CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

domingo, 31 de julho de 2022

Mexicana superdotada começará a estudar medicina aos 9 anos


A garota prodígio Michelle Arellano Guillén começará a estudar medicina aos 9 anos. Trata-se de um pequeno gênio que, desde muito jovem, se destacava das crianças de sua idade por ter aprendido a ler e a escrever aos 4 anos. Como seus pais atentaram à sua condição, a menina terminou o ensino médio aos 8 anos. Agora ela quer ser uma cirurgiã cardiovascular.

Há crianças que, desde cedo, demonstram ter mais competências e capacidades de aprendizagem do que as crianças da sua idade. Estes são aqueles alunos que são superdotados e que estão localizados em uma escala de evolução mais rápida do que as estatísticas normais.

O caso de Michelle Arellano Guillén se enquadra nessa categoria. E é que essa garota se tornou conhecida nos últimos tempos e fez seus pais inflarem o peito de orgulho depois de começar a estudar Medicina aos 9 anos.

Segundo informações da Uno TV , o estudante de Chiapas, no México, tem um QI de 158 pontos, muito próximo ao do cientista Albert Einstein.

Desde muito jovem, seus pais notaram que Michelle era diferente das outras crianças. Não só aprendeu muito rápido, como também expandiu seu conhecimento para outras áreas do conhecimento.

Sua mãe disse que quando ela tinha um ano e meio, Michelle já era fluente em inglês. Então, quando completou 4 anos, já aprendeu a ler e escrever, muito antes dos outros colegas de turma das primeiras séries que estudava em sua escola.

Como percebeu que sua filha estava muito avançada, decidiu levá-la a um psicólogo onde, depois de fazer alguns exames, constataram que a menina era “uma pequena adulta”, segundo seus pais.

Lá seus pais também perceberam que Michelle era na verdade uma menina superdotada e que ela precisava de outro tipo de educação para continuar motivando e promovendo seu desenvolvimento acadêmico e intelectual.

Na verdade, Michelle estava muito entediada na sala de aula porque aprendeu o conteúdo da aula muito antes.

Isso criou um problema em sua família porque quando ela tentou mudar de escola, nenhuma instituição a aceitou, devido ao seu alto QI. Foi assim que decidiram ir à Secretaria de Educação Pública de Chiapas, de onde a ajudaram em seu acelerado processo educacional.

Michelle começou a passar de ano rapidamente até se formar no ensino médio e no ensino médio aos 8 anos, o que lhe permitiu, aos 9 anos, candidatar-se e ser selecionada em Medicina em uma universidade em Massachusetts, Estados
Unidos.

TARAUACÁ: MORRE SEU "CAXINÓ" UM DOS MAIS TRADICIONAIS COMERCIANTES DO MUNICÍPIO


Com profunda tristeza que a família comunica o falecimento do Senhor Francisco Soares da Rocha, 73 anos, acontecido as 16:30 de sábado (30), vitima de uma parada cardíaca. Ele tinha fibrose pulmonar e contraiu covid.

Seu "CAXINÓ" como era conhecido, foi um dos mais importantes comerciantes em seu tradicional box que mantinha no Mercado Público, de onde tirava o sustento da família. Ele deixa 3 filhos e 5 netos. "Tinha de tudo no seu Caxinó"

O velório acontece em sua residência na Rua José Gaudêncio da Costa, 770, Bairro Cohab e o sepultamento previsto para às 11 horas deste domingo, 31 de julho.

sábado, 30 de julho de 2022

TARAUACÁ: PRÉ-CANDIDATA A DEPUTADA FEDERAL PROFESSORA SOCORRO NERI CUMPRE AGENDA EM SUA TERRA NATAL


Em visita a Tarauacá a Professora Socorro Neri, Ex-prefeita de Rio Branco e Ex-Secretária Estadual de Educação, cumpriu extensa agenda em sua terra natal, apresentando ao amigos, familiares e lideranças políticas, a sua pré-candidatura a Deputada Federal.

Nascida na Zona Rural de Tarauacá, Socorro foi morar em Rio Branco ainda jovem onde construiu uma linda história de vida baseada na valorização da família, na educação, ética e muito trabalho. 

Veja abaixo, um pouco dessa história.






















Nota pública sobre caso suspeito de monkeypox registrado em Cruzeiro do Sul


Nota pública

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informa que mais um caso suspeito de monkeypox foi registrado no município de Cruzeiro do Sul, nesta quarta-feira, 27 de julho.

Uma paciente do sexo feminino, de 54 anos, deu entrada no Hospital Regional do Juruá apresentando lesões de pele surgidas há três meses, quando se mudou da França para Cruzeiro do Sul. As lesões se iniciaram logo após a chegada ao Brasil.

O caso foi notificado nesta sexta-feira, 29, e vem sendo acompanhado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) da Regional do Juruá, juntamente à Vigilância Epidemiológica do município.

A Sesacre informa que as amostras estão sendo coletadas e serão enviadas para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Minas Gerais.

Débora dos Santos
Chefe do Cievs Acre

sexta-feira, 29 de julho de 2022

TARAUACÁ: MPAC aponta irregularidades e pede suspensão de obras de nova entrada de Tarauacá


O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio da Promotoria de Justiça Cível de Tarauacá, ajuizou ação civil pública em desfavor do Município de Tarauacá, do Governo do Estado, e das empresas Consórcio TK, Construtora Santa Maria e Marts Transportes e Serviços, pedindo a suspensão imediata das obras da nova entrada do Município de Tarauacá, que está sendo executada pela estrada da Colonacre.

O procedimento foi motivado por denúncia assinada por vereadores de Tarauacá sobre a alteração pela Municipalidade do projeto sem prévia análise pela Câmara Municipal de Tarauacá, dando conta de que a mudança supostamente teria como objetivo privilegiar os interesses particulares do deputado federal Jesus Sérgio, esposo da prefeita. A representação foi instruída com fotografias de máquinas do Deracre que estariam sendo utilizadas em propriedade privada do deputado.

Na ACP, assinada pelo promotor de Justiça Júlio César de Medeiros, o MPAC questiona a legalidade e legitimidade da alteração do projeto original – que previa a nova entrada pela Avenida Tancredo Neves – e aponta que a mudança viola o Estatuto das Cidades, o Plano Diretor e o Plano de Mobilidade Urbana do Município. Ainda segundo a ação, a alteração do projeto está eivada de vícios insanáveis, com violação à legalidade, impessoalidade, devido processo legal substantivo, princípio democrático, princípio participativo e desrespeito à realização de audiência pública.

O MPAC ressalta que o projeto original, que prevê a nova entrada pela Avenida foi resultado da conclusão do Plano Diretor do Município, com orientações técnicas e medidas, após audiências públicas e estudos in loco. Destaca, ainda, que a alteração do projeto, sem a realização de prévia audiência pública, “faz tabula rasa dos anseios da sociedade, desvirtua esse importantíssimo instrumento de legitimidade democrática, ao não incluir a própria sociedade na definição do conceito de interesse público primário”.

Dessa forma, requer a ACP, além da nulidade de alteração do projeto e suspensão da construção da nova entrada, sob pena de multa de descumprimento no valor de 500 mil por dia de atraso, que em caráter limitar seja determinada a realização de audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores de Tarauacá, a fim de se ouvir a sociedade, representantes do IFAC, bem como especialistas, acerca da possibilidade e viabilidade de alteração do projeto original da nova entrada.

(Assessoria)

Operação resgata 337 trabalhadores de condições análogas à escravidão - Inspeções ocorreram em 22 estados e o Distrito Federal


Equipes de fiscalização que participam da segunda edição da Operação Resgate libertaram, em menos de um mês, 337 pessoas que trabalhavam em condições semelhantes à escravidão. Ao menos 149 destes trabalhadores também foram vítimas de um segundo crime, o tráfico de pessoas.

As inspeções ocorreram em 22 estados, além do Distrito Federal. Segundo representantes dos seis órgãos públicos que integram a ação conjunta, não houve denúncias suficientemente consistentes para mobilizar equipes em quatro estados (Amapá; Rio Grande do Norte; Roraima e Sergipe), o que não significa que não haja casos semelhantes que podem vir a ser alvos de novas fiscalizações.

O número de pessoas libertadas desde o último dia 4, quando a operação foi deflagrada, representa um aumento de cerca de 176% em comparação ao resultado alcançado no ano passado, quando 136 trabalhadores foram libertados.

Segundo representantes dos ministérios do Trabalho e Previdência; Público Federal (MPF) e Público do Trabalho (MPT), além das polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF) e da Defensoria Pública da União (DPU), o aumento da vulnerabilidade social, entre outros fatores - como o fato da operação, este ano, ter durado quatro semanas, ao passo que, em 2021, ocorreu em apenas duas semanas – ajuda a explicar o recente resultado.

“Crises econômicas, pandemias e outros adventos que possam aumentar a vulnerabilidade social [são] momentos em que todos os órgãos devem redobrar as atenções para evitar que haja um aumento deste tipo de crime” disse o subsecretário de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência, Romulo Machado.

O subsecretário explica que, em 2021, a operação ocorreu entre janeiro e fevereiro, ao passo que, neste ano, foi escolhido o mês de julho em virtude do Dia Mundial do Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (no próximo dia 30). Assim, as ações de 2022 coincidiram com o período da colheita de vários cultivos que, periodicamente, utilizam trabalhadores submetidos a condições semelhantes à escravidão.

Apesar das ressalvas, Machado destacou que as 337 pessoas resgatadas ao longo do mês de julho representam cerca de 40% do total de pessoas encontradas em semelhante situação apenas durante o primeiro semestre deste ano.

“A vulnerabilidade social é um fato no Brasil e em vários outros países. Logicamente, ela leva a estas circunstâncias”, declarou o coordenador da Câmara Criminal do MPF, subprocurador-geral da República, Carlos Frederico Santos.

“Mas este aumento tem a ver também com [um maior número de] denúncias de casos. A partir do momento em que divulgamos que as instituições estão empenhadas em trabalhar em conjunto para combater este crime, vão surgindo mais denúncias. Portanto, a medida preventiva mais forte é exatamente divulgarmos que estes crimes não vão ficar impunes.”

Os empregadores flagrados foram notificados a interromper as atividades, formalizar o vínculo empregatício dos trabalhadores submetidos às condições análogas à escravidão e pagar a suas vítimas mais de R$ 3,8 milhões em verbas salariais e rescisórias, podendo ainda responder criminal e administrativamente.

Cada pessoa resgatada recebeu três parcelas do seguro-desemprego, no valor de um salário-mínimo cada. Goiás e Minas Gerais foram, respectivamente, os estados com mais pessoas libertadas.

As atividades econômicas com maior quantidade de trabalhadores resgatados foram os serviços de colheita em geral; o cultivo de café e a criação de bovinos para corte. No meio urbano, a ocorrência do crime em uma suposta clínica de reabilitação para dependentes químicos de Patos de Minas (MG), no Alto Parnaíba, chamou a atenção dos representantes dos órgãos públicos

“Ela [clínica] dizia que era para reabilitar usuários de drogas e álcool mas, na verdade, era um estabelecimento, uma empresa que colocava as pessoas para trabalhar de graça na produção de peças artesanais, de gesso, que eram vendidas. Os trabalhadores estavam em um alojamento em péssimo estado de conservação, sem receber qualquer remuneração”, relatou o vice-coordenador nacional da Coordenadoria Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo e Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do MPT (Conaete), o procurador do trabalho Italvar Filipe de Paiva Medina.

O vice-coordenador destacou que, no geral, a maior parcela das vítimas do trabalho escravo e do tráfico de pessoas é negra, pois, segundo ele, tais crimes estão "estritamente relacionados ao racismo estrutural existente em nosso país, refletindo-se nos níveis de violação dos direitos humanos".

Da Agência Brasil

TARAUACÁ: SINDICALISTAS VISITAM MINISTÉRIO PÚBLICO


João Maciel e Eudes, respectivamente dirigentes do Sinteac e STR visitaram o Ministério Público e conversaram com o Promotor de justiça Dr. Júlio Cesar Medeiros. Na pauta 
a situação da educação em algumas áreas da zona rural que ainda sofrem com falta estrutura física adequada, profissionais e outras estruturas o que fez com que um percentual significativo ainda não iniciasse  o ano letivo. Eles atribuem a culpa à gestão municipal.

"É inadmissível a situação em que se encontram as escolas e a educação rural. Já estamos no meio de 2022 e o ano letivo sequer começou, causando um prejuízo imenso aos alunos. Precisamos tomar uma atitude urgente" diss eeudes do Sindicato rural.

João Maciel, destacou o descaso com a educação rural e pontuou algumas pautas da educação de forma geral. "Relatamos a nossa luta pela implantação do piso do magistério, pagamento de ações Judiciais, reformulação do PCCR, alimentação escolar, reforma de escolas, rateio dos recursos do Fundeb, correção da tabela salarial da educação municipal, enttre outras", destacou o sindicalista.

O promotor agradeceu a visita e disse estar ciente das principais reivindicações destacadas e que em alguns casos já está agindo e tomando as providências necessárias.

quinta-feira, 28 de julho de 2022

TARAUACÁ: Sancionada a Lei que reajusta salário dos agentes de saúde e de endemias em Tarauacá


O prefeito, em exercício, Raimundo Maranguape sancionou nesta quinta-feira, 28, a Lei que concede o piso salarial de dois salários mínimos para os agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias, em Tarauacá. A Lei será publicada nesta sexta-feira, 28, no Diário Oficial do Estado (DOE).

A Lei Municipal contará com efeitos financeiros retroativos a 6 de maio de 2022. O reajuste ocorre em razão do novo piso nacional da categoria, a que se refere a lei, a partir dos repasses realizados pelo Governo Federal.

A nova legislação municipal tem por base a Constituição Federal, no Artigo 198, §9º, e foi acrescida pela Emenda Constitucional 120/2022.

O prefeito destacou a importância destes profissionais para a sociedade, uma vez que eles são responsáveis pelo trabalho de campo, com visitas diárias de casa em casa, levam e trazem informações importantes de prevenção à saúde das famílias.

“É mais uma conquista para os profissionais da linha de frente da saúde. Parabenizo a todos pelos trabalhos desempenhados. Em comparação com o ano passado, tivemos uma redução de 3 mil casos de dengue para 30 graças aos investimentos em saneamento básico e também o papel dos agentes que orientam as famílias durante as jornadas de trabalho”, afirmou.

(Assessoria/Prefeitura)

Em Tarauacá que regulamenta Piso Salarial dos ACS e ACE é aprovada pelos vereadores


Os Vereadores aprovaram hoje (28), em Sessão Extraordinária o PL N° 011 (Projeto de Lei), que regulamenta o piso salarial dos (ACS) Agentes Comunitários de Saúde e dos (ACE) Agentes de Controle de Endemias tornando-se a Lei Nº 1021.

Esse PL enviado em caráter de urgência pelo Executivo Municipal tramitava na Casa desde o dia 22/07 e visava regulamentar o piso salarial desse profissionais em saúde nos termos da Emenda Constitucional Nº 120/2022 de 5 DE maio de 2022.

Conforme já dito antes, essa Emenda acrescenta os §§ 7º, 8º, 9º, 10 e 11 ao art. 198 da Constituição Federal, para dispor sobre a responsabilidade financeira da União, corresponsável pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na política remuneratória e na valorização dos profissionais que exercem atividades de agente comunitário de saúde e de agente de combate às endemias.


Essa Emenda tramitava há 11 anos dentro do Congresso Nacional e com essa aprovação os profissionais de Tarauacá e os mais de 400 mil que esperavam ansiosamente por isso em todo o pais, apreciaram a iniciativa, e sentiram assim, o início do reconhecimento de que são realmente a linha de frente no combate as mazelas que atingem a saúde no Brasil com sua importante prevenção.

“Sempre achei pouco a remuneração desses profissionais, ainda não é o ideal, mas é mais um passo, quando depende da Câmara nós Vereadores fazemos a nossa parte”. Disse o Presidente Chico Batista.

Agora a Lei segue para sansão pelo Executivo Municipal lembrando que o pagamento é retroativo a maio.

Conforme própria matéria do Senado Federal o texto da emenda estabelece um piso salarial nacional de dois salários mínimos (equivalente hoje a R$ 2.424) para a categoria e também prevê adicional de insalubridade e aposentadoria especial, devido aos riscos inerentes às funções desempenhadas.


A emenda também determina que estados, Distrito Federal e municípios deverão estabelecer outras vantagens, incentivos, auxílios, gratificações e indenizações a fim de valorizar o trabalho desses profissionais.

Além disso, fica estabelecido que os vencimentos dos agentes serão pagos pela União e que os valores para esse pagamento serão consignados no Orçamento com dotação própria e específica. Conforme o novo texto constitucional, os recursos financeiros repassados pela União aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios para pagamento do vencimento ou de qualquer outra vantagem dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias não serão objeto de inclusão no cálculo para fins do limite de despesa com pessoal.


POSTADO POR Reginaldo Palazzo

TARAUACÁ: PROJETO CIDADÃO SERÁ REALIZADO DIA 01/08 NA ALDEIA CAUCHO E 02/08, NA ESCOLA MUNICIPAL 15 DE JUNHO

 


Nos dias 01 e 02 de agosto acontecerá mais uma edição do Projeto Cidadão destinada às população de Tarauacá. A ação, do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) em parceria com Governo do Estado e Prefeitura local, será realizada na Aldeia Indígena do Caucho, no dia 01 de agosto e na Escola Municipal 15 de Junho, no dia 02. 

Nas duas localizadas rurais, os atendimentos iniciam às 8 horas e encerram às 16 horas. No dia 2 finaliza como tradicional Casamento Coletivo, na Escola 15 de Junho.


Entre os serviços oferecidos está a emissão de documentos como primeira via da Carteira de Identidade, CPF primeira e segunda via, Informações sobre CTPS, além atendimento jurídico, médico e de assistência social. 

O projeto cidadão é um trabalho social realizado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Acre em parceria com órgãos federais, estaduais, municipais e não governamentais. Sua finalidade primordial é assegurar à população de menor poder aquisitivo o direito à documentação básica, bem como o acesso rápido e gratuito aos serviços públicos da área social: saúde, educação, meio ambiente, segurança e trabalho.

IBGE lança novo concurso para 15 mil vagas de recenseador - Há vagas ainda não preenchidas em diversos municípios do país

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu novo concurso para trabalhadores temporários para o Censo 2022. O edital deste processo seletivo complementar com 15.075 vagas foi publicado hoje (28) no Diário Oficial da União.

Segundo o IBGE, trata-se de um processo complementar, que oferece vagas ainda não preenchidas em diversos municípios do país.

A previsão de duração do contrato é de até três meses, podendo ser prorrogado, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo Demográfico 2022 e na disponibilidade de recursos orçamentários.
Inscrições

As inscrições para o certame são gratuitas e poderão ser efetuadas de hoje até dia 1º de agosto. Clique para acessar a versão completa do edital n.º 14/2022.

A jornada de trabalho recomendável para a função de recenseador é de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento.

A remuneração será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo recenseador, de unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (ampliado ou simplificado) pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.

(Agência/Brasil)

Gincana Cultural desenvolvida pela Escola Rosaura Mourão promove conhecimento e interação


Por Extra do Acre - A Escola Estadual de Ensino Fundamental, Rosaura Mourão da Rocha, localizada no bairro Senador Pompeu no Município de Tarauacá-Acre, realizou recentemente, mais uma etapa da gincana com foco no projeto “Dialogando com a Leitura e a Escrita”.

A gincana teve como objetivo incentivar e motivar os educandos por meio de uma competição saudável, com a dramatização de textos, regras ortográficas e soletrando. A atividade pedagógica contou com a participação de todas as turmas do 6⁰ ao 9⁰ ano do Ensino Fundamental II.

De acordo com Jocilene Ozório, gestora da escola, “a gincana é um campo satisfatório de aprendizagem, pois os alunos aprendem brincando”.

Com um melhor desempenho, a turma do 7⁰ ano “A”, liderada pela professora Fernanda Alves, se consagrou campeã do turno da manhã. Já no período da tarde, a turma vencedora foi o 8⁰ ano “C”, liderada pela professora Auricélia.

TARAUACÁ: PREFEITURA E ESTADO INICIAM TRABALHO DE REABERTUA DO RAMAL DO "MANOEL DO RÁDIO"


Dando continuidade aos trabalhos nos ramais, a Prefeitura de Tarauacá, por meio da Secretaria de Obras e em parceria com o Estado, iniciou nesta terça-feira, 27, o trabalho de reabertura do ramal do Manuel do Rádio, localizado na zona rural do município. Até o momento, as equipes já atuaram ou vem atuando nos ramais da Acuraua, do Rio Pardo, Floriano e Incra. O planejamento para a recuperação dos ramais em Tarauacá segue o cronograma elaborado pela equipe, que prevê chegar ao maior número de localidades possível até o início do inverno.


Esse é um benefício muito importante aos moradores da comunidade e aos produtores rurais que tiram o seus respectivos sustentos. Além disso, os ramais que receberão o programa Luz para todos terão prioridades dos trabalhos e isso também mostra que não vamos medir esforços para deixar de atender a todos os moradores”, disse Rosenir Arcênio, secretário de Obras.

(assessoria/prefeitura)

CONCURSO DA SESACRE: PRORROGADO PRAZO PARA INSCRIÇÃO E DATA DA PROVA SERÁ ALTERADA


A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) comunicou, na quarta-feira (27), através de uma nota pública, que as datas de realização das provas objetivas e discursivas deverão ser alteradas. Além disso, o prazo de inscrição, que encerraria nesta quarta-feira, também será prorrogado.

Segundo informações da Pasta, com a inclusão de mais vagas, o edital que foi publicado no fim de junho será retificado e reaberto para inscrição nos próximos dias. Além desse concurso, a Sesacre informa que o Estado prepara o lançamento de um edital de processo seletivo simplificado para as demais áreas de saúde que não cabem vacância de vagas efetivas.

Veja nota na íntegra

Nota Pública

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) comunica que o prazo de inscrição do concurso da Saúde que se encerraria nesta quarta-feira, 27, será prorrogado. Com a inclusão de mais vagas, o edital publicado no fim de junho será retificado e reaberto para inscrição nos próximos dias.

A pasta informa que, além desse concurso, o Estado prepara o lançamento de edital de processo seletivo simplificado para as demais áreas da saúde que não cabem vacância de vagas efetivas.

As datas para realização das provas objetivas e discursivas deverão ser alteradas. As demais serão divulgadas no site www.ibfc.org.br., onde os candidatos devem acompanhar todos os atos, editais e comunicados referentes a esse concurso público.

Paula Augusta Maia de Farias Mariano

Secretaria de Estado de Saúde do Acre

do site: contilnet

quarta-feira, 27 de julho de 2022

TARAUACÁ: COORDENADORA DA SEE JANAINA FURTADO ACOMPANHA FORMAÇÃO DE PROFESSORES INDÍGENAS NA ALDEIA DO CAUCHO


Desde a última segunda feira (25) que está acontecendo na Escola Estirão do Caucho, a Jornada Pedagógica no Contexto Intercultural Huni Kuin destinada a 49 professores que atuam na Rede Estadual de Educação na 'Praia do Crapanã', que reúne 12 aldeias, Aldeia Pinuyá e a escola da Comunidade do Caucho na Aldeia de mesmo nome.


Nesta quarta feira, 27 de julho, os professores receberam a visita da Coordenadora da SEE em Tarauacá, Professora Janaina Furtado, Coordenadora da Educação Indígena da SEE, que estiveram no local em nome da SEE para prestigiar o encontro.


"Esse trabalho de organizar um encontro importante desses exige muita responsabilidade, dedicação e uma grande logística de nossa parte, mas, tudo foi preparado com muito carinho para juntar nossos professores da Rede Estadual na Educação Indígena", disse Janaina. 


Para Edna Yawanawá, ja fazia um bom tempo que professores indígenas não se reuniam para discutir o calendário escolar, o trabalho nas aldeias e como que eles estão após a pandemia. "Alem disso discutimos o perfil do nosso aluno e do nosso professor indígena, suas dificuldades, conversar obre as resoluções e o que aconteceu durante a pandemia, além do encerramento do nosso calendário 2020/2021 e recomeçar a partir de Setembro o nosso calendário 2022" declarou Edna.

Janaina aproveitou para saber em que etapa está a reforma na escola da comunidade. Os próximos encontros de formação serão realizados com o professores da Rede Estadual de Educação das Aldeias do Rio Gregório e Aldeia Humaitá.