazeres diários. Algumas seriam crianças de um ano de vida ou menos. Outras crianças eram roubadas à noite mediante ataques brutais contra seus pais, de seguida amarravam uma corda em volta do pescoço e ao redor de seu torso junto de uma árvore no pântano ou eixavam-nas em gaiolas como se fossem galinhas.


Como as crianças choravam e gritavam os jacarés apareciam rápido para devora-las, em questões de minutos os jacarés estavam sobre elas. O caçador que se mantinha distante não dava conta da presença do jacaré, já que a caça era realizada a noite, então somente quando o animal atacava a criança e tentava arrasta-la no pântano para devorar ou quando começava a come-la viva é que os caçadores conseguiam se aperceber da presença do mesmo através dos movimentos e esticar da corda. Somente nesta altura que eles partiam em direção ao bebe e matavam o animal.

A revista Time, em 1923, relatou que os caçadores da cidade de Chipley, Flórida, praticavam tais atos, mas a cidade negou-o como “uma mentira boba, falsa e absurda. ”A prática tem sido documentada em pelo menos em três filmes: “Alligator Bait” (1900) e “O ‘Gator eo pickaninny” (1900). E a história de dois meninos negros que serviam de isca de jacaré foi contada em “Fúria Untamed” (1947).

Na verdade, o termo “isca de jacaré” era comum em todo o Sul dos estados unidos, pelo menos, da década de 1860 até ao ano de 1960 foi um insulto racial e uma ameaça que os brancos usavam para “domesticar” as crianças negras resilientes.

Mas na década de 1940 no Harlem, em New York “, isca de jacaré” aplicada aos negros de qualquer idade – particularmente aqueles que eram da Flórida.

Finalmente, em termos de iconografia, a partir de, pelo menos, a década de 1890 até os anos 1960, as crianças negras eram frequentemente retratado como isca de jacaré nos brinquedos para as crianças brancas, saboneteiras, escovas de dentes, cinzeiros e, especialmente, em cartões postais enviados através do correio dos EUA.

Quem quiser saber mais sobre o assunto só visitar os links abaixo:
http://www.authentichistory.com/diversity/african/3-coon/7-alligator/
http://www.urbandictionary.com/define.php?term=Alligator+Bait
http://www.authentichistory.com/diversity/african/3-coon/7-alligator/

Por Simone Guimaraes, em Pensador Anônimo

TARAUACÁ: CAMPANHA PEDE AJUDA PARA FAMÍLIA EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIAL


Vamos ajudar ?

Amigos, hoje pela manhã, fui convidada pelo amigo e diretor da Escola Adelmar de Oliveira para conhecer e juntos ajuramos a Dona Ana Lucia , 37 anos , casada e mãe de 11 filhos que vive nos ultimos tempos uma dura realidade.

O esposo trabalha na diaria , ela por conta da trombose e hernia de disco , esta há dois meses que não anda.

Muito chorossa e debilitada por conta da doença e falta de alimento a mesma , me confessou que hoje ela e os filhos ainda não haviam tomado café , isso as 10 horas da manhã.

Por isso estamos aqui pedindo a sua ajuda, eu e o Raimundo Nonato também vamos fazer a nossa parte .

Nosso pedido é por alimentos !
!Nosso pedido é por alimentos !
Nosso pedido é por alimentos !

Janaina Furtado
Nosso pedido é por alimentos !
!Nosso pedido é por alimentos !
Nosso pedido é por alimentos !
Nosso pedido é por alimentos !
!Nosso pedido é por alimentos !
Nosso pedido é por alimentos !

Obs: Rua Alipio Alves, terceira Rua a dereita vindo do centro ..Bairro Novo

TARAUACÁ: NESTE DOMINGO A TERCEIRA EDIÇÃO DA GRANDE FESTA PARTY BOSS


Jesus Sérgio pede recuperação urgente da BR-364 e BR-317


O deputado federal Jesus Sérgio (PDT) enviou esta semana ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) um requerimento, onde solicita ao Governo Federal o início urgente das obras de recuperação da BR-364 e BR-317.

Com a chegada do período chuvoso, o chamado “inverno amazônico”, as chuvas desde final de setembro e de outubro causaram estragos na malha viária federal do Acre. Diariamente cenas de acidentes graves são registrados, nas rodovias BR-364 e 317, que ligam a maioria dos municípios do Acre.

“As mortes e ferimentos graves estão se repetindo com frequência e a causa identificada por todos é o elevado número de buracos nas pistas das duas rodovias federais. No último mês até uma ambulância que transportava uma mulher grávida, perdeu o controle na estrada e capotou no trecho da BR-364, entre Sena Madureira e Bujari. Notícias diárias de acidentes vêm se acumulando em todo o Estado, por isso, precisamos urgentes que o DNIT inicie o recapeamento dessas rodovias”, afirmou Jesus Sérgio.

O parlamentar também alerta para urgência das obras do DNIT. “A frequência dos acidentes e a repetição das causas identificadas pela má conservação das rodovias torna obrigatória e urgente uma intervenção do DNIT com recursos emergenciais para uma operação tapa-buracos”, alerta o deputado.

(assessoria)

Jenilson pede que ALEAC receba representantes da Frente Parlamentar da regional Tarauacá /Envira.


O deputado estadual Jenilson Leite (PSB), vice-presidente da ALEAC e membro titular da Comissão de Saúde, está mediando o encontro da comissão de saúde na Assembleia Legislativa com os vereadores de Tarauacá, Jordão e Feijó, que formaram uma comissão intermunicipal para discutir os problemas de saúde que assolam os moradores destes municípios na regional Tarauacá/ Envira.

Além de Jenilson, que será o intermediário do encontro, os demais membros da Comissão na ALEAC irão participar do debate com os legisladores das câmaras locais.

Leite destaca que essa comissão formada pelos edis é de fundamental importância na luta pela saúde, haja vista que os problemas que afligem os moradores dessa região é enorme, principalmente com a saída de profissionais que realizam cirurgias e amenizvam a situação. " Os problemas assistenciais são ernomes e o governo do Estado precisa apresentar medidas que solucione a demanda. Por exemplo, as cirurgias, que antes eram realizadas com a presença de uma anestesista, que ia uma vez por mês naqueles municípios, de certa maneira minimizava a demanda que tinha lá". 

Agora, segundo o deputado, "com a retirada do anestesista,os pacientes entraram na fila de espera da rede estadual e não sabem quando serão chamados para fazer o procedimento, podendo complicar o quadro clínico e morrer". 

Além da crise que paira nas unidades de saúde sob a responsabilidade do Estado, em Tarauacá, os munícipes estão sofrendo com a epidemia de dengue.

O encontro com a Comissão de Saúde será de 27 de novembro.

(assessoria)

Governo prevê internet em 100% das escolas urbanas em 2020

Alunos de escolas públicas urbanas em mais de 5,2 mil municípios do país poderão ser beneficiados com acesso à internet. Em cerimônia no Palácio do Planalto, com participação do presidente Jair Bolsonaro, o governo anunciou hoje (19) a ampliação do programa Educação Conectada, do Ministério da Educação (MEC). A medida prevê investimentos de R$ 224 milhões até o final de 2020. Ao todo, cerca de 70 mil escolas serão atendidas, alcançando um total de 27,7 milhões de alunos.

No início do mês, o MEC já havia anunciado a expansão do programa para 24,5 mil escolas urbanas, além de garantir que outras 9,9 mil escolas contempladas em 2018 continuassem com a cesso à internet a partir do repasse do dinheiro para a manutenção do serviço.

"Das escolas urbanas, a gente vai para mais de 80% [de cobertura de internet]. Das escolas rurais, que é via satélite, [a cobertura] era zero, esse ano a gente já vai para 40%, e aí a gente começa a acelerar esse processo", afirmou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entrevista a jornalistas. No caso das escolas rurais, o Educação Conectada é realizado em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que recebeu do MEC, em 2019, um total de R$ 60 milhões para implantar internet por meio de tecnologia via satélite. Até o fim deste ano, o governo prevê conexão de 8 mil escolas rurais à internet.

A velocidade da internet, segundo a pasta, depende da velocidade ofertada na região, mas o MEC disse que garante a melhor oferta disponível. O Educação Conectada tem o objetivo de apoiar a universalização do acesso à internet em alta velocidade e fomentar o uso pedagógico de tecnologias digitais na educação básica.

Para receber a conexão de internet, as instituições públicas precisam ter número de matrículas maior que 14 alunos; ter, no mínimo, três computadores para uso pelos alunos; e, ter, no mínimo, um computador para uso administrativo e pelo menos uma sala de aula em funcionamento.
Livros didáticos

O governo também lançou nesta terça-feira um concurso nacional de desenho da bandeira nacional para estudantes de escolas públicas. As ilustrações mais bem avaliadas vão estampar a quarta capa dos livros didáticos, que fazem parte do Programa Nacional do Livro e Material Didático (PNLD). Batizado de 1º Concurso Sua Arte no Livro Didático", a iniciativa é do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao MEC, e principal financiador da educação básica no Brasil. Atualmente, cerca de 7 milhões de alunos do Ensino Médio em mais de 20 mil escolas são atendidos pelo PNLD.

Segundo as regras do concurso, os cinco primeiros colocados vão ganhar computador, uma viagem para a cidade de São Paulo, para receberem a premiação, além de terem o desenho impresso nos livros. Os diretores de escolas públicas devem indicar a participação dos alunos pelo portal do FNDE na internet.

Da Agência Brasil

IDAF envolve instituições de todo o Estado em ação de prevenção a zoonoses


O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) está promovendo uma iniciativa em parceria com várias instituições em todo o estado que possuem conexão direta ou indireta com a área de Saúde Pública, como os Departamentos de Vigilância Sanitária e Epidemiológica, Secretarias de Infraestrutura Urbana e de Meio Ambiente, entre outras, além do Ministério Público, por meio das promotorias nos municípios.

O objetivo da iniciativa é produzir ações conjuntas entre os diversos órgãos, visando a promoção de medidas voltadas para a prevenção de doenças infecciosas que podem ser transmitidas entre animais e seres humanos, as zoonoses. O trabalho tem por base o conceito de Saúde Única, sugerido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) com o fim de demonstrar a indissociabilidade da saúde humana, animal e ambiental.

A médica veterinária Maria do Carmo Portela, do Setor de Comunicação Social do Idaf, é a coordenadora dos encontros realizados nesta última semana nos municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia, Xapuri e Capixaba. Ela ressalta a importância da integração das instituições em torno do tema como maneira de se estabelecer um plano de ações que envolva todas as áreas de intervenção no âmbito da saúde pública no estado.

“Nós estamos reunindo as vigilâncias sanitária e epidemiológica dos municípios, a vigilância ambiental e o Ministério Público no sentido de que o tema saúde, na atualidade, engloba, inevitavelmente, a saúde humana e a saúde animal. É necessário que todos assumam o compromisso com as medidas e ações que nos levem a ter um controle sobre as possibilidades de desenvolvimento de zoonoses, que são as doenças animais possíveis de ser transmitidas ao homem”, explicou.

O cuidado para que animais, principalmente bovinos e suínos, não tenham acesso aos lixões ou aterros sanitários e conscientização de pessoas e empresas para que evitem a destinação de sobras de alimentos para a alimentação de animais, o que pode facilitar o surgimento de doenças como a peste suína clássica, estão entre as medidas que devem ser observadas e implementadas pelos setores envolvidos na ação. Cuidados ambientais também são importantes, como a coleta e destinação correta do lixo, projetos de reflorestamento e descarte adequado de embalagens plásticas.
A importância do conceito de Saúde Única

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), 60% das doenças infeciosas humanas são zoonoses; 75% dos agentes de doenças infeciosas no homem são de origem animal; cinco doenças novas no homem surgem por ano, sendo três de origem animal, e 80% dos agentes causadores de doenças que podem ser utilizados como armas biológicas são zoonóticos.

Do ponto de vista econômico, o Ministério da Agricultura afirma que até 2020 a expectativa é de que a produção nacional de carnes supra mais de 44% do mercado mundial. A excelência das granjas brasileiras coloca o país como terceiro maior produtor de carne de frango e o quarto maior produtor de carne suína do mundo. A saúde dos rebanhos tem importância fundamental nos processos de comercialização desses produtos.

Doenças como a brucelose são responsáveis por grandes perdas econômicas na cadeia produtiva do leite e na credibilidade da unidade de produção. Pesquisas mostram que a doença pode ser responsável pela queda de 25% na produção de leite e pela redução de até 15% na produção de bezerros. A brucelose representa também um risco potencial à saúde humana caso o leite contaminado seja ingerido pela população.

A médica veterinária Ane Gabrielle Cardoso Lima, chefe do escritório do Idaf em Xapuri, diz que o principal foco da ação de Saúde Única é voltado para os riscos de raiva animal, tuberculose, brucelose, peste suína clássica e mal da vaca louca (EEB). Segundo ela, como o contato entre humanos e animais é muito intenso, as ações preventivas são fundamentais para que várias doenças possam ser evitadas.

“Em várias ações nós iremos levar informações para as pessoas a respeito de como ela deverão fazer para evitar se contaminar ou contaminar seus animais. Nós sabemos que a proximidade entre homem e animal é muito grande, seja na zona rural, por meio das criações, seja na zona urbana, com os animais de estimação, e até mesmo por conta da alimentação, no consumo de produtos animais”, afirmou.

Raiva Bovina

No mês de janeiro deste ano, o Idaf teve a confirmação de um caso de raiva bovina na região do seringal Espalha, no limite entre os municípios de Xapuri e Rio Branco. Depois disso, novos casos suspeitos foram comunicados ao órgão.

A médica veterinária Ane Gabrielle informou que todas as medidas previstas foram tomadas pelo órgão e todos os animais suscetíveis da área foram vacinados à época da ocorrência, e que essa imunização ainda será reforçada pelo Idaf.

A chefe do escritório do instituto em Xapuri informou também que outras ações serão realizadas na região, como a captura de morcegos e a intervenção dos setores de vigilância sanitária e epidemiológica para agir na vacinação de cães e gatos, além do trabalho de investigação com relação aos humanos.

No caso de agressões de morcego contra animais, Ane Gabrielle explica que o Idaf deve ser comunicado. Quando houver o registro de ataques contra pessoas, a saúde pública deve ser procurada para que as medidas preventivas de costume sejam tomadas.

Febre aftosa

Desde 1º de novembro, o Acre está em plena campanha de vacinação contra a febre aftosa, que encerra no próximo dia 30. Depois disso, o estado, juntamente com Rondônia e parte do Amazonas, sairá do calendário do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA).

O estado acreano será um dos primeiros a receber do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) a certificação de zona livre de febre aftosa sem precisar mais de vacinação. A condição proporcionará uma mudança de status diante do mercado de exportação de carnes.

O Acre é reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial da Saúde Animal como zona livre de aftosa há quase 14 anos em virtude dos resultados exitosos de suas políticas de defesa e inspeção animal. Por isso, está no bloco 1 do PNEFA.

(ac24horas)

Mais de 2,9 mil pescadores pedem seguro-defeso no Acre


Dos 8,7 mil pescadores cadastrados na unidade acreana da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento , apenas 2.976 pediram seguro-defeso ao Instituto Nacional do Seguro Social. No entanto, informa A Tribuna do Acre, 1.646 destes pedidos de pagamento do benefício devem passar por uma nova triagem, sob o risco de alguns casos serem indeferidos, principalmente se ficar comprovado que o pescador obteve algum rendimento extra no decorrer do ano.

O período de defeso começou a vigorar este mês na Amazônia.(AC24Horas)

SEE divulga resultado dos servidores aprovados para a função de diretor escolar


O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria De Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE) divulgou nesta terça-feira (19) o resultado e a classificação final dos candidatos aprovados no processo de certificação para provimento da função de diretor escolar 2019. O resultado foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE).

A Comissão do Processo de Certificação de Professores e Servidores não-docentes divulga o resultado para provimento da função de diretor de unidade escolar da rede pública estadual de educação básica para o quadriênio 2020/2023.

Acre tem que vacinar mais de 4 mil jovens de 20 a 29 anos contra sarampo, diz saúde


O Acre tem a missão de vacinar 4.445 jovens de 20 a 29 anos contra o sarampo em todo o Estado. Esse público-alvo é a nova meta do Ministério da Saúde, uma vez que 20% das mortes por sarampo ocorreram entre 20 e 29 anos.

A campanha para esse grupo começou na segunda-feira (18) e dura até 30 de novembro. O Acre não tem casos confirmados ou suspeitos da doença, mas ela se espalha pelo País exatamente entre os jovens que não querem se vacinar.

Para alcançar todos, o Ministério da Saúde enviou ao Acre 39.000 doses da vacina. Até agora, 16 Estados já superaram a meta para a vacina contra o Sarampo em crianças de seis meses a menores de 1 ano. O Acre tem 92,87% de cobertura e está fora desse grupo. (AC24Horas)

terça-feira, 19 de novembro de 2019

VEREADORES DE TARAUACÁ,FEIJÓ E JORDÃO CRIAM FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DOS 3 MUNICÍPIOS


Reunidos em Tarauacá nesta segunda feira (18) vereadores de Tarauacá e Feijó criaram um Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da População da Regional Tarauacá-Feijó-Jordão. Ao todo saõ 33 parlamentares. "Estamos unindo ideias, proposições e forças para lutarmos por melhorias para as comunidades desses três municípios" disse a vereadora Janaina Furtado.


O encontro foi fruto de uma proposição do Vereador Valdor do Ó (MDB-TK), que inicialmente solicitou o encontro entre os parlamentares de Tarauacá e Feijó, para tratar dos probleas da saúde. Depois Janaina Furtado propôs a criação da frente. 


"Solicitei a participação de Jordão e assim fazermos esse trabalho em defesa da regional. Nosso primeiro encontro aconteceu nesta segunda feira em Tarauacá e estamos agendando uma primeira ação em Rio Branco na próxima semana, que deverá ser um encontro com o Governador Gladson Cameli e Secretario de Estado de Saúde Alysson Bestene, bem como uma reunião com a comissão de saúde da Assembleia Legislativa. Na pauta os problemas que se apresentam atualmente na área da saúde", concluiu.

MORRE EM TARAUACÁ A ENFERMEIRA MARLÚCIA VIANA (BAH)


É com a mais profunda tristeza que familiares comunicam o falecimento da Enfermeira Marlucia Viana Moreira, conhecida popularmente como "Bah".

Marlucia tinha 52 anos e morreu vítima de câncer no dia de hoje, no hospital Dr. Sansão Gomes.   

O velório está sendo realizado na Igreja Batista, ao lado da Galeria Ricardo, e o sepultamento previsto para acontececer na manhã desta quarta feira.

Gladson é um poucos governadores que quitou 13º atrasado de 2018 e que garante quitar o de 2019


Uma reportagem da Folha de São Paulo publicada neste final de semana retrata a situação de vários Estados do país que estão com salários atrasados, em especial os que atrasaram o décimo terceiro de 2018 e muito menos sinalizam com o pagamento do funcionalismo no final deste ano d e 2019.

A pior situação listada é o do Estado do Rio Grande do Sul que vem parcelando salários há 50 meses e não terminou de pagar o 13º do ano passado. Como no caso gaúcho, vários governadores que assumiram neste ano herdaram a tarefa de quitar salários e 13º não pagos em 2018. 

A situação mais complicada é a de Eduardo Leite (PSDB), no Rio Grande do Sul, e Fátima Bezerra (PT), no Rio Grande do Norte, que ainda não quitaram o 13º salário de 2018. Romeu Zema (Novo), de Minas Gerais, Gladson Cameli (PP), do Acre, e Ronaldo Caiado (DEM), de Goiás, só terminaram de pagar os atrasados neste semestre.

No Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra ainda não conseguiu quitar a dívida com os servidores de três folhas salariais herdadas da gestão anterior. Parte dos funcionários não recebeu, de 2018, o valor que seria de novembro, dezembro e do 13º. Pior: só em maio e junho deste ano, o governo conseguiu pagar o 13º de 2017. O passivo ainda em aberto soma R$ 855 milhões.

Em Minas, os servidores já convivem com atrasos ao menos desde 2016, quando o 13º foi parcelado em três vezes, pago até março do ano seguinte. Em 2017, o número de parcelas aumentou para quatro. Para o salário de 2018, que seria dividido em 11 parcelas, Zema conseguiu quitar até 21 de outubro. O pagamento de 2019, diz o governo, depende da aprovação de uma operação financeira que prevê antecipar R$ 5 bilhões dos recebíveis pela exploração de nióbio em Araxá (MG), valor pago à Codemig (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais) pela CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração).

No Acre, Gladson Cameli (PP) quitou, no fim de outubro, o 13º deixado pela gestão passada. Os atrasos se sobrepunham desde dezembro. Começou, em fevereiro, a quitar os pagamentos de 2018, em nove vezes, pagando o servidor em ordem alfabética.

Na quarta-feira, Cameli fez uma provocação ao PT dos irmãos Viana, que comandaram o estado por duas décadas. Em redes sociais, anunciou que pagaria no dia 13, às 13h, o 13º salário deste ano, como “uma homenagem ao PT”. 

Em Goiás, a folha de 2018 terminou em agosto de ser paga pela gestão de Ronaldo Caiado. O valor dos salários em atraso, herdados do governo anterior, era maior que os R$ 11 milhões que o atual governador disse ter encontrado no caixa ao assumir. A crise levou o estado a escalonar o pagamento, priorizando os salários mais baixos.

Para enxugar a máquina estatal, cortou 1.672 cargos comissionados e 2.308 funções por encargo de confiança. 

Com dívida de R$ 121 bilhões com a União, o Rio ingressou em 2017 no regime de recuperação fiscal, que suspendeu o débito até setembro de 2020. Assim, sem precisar pagar nem amortização e nem juros, o estado tenta manter as contas em dia, apesar do alto passivo com fornecedores.

Ao contrário dos demais estados em crise, desde abril do ano passado o Rio colocou em dia o pagamento de servidores. Entre as dores de cabeça da atual gestão Wilson Witzel (PSC) está a dívida com fornecedores, em restos a pagar, herdados da gestão anterior, de R$ 15 bilhões. 

Os pagamentos em dia são fruto do plano de recuperação fiscal, mas o Rio tenta rever o acordo com a União, alegando que o modelo atual tornará a dívida do estado impagável. 

Por Ac24horas.com

Consciência Negra: sob a pele de Machado é tema de programa


que você acharia se tivesse um retrato para a posteridade com a cor de sua pele alterada? No ano em que mais brasileiros se declaram pretos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Faculdade Zumbi dos Palmares/SP realiza uma campanha para substituir o retrato embranquecido do escritor Machado de Assis.

O bibliotecário Sidnei Rodrigues não sabia que um dos criadores da Academia Brasileira de Literatura era negro. Para a professora de História da Universidade de Brasília (UnB) Ana Flávia Magalhães, o autor de Memórias Póstumas de Brás Cubas não era “um negro retinto, mas uma pessoa inegavelmente de origem africana”.

A discussão sobre o preconceito no país, em que mais da metade da população se identifica como preta ou parda, está no Caminhos da Reportagem de hoje (19), no episódio exibido na semana em que se celebra o Dia da Consciência Negra. O programa vai ao ar às 21h30 na TV Brasil.

A ex-consulesa Alexandra Loras se cansou de ter integrantes da elite paulistana puxando suas tranças e decidiu alisar os cabelos. Mas ainda enfrenta a resistência do filho loiro em deixar que ela, uma mãe negra, o leve para escola.

O estudante Matheus Benincasa Fernandes ficou de cueca para a gerente de uma loja para provar que não estava levando nada sem pagar. Edi Rock, do Racionais MC’s, também se queixa de preconceito: “quando chego num lugar mais sofisticado, diferente dos que frequento, todo mundo me olha como se perguntasse: quem é esse negro?”

Da Agência Brasil

Servidores aceitam acordo e alguns benefícios exigidos são garantidos


A pressão dos servidores públicos contra a proposta de Reforma da Previdência do Acre surtiu efeito e na tarde desta segunda-feira, 18, foi anunciado que a negociação entre Governo do Estado e sindicatos, com a mediação da Assembleia Legislativa, resultou na permanência de benefícios como a Licença-Prêmio, Auxílio Funeral e Sexta Parte.

O anúncio do acordo que resolve algumas das principais reivindicações dos servidores foi anunciado pelo deputado estadual Roberto Duarte (MDB). “Desde o início dessa discussão, sempre me posicionei contrário ao fim destes direitos, que foram adquiridos ao longo do tempo por esses servidores que dedicam suas vidas aos acreanos”, afirmou o parlamentar.

O sucesso na negociação para a permanência desses direitos deve, mesmo sem resolver todas as divergências, facilitar a vida do governo na aprovação da Reforma da Previdência, marcada para ser votada na terça-feira da próxima semana, dia 26.

ac24horas

TARAUACÁ: Prefeita Marilete empossa Agente Comunitário de Saúde aprovada em concurso público


A prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, deu posse na manhã desta segunda-feira, 18 de novembro, à nova servidora efetiva do município, a agente comunitária de saúde Andréia Rodrigues da Silva.

A cerimônia de posse aconteceu no Gabinete da Prefeita e contou com a presença do Secretário Municipal de Saúde, Pedro Cláver.

Para a Prefeita Marilete Vitorino “a posse da nova agente de saúde é uma grande conquista para o município, já que se trata de um reforço importante no trabalho de atenção às famílias”. Marilete parabenizou Andréia Rodrigues da Silva, a mais nova funcionária do município e comemorou externando que acredita na capacidade da juventude.

Com a assescomtk

TARAUACÁ: Vigilância Sanitária realiza fiscalização no comércio do município


Com a intenção de garantir a comercialização de produtos adequados à saúde da população tarauacaense, assim como promover a prevenção e controle de risco sanitário o Departamento de Vigilância Sanitária Municipal está realizando fiscalizações no comércio da cidade.

Durante as visitas são analisados os prazos de validade dos produtos expostos, além da maneira correta de armazenamento. Os supermercados e mercearias que apresentam irregularidades tem a mercadoria retida e são notificados.

O Secretário Municipal de Saúde, Pedro Cláver, “lembra que o consumo de alimentos fora de prazo de validade representa um sério risco para a saúde da população. É importante ressaltar que os consumidores devem estar atentos na hora de comprar e consumir um produto alimentício. Alimentos com prazo de validade vencido podem representar um grande risco à saúde” disse o Secretário.

Além das visitas programadas pelas equipes de vigilância sanitária, também estão sendo atendidas denúncias da população. As denúncias podem ser realizadas no departamento de Vigilância Sanitária localizado na Secretaria de Saúde, no Centro em frente à Praça da municipal.

assecom/tk

TARAUACÁ: PREFEITURA DIVULGA RESULTADO DA PROVA OBJETIVA PARAGESTOR


TARAUACÁ: VEM AI A QUERMESSE NATALINA NA IGREJA SÃO FRANCISCO


segunda-feira, 18 de novembro de 2019

PREFEITA SOCORRO NERI FALA SOBRE ANULAÇÃO DO CONCURSO


SOBRE O CONCURSO - EDUCAÇÃO MUNICIPAL

1 - A responsabilidade pela organização e lisura do concurso é da Fundacão de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão do Acre (FUNDAPE).

2 - A Prefeitura contratou uma instituição externa exatamente para evitar qualquer tipo de ingerência no concurso. E contratou uma instituição, a FUNDAPE, que é uma fundação vinculada à UFAC e já tem grande experiência em concurso público.

3 - Assim que tomei conhecimento dos vídeos com denúncias de erros na organização, convoquei uma reunião com a Comissão Geral do Concurso e a direção da FUNDAPE.

3 - A análise das denúncias (apontadas nos dois videos) nos fez concluir que ocorreram erros de procedimentos, os quais por si só não sugerem fraudes, mas maculariam o concurso.

4 - Diante disso, foi imperativo tomar a decisão de anular as provas do turno da manhã e cancelar as provas que seriam aplicadas no turno da tarde.

5 - Lamento os transtornos causados aos candidatos. Porém, mesmo não sendo responsável pelas falhas na organização do certame, na condição de responsável maior pela instituição contratante, a Prefeitura de Rio Branco, tive, sim, que estar à frente da solução. E esta, pela lisura do concurso e em respeito aos candidatos, só podia ser a que foi tomada.

6 - Esclareço que o concurso está mantido. E, em breve, será divulgada nova data da realização da prova escrita.

Socorro Neri
Prefeita
Rio Branco

domingo, 17 de novembro de 2019

JANAINA PARTICIPA DE ENCONTRO DO PROGRESSISTAS EM FEIJÓ


O encontro aconteceu no auditório do CEDUP, na noite de quinta-feira, 14 e contou com a presença da Senadora Mailza Gomes, presidente regional do Progressistas, Prefeito Kiefer Cavalcante, deputados estaduais Marcus Cavalcante (PTB) e Cadmiel Bonfim (PSDB), presidente da Câmara Municipal, vereador Cabeludo (PSDB), vereadores Terezinha (PP), Rosaldo (PP), Raissa (PR) e Mundoca (MDB).


Janaina agradeceu pelo convitee desejou boa sorte aos progressistas de Feijó. "Fui prestigiar o ato de filiações do Progressistas de Feijó que assim como em Tarauacá, foi um sucesso", disse.



(Assessoria)

Tem inicio o período de defeso de oito espécies de peixes amazônicos


Pesca fica proibida até 15 de março

Começou no último dia 15 de novembro, em toda a bacia Amazônica, o período de defeso para oito espécies de peixes: Pirapitinga, Mapará, Sardinha, Pacu, Aruanã, Matrinxã, Caparari e Surubim. Para proteger essas espécies durante a fase sensível de sua reprodução e, assim, preservar os níveis do estoque pesqueiro, a pesca fica proibida até o próximo dia 15 de março de 2020.

O Decreto 6.514/2008 estipula, em seu artigo 35, que quem for flagrado pescando, transportando, comercializando ou armazenando as espécies que devem ser preservadas pode ser punido com multa de 700 reais a 100 mil reais, com acréscimo de 20 reais, por quilo ou fração do produto da pescaria.

O período de defeso é estabelecido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em função do período reprodutivo das espécies. Com a proibição em vigor, os peixes só poderão ser comercializados por produtores individuais e associações licenciadas por órgãos competentes e aqueles com a apresentação da Declaração de Estoques registradas até 18 de novembro.

Em recente entrevista à Rádio Nacional, a gerente de Controle da Pesca do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Nonata Lopes, detalhou os procedimentos declaratórios. “Quem pescou até o dia 14, tem até o dia 18 para fazer sua declaração de estoque. Aruanãs, matrinxãs, mapará, sardinhas, pirapitingas e pacus devem ser declarados ao Ibama. Já os caparari e os surubins devem ser declarados só ao Ipaam, conforme estabelece a norma do governo estadual."

Em território brasileiro, a Bacia Amazônica compreende áreas pertencentes a sete estados brasileiros (Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima), ocupando aproximadamente 3,8 milhões de km2 do território nacional.

Em função da riqueza em recursos hídricos, a pesca representa uma das principais atividades econômicas da região, sendo os pescados um alimento básico da dieta da população local. Para ajudar quem vive da pesca e se vê impedido de capturar e vender algumas das espécies mais procuradas, o Instituto Nacional do Seguro Social (Inss) paga aos pescadores profissionais artesanais o Seguro Defeso – benefício previdenciário equivalente a um salário-mínimo mensal, ou seja, R$ 998.

Da Agência Brasil

VENDE-SE UM COMPUTADOR EM TARAUACÁ

4
CONTATO: 
Carrim França
992061772

TARAUACÁ: NOVA EMPRESA DE CRÉDITO COSIGNADO JA OPERA NO MUNICÍPIO


Atenção voce que é aposentado do Inss, Servidor Publico do Estado e Servidor Federal. 

Acaba de chegar em nossa Tarauacá, uma nova empresa de credito consignado, oferencendendo oportundidade de voce esta adquirindo uma grana extra pra esse fim de ano, com taxas de Juros competitivas e otimos prazos pra pagar. E se voce ja tem emprestimo em outros bancos, tambem estamos oferencendo a oportunidade de voce esta trazendo sua divida para os nossos bancos, com possibilidade de redução de parcelas e taxa de Juros.

Interessados chamar no wattsap ou Telefone (68) 98422-8321 
Falar com Clemerson 
Agendaremos uma visita.

sábado, 16 de novembro de 2019

TARAUACÁ:CONHEÇA A TOP LANCHONETE & PIZZARIA - PICANHA NA CHAPA, X-TUDO e PIZZAS


Lutando contra um câncer, cantor cruzeirense Alberto Loro morre na Capital


O cantor e compositor cruzeirense Alberto Loro, morreu na madrugada deste sábado no Hospital do Câncer – Unacom, em Rio Branco, onde tratava um câncer no fígado.

O corpo de Alberto Rodrigues de Brito Filho está sendo velado na Capela São João Batista e será transladado para Cruzeiro do Sul. O irmão dele, também cantor, Alberan Moraes, diz que Loro, será velado em local público. Uma das opções seria a Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul. Ele era casado e tinha três filhas.

Loro era conhecido por suas belas canções e interpretações, sempre exaltando as belezas da cidade e da região. Duas das mais famosas canções são Vale do Juruá e Cruzeiro do Sul. As duas são como verdadeiros hinos regionais.

O artista era filho de seu Alberto Brito, figura lendária de Cruzeiro do Sul, que por mais de três décadas, foi o responsável por tocar o sino da Catedral Nossa Senhora da Glória.

Por Sandra Assunção, do AC24horas.

Vereador de Tarauacá tem celular furtado na entrada de agência bancária em Rio Branco


O vereador de Tarauacá, Antônio Araújo Príncipe (PT), teve seu celular furtado na entrada da agência da Caixa Econômica Federal, na avenida Brasil, no centro de Rio Branco, no momento em entrava no prédio da instituição para receber atendimento.

Ele informou ao Notícias da Hora que deixou o aparelho no guarda-volumes antes de entrar na agência e enquanto passava pela porta giratória ocorreu o furto.

"Quando eu fui entrar a porta travou, a segurança pediu pra eu afastar e perguntou se eu tinha alguma coisa no bolso. Eu tinha umas moedas, ela pediu pra eu tirar, olhar, aí pediu pra eu voltar. Aí foi o momento que quando eu entro na agência, não estava mais o celular. A gente foi olhar o vídeo e um rapaz pegou o celular. Ninguém viu. O três seguranças não viram."

O banco informou que vai ressarcir o valor do aparelho furtado e pediu ao vereador para registrar um boletim de ocorrência.

Fonte: Notícias da Hora 

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

TARAUACÁ: SEGUNDA COPA JIU JITSU TK ACONTECE NESTE DOMINGO


A II COPA JIU JITSU TK acontece na manha deste domingo, 17 de novembro, às 8h, no Ginásio Poliesportivo Ruinet Lima de Matos.

Haverá disputa nas  categorias Infantil, Feminino e Adulto. 

No absoluto masculino Faixa Branca, Azul e Marron/Preta até e acima de 82,3 Kg. 

Premiação em dinheiro pára os vencedores.

Inscrições custarão R$30,00 (trinta reais).

Ingresso:R$ 2,00

Promoção: Academia Samurai Gol Teean.

Governo e sindicatos divergem em pelo menos oito pontos de 3 propostas que tramitam na Aleac

Sindicalistas em protesto na Aleac - Foto: Sérgio Vale

Pelo menos três projetos de iniciativa do poder executivo e que estão tramitando nas comissões da Assembleia Legislativa desde a semana passada estão sendo o fio condutor de uma crise entre governo e servidores públicos que gera um desgaste sem precedentes. De um lado, a atual gestão de Gladson Cameli busca modificar o sistema de previdência social dos trabalhadores por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e por meio de dois Projetos de Lei Complementar tenta alterar a lei que institui o Regime Próprio de Previdência Social e também o Estatuto dos Servidores Públicos Civis, das Autarquias e das Fundações Públicas.

O Palácio Rio Branco usa como justificativa o rombo mensal do Acreprevidência, órgão responsável por gerir aposentadoria e pensão de mais 12 mil beneficiários, que gera uma despesa extra de quase R$ 50 milhões por mês ao Tesouro, ou seja, para manter o pagamento dos inativos em dia, todos os meses o Estado precisa utilizar recursos próprios que poderiam ser usados na saúde, educação e segurança pública. Até dezembro, período em que se fecha a gestão financeira, o Estado deverá ter desembolsado mais R$ 600 milhões para pagar somente aposentados e pensionistas.

O ac24horas apurou que a previdência do Estado do Acre apresenta déficit atuarial de 16.5 bilhões, a ser amortizado nos próximos 35 anos. O déficit financeiro do exercício de 2018 foi de R$ 385 milhões. No exercício de 2019 já foi realizado prejuízo de R$ 480 milhões, de janeiro a outubro, e deve fechar o ano em R$ 610 milhões. A previsão para o exercício de 2020 é de R$ 621 milhões; 2021, R$ 710 milhões; e 2022, R$ 808 milhões. Além disso, o déficit financeiro representava, em 2015, 1,5% do orçamento do Estado; em 2018, saltou para 5,8% do orçamento do Estado; e até outubro de 2019, o déficit financeiro já representa 6,8% do orçamento do Estado.

Por outro lado, pelo menos 15 sindicatos estão em pé de guerra e externam que as mudanças que o atual governo quer adotar tiram direitos e prejudicam os que ganham menos. De acordo com sindicalistas consultados por ac24horas, a PEC da previdência aumenta a idade mínima de 60 para 62 anos nas mulheres e de 65 anos para os homens. Outro ponto é no aumento do tempo de contribuição dos professores, que antes se aposentavam somente pelo tempo de serviço (30 anos para Homens/25 anos para mulheres), deverão cumprir também a idade mínima de 62 anos para homens e 57 anos para mulheres. Nesse ponto, especialistas ouvidos pelo ac24horas esclarecem que a PEC 6/2019 só admite distinção de regimes para carreiras policiais, servidores com deficiência e servidores que trabalham em condições insalubres. Para os professores que comprovem tempo de efetivo exercício das funções de magistério na educação infantil e no ensino fundamental e médio, a PEC nacional garante apenas a redução da idade mínima em cinco anos em relação aos demais servidores.

Sindicalistas aceitam acordo com o governo na Aleac – Foto: Sérgio Vale
Para os sindicalistas as propostas que tramitam na Aleac também piora o cenário para o servidor público. Eles alegam uma mudança para pior no cálculo da aposentadoria, que vai reduzir o valor da aposentadoria, uma vez que deixa de usar a média dos maiores salários em 80% do tempo, para a usar a média simples dos salários em 100% do tempo. Além disso, a integralidade somente com 40 (quarenta) anos de contribuição o servidor fará jus a integralidade (100%) do valor calculado da aposentadoria, mesmo que já tenha cumprido idade e tempo. Outro ponto espinhoso, é a redução de 100% para 50% do valor de Pensão por Morte, podendo gradativamente chegar a 100% do valor da pensão caso o servidor tenha pelo menos 5 filhos.

Outro ponto que causa divergência pesada entre sindicalistas e governo são as extinções do auxílio-funeral e da licença-prêmio. Sobre a retirada da licença-prêmio de servidores, a exemplo do que já foi feito com os servidores públicos federais, será transformada em licença para capacitação, ou seja, o servidor pode tirá-la para fazer cursos de especialização. A Licença deixará de ter caráter indenizatório, para os servidores que não usufruir deste benefício. Atualmente, isso gera muito prejuízo aos cofres públicos por ocasião das aposentadorias dos servidores. A reportagem apurou que uma grande parte da dívida deixada pelo governo de Sebastião Viana com rescisões, cerca de R$ 22 milhões são oriundos de aposentadoria de servidores que não gozaram de licença-prêmio. Já o auxílio funeral ainda está vigente, mesmo com reforma da previdência promulgada pelo Congresso Nacional.

As entidades de classe também reclamam da retirada da sexta-parte da Constituição estadual, um benefício que não existe no âmbito federal, mas apenas em alguns outros Estados e municípios. Trata-se de uma vantagem pecuniária concedida aos servidores públicos que completam 25 anos de efetivo exercício. A vantagem representa o acréscimo de 1/6 (um sexto) do valor calculado sobre os vencimentos integrais do servidor e também está sendo alvo da nova reforma de Cameli.

As tratativas sobre eventuais mudanças no texto original do governo se restringem apenas às negociações entre sindicatos e deputados estaduais. Nada do que foi debatido na mesa ainda foi levado ao conhecimento do governo e nem mesmo existe uma sinalização de mudanças por parte do Palácio.

Fonte: ac24horas.com

VEREADORES JANAINA FURTADO E CARLOS TADEU CHAMAM ATENÇÃO PARA EPIDEMIA DE DENGUE EM TARAUACÁ


Segundo informou a vereadora ja são 869 casos comfirmados somente em 2019.

"Há duas semanas estive visitando posto Doquita para saber se estavam fazendo coleta de sangue para diagnóstico das doenças trasmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti e constatei que sim. Todas as quintas feiras apartir das 14 horas. Hoje conversei com o secretario Claver Freire onde o mesmo informou que na proxima semana haverá multirão de limpeza, ações nas unidades de saúde, serviço de conscientização nas radios, entre outras atividades que os orgaõs de saúde consideram importante", destacou.

Dos 869 casos, 68 foram dignosticados laboratorialmente. "O fato é que relamente algo precisa ser feito. A situação esta grave. Na casa de uma amiga onde residem quatro pessoas, três estão acamados com sintomas de dengue. No meu bairro da Cohab quase a totalidade das pessoas já contrairam a doença. É um surto. Situação de emergência que exige união e ação entre os poderes constituidos e a sociedade. É alarmante a situação de Tarauacá", relatou a vereadora.


Já Vereador Calos Tadeu visitou a Secretaria Municipal de Saúde e conversou com Secretário Pedro Claver para reivindicar o plano de ação de combate e prevenção da Dengue no município. "Além de cobrar fui também me colocar a disposição para ajudar na resolutiva deste problema que já está perdendo o controle e prejudicando a saúde da grande maioria da população.O secretário informou que na segunda estará apresentando um plano de ação em parceria com as demais secretarias, órgãos públicos e entidades", disse Calos.

Carlos convidou o secretário para uma reunião na câmara de vereadores na próxima terça feira para esses e outros problemas da saúde municipal.