CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 9 de abril de 2020

Operação da Polícia Civil investiga desvios na merenda escolar

A Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de Combate à Corrupção (Decor) e Departamento de Inteligência (DI), deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 9, a Operação Mitocôndria que investiga desvio de recursos públicos e fraudes em licitações relacionadas à merenda escolar, em âmbito estadual. O nome da operação é uma ligação com as mitocôndrias, organelas encontradas no núcleo da célula que, devido ao alto metabolismo, consomem muita energia dos alimentos que são ingeridos.

A investigação, que durou cerca de dois meses, foi um pedido do governador Gladson Cameli, do Secretário de Educação Mauro Sérgio, além da Casa Civil, Controladoria-Geral do Estado e Procuradoria-Geral do Estado, e resultou no cumprimento de 7 mandados de prisão temporária e 20 mandados de busca e apreensão, que foram realizados nas sedes de quatro empresas na capital e também em Tarauacá e Xapuri, além dos armazéns de merenda escolar da SEE, em Rio Branco, Tarauacá, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

A investigação mobilizou diversas autoridades do Estado Fotos: Neto Lucena/Secom
Pelo menos R$ 5 milhões das contas dos investigados foram bloqueadas preliminarmente pela justiça acreana que atendeu à representação da Polícia Civil. Bens móveis, imóveis e semoventes (rebanhos que constituem patrimônio) dos envolvidos também foram indisponíveis temporariamente.

O foco principal das investigações foi desvio de recursos públicos relacionados à merenda escolar. Estão sendo apuradas diversas práticas delituosas como: entrega de produtos e itens com qualidade inferior ao contratado ou em quantidade menor, falsificação de documento público, falsidade ideológica e associação criminosa entre outros crimes e irregularidades previstas na Lei de Licitações e Contratos Públicos.

O foco principal das investigações foi desvio de recursos públicos relacionados à merenda escolar Foto: Cedida
O trabalho da Polícia Civil e Controladoria-Geral do Estado (CGE) conseguiu frear um desvio que poderia chegar a 22 milhões em contratos que ainda estão sob análise. Participaram da operação cerca de 100 policiais civis nas cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Xapuri, Tarauacá e Cruzeiro do Sul.

CGE realizou mais de 70 dias de investigação na SEE

As investigações iniciaram com a Controladoria-Geral do Estado logo após o governador Gladson Cameli receber denúncia de possíveis crimes no setor da merenda escolar. De acordo com o controlador-geral do Estado, Luis Almir, cerca de 10 técnicos da CGE realizaram um trabalho de investigação de mais de 70 dias na Secretaria de Estado de Educação (SEE), durante o qual foram vislumbrados indícios de desvios de recursos, entrega de material de qualidade inferior ao que era pago. Ainda de acordo com o controlador, os levantamentos foram feitos em um montante de R$ 28 milhões, com mais de 20 empresas envolvidas.

“Nossos técnicos realizaram um trabalho minucioso e encontramos várias notas fiscais atestadas sem entrega de material algum, insumos da merenda escolar, outras entregues 10%, 20% desses insumos. E acabamos identificando as pessoas que atestaram essas notas e outras que revelaram que eram obrigadas a criar recibos e outros tipos de documentos falsos, inclusive com essas notas atestadas já liquidadas para serem pagas. Passamos todas as informações para a Polícia Civil que baseou a Operação Mitocôndria”, explicou o controlador-geral.

Foram encontradas várias notas fiscais atestadas sem entrega de material algum, insumos da merenda escolar, outras entregues 10%, 20% desses insumos Foto: Cedida
Investigação técnica e minuciosa

No final da manhã, o delegado-geral da Polícia Civil, Henrique Maciel, se reuniu com o Secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Paulo Cézar Rocha dos Santos, que representou o governador Gladson Cameli, com o delegado da Decor, Alcino Junior, o Diretor de Inteligência da Polícia Civil, delegado Pedro Buzzolin, e o promotor de Justiça, Antônio Alcestes, representando o Ministério Público, para falar com a imprensa sobre a operação.

Durante a coletiva, além das informações sobre a operação, foram destacados os aspectos técnicos que nortearam as investigações e basearam as representações judiciais.

“Foi realizado um trabalho de investigação extremamente técnico que evidenciou indícios de crimes e isso serviu de base para a denúncia do Ministério Público e as representações judiciais”, disse o delegado Alcino Junior, destacando ainda que foram apreendidos cerca de R$ 5,5 milhões dos envolvidos, além do bloqueio de cerca de R$ 22 milhões que estavam prestes a serem pagos aos acusados.

“Havia notas que estavam atestadas e que iam ser pagas, mas que os insumos não tinha sido entregues ou que não foram entregues em sua totalidade, e de forma célere conseguimos que esses pagamentos fossem bloqueados. Estamos falando em coisa de R$ 22 milhões”, destacou.

O delegado-geral da Polícia Civil, Henrique Maciel, enfatizou ainda que as investigações não tiveram como foco principal as pessoas, mas sim, os crimes praticados por um grupo que gerou um prejuízo de grande monta para o Estado.

“As investigações focam nos crimes que estão sendo praticados e não em pessoas ou em questões políticas e ideológicas. É um trabalho que está sendo realizado com responsabilidade, técnico e sério, como sempre fizemos. Estamos trabalhando em parceria com o Ministério Público, ou seja, com total transparência e lisura nessa investigação e agora vamos trabalhar na perícia de todo o material apreendido, o que pode resultar em outros inquéritos”, destacou.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar dos Santos, afirmou que a criação e atuação da Delegacia de Combate à Corrupção foi para garantir transparência na gestão do atual Governo do Estado e que por qualquer erro, ilicitude ou prática delituosa na administração pública os responsáveis serão sancionados. Santos destacou ainda que a investigação iniciou no órgão de controle interno do próprio Poder Executivo, passou efetivamente por um processo técnico de investigação da Polícia Civil e teve o crivo do Ministério Público.

“Por fim, culminou com a legitimação dos atos que foram praticados no dia de hoje que foram os mandados cumpridos, portanto demonstra a transparência desse processo investigatório. A Polícia Civil tem total autonomia em suas ações e em suas investigações. O governador, ao determinar a criação da Delegacia de Combate à Corrupção, teve por objetivo garantir a transparência na atual gestão. E, se houve ou se houver algum erro administrativo nesse sentido, os responsáveis serão penalizados”, afirmou Paulo Cézar.

AGÊNCIA-ACRE

Boletim Sesacre desta quinta-feira, 9, sobre o coronavírus

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), anuncia quatro novos casos confirmados de contaminação por coronavírus, nesta quinta-feira, 9, no estado. Desse modo, aumentou de 58 para 62 o número de exames que deram positivo, segundo o Centro de Infectologia Charles Mérieux, de Rio Branco.

Um fato novo é que, pela primeira vez, a Sesacre registra os primeiros dois casos de contaminação comunitária ou sustentada – quando a transmissão do vírus é feita por fontes não identificadas –, desde o surgimento dos primeiros três casos da infecção no Acre, no dia 17 de março.


É o caso de um servidor público de 31 anos, que não sabe dizer de quem contraiu o vírus e de um administrador de empresas de 51 anos, que está internado em hospital de Rio Branco tratando de outra enfermidade que não era Covid-19.

O terceiro caso vem de Plácido de Castro, o de uma autônoma de 33 anos, que contraiu de um caso já confirmado, elevando de dois para três o número de infectados oficialmente pela doença naquele município.

O último e quarto caso desta quinta-feira é de Rio Branco, é um auxiliar de depósito, de 41 anos, que foi contaminado por pessoa infectada já identificada.

As informações do Centro Charles Mérieux revelam também que o número de casos notificados subiu de 735 para 745, entre a quarta-feira, 8, e esta quinta-feira, 9. Desse total, 633 já foram descartados, ou seja, deram negativo para a Covid-19. O número de casos em análise foi reduzido de 73, nesta quarta-feira, para 50, nesta quinta-feira, 9.

O número de mortes pela doença segue em dois casos, enquanto que 39 pessoas obtiveram alta, ou seja, não têm mais o vírus no organismo e estão curadas da Covid-19.

Rio Branco, AC, 9 de abril de 2020.
Departamento de Vigilância em Saúde da Sesacre

Prefeitura vai auxiliar população sobre auxílio emergencial com três pontos de atendimento


A prefeitura de Tarauacá vai disponibilizar na próxima segunda-feira (13), três pontos para auxiliar população sobre auxílio emergencial, nas Secretarias de Agricultura, Cultura e Promoção Social, nos horários das 08:00 as 12:00 horas.

Será disponibilizando servidores para auxiliar as pessoas com dificuldade de acesso à internet e plataformas digitais diante da necessidade do preenchimento de cadastro para o auxílio emergencial do governo federal.

A partir dessa iniciativa, a prefeita Marilete Vitorino, que já adotou a medida, de acordo com a gestora a iniciativa permite o cadastramento mais fácil para pessoas que não tem habilidades na informática ou acesso fácil a internet e também vai contribuir que o dinheiro circule dentro do município.




Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tarauacá.

TARAUACÁ: TUDO SOBRE A OPERAÇÃO POLICIAL DESTA QUINTA FEIRA - ESQUEMA DE DESVIO DE RECURSOS DA MERENDA ESCOLAR



Polícia cumpre sete mandados de prisão de envolvidos em esquema de desvio de recursos da merenda escolar


Investigação da Policia Civil, através da Delegacia de Combate à corrupção - DECOR e Departamento de Inteligência - DI, em parceria com a Controladoria Geral do Estado - CGE começou a cumprir, nesta quinta-feira, 07 mandados de prisão temporária, 20 mandados de busca e apreensão nas sedes de 4 empresas na capital, Tarauacá e Xapuri, além dos armazéns de merenda escolar da SEE, em Rio Branco, Tarauacá, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

A justiça atendeu a representação da Polícia Civil e bloqueou, preliminarmente, R$ 5 milhões das contas dos investigados, além de tornar, temporariamente, indisponíveis bens móveis, imóveis e semoventes dos envolvidos. A operação policial já conta com 2 meses de investigação com foco em desvio de recursos públicos relacionados a merenda escolar sendo apuradas diversas práticas como: entrega de produtos e itens com qualidade inferior ao contratado ou em quantidade menor, além falsificado de documento público, falsidade ideológica e associação criminosa entre outros crimes e irregularidades previstas na Lei de Licitações e Contratos Públicos. O trabalho da Polícia Civil e Controladoria Geral do Estado - CGE conseguiu frear um desvio que poderia chegar a 22 milhões em contratos que ainda estão sob análise.


Deputado Manoel Morais diz que seu filho "matou a fome de milhares e não recebeu um centavo de abril a dezembro"

O deputado estadual Manoel Morais (PSB) saiu em defesa de seu filho, o empresário Cristian Silva Sales, denunciado por participação em um esquema de desvio de recursos da merenda escolar, que resultou na manhã desta quinta-feira (9) na Operação Mitocôndria desencadeada pela Polícia Civil do Estado do Acre.

Foram cumpridos sete mandados de prisão temporária, 20 mandados de busca e apreensão nas sedes de 4 empresas na capital, Tarauacá e Xapuri, além dos armazéns de merenda escolar da SEE, em Rio Branco, Tarauacá, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

"Eu tô chegando a Rio Branco e não sei dizer exatamente o que está acontecendo. Só sei dizer que meu filho distribuiu alimento para 103 escolas aqui em Rio Branco, do pão a verdura, matou a fome de milhares, e não recebeu um centavo desde abril até dezembro. Não sei que de quem é má fé. Eu não tenho nada a esconder"disse o deputado.

A Justiça atendeu a representação da Polícia Civil e bloqueou, preliminarmente, R$ 5 milhões das contas dos investigados, além de tornar, temporariamente, indisponíveis bens móveis, imóveis e semoventes dos envolvidos. A operação policial já conta com 2 meses de investigação com foco em desvio de recursos públicos relacionados a merenda escolar sendo apuradas diversas práticas como: entrega de produtos e itens com qualidade inferior ao contratado ou em quantidade menor, além falsificado de documento público, falsidade ideológica e associação criminosa entre outros crimes e irregularidades previstas na Lei de Licitações e Contratos Públicos. O trabalho da Polícia Civil e Controladoria Geral do Estado - CGE conseguiu frear um desvio que poderia chegar a 22 milhões em contratos que ainda estão sob análise.

Manoel Morais afirmou que em nenhuma escola houve reclamação contra a empresa do filho dele.

"Em todas as escolas que foram entregues a merenda, nunca houve uma reclamação na capital e interior."

A cúpula da Polícia Civil deve se manifestar em coletiva às 10h.


Alan Monteiro, chefe do Setor de Merenda de Tarauacá é preso na Operação Mitocôndria

Ainda com relação aos desdobramentos da Operação Mitocôndria, desencadeada hoje pela manhã pela Polícia Civil do Acre, foi preso em Tarauacá, Alan Monteiro, chefe do Setor de Merenda da Prefeitura de Tarauacá.


Ele estava em sua residência quando foi surpreendido por agentes que executavam a Operação. Os agentes estiveram, ainda, no Setor de Merenda na busca de indícios que comprovem os atos de corrupção contidos na denúncia.


Delegado revela que empresas de fachadas foram usadas no esquema de fraude da merenda escolar


O delegado Valdinei Soares da Costa, que comandou a Operação Mitocôndria em Tarauacá, disse que além de Alan Monteiro, chefe do setor de merenda do município, mais uma pessoa foi presa. Um terceiro mandado não foi cumprido porque o endereço citado da empresa era de “fachada”.

Valdinei Soares disse que a Operação “Visa desmantelar o peculato, o furto na merenda do estado do Acre. Na cidade de Tarauacá era pra cumprir três mandados, acabamos cumprindo apenas dois porque um dos alvos existe praticamente o endereço só no papel, não existe a empresa fisicamente”, disse o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, Alan Monteiro foi autuado em flagrante pelo crime de peculato, ou seja, quando funcionário público se apropria indevidamente de bens públicos. Na casa dele, foram encontrados diversos itens da merenda escolar que deveriam estar no setor de merenda do município.


fonte das informações:
1. Assessoria da polícia civil
2. Site noticiasdahora

TARAUACÁ: Prefeitura publica novo Decreto com NOVAS MEDIDAS de enfrentamento ao Covid-19




TARAUACÁ: IGREJA CATÓLICA USARÁ REDES SOCIAIS PARA CELEBRAÇÕES DA SEMANA SANTA - CONFIRA PROGRAMAÇÃO


Governo planeja retomada do cronograma de obras no Acre com investimento que ultrapassa R$ 500 milhões

O governador Gladson Cameli se reuniu na manhã desta quarta-feira, 8, com membros da equipe de infraestrutura e gestão para preparar a retomada do cronograma de obras públicas em todo o Acre.

Com a pandemia de Covid-19 e a adoção do isolamento social nos setores não essenciais, o governador entende que manter o setor de obras públicas em forte movimentação é um dos remédios para a economia, o que entre as 57 obras em andamento no estado e novos projetos deve movimentar, nos próximos anos, cerca de R$ 560 milhões.

Secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra), Ítalo Medeiros, esteve na reunião e destacou que foi bastante produtivo estabelecer prioridades Fotos: Diego Gurgel/Secom
O secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra), Ítalo Medeiros, esteve na reunião e destacou que foi bastante produtivo estabelecer prioridades, valores e até mesmo o tratamento jurídico necessário para algumas obras e projetos.

“Nesse momento de pandemia, aqui foram tratados os remédios para economia. É um pacote de obras novas, reinícios das existentes e lançamento de edital de licitação, com toda uma orientação do governador quanto a projetos e o que priorizar, sendo, nesse primeiro momento, a infraestrutura de saúde e, a seguir, as obras que vão envolver um maior volume de pessoas”, conta Medeiros.

Entre as prioridades destacadas para este primeiro momento estão as obras de conclusão e readequação do Pronto-Socorro, além dos hospitais de Acrelândia, Brasileia e Mâncio Lima, e intervenções nas Unidades de Pronto Atendimento de Rio Branco, Hospital da Criança e algumas estruturas na Fundhacre.

O governador Gladson Cameli ainda pediu a sua equipe que trate como prioridade a recuperação e manutenção das rodovias estaduais, principalmente as vias de ligação dos municípios de Plácido de Castro, Porto Acre e Mâncio Lima, além da Transacreana. As reformas dos aeródromos do estado também serão prioritárias.

O governador Gladson Cameli ainda pediu a sua equipe que trate como prioridade a recuperação e manutenção das rodovias estaduais Foto: Diego Gurgel/Secom
“Pedimos também que a equipe dê celeridade aos projetos de pontes que são essenciais para populações do interior, como a de Xapuri que liga o bairro Sibéria, e uma em Sena Madureira que vai ligar os dois distritos da cidade”, completou Cameli.

AGÊNCIA-ACRE

ACRE TEM 58 CASOS: Boletim Sesacre desta quarta-feira, 8, sobre o coronavírus

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que houve aumento no número de casos oficiais de contaminação por coronavírus, nesta quarta-feira, 8, no estado. Saltou de 50 para 58 o número de exames que deram positivo, segundo o Centro de Infectologia Charles Mérieux, em Rio Branco.

Dos novos infectados, dois têm grau de parentesco com a idosa de 79, que foi o primeiro caso de morte por Covid-19 no Acre, ocorrida na tarde da segunda-feira, 6. Elas são uma estudante de 20 anos e uma cabeleireira de 40 anos.


As outras seis pessoas, todas também com contato com pessoas conhecidas e que já tinham testado positivo para a doença, são: uma bancária de 28 anos, uma estudante de 37 anos, um homem de 49 anos, uma profissional de Saúde de 36, um aposentado de 79 anos, e o primeiro caso registrado no Bujari, o de um técnico em farmácia de 42 anos.

De acordo com o Centro Mérieux, o número de casos notificados também aumentou de 663 para 735, entre a terça e esta quarta-feira, 8. Desse total, 604 foram descartados, ou seja, deram negativo para a Covid-19. O número de casos em análise aumentou de 63, na terça, para 73, nesta quarta-feira.

Neste momento, 37 pessoas já receberam alta da doença no estado, o que significa que elas não apresentam mais o vírus no organismo. Duas pessoas morreram por contaminação pelo coronavírus, causador da Covid-19, a mulher de 79 anos já mencionada, e outra idosa, de 75, no final da tarde de terça-feira, 7.

Rio Branco, 8 de abril de 2020.
Departamento de Vigilância em Saúde da Sesacre

TARAUACÁ: MARILETE DIZ À JANAINA "SE GLADSON SANCIONAR LÁ, EU SANCIONO AQUI" O PROJETO DE LEI DOS COSIGNADOS

Reunião na prefeitura de Tarauacá

Em reunião na manhã desta terça feira (7), a Vereadora Janaina Furtado (PP), acompanhada de Lauro Benigno (PCdoB), debateu com a prefeita Marilete Vitorino, sobre o Projeto de Lei que propõe a suspensão por 90 dias do pagamento da parcelas dos empréstimos cosignados dos servidores municipais de todas as categorias , fente às instituições financeiras.

Em relação a essa pauta, ficou pactuado que a partir do momento que o governo estadual se manifestar e sancionar o projeto semelhante aprovado pela ALEAC, o projeto no âmbito do município terá a sanção da prefeita.

Outro assunto debatido foi o decreto que fecha os estabelecimentos comerciais. "Ficou pactuado a alteração no que tange ao comércio poder reabrir suas portas para o recebimento de pagamentos, cumprindo é claro, os cuidados sanitários exigidos pelas autoridades da saúde" disse Janaina.

Sobre a reivindicação dos vendedores do famoso churrasquinho, está autorizado a venda, desde que não haja aglomeração e não seja servido no local da venda. "Nesse caso deve ser embalado em marmitas para levar pra casa ou instituir um serviçode entregas em domicílio (DELIVERY)", finalizou. 

Janaina agradeceu a atenção da prefeita, de toda a sua assessoria, especialmente aos procuradores jurídicos e assessores contábeis.

(assessoria)

Acre já tem 11 municípios em calamidade pública pela Covid-19



Um total de 11 municípios acreanos já está em situação de Calamidade Pública no setor de saúde, divido à pandemia da Covid-19, que já registra 50 casos no Acre, conforme boletim publicado na terça-feira, dia 07, pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre). Isso representa a metade dos municípios acreanos.

Na lista das cidades estão os municípios de Sena Madureira, Mâncio Lima, Assis Brasil, Rio Branco, Plácido de Castro, Tarauacá, Acrelândia, Epitaciolândia, Porto Acre, Cruzeiro do Sul e Feijó. Da lista, Acrelândia é a cidade com mais casos proporcionais do país.

À medida que os números vão crescendo, os prefeitos encaminham pelos decretos de calamidade pública, o que, pela lei, precisa ser aprovado pela Assembleia Legislativa. Rio Branco foi a primeira cidade a decretar calamidade, seguindo a decisão estadual.

João Renato Jácome
Notícias da Hora

Polícia cumpre quatro mandatos de prisão de envolvidos em esquema de desvio de recursos da merenda escolar


Investigação da Policia Civil, através da Delegacia de Combate à corrupção - DECOR e Departamento de Inteligência - DI, em parceria com a Controladoria Geral do Estado - CGE começou a cumprir, nesta quinta-feira, 07 mandados de prisão temporária, 20 mandados de busca e apreensão nas sedes de 4 empresas na capital, Tarauacá e Xapuri, além dos armazéns de merenda escolar da SEE, em Rio Branco, Tarauacá, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

A justiça atendeu a representação da Polícia Civil e bloqueou, preliminarmente, R$ 5 milhões das contas dos investigados, além de tornar, temporariamente, indisponíveis bens móveis, imóveis e semoventes dos envolvidos. A operação policial já conta com 2 meses de investigação com foco em desvio de recursos públicos relacionados a merenda escolar sendo apuradas diversas práticas como: entrega de produtos e itens com qualidade inferior ao contratado ou em quantidade menor, além falsificado de documento público, falsidade ideológica e associação criminosa entre outros crimes e irregularidades previstas na Lei de Licitações e Contratos Públicos. O trabalho da Polícia Civil e Controladoria Geral do Estado - CGE conseguiu frear um desvio que poderia chegar a 22 milhões em contratos que ainda estão sob análise.

Assessoria Polícia Civil 

Jesus Sérgio apresenta emendas que beneficia abertura de crédito para comerciantes


O deputado federal Jesus Sérgio apresentou nesta quarta-feira (08) três emendas à Medida Provisória (MP) 944, que autoriza a abertura de crédito emergencial e exclusivo de R$ 34 bilhões, para pequenas e médias empresas, que estão com dificuldade de pagar sua folha salarial diante das medidas de isolamento social, ocasionada pela pandemia do novo Coronavírus.

A MP 944 cria linha de crédito especial com juros de 3,75% ao ano para ajudar pequenos empresários e comerciantes a quitar sua folha de pagamento. A operação será limitada ao financiamento de até dois salários mínimos por empregado.

Uma das emendas do parlamentar permite aos empresários um prazo maior para adesão ao crédito, ou seja, pela proposta de Jesus Sérgio, os comerciantes terão até 30 de agosto e não 30 de junho, que é como está no texto original da matéria, para aderir ao programa emergencial. Outra emenda do deputado amplia o período de carência para começar a pagar o empréstimo. Neste caso, os empresários poderão iniciar o pagamento 12 meses após liberação do dinheiro pelo banco, ao invés de seis meses, que é a proposta original do governo federal. Além disso, o deputado acreano propõe que os juros desse período de carência sejam cobrados nas parcelas finais do financiamento para dar mais tempo para recuperação da empresa. E a terceira emenda do deputado Jesus Sérgio aumenta para quatro meses o tempo que o governo pagará a folha salarial da empresa, limitada ao valor de até dois salários mínimos por empregado.

"Essas emendas tem como objetivo manter os empregos e dar fôlego para os empresários passarem por essa crise sem demitir seus funcionários, ajudando na recuperação econômica do país", destacou Jesus Sérgio.

(Assessoria)

TARAUACÁ: AÇAFRÃO ORGÂNICO PRODUZIDO NO MUNICÍPIO - FAÇA SEU PEDIDO


Em Tarauacá você encontra epode fazerseu pedido Açafrão Orgânico.

Contato: Socorro Acioly
992011770

Açafrão é um tempero anti-inflamatório, uma raiz com alto poder anti-inflamatório e pode ser usado como tempero de arroz, legumes, sopas, carnes, molhos e até em sucos.

Na Ásia, sua região de origem, é utilizado há 4 mil anos como planta medicinal, além de servir como corante e especiaria. O açafrão é a base do curry e é usado também na fabricação da mostarda. Estudos indicam ter ação contra o câncer. Por isso a recomendação de combinar com pimenta-do-reino, que aumenta a absorção do açafrão no organismo consideravelmente.

Na cozinha

Também é encontrado na versão em pó e deixa um sabor marcante e levemente “picante” na comida. Para usar a nossa versão, da raiz em pedaços, é só descascar e depois picar ou ralar. E então usar no refogado junto com outros temperos. Ou para extrair

Medicinal

O principal componente do açafrão-da-terra é a curcumina, responsável pela sua coloração amarelada e por suas funções anti-inflamatória, antioxidante e antimicrobiana. É rico em vitamina C, ferro, niacina, potássio e fósforo.

Também é muito utilizado pela medicina ayurvédica pelo seu poder purificador, digestivo e contra doenças, tais como: febre, infecções, artrite, disenteria, icterícia e problemas hepáticos. A recomendação é utilizar pelo menos uma colher (chá) por dia.

O açafrão, especiaria consumida mundialmente, é também uma fonte rica em nutrientes benéficos para o corpo e cérebro. 

Para que serve esse ingrediente? 

Ele costuma ser utilizado para aliviar sintomas de diversos problemas de saúde, como a asma, coqueluche, insônia, câncer, aterosclerose, depressão e doença de Alzheimer. Também é consumido pelas mulheres para suavizar o desconforto menstrual e os sintomas da TPM, uma vez que reduz o nível de cortisol e o estresse e aumenta o nível de estrogênio. Já os homens podem ingerir para prevenir a ejaculação precoce e infertilidade.

Além de conter alfa e betacaroteno, dois potentes antioxidantes naturais, o açafrão possui ainda o alfa-crocin, carotenoide responsável pela coloração dourada da especiaria, que protege as células nervosas e promove a regeneração dos nervos.

Entre os diversos benefícios do açafrão estão sua ação antisséptica, digestiva, anti-inflamatória, antioxidante, antidepressiva e anticancerígena, atuando principalmente na prevenção. É ainda uma grande fonte de minerais e rico em Vitamina A, ácido fólico, riboflavina e Vitamina C, essenciais para uma boa saúde.


Benefícios do Açafrão

Conheça abaixo para que serve o açafrão e sua propriedades.

1. Perda de peso

A perda de peso está entre os principais benefícios do açafrão, uma vez que possui habilidade de aumentar a serotonina no cérebro, hormônio que tem influência direta em nosso apetite. Uma descoberta mostrou que ao ingerir o açafrão, as pessoas sentiam menos fome. A própria influência do extrato em problemas emocionais tem seu reflexo no maior bem estar, o que consequentemente alivia a vontade de comer, que geralmente está ligada a algum descontrole emocional.

2. Ossos e massa muscular

O açafrão também ajuda a desenvolver ossos saudáveis e fortes e um bom tônus muscular, como resultado de seu alto nível de magnésio, que aumenta a absorção de cálcio nos ossos e assegura o bom funcionamento dos músculos e do coração.

3. Antidepressivo

Como já vimos, uma das propriedades do açafrão é ajudar na produção de serotonina, que ajuda a elevar o humor. Isso ajuda a levar o sangue para o cérebro e na redução da depressão e apreensão, melhorando o humor. É comprovado que o extrato proporciona a sensação de bem-estar.

4. Antioxidante

Os danos oxidativos estão associados ao envelhecimento e a várias doenças. Envolvem radicais livres, moléculas altamente reativas com elétrons desemparelhados. Os antioxidantes do açafrão protegem o organismo dos radicais livres e seus danos, neutralizando-os graças à sua estrutura química, e ainda estimula os mecanismos antioxidantes do próprio organismo.

5. Para os olhos

Os carotenoides encontrados no açafrão ajudam na proteção dos olhos. Eles atuam contra doenças como a degeneração macular e catarata. Além disso, também ajudam na proteção dos raios solares nocivos e na regulação do ácido graxo das membranas celulares, tornando os olhos fortes e com uma proteção maior.

6. Para o Coração

As propriedades do açafrão antioxidantes ajudam na redução do colesterol e triglicérides no organismo, evitando problemas circulatórios. Também ajuda a bombear de oxigênio, tornando o sistema circulatório mais eficiente.

7. Na prevenção do câncer

Os carotenoides do açafrão, crocin e safranal, possuem propriedades que podem ajudar a inibir o crescimento de tumores no organismo. As substâncias mostraram serem benéficas na proteção contra os câncer de cólon, fígado e do ovário.

8. Para a memória

O açafrão auxilia na memória, através de seus ativos antioxidantes, crocin e crocetina, que ajudam a manter longe doenças como Alzheimer e Parkinson. O alimento também reduz os estresses celulares, protegendo o sistema nervoso central e melhora os processos de aprendizagem.

9. Para a Pele

As propriedades do açafrão antibacterianas podem ser muito benéficas à pele. O extrato é capaz de reduzir a acne, sendo aplicado diretamente sobre a área afetada. Ele age ainda como um esfoliante natural e pode ajudar na remoção de células mortas. Além disso, ao ser aplicado junto com o leite, pode clarear a pele ou remover pigmentos.

10. Prevenção de Artrite

A redução da erosão óssea ainda faz parte dos benefícios do açafrão, além deste ajudar na cura de dores e inchaço nas articulações. Pode ser ingerido para prevenção de artrite por seus benefícios anti-inflamatórios.

Contraindicação e efeitos colaterais

Ainda que seja uma substância natural, é necessário ter atenção na dosagem e observar os possíveis efeitos colaterais, ainda que não atinja a maioria dos consumidores. A ingestão de grandes quantidades não é indicada a mulheres grávidas, pois tem efeito abortivo.

Entre os problemas que podem afetar alguns indivíduos, a tontura é provavelmente o mais comum. Outros sintomas são a tosse, asma, insônia, azia e pele ressecada. Além disso, embora o alívio da TPM seja um dos benefícios do açafrão para as mulheres, pode também resultar em cólicas menstruais para algumas.

Dosagem

A dosagem recomendada no tratamento de depressão leve a moderada e da síndrome pré-menstrual é de 30mg diárias divididas em 2 doses. Já a melhora na capacidade antioxidante foi demonstrada em pacientes com doença da artéria coronária utilizando extrato de açafrão de 50mg duas vezes ao dia.

Doses de 1,5g diárias são ainda consideradas seguras. Efeitos tóxicos foram registrados em dosagens de 5g. A quantidade de 20g já é considerada letal e 10g, abortiva.

Fontes e Referências Adicionais:

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Coronavírus: Shows de Frank Aguiar e Gerson Rufino são cancelados no Jordão


Gilson Amorim, do Notícias da Hora.

A Prefeitura de Jordão no interior do Acre cancelou a realização de eventos festivos que estavam programados em comemoração ao aniversário de 28 anos de emancipação político-administrativo do município. A medida foi anunciada pelo prefeito Élson Farias do (PCdoB).

Ao Noticias da Hora o prefeito confirmou o cancelamento da festa em razão da pandemia do novo coronavírus.

O evento teria o show nacional do cantor Frank Aguiar e do cantor gospel Gerson Rufino, além de atrações locais.

Até o momento o município de Jordão não apresentou nenhum caso suspeito de coronavírus.

O prefeito tomou uma decisão radical para evitar o vírus na cidade ao proibir o transporte aéreo e fluvial para o município, exceto em casos emergenciais ou de transporte de insumos hospitalares.

TARAUACÁ: IDAF REALIZA FISCALIZAÇÃO EM TARAUACÁ


Uma equipe do IDAF - Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre, liderada pelo Médico Veterinário Ademir Junior, está de plantão nesta quarta feira, 8 de abril, na entrada da cidade de Tarauacá, BR 364, com o objetivo de efetuar fiscalizações para evitar que animais, vegetais e produtos e sub-produtos sem origem circulem se a devida permissão legal.

"Pedimos o apoio de todos que vão transportar animais, vegetais ou seus subprodutos, que atentem para a documentação necessásia. Toda a ilegalidade será comunicada às autoridades policiais. O que mais tem nos preocupado é o transporte de animais. Por isso, todos devem estar legalizados", disse Júnior.


Após Mandetta, Braga Netto se torna o novo alvo do gabinete do ódio

© Isac Nóbrega/PR Braga Netto, que conseguiu convencer Bolsonaro a não demitir Mandetta, desagradou o grupo olavista.
O ministro-chefe da Casa Civil, general Braga Netto, entrou na mira da ala ideológica do governo depois de tomar as rédeas das ações federais na crise do novo coronavírus e de convencer o presidente Jair Bolsonaro a não demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. 

A projeção do general tem desagradado ministros ligados ao escritor Olavo de Carvalho e também o chamado gabinete do ódio, como é conhecido o grupo de assessores palacianos ligados ao filho 02 do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).


Braga Netto passou a ser alvo de uma série de ataques de perfis bolsonaristas nas redes sociais, à semelhança do que já vinha sendo feito contra Mandetta. O titular da Saúde, mesmo tendo reiterado que permanece no governo, continua com o cargo ameaçado, por não sucumbir às pressões do presidente para relaxar as medidas de distanciamento social, recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter o avanço da pandemia.

Braga Netto, que ficou conhecido por comandar a intervenção da Segurança Pública no Rio de Janeiro, em 2018, assumiu a Casa Civil com a missão de ser uma espécie de gerente do governo, encarregado de coordenar as ações dos ministérios.

O convite foi feito após um acordo entre vários ministros, incluindo os militares. Estes últimos, internamente, têm tratado Braga Netto como “chefe do Estado-maior do Planalto” e “presidente operacional” do Brasil, encarregado de cuidar do dia a dia da máquina do governo em um momento de grave crise.

O general é o mais novo colaborador a ofuscar a imagem de Bolsonaro dentro do governo, após o mesmo papel ter sido desempenhado por Mandetta e pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Em 30 de março, quando inaugurou o novo formato das entrevistas diárias sobre as ações federais contra o coronavírus, Braga Netto disse a que veio ao assegurar que “não existe essa ideia de demissão do ministro Mandetta”, antecipando-se a responder uma pergunta dirigida ao titular da Saúde.

Na segunda-feira, Braga Netto e outros ministros militares conseguiram, pelo menos por enquanto, demover Bolsonaro da ideia de exonerar Mandetta. Pesou o argumento de que uma eventual demissão fortaleceria governadores que travam uma queda de braço com o presidente por manterem as medidas de distanciamento social, principalmente os de São Paulo, João Doria (PSDB), e do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), maiores desafetos do chefe do Executivo.

A ala ideológica do governo e o gabinete do ódio sempre rejeitaram o poder concedido aos militares na equipe, e os ataques a Braga Netto nas redes sociais são reflexo dessa oposição. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, publicada ontem, o general disse que não se incomoda com as agressões e que continua trabalhando normalmente, gerenciando as ações do governo.

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, criticado com frequência por Carlos Bolsonaro nas redes sociais, saiu em defesa do chefe da Casa Civil. Ele negou que Braga Netto tenha enquadrado o presidente ao convencê-lo a não demitir Mandetta.

“Ele não está enquadrando ninguém, mas apenas fazendo a verdadeira governança. Assim, a Casa Civil passa a atuar como um verdadeiro centro de governo”, disse Mourão, ao jornal paulista. “Braga Netto está fazendo o que sabemos: colocar ordem na casa, coordenando as ações ministeriais, de modo que haja sinergia, cooperação e, como consequência, os esforços do governo sejam mais eficazes.”

fonte: correio brasiliense

Jordão: Pela primeira oposição sairá unida


Das vezes que a oposição disputou a prefeitura de Jordão, em nenhuma delas estiveram no mesmo palanque. Para o próximo pleito a situação tende a ser diferente. Tudo leva crer que os oposicionistas entenderam que é melhor partilhar um bolo administrativo, ao invés de assistir ele ser dividido pelo atual governo. 

Zeina Melo ( MDB), ex-vereadora e o nome que deve liderar a oposição, conseguiu juntar o PSDB em torno de sua pré-candidatura. 

Na janela partidária, Zeina conseguiu trazer dois vereadores e transformou o MDB em dono da maior bancada da Câmara ( três vereadores). Além disso, Barrote ( PSDB), nome cotado para vice, conseguiu trazer dois vereadores para o ninho tucano. Assim, MDB e PSDB tem a maioria na Câmara. Um total de cinco parlamentares. 

Desde de 1996, a disputa política ocorre entre o MDB do Esperidião Júnior, marido de Zeina, contra a família Melo/Figueiredo , que antes eram do antigo PFL ( atual DEM) e migraram para o PT. No referido ano, Júnior saiu vitorioso. Tendo a oposição governado o município até 2004. De lá pra cá, os Melos se uniram aos Farias – família do atual gestor ( Elson Farias) e venceram todos os pleitos seguintes. 

Enquanto os partidos da Frente Popular Acre saiam unidos, sob a lideranças das famílias ( Melo, Figueiredo e Farias), a oposição trilhava caminhos opostos. Se MDB lançasse um candidato e o PSDB lançava também, o resultado era o de sempre: mais uma derrota. Destarte que em 2008 os tucanos não lançaram nome ao executivo, mas caminharam contra o MDB, tendo inclusive apoiado o candidato do PT. 

Cansados de seguir rumos opostos e partilhar de resultados negativos. MDB e PSDB resolveram apostar na união. Se o projeto sairá vitorioso, só o tempo pode responder. Mas uma coisa é certa : unido todo mundo é forte. 

Por Leandro Matthaus

Povo Yawanawá, no Acre, cancela cerimônias com não indígenas para prevenir o novo coronavírus

Foto da Aldeia Nova Esperança na TI Yawanawá (Divulgação)
Cacique Biraci Brasil Yawanawá está preocupado com a precariedade do sistema de saúde de atenção aos indígenas

Manaus (AM) – Frente à ameaça da disseminação da pandemia do novo coronavírus, pela primeira vez, em quase 10 anos, os Yawanawá da Terra Indígena do Rio Gregório, no Acre, cancelaram os eventos de canto, dança e cerimônias de cura que costumam receber centenas de visitantes não indígenas de diferentes regiões do Brasil e do exterior. Os 370 moradores da aldeia Nova Esperança “fecharam as portas”, como disse o cacique Biraci Brasil Yawanawá à Amazônia Real. Segundo ele, as outras sete aldeias da etnia farão o mesmo.

Conforme os dados do Ministério da Saúde, no estado do Acre há 50 casos confirmados da Covid-19 e uma morte. O novo coronavírus já infectou pessoas na capital Rio Branco (39 casos) e nos municípios de Acrelândia (9), Plácido de Castro (1) e Porto Acre (1). Não há notificações de casos da doença entre os indígenas.

Biraci Brasil é um dos pioneiros das chamadas “vivências”, realizadas pelos Yawanawá, um dos povos da Amazônia de maior visibilidade internacional. São atividades festivas que incluem propriedades de cura em torno do consumo da bebida ayahuasca. Elas duram em média de uma a três semanas, dependendo da programação de cada uma das oito aldeias Yawanawá. O grande fluxo de turista costuma lotar hotéis de cidades como Cruzeiro do Sul.

“Sabemos que esse vírus não é uma gripe comum. Somos muito vulneráveis a essa doença. Estamos fechando a aldeia, a porta da nossa casa, até que a ciência encontre a cura. Cancelamos qualquer visita. Também ninguém pode sair. Se sair, não volta. Nem os próprios Yawanawá que vão para a cidade”, disse ele.

Outro receio, segundo o cacique, é quanto à precariedade do sistema de saúde de atenção aos indígenas, no qual ele não confia. A grande distância da aldeia para os centros urbanos é uma barreira adicional para uma eventual necessidade de atendimento de socorro emergencial caso ocorra contaminação pelo coronavírus. A aldeia Nova Esperança fica no município de Tarauacá. Está localizada nas nascentes do rio Gregório, afluente do rio Juruá. O único acesso à zona urbana é via fluvial, em viagens que levam até oito horas, em uma embarcação rápida. Em embarcações mais simples, chegam a durar vários dias.

Segundo o cacique, a aldeia Nova Esperança realizaria em abril uma atividade com 78 convidados internacionais. Foi a primeira a ser cancelada. “Se a situação se acalmar, podemos abrir em setembro. Mas se ainda assim tiver qualquer tipo de risco, nossa casa continuará fechada”, afirmou.

Também conhecidas como turismo espiritual, as vivências são as principais fontes de renda da etnia, que se orgulha de sua autonomia. As visitas de pessoas vindas de várias partes do mundo, entre eles artistas e autoridades, garantem independência ao povo Yawanawá. Segundo Biraci Brasil, sua aldeia recebe, em média, 600 visitantes por ano.

“Não estou pensando em nada financeiro. Aqui tem bastante alimento; tem muita agricultura, abundância de peixe. Se o mundo se acabar lá fora vou poder viver por muito tempo aqui dentro. Estou muito tranquilo. Não penso no sal, na roupa, na gasolina ou em algum outro mantimento que dependemos de fora. Só não quero que meu povo morra por causa dessa doença; não quero que seja dizimado. Vamos nos fechar na nossa terra, na nossa floresta”, afirmou o cacique.

O cacique Biraci Brasil refletiu também sobre o novo coronavírus e seu impacto no mundo e para a humanidade. Para ele se trata de “uma guerra espiritual”.

“Nesse momento dessa guerra, dessa terceira guerra, dessa guerra espiritual, de doença, precisamos refletir e encontrar nossa própria cura. A humanidade não será a mesma como era. O sistema capitalista vai ter outra cor, ou quem sabe, ficará sem cor”, afirmou.

Conquista da autonomia com vivências


Biraci Brasil Yawanawá (foto) é um cacique de expressiva projeção e liderança histórica do Acre. Ele foi um dos responsáveis pelo renascimento dos saberes, dos rituais de propriedades de cura e da reconquista da importância do pajé. Na década de 1980, durante a luta pela demarcação da TI do Rio Gregório, os Yawanawá expulsaram os seringueiros de suas terras. Em seguida, foi a vez da retirada dos missionários evangélicos, que durante anos impuseram seus dogmas a ponto de quase o povo Yawanawá perder seus conhecimentos e medicinas tradicionais.

Na década de 2000, os Yawanawá criaram as atividades de celebração como prática cultural e costumes tradicionais. Rapidamente, as cerimônias se transformaram em fonte de receita utilizada para fazer melhorias nas aldeias e investir na educação dos jovens da etnia, entre outras ações.

“A história da vivência começou na minha casa. Foi uma grande mudança de reconexão com nossa essência e trouxe equilíbrio na nossa economia. Ela [vivência] fez a gente praticar nossa cultura, nossas tradições, que pela força do contato, pelo preconceito e pela discriminação já tínhamos parado. A presença das pessoas do Brasil e do mundo em busca de cura trouxe autoestima à nossa família e retomamos nossos costumes. Fez com que os jovens permanecessem nas aldeias. Antes todo mundo queria ir para a cidade para encontrar nova alternativa. Hoje nenhum filho nosso quer morar na cidade. Todos vivem aqui”, diz o cacique Biraci Yawanawá.

Na Terra Indígena do Rio Gregório também está localizada a aldeia Sete Estrelas, do povo Katukina-Pano. O território foi demarcado, mas sua situação é “declarada” e ainda não foi homologado.

Aldeia Nova Esperança TI Yawanawá, no Acre (Foto divulgação)

terça-feira, 7 de abril de 2020

Sesacre comunica segunda morte por Covid-19 no Acre

Aposentada de 75 anos tinha sequelas de acidente vascular cerebral e deu entrada na UTI do Pronto-Socorro no último dia 4

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) comunica a segunda morte por coronavírus no Acre, na tarde desta terça-feira, 7, na ala das UTIs para pacientes com Covid-19, do Pronto-Socorro de Rio Branco. O atestado de óbito foi assinado às 16h05.

A vítima é uma aposentada de 75 anos, cujas iniciais são M. L. B. P., que no último dia 2 deste mês foi internada no pronto atendimento de uma unidade de saúde privada de Rio Branco, apresentando taquicardia, desconforto respiratório e febre. Além disso, a paciente apresentava sequelas de um acidente vascular cerebral.

No mesmo dia 2, às 17h30, foi entubada e a equipe médica coletou amostras para o exame de coronavírus, cujo resultado foi positivo.

Dois dias depois, no dia 4 de abril, a paciente foi transferida para o Pronto-Socorro de Rio Branco, onde, por volta das 20h8 foi levada para o leito de UTI. Ali, ela permaneceu até a tarde desta terça-feira, 7.

Rio Branco, AC, 7 de abril de 2020.
Secretaria de Estado de Saúde do Acre

TARAUACÁ: MARILETE DIZ À JANAINA "SE GLADSON SANCIONAR LÁ, EU SANCIONOI AQUI" O PROJETO DE LEI DOS COSIGNADOS

Reunião na prefeitura de Tarauacá

Em reunião na manhã desta terça feira (7), a Vereadora Janaina Furtado (PP), acompanhada de Lauro Benigno (PCdoB), debateu com a prefeita Marilete Vitorino, sobre o Projeto de Lei que propõe a suspensão por 90 dias do pagamento da parcelas dos empréstimos cosignados dos servidores municipais de todas as categorias , fente às instituições financeiras.

Em relação a essa pauta, ficou pactuado que a partir do momento que o governo estadual se manifestar e sancionar o projeto semelhante aprovado pela ALEAC, o projeto no âmbito do município terá a sanção da prefeita.

Outro assunto debatido foi o decreto que fecha os estabelecimentos comerciais. "Ficou pactuado a alteração no que tange ao comércio poder reabrir suas portas para o recebimento de pagamentos, cumprindo é claro, os cuidados sanitários exigidos pelas autoridades da saúde" disse Janaina.
Sobre a reivindicação dos vendedores do famoso churrasquinho, está autorizado a venda, desde que não haja aglomeração e não seja servido no local da venda. "Nesse caso deve ser embalado em marmitas para levar pra casa ou instituir um serviçode entregas em domicílio (DELIVERY)", finalizou. 

Janaina agradeceu a atenção da prefeita, de toda a sua assessoria, especialmente aos procuradores jurídicos e assessores contábeis.

(assessoria)