CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sábado, 31 de julho de 2021

ANIVERSÁRIO DO TIAGO ALBUQUERQUE


Nascido na cidade de Tarauacá-AC ,Tiago Albuquerque é atualmente o dj que mais se destaca no Acre. Sendo também um dos djs mais renomados do Brasil.

Policiais penais do Acre temem ser alvos de execução após “acordo de paz” entre facções


O presidente da Associação dos Servidores do Sistema Penitenciário do Acre (Asspen), Éden Azevedo, declarou ao ac24horas na manhã deste sábado, 31, que as facções criminosas podem estar planejando ataques contra agentes de segurança, especialmente, aos que atuam nas penitenciárias do estado.

Segundo Azevedo, a motivação pelos ataques pode estar ligada a suposta paz entre as principais facções rivais do Acre. No caso, a facção do Bonde dos 13 e do Comando Vermelho, que comandam o tráfico de drogas, armas, roubos e prostituição no Estado. A trégua teria sido dada por meio de comunicados nas redes sociais. Outra motivação pode ser em virtude que nos últimos dias mais de 60 monitorados quebraram a tornozeleira eletrônica, conforme dados do Instituto Penitenciário do Acre (Iapen).

“Eles alegam que são perseguidos por que o Estado os oprime. Aqui no Acre já aconteceu várias vezes. Só aqui mais de 10 policiais penais morreram, desde a implantação do sistema”, explicou.

Recentemente, segundo levantamento realizado pela equipe do ac24horas, o Estado passou 24 dias, ou seja, três semanas e meia, Rio Branco não registrou nenhum homicídio ligada ao tensionamento entre organizações criminosas. Os dados corroboram com uma suposta trégua entre o crime organizado.

Éden acredita que os supostos ataques contra os operadores de segurança podem estar sendo orquestrados pelos membros do Comando Vermelho, a exemplo do que vem ocorrendo no Estado do Pará, onde já morreram 16 polícias penais em apenas um mês.

Por meio de nota enviada à reportagem, Azevedo ressaltou que em virtude das recentes ocorrências em outros estados, solicita aos policiais penais e operadores da segurança pública em geral, atenção redobrada durante o serviço e, sobretudo nas folgas.

“O alerta se faz necessário, considerando informações extraoficiais de que facções criminosas estariam tramando contra a vida de policiais no Acre. É cediço, que o risco é inerente à função policial, no entanto, é de suma importância que as Forças de Segurança Pública estejam unidas e em alerta, em especial neste momento, na defesa dos seus e da sociedade como um todo”, argumentou.

Os dados apontam que uma das últimas mortes em decorrência das facções foi a de Edicleuson Brito, 46 anos, que foi executado com nove tiros na tarde de terça-feira, 22 de junho, dentro de sua residência, localizada na rua Boulevard Augusto Monteiro, situada no bairro Triângulo Novo, no Segundo Distrito de Rio Branco. Na época, a polícia levantou que a motivação do crime pode ter sido ocasionada por Edicleuson ter denunciado à polícia uma “boca de fumo”.


AC24Horas

No Programa Papo Reto, cantor Diouro fala dos 35 anos de carreira alegrando o povo de Tarauacá


O entrevistado desta sexta-feira (30) do Programa Papo Reto, apresentando pelo jornalista Gilson Amorim, foi o cantor Diouro. Durante o programa, o músico cantou vários clássicos da música brasileira.

Diouro abriu o programa cantando a música ‘Princesa’, de Amado Batista.

“Hoje eu tenho 35 anos de carreira como músico, onde sempre fiz sucesso e sempre com humildade mantenho minha vida como músico acreano”, disse o cantor.

Diouro falou da expectativa para o pós-pandemia. “Estamos preparado para quando essa pandemia passar a gente voltar as festividades e fazer a alegria das pessoas, se Deus quiser”.

Finalizando a entrevista, Diouro falou que sempre acredita em dias melhores, por isso segue trilhando o caminho da música com a paixão e a mesma garra de quando iniciou.

Da redação do Notícias da Hora

sexta-feira, 30 de julho de 2021

Com rejeição, Bolsonaro perderia para Lula, Mandetta, Ciro, Haddad e Doria no 2º turno


A gestão da pandemia e as suspeitas de corrupção na compra de vacinas contra a covid-19 mantêm o desgaste do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mostra pesquisa da Atlas Político, realizada desde segunda, 26, e finalizada nesta quinta, 29. Se as eleições fossem hoje, o presidente perderia para seus principais adversários no segundo turno, incluindo o governador João Doria (PSDB-SP), empatado tecnicamente com Bolsonaro, mas com viés de vantagem. Doria venceria com um resultado de 40,6% a 38,1% do presidente. Como a pesquisa tem 2 pontos porcentuais de margem de erro para cima ou para baixo, eles ainda estão empatados, mas é a primeira vez que o governador paulista aparece no páreo para se eleger. Em maio, Doria ficava 6,1% atrás de Bolsonaro na simulação de segundo turno.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ampliou a vantagem sobre Bolsonaro em comparação à pesquisa anterior e venceria por 49,2% contra 38,1%, num eventual segundo turno, num cenário com 12,8% de votos nulos ou brancos. Em maio, a vantagem de Lula era de 4,7% sobre o presidente. “A tendência é de fortalecimento de Lula”, diz o cientista político Andrei Roman, CEO do Atlas. “Desde o início do ano, Lula vem numa trajetória constante de crescimento”, completa.

Também Ciro Gomes (43,1% a 37,7%), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (42,9% a 37,5%), e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (41,9% a 38,4%) ampliaram sua preferência, e poderiam frustrar o sonho da reeleição do presidente em 2022.

O levantamento confirma o momento de baixa de Bolsonaro, enquanto ele intensifica a campanha contra o sistema eleitoral eletrônico, mesmo sem ter provas para sustentar o que afirma, como mostrou sua live nesta quinta. Segundo a Atlas Político, a rejeição ao presidente subiu e chegou a 62% neste final de julho, contra 36% de aprovação. Trata-se de uma alta de cinco pontos porcentuais em relação a maio, quando a CPI da Pandemia começou. A Comissão Parlamentar apontou irregularidades em contratos de compra de vacinas, como a indiana Covaxin, e suspeitas de pedidos de propina em outras negociações que atingem inclusive militares que ocupavam cargo no Ministério da Saúde.

Roman lembra que o noticiário tem sido negativo para Bolsonaro desde o início do ano, com a pandemia, que teve seu ápice em março e abril, até que a vacinação pegasse velocidade. “Há, ainda, os problemas da vida cotidiana. O impacto econômico da pandemia, com os brasileiros desempregados, a renda menor. E milhares de brasileiros que perderam alguém querido para pandemia”, explica Roman.

As ameaças à democracia, quando sugeriu, no início deste mês, que as eleições poderiam não se realizar , não são fatores captados pelo eleitor ouvido na pesquisa. “Pode ser que isso gere uma polarização maior na sociedade, que neste momento se consolide uma maioria contra Bolsonaro, mas também é algo que mobiliza a sua base”, observa Roman. “Não há derretimento de sua imagem por causa da retórica contra as instituições, nem com a insistência na fraude em eleição, uma tese aventada desde as eleições de 2018”, completa.

Mas seus adversários também se fortalecem. O ex-presidente Lula, por exemplo, que já teve 60% de rejeição em maio do ano passado, hoje tem 54%. Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à presidência, também já teve 60% de rejeição em novembro do ano passado e hoje tem 50%. Ciro, porém, ainda avança lentamente no ranking de preferência dos eleitores. Alcança 6,2% da preferência numa simulação de primeiro turno com Lula, Bolsonaro, Mandetta, os apresentadores Danilo Gentile e Luiz Datena, além do governador gaúcho Eduardo Leite (PSDB). Em maio, Ciro tinha 5,7% das preferências.
Rejeição no Nordeste e no Sul

Na divisão dos eleitores por religião, o presidente tem uma aprovação de 52% dos entrevistados evangélicos, contra 45% que desaprovam o seu desempenho. Entre os católicos, a rejeição vai a 69% contra 29% que o aprovam. Já na divisão por renda, Bolsonaro tem rejeição maior que 50% em todas as faixas. Seu melhor desempenho está entre os eleitores que ganham entre 3000 e 10.000 reais (43% dos entrevistados aprovam sua gestão) e 2.000 e 3.000 reais (42%). Sua maior rejeição vem entre os que ganham até 2.000 reais (69%), e os que ganham acima de 10.000 reais (também 69%, como mostra o quadro abaixo). Os eleitores do Nordeste e Sul do Brasil são os mais refratários ao presidente: 73% e 65%, respectivamente.

O cientista político lembra que apesar do momento de baixa, a rejeição ao presidente não é irreversível. “Quem não votou nele continua rejeitando, mas quem votou, não”, diz Roman. A pesquisa mostra que 70% dos eleitores que votaram nele em 2018 continuam aprovando seu Governo. “Bolsonaro se elegeu com 57,7 milhões de votos. Mesmo com a perda de apoio de parte desses eleitores, ele continua forte”, explica.
Os ‘nem nem’ e Eduardo Leite

Segundo Roman, há 23% do eleitorado que não quer votar nem em Lula nem em Bolsonaro. É nesse espaço que seus adversários tentam construir uma terceira alternativa para o eleitor, por ora, sem sucesso. Na simulação com todos os potenciais candidatos, nenhum alcança dois dígitos nas preferências, até o momento. Não é uma tarefa fácil, explica o CEO da Atlas Político, pois seria necessário um nome que tirasse votos de ambos que têm um eleitorado já consolidado. Juntos, eles somam mais de 70% do eleitorado.“Esse é um espaço que não foi criado, e o potencial candidato precisa mostrar que as suas propostas são melhores que as de Lula e Bolsonaro”, avalia.

Roman vê no governador Eduardo Leite um potencial de crescimento capaz de criar essa alternativa. Seu nome foi testado na pesquisa da Atlas Político em maio, quando alcançou 1,1% das preferências. No início deste mês, Leite ficou no centro das atenções do país após uma entrevista ao jornalista Pedro Bial em que assumiu publicamente sua homossexualidade. Falou também da sua intenção de concorrer as prévias tucanas para ser candidato à presidência, distiaciando-se dos dois líderes nas pesquisas. Depois da exposição, foi entrevistado por jornais de todo o Brasil e seu nome ganhou mais força.

Na pesquisa desta sexta, ele aparece com 3,1% das preferências, logo atrás do governador João Doria, que tem 3,5%. “Ele é o fator novidade. Se ultrapassar o Doria, fica numa posição bem interessante para avançar, com chances do segundo turno”, opina Roman. “Aí, todo o jogo político seria reinventado”, completa.

Leite tem a vantagem de ser desconhecido (43% dos entrevistados não sabiam quem é ele) e portanto com rejeição menor que os outros nomes no páreo: 37% contra 62% de rejeição a Bolsonaro e 54% de Lula. Já o ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, que está menos exposto ao público nos últimos meses, tem uma rejeição similar à de Lula e numa simulação de segundo turno seria derrotado por Bolsonaro. A um ano e três meses da próxima eleição, ainda é cedo para cravar qualquer resultado, especialmente num cenário em que se desenham cascas de banana com a campanha do presidente contra a urna eletrônica. A pesquisa da Atlas Político foi feita a partir entrevistas online com 2.884 pessoas levando em conta região, faixa etária, gênero e faixa de renda. As respostas são calibradas por um algoritmo de acordo com o perfil do eleitorado.

Fonte: AC24Horas 

TARAUACÁ: EM AGOSTO PSIQUIATRA, ORTOPEDISTA E PEDIATRA NA CLINICA SÃO BERNARDO - FAÇA SEU AGENDAMENTO

  





Senadora Mailza Gomes reforça agricultura no Acre com envio de R$ 31 milhões em emendas


Recursos serão usados na compra de equipamentos agrícolas, caminhões, investimentos agricultura familiar, melhoria ramais e assistência técnica do produtor em todo o estado

Comprometida com o fortalecimento da agricultura e geração de renda aos produtores rurais, a senadora Progressista Mailza Gomes tem se destacado no Senado Federal pelo envio de recursos para o setor. Parlamentar municipalista, Mailza já conseguiu viabilizar R$ 31 milhões para agricultura familiar, compra de caminhões, equipamentos agrícolas, melhoria dos ramais e assistência técnica do produtor rural no Acre.

De 2019 a 2021, foi responsável por alocar recursos de Ministérios e emendas individuais e extra parlamentares para atender assim todo o estado.

“O nosso mandato está comprometido em apoiar as ações do governador Gladson Cameli e dos prefeitos do nosso Acre em prol do setor agrícola produtivo, especialmente na fase pós pandemia. E vamos continuar enviando mais recursos”, destacou a senadora nas redes sociais em comemoração ao Dia do Agricultor, celebrado dia 28 de julho.

A parlamentar ressaltou ainda que além da compra dos equipamentos agrícolas, insumos, construções de galpões, desses recursos, R$ 18 milhões serão investidos em ramais para beneficiar diretamente muitas famílias na zona rural.

(ASSESSORIA)

Em Cruzeiro do Sul, Gladson Cameli anuncia realização do primeiro concurso público de sua gestão


Reafirmando seu compromisso com o povo acreano, o governador Gladson Cameli anunciou, na manhã desta sexta-feira, 30, em Cruzeiro do Sul, que realizará o primeiro concurso público do seu governo.

“Estou aguardando o equilíbrio da Lei de Responsabilidade Fiscal e preparando todos os trâmites legais para que possamos lançar o edital dos concursos. Os certames terão vagas para diversas secretarias e quero realizá-los no início de 2022”, informou o governador.

O chefe do Executivo também disse que autorizou a contratação de novos policiais, que estão no cadastro de reserva. De acordo com o gestor, os profissionais exercerão funções junto ao Corpo de Bombeiros do Acre.

Agência/Acre

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Ampliação de rede de distribuição garante água encanada a todos moradores da Vila São Vicente, em Tarauacá

“Graças a Deus hoje temos água na torneira, de qualidade e em quantidade suficiente para todos os moradores.” Essas foram as palavras de Edson Ferreira, em agradecimento à realização da obra de ampliação da rede de distribuição de água da Vila São Vicente, na área rural de Tarauacá, cerca de 450 km distante da capital do Acre, Rio Branco.

Obra de ampliação da rede de distribuição garante água encanada a todos os moradores da Vila São Vicente, na área rural de Tarauacá. Foto: Clemerson Ribeiro/Depasa

A intervenção, realizada pelo governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) e em parceria com a Prefeitura de Tarauacá, transformou a realidade dos moradores do local. “Antes era um grande sacrifício, a gente tinha que puxar água do rio, do igarapé, comprar mangueira pra coletar água dos vizinhos. Agora a gente tem a água necessária, na hora que quiser, até o fim da rua”, relata seu Edson.

Morador falou da importância da obra de ampliação da rede de água. Foto: Clemerson Ribeiro/Depasa

Segundo o presidente da Associação de Moradores da Vila São Vicente, Manoel Francisco de Assis, a ampliação da rede de água atende uma antiga reivindicação da comunidade. “Com o sistema de abastecimento por poço, já tínhamos uma rede que abastecia parte das residências. Com o passar do tempo, a população foi crescendo, e surgiu a necessidade de ampliar o serviço para atender também as novas famílias que foram chegando. Então, para nós foi uma realização muito bacana, só temos que agradecer muito ao governo do Estado. Estamos muito satisfeitos.”

A realização da obra é resultado de um esforço conjunto para levar o serviço essencial à população. ” O Depasa trabalhou na elaboração do projeto e garantiu a mão de obra. A Prefeitura entrou com os insumos necessários”, informou o secretário de Obras do Município de Tarauacá, Antonio Rosenir Arcenio.

A diretora-presidente do Depasa, Waleska Bezerra, ressaltou a importância da parceria: “Água é vida. Um bem essencial. Atendendo determinação do governador Gladson Cameli, seguimos com as ações para ampliar e melhorar os serviços de saneamento no estado. E nesse sentido buscamos estar afinados e trabalhar junto com todas os prefeitos dos municípios. Os desafios são muitos, mas com compromisso, determinação e união, vamos vencendo as dificuldades e concretizando os projetos para levar serviços de melhor qualidade à população”.

Da Agência/Acre

Núcleo de Educação de Tarauacá firma parceria para implantar turmas nos presídios

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio do Núcleo de Tarauacá, fez uma visita à Unidade Prisional Moacir Prado, onde a coordenadora da unidade, Janaina Furtado, discutiu com o diretor do órgão, Claudecir Souza, as aulas da rede estadual na modalidade educação de jovens e adultos (EJA), destinada aos presidiários do sistema prisional da regional Tarauacá-Feijó-Jordão.

“Estamos trabalhando para a implantação de turmas nos presídios masculino e feminino. Fizemos contato com o setor de pessoal da SEE, para que possamos acelerar a convocação dos professores que vão atuar nessas aulas”, disse Janaina.

Coordenadora do Núcleo da SEE de Tarauacá, Janaína Furtado, debatendo com o diretor do presídio o início das aulas na unidade. Foto: Raimundo Acioly

Ainda de acordo com Janaina, o Núcleo Estadual de Educação aguarda a convocação dos professores aprovados em processo seletivo, para, em parceria com a direção da unidade, dar início às aulas. Cada turma deverá ter, em média, 14 alunos, funcionando em dois períodos diários.

Para o diretor Claudercir, tudo o que se fizer para a ressocialização dos presos será bem-vindo, especialmente atividades de educação. “Agradecemos a visita da professora Janaina e logo que as condições forem criadas, a partir da chamada dos professores, vamos dar início às aulas”, destacou.

A Unidade Prisional Moacir Prado, conta atualmente com uma média de 700 presos, sendo que 65% são de Feijó. Outro dado importante é que 90% desse público é oriundo de crimes relacionados ao uso e comércio de drogas. No presídio feminino, hoje são apenas 27 presas, a maioria por algum envolvimento com drogas.

Por Raimundo Accioly
Fonte: Agência/Acre

Encontro discute política para fortalecer agricultura em Tarauacá


Tarauacá possui uma agropecuária diversificada e forte. Quem confirma isso é o próprio setor produtivo que aponta que o município tem destaques estaduais em diversas atividades econômicas no campo.

Na tarde da última quarta-feira (28), a prefeita Tarauacá, Maria Lucinéia, participou de uma reunião com deputado federal Jesus Sérgio, Sebrae, Senar e a Funtac. Objetivo do encontro foi para tratar sobre projetos destinados aos municípios do Estado visando fortalecer o setor agrícola.

“É muito importante esta parceria com o setor agrícola, pois queremos tornar o Acre um estado produtivo e autossuficiente. Por isso, fico muito grato e feliz em poder fazer parte do começo desta história”, falou Jesus Sérgio.

De acordo com a prefeita Lucinéia, o fortalecimento do setor agrícola no município também ganhou destaque nesse encontro.

“Estaremos sempre à disposição para ajudar no que for possível e atender às demandas propostas pela população, e sempre vamos buscar investimentos para Tarauacá”, disse a prefeita.

(assessoria)

Governo paga salário de servidores ativos e Auxílio Temporário de Emergência em Saúde nesta sexta

Nesta sexta-feira, 30, o governo do Acre realiza o pagamento dos servidores públicos do Estado referente ao mês de julho. Mais um mês em que 33.042 servidores ativos recebem seus salários em dia. No total, um montante de R$191.682.885,12 entra em circulação na economia acreana. O pagamento de 16.700 pensionistas e aposentados foi liberado no dia 28 de julho.

Além de cumprir o compromisso com a folha de pagamento, o governo do Acre também libera no dia 30 de julho o pagamento dos servidores da Secretaria Estadual de Saúde e Fundação Hospitalar do Acre, de acordo com o que dispõe a lei nº 3.758, de 16 de julho de 2021, sobre a majoração do adicional de insalubridade destinado aos servidores da Saúde, como medida excepcional e temporária de enfrentamento da Covid-19. Foram contemplados 3.486 servidores, em um montante de R$ 1.207.894,22.

Além de cumprir o compromisso com a folha de pagamento, o governo do Acre também libera no dia 30 de julho o pagamento dos servidores da Secretaria Estadual de Saúde e Fundação Hospitalar do Acre. Foto: Arquivo.

Além do adicional de insalubridade, também será haverá, nesta sexta-feira, conforme anunciado pelo governador Gladson Cameli, a continuidade do pagamento do Auxílio Emergencial Temporário de Saúde (ATS) aos profissionais da Segurança que estão trabalhando na linha de frente e em contato direto com a população durante este período de pandemia.

O ATS é destinado a suprir os gastos excepcionais e emergenciais decorrentes da exposição excessiva de agentes públicos aos efeitos da pandemia causada pelo novo coronavírus. Será pago até dezembro de 2021, e beneficiará diretamente um total de 3.531 servidores da Saúde que não recebem adicional de insalubridade, em um montante de R$760.345,58.

“Mesmo diante das circunstâncias, isso mostra o compromisso do governo do Acre. Não atrasamos salários e, com o esforço de toda a equipe, conseguimos valorizar esses servidores que têm se doado na luta contra a Covid-19”, afirmou o governador Gladson Cameli.

Já para a área da Segurança, são mais 4.764 servidores efetivos e temporários atuantes nas instituições Polícia Militar (PMAC), Polícia Civil (PCAC), Corpo de Bombeiros Militar (CBMAC), Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e Instituto Socioeducativo (ISE), que receberão o auxílio por mais seis meses, em um montante de R$1.528.798,19 ao mês. O investimento com o pagamento do auxílio de julho a dezembro será de aproximadamente R$ 12,8 milhões.

Já para a área da Segurança, são mais 4.764 servidores efetivos e temporários. Foto: Aqruivo

“Tenho acompanhado o esforço dos nossos policiais e dos demais profissionais da Segurança Pública durante a pandemia e nada mais justo que reconhecê-los por sua bravura e importante missão de proteger a sociedade. Eles sabem da minha admiração e do esforço que temos feito para ajudar a categoria, e esta é mais uma prova do nosso compromisso em valorização do servidor”, destaca o governador.

O pagamento do primeiro lote de julho de 2021 das verbas retroativas está programado para sair em folha complementar no dia 4 de agosto, nesse primeiro lote serão pagos R$2.167.128,36 para 242 servidores.

Agência/Acre

Em Tarauacá, homem suspeito de assassinato é preso com droga e por receptação de ilícito

Apreensão de droga e prisão dos traficantes
O furto de uma máquina centrífuga pertencente a um tenente da Polícia Militar resultou na prisão do traficante T. R. R Lima, de 20 anos. Que além de abastecer a cidade de Tarauacá com entorpecentes, ele também é suspeito de ter participado do assassinato de João Carlos Brasilino, morto em 2019.

Nesta quarta-feira (27), os PMs receberam uma denúncia, na qual relatava que a máquina centrífuga furtada de um colega de farda, tinha como suspeito um cidadão conhecido pela alcunha de “Buzuga”. De posse da informação, os militares fizeram ronda pela cidade e localizaram o suspeito.

Ao ser interrogado, Buzuga informou que o objeto estava na residência de T. R. R. Lima. Como a polícia o conhecem devido a ficha corrida que tem perante as forças de segurança, deslocaram-se para o local. Ao chegar lá, o menor P. H. L Costa, 17 anos, que estava na área da casa, pediu para o receptador correr. Todavia, já era tarde para o criminoso fugir.

Ao adentrar no recinto, os militares viram a máquina e drogas em cima de uma balança de precisão, com papéis e tesoura. Uma vez que a dupla estava embalando o produto. Na sequência da revista no imóvel e nos dois homens, foram encontradas várias trouxinhas de cocaína e mais uma pedra de oxidado pesando 95 gramas. Além disso, foi aprendido mais de quinhentos reais e outros objetos oriundos de furto.

Com o menor, a Polícia encontrou uma trouxinha de maconha.
Os dois estão presos e à disposição da justiça.

Do Portal Tarauacá

Acre : Consultor Político Carlos Coelho lista nomes dos concorrentes aos cargos majoritários em 2022


O Consultor Político Carlos Coelho publicou a lista com o nome dos postulantes aos cargos majoritários em 2022. O hábil mestre das eleições, mostra o cenário da disputa majoritária no Estado do Acre.

Eleições 2022

Estão sendo aguardadas com muita expectativa pela classe política, possíveis mudanças nas Regras Eleitorais que poderão impactar significativas alterações para o pleito eleitoral de 2022.
No entanto, as articulações políticas, quanto à formação das chapas que disputarão as eleições para Presidente, Governadores, Senadores, Deputados Federais e Deputados Estaduais, acontecem a todos vapor.
Nos bastidores da política acreana, já temos declaradamente as seguintes candidaturas majoritárias, já em pré-campanha:
PRESIDENTE:
1- Bolsonaro(sem partido);
2- Lula- PT;
3- Ciro Gomes- PDT;
4- Sen. Rodrigo Pacheco( poderá deixar o DEM e se filiar ao PSD);

Do Portal Tarauacá

Presidente Nacional do PSB diz que pré-candidatura de Jenilson ao governo já faz parte da agenda eleitoral do partido para 2022


O deputado estadual Jenilson Leite, junto ao presidente estadual e ex-deputado federal do César Messias e o dirigente partidário Gabriel Maia estiveram em reunião com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. O encontro aconteceu na sede do partido em Brasília, e faz parte de um conjunto de agenda que a direção nacional vem realizando com dirigentes estaduais.

Na reunião, o presidente Carlos Siqueira, afirma como uma prioridade do mapa nacional a candidatura majoritária da sigla no Estado. “A pré-candidatura do Dep. Jenilson Leite ao governo do Acre já faz parte de nossa agenda eleitoral para o dia 22, este ano precisamos seguir ajudando a população brasileira sair dessa pandemia, mas o ano que vem é o momento de debatermos um futuro melhor para nosso povo”, disse Carlos.

"Ficamos felizes pelo olhar que o partido e o presidente tem por nossa pré-candidatura ao governo do Acre. Gosto de trabalhar e tenho certeza que iremos fazer muito por nosso povo, o Gladson é um sujeito carismático, mas demonstra sua fragilidade enquanto governador quando para se afirmar e justificar as falhas de gestão, precisa publicamente expor sua equipe. Liderar vai além de dar carão. Nosso objetivo é trabalhar com planejamento e metas, em equipe e de maneira sincera. Precisamos para os próximos tempos no pós pandemia de um governo que faça mais do que o que fale”, destacou Jenilson.

(Assessoria)

No Conversa Franca, secretário afirma que facções não dão mais as cartas nos presídios do Acre


No Conversa Franca desta terça-feira (27), o secretário de Estado de Segurança Pública do Acre, Paulo Cézar Santos, disse que a retomada da disciplina nos presídios, investimentos em equipamentos de monitoramento eletrônico nas cidades acreanas, a criação do Grupo Especializado de Fronteiras (Gefron) ligado ao Programa Vigia do governo federal, foram cruciais para a redução das mortes intencionais no Acre, ou seja, os homicídios.

Paulo Cézar argumentou que antes de assumir a pasta, o sistema carcerário estava praticamente dominado pelas facções criminosas, sendo impossível até aos policiais penais fazerem o trabalho de rotina.

“Nós retomamos a disciplina nos presídios. Eu considero a Polícia Penal uma polícia preparada, treinada. Tivemos problemas no primeiro momento por intepretações inadequadas de membros do Judiciário. Retomamos a disciplina no ambiente carcerário”, disse o secretário.

Outro fator citado por Santos para a redução dos homicídios é o policiamento orientado para atender cada tipo de ocorrência. “A gente consegue se antecipar a uma série de delitos”, comenta ao citar a nova metodologia implantada.

Da redação
Notícias da Hora

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Tarauacá será o próximo município contemplado com sistema de saneamento básico

Servidores da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Desenvolvimento do Acre (Seinfra) iniciaram visitas técnicas a Tarauacá na terça-feira, 27, e seguem até a próxima quinta-feira, 29, com objetivo de vistoriar o local destinado à implantação de uma estação de tratamento de água (ETA) e de uma estrutura de esgotamento sanitário.

Visita técnica para a construção da estação de tratamento de água e estrutura de esgotamento sanitário. Foto: Jean Lopes/Seinfra

De acordo com o titular da Seinfra, Cirleudo Alencar, o projeto teve início no Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), depois seguiu para a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional (Sedur) e agora passou a ser de responsabilidade da Seinfra, que irá iniciar os trâmites para a licitação.

“É um processo muito importante de saúde pública. No início de agosto, iremos nos reunir com os representantes da Funasa para realizar os ajustes necessários e em seguida iniciar a licitação”, ressaltou Alencar.

A obra será realizada por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que foi criado em 2007 e promoveu a retomada do planejamento e execução de grandes obras de infraestrutura social, urbana, logística e energética do país, contribuindo para o seu desenvolvimento acelerado e sustentável.

Os investimentos do PAC são disponibilizados aos municípios e os recursos são coordenados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Em Tarauacá o investimento será de R$ 16 milhões.

“Vamos analisar o projeto e fazer um estudo para identificar se as áreas onde seriam implantadas a estação de tratamento de esgoto e as estações elevatórias foram afetadas pela alagação ou são consideradas de risco para novas alagações. Caso positivo, iremos fazer uma alteração do projeto, para que se adeque e a obra tenha funcionalidade”, destacou o engenheiro civil e hidrólogo da Seinfra, Jamerson Lima.

Atualmente, no Acre, possuem sistema de coleta e tratamento de esgoto somente a capital e os municípios isolados: Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Jordão e Santa Rosa dos Purus. O governo pretende aumentar a cobertura de abastecimento de água tratada e de coleta e destinação adequada de resíduos sólidos e Tarauacá será a próxima cidade contemplada. Após a conclusão da obra, o sistema de tratamento de água e esgotamento sanitário será de responsabilidade do Depasa.

Agência/Acre

TARAUACÁ: COORDENADORA JANAINA FURTADO DISCUTE COM DIREÇÃO DO PRESÍDIO MOACIR PRADO, O INÍCIO DAS AULAS NA UNIDADE


A Coordenadora da SEE em Tarauacá, Professora Janaina Furtado, fez uma visita a Unidade Prisional Moacir Prado, onde foi discutir com o Diretor do Órgão, Claudecir Souza, as aulas da rede estadual na modalidade EJA, destinada aos presidiários do sistema prisional na regional Tarauacá-Feijó-Jordão. "Estamos trabalhando para a implantação de turmas no presídio masculino como também no feminino. Fizemos contato com o setor de pessoal da SEE para que possamos acelerar a convocação dos professores que vão atuar nessas aulas.", disse Janaina.


Ainda de acordo com Janaina, o Núcleo Estadual de Educação aguarda a convocação dos professores aprovados em processo seletivo, para em parceria com a direção da unidade, dar início às aulas. Cada turma deverá ter em média 14 alunos, funcionando em 2 períodos diários.


Para o Diretor Claudercir Souza, tudo que se fizer para a ressocialização dos presos será bem vindo, especialmente, atividades da educação. "Agradecemos a visita da Professora Janaina e logo que as condições forem criadas a partir da chamada dos professores, vamos dar início às aulas", destacou.

A Unidade Prisional Moacir Prado que tem capacidade para 288 (duzentos e oitenta e oito) pessoas, conta atualmente com uma média de 700 (setecentos) presos, sendo que 65% (sessenta e cinco por cento) destes são do Município de Feijó. Outro dado importante é que 90% (noventa por cento) desse efetivo é oriundo de crimes relacionados ao uso e comércio de drogas. No presídio feminino hoje são apenas 27 mulheres presas, a maioria por algum envolvimento com drogas.


Assessoria/Núcleo/Tarauacá

Prefeitura de Tarauacá abre vagas para contratar médicos sem o Revalida


A Prefeitura de Tarauacá, no interior do Acre, reabriu o seletivo para contratação de médicos formados no exterior, de acordo com lei estadual nº 3.748, de 02 de julho de 2021, de autoria do deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB), que permite a contratação de médicos com atuação no Mais Médicos e sem revalidação do diploma, enquanto durar a pandemia.

As vagas são para atuar nas unidades básicas de saúde Narcísio Moreira e Marília Vieira. O prazo do contrato é de seis meses a partir da data da contratação ou enquanto perdurar o estado de calamidade pública

As inscrições ocorrerão na sede da Secretaria Municipal de Saúde, no período de 02/08/2021 a 06/08/2021, no horário das 07:30h às 11:00h e das 13:30h às 17:00h ou através do endereço de e-mail: semsa.dados@gmail.com.

No presente certame é vedada a participação de candidatos que estejam dentro do grupo de risco/comorbidades: imunodeprimidos (em tratamento de quimioterapia ou radioterapia), portadores de doença reumática grave ou moderada, diabetes insulinizado descompensado ou com cardiopata moderada ou grave, doença respiratória crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, na forma do disposto na Portaria nº 428, de 19 de março de 2020, do Ministério da Saúde.

Gilson Amorim
Notícias da Hora

TARAUACÁ: ATLETAS DO MUNICÍPIO PARTICIPAM DA SEGUNDA EDIÇÃO DO ACRE RACE (DESAFIO INTERNACIONAL DE MARATONA MOUNTAIN BIKE)


Com a participação de mais de 400 atletas, a segunda versão do Acre Race – 2º Desafio Internacional de Maratona Mountain Bike foi realizada nesse domingo, 25, com largada e chegada em Rio Branco e trajeto passando pelos municípios de Porto Acre e Bujari.

Válida pelo ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), na categoria XCM3 masculino e feminino, modalidade maratona, a prova atraiu ciclistas de vários municípios acreanos e também de outros estados brasileiros, com delegações de Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e São Paulo, e do vizinho país Bolívia.

A prova principal – trajeto Expedicionário – percorreu mais de 130km por estradas asfaltadas e de terra, com altimetria (subidas de descidas) de aproximadamente 2.000 metros.

O evento contou com participação de vários atletas representando o município de Tarauacá. Guilherme, Eduarda, Cleane, Anna Aline, Suanne, Leydiane, Lukas, Deibson/Presidente, Gilciney, Fco. Antonio, Jean Freire, Jean Carlos, Juninho, Rick, Esmael, Adailton e João Carlos (Vovô).

Tarauacá foi 1° Lugar na categoria Feminina Elite Expedicionária com Maria Eduarda, e 2° Lugar na Categoria Elite Masculino Expedicionária, Guilherme Felipe, ambos no pecurso de 132km (Atletas da equipe TEAM SERVEN). Dos demais, apenas 3 atletas não concluíram os respectivos percursos devido problema mecânicos em suas bikes.

Os atletas de Tarauacá agradecem o apoio de todos que contribuíram diretamente e indiretamente. Prefeitura Municipal de Tarauacá, Acre Bike, Bela arte, TK bike, Labiclin, Dr. Eluana Farias, Marcelo Rocha, Universo das Xerox, Comercial Girasol, Mercantil Ivan e Blog do Accioly.

terça-feira, 27 de julho de 2021

Município Cria Conselho Municipal dos Direitos da Mulher


O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher - CMDM, em Reunião ordinária para fins de eleger/escolher a Diretoria deste Conselho, realizada no dia 23 de Julho de 2021, O fórum às 8hs na sala de reunião da Secretaria Municipal de Educação-SEME. Em cumprimento à Lei nº 018 de 07 de maio de 2014, que dispõe sobre a criação do Conselho Municipal dos Direitos Mulher, a Coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres Socorro Araújo (portaria nº 262,13/05/2021), no uso de suas atribuições legais, convocou as Entidades Governamental e Não Governamentais de esfera Municipal, com atuação na defesa dos direitos da mulher, para o fórum onde foram eleitas as Conselheiras para o biênio de 2021/2023.

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher é composto por 8 conselheiras titulares e suas respectivas suplentes da sociedade civil e 8 conselheiras do Governo Municipal.

Art. 1° Fica criado o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher vinculado a de Secretaria de Municipal de Promoção Social do Município de Tarauacá, através da Coordenadoria Municipal da Mulher, com finalidade de elaborar e implementar em todas as esferas da administração do município de Tarauacá politicas publicas com o enfoque de gênero para garantir a igualdade de oportunidades e de direitos entre homens e mulheres de forma a assegurar a população feminina o pleno exercício de sua cidadania.


I-Órgãos Governamentais:

Coordenadoria Municipal de Políticas para as mulheres
Secretaria Municipal de Assistência Social /SMAS
Secretaria Municipal de Saúde – SEMA
Secretaria Municipal de Educação-SEME

II – Órgãos não Governamentais:
Pelo Movimento de Mulheres UTM
Pelos Movimentos de Mulheres REMUT
Pela Organização das Mulheres Indígenas do Acre, Sul do Amazonas e Noroeste de Rondônia - SITOAKORE.
Pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais/ representantes das agricultoras

COMPOSIÇÃO:

PRESIDENTA: MARIA BENTO
VICE-PRESIDENTA: SOCORRO ARAÚJO
SECRETARIA: MARLI FALCÃO
MARIA LUCICLEIA NERY DE LIMA
ROSA MARIA DA SILVA LIMA
CAMILA FIGUEREIDO DE ALBUQUERQUE
EDNA LUIZA ALVES YAWANAWÁ
ELIVANGELA DA SILVA MACHADO
VANGILÉIA ROBERTA DE PAIVA
DENISE FIGUEREIDO
ANTONIA KAXINAWA
FRANCINEZ NASCIMENTO
CHEILA SOUZA PORTELA
VILCILENE MACHADO
FRANCISCA DAS CHAGAS BARBOSA
RAIMUNDA RONEIDA DE LIMA FARRAPO

(ASSESSORIA)

TARAUACÁ: VACINAÇÃO CONTRA COVID 19 PARA PESSOAS ACIMA DOS 18 ANOS, SEGUE NESTA QUARTA FEIRA NO POSTO MARQUES

 


Municípios podem aderir à TV Digital e a plano de outorgas para rádio comunitária

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem atendido, nos últimos meses, gestores municipais em busca de esclarecimentos em relação às iniciativas do Ministério das Comunicações (MCom), principalmente do programa chamado
Digitaliza Brasil e o Plano Nacional de Outorgas (PNO) para Radiodifusão Comunitária. As ações são voltadas à adesão de Municípios sem TV Digital e/ou estação de Rádio Comunitária.


Segundo esclarece a entidade, publicada em maio deste ano, a Portaria 2.524/2021 formalizou o programa para a conclusão do processo de digitalização dos sinais da televisão analógica terrestre no Brasil. Segundo o MCom, mais de 4 mil Municípios ainda não tinham concluído o processo de migração para o sinal digital e mais de 1,6 mil contavam apenas com o sinal analógico.

Para que todos esses Municípios estejam com TV digital, no final 2023, as prefeituras e as entidades que executam o serviço de retransmissão devem manifestar interesse e aderir ao programa, quando forem mencionados. O primeiro edital foi lançado em junho e, das 73 cidades listadas, 44 sinalizaram interesse. Uma nova lista foi publicada nesta terça-feira, 27 de julho, por meio do Edital 130/2021 da Secretaria de Radiodifusão (SEI - MCom).

As localidades citadas no novo edital devem preencher formulário eletrônico, até dia 27 de agosto, para sinalizar interesse no recebimento e instalação dos equipamentos. Isso pode ser feito em nome da Prefeitura, do chefe do Poder Executivo Municipal ou de representante legalmente constituído ou indicado. Todo o processo de envio de documentação requerida será feito por meio deste responsável.


Adesão - As prefeituras qualificadas deverão firmar Termo de Adesão ao Programa, em até 15 dias da publicação do resultado da qualificação. É competência do Município providenciar a infraestrutura compartilhada para digitalização dos sinais analógicos de televisão e os demais requisitos de viabilidade técnica. Já o Plano Nacional de Outorga identificou os Municípios que ainda não tinham nenhuma Rádio Comunitária ou as localidades onde existem entidades que tenham interesse em prestar o Serviço.

Da mesma forma, por meio de editais, os Municípios, Estados e canais que serão divulgados para manifestação de interesse. Ao ser mencionado em um edital, o Município ou entidade de interesse deve seguir as instruções e tomar os devidos cuidados para enviar todos os documentos necessários dentro do prazo. O telefone de contato do MCom é o (61) 2027-6000 o e o (61) 3247-3150.

Na ponta
O Serviço de Radiodifusão Comunitária foi regulamentada pela Lei 9.612/1998. Com a lei, ficou determinado que as estações de rádio comunitárias devem ter uma programação pluralista, sem qualquer tipo de censura, e devem ser abertas à expressão de todos os habitantes da região atendida, com cobertura restrita a um raio de 1 Km a partir da antena transmissora.

Ao participar de seminário sobre o tema, em 2013, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, falou sobre a importância da Rádio para os Municípios. “União tem um espaço privilegiado durante uma hora por dia diariamente por meio da Voz do Brasil. Porque o Município também não tem seu espaço, porque não temos a Hora do Município?”, perguntou na época. Sobre a TV Digital, o líder municipalista lamenta a não universalização do serviço há quase uma década.


Por Raquel Montalvão
Fotos: EBC

Justiça de Feijó condena pai que estuprou e engravidou filha adolescente com deficiência

Crimes ocorreram entre 2012 e 2019, no Seringal Bom Sucesso, município de Feijó; “trata-se de um fato repugnante que crimes desta natureza (…), possam ainda ser piores”, registrou juíza de Direito.


O Juízo da Vara Criminal da Comarca de Feijó condenou a uma pena de 41 anos de prisão, em regime inicial fechado, réu denunciado por estuprar e engravidar, por duas vezes, a filha adolescente com deficiência mental.

A sentença, da juíza de Direito Ana Paula Saboya, titular da unidade judiciária, ainda aguardando publicação no Diário da Justiça eletrônico (DJe), considerou os crimes comprovados, repousando a autoria “tranquilamente sobre o acusado”.

Entenda o caso

A representação criminal narra que os abusos sexuais foram praticados em contexto de violência doméstica, no Seringal Bom Sucesso, município de Feijó, entre 2012 e 2019, tendo durado desde os 11 até os 19 anos da vítima.

Segundo o Ministério Público do Acre (MPAC), o denunciado teria mantido conjunção carnal com a vítima, que tem deficiência mental, por diversas vezes, sendo que da relação incestuosa teriam nascido duas crianças.

Sentença

Ao julgar o caso, a magistrada titular da Vara Criminal da Comarca de Feijó entendeu que a prova nos autos de que o réu praticou o crime de estupro de vulnerável é “uníssona, concatenada, harmônica e incontroversa”.

“Estou convencida de que são verdadeiros os fatos narrados na denúncia. Trata-se de um fato repugnante que crimes desta natureza, que já são graves por si só, possam ainda ser piores, ou seja, praticados por quem justamente teria a obrigação de dar amor, carinho, educar, vigiar, ensinar, servir de exemplo”, registrou a juíza de Direito sentenciante.

Na fixação da pena privativa de liberdade, o denunciado, que confessou os crimes espontaneamente em Juízo, foi condenado a 41 anos de reclusão pelo crime de estupro de vulnerável, valendo-se da coabitação com a vítima, em contexto de violência doméstica, com o resultado gravidez, por duas vezes.

Ainda cabe recurso da sentença condenatória

Feijonoticias

Secretaria Municipal de Saúde apresenta o Projeto Saúde na Comunidade


O secretário de saúde Aderlândio França, apresentou nesta segunda feira, 26, para as equipes de saúde que atendem na atenção básica do município, o projeto "Saúde na Comunidade". O projeto tem como finalidade realizar atendimentos tais como consultas médicas, odontológicas, enfermagem e testes rápidos para sífilis, hepatites B e C e HIV em maior proporção, o que garantirá atendimento a um maior número de pessoas, desafogando tanto as unidades básicas de saúde quanto o hospital de Tarauacá.

Segundo o secretário, esse projeto vem em um momento oportuno, uma vez que o mundo vem passando pela crise do novo corona vírus. E neste momento o projeto proporcionará uma quantidade maior de atendimento na zona urbana do município.

"Minha preocupação é com todas as doenças, e como nos últimos dias o foco foi na Covid-19, precisamos ver as outras doenças que também assolam a humanidade e ações como estas têm esse objetivo. Todas as comunidades urbanas serão assistidas e vale ressaltar que este trabalho já vem sendo desenvolvido na zona rural desde do início da gestão da Prefeita Maria Lucinéia. Com a ampliação para a Zona Urbana, estaremos cumprindo com o que a nossa prefeita nos pede, que é ter o compromisso de proporcionar uma saúde de qualidade para todos os nossos munícipes".

(ASSESSORIA)

APÓS SER ATROPELADA POR MOTOQUEIRO JOVEM TEM PERNA AMPUTADA E PEDE AJUDA PARA CONTINUAR O TRATAMENTO


ACIDENTE AUTOMOBILISTICO DIA 30/10/2020.
1ª CARTA DE DENILSA M. LOURENÇO 21 ANOS.

Acidentes acontecem, mas muitas vezes são evitados quando dirigir-se com prudência dia 25/07/2021 foi o dia do motorista “No trânsito, sua responsabilidade salva vidas” dia 22/07/2021 fui submetida a fazer a amputação do meu membro esquerdo inferior, após noves meses de lutas, mas não foi possível tive que fazer escolhas a vida ou a perna. Ainda assim estou firme com meu “Deus”, porém a vida nem sempre é justa, nem sempre as coisas funcionam do jeito que a gente quer, e nem tudo acontece de forma compreensível que todos possam entender do jeito que tem que ser. Mas temos que ser forte, e colocar em prática todas as nossas forças que possuímos para ultrapassar qualquer desafio dentro do controle do pai altíssimo.

No dia 30 de outubro das 2020 às 12he 52minutos ao sair do trabalho quando chegava na frente de minha casa parei para descer uma rampa quando fui alvejada, ou seja, atropelada por um motoqueiro que veio pela contramão na minha direção o qual não foi possível avistar -lós, pois eu estava de costa para descer a rampa, um dia que mexeu com toda minha estrutura e da minha família, acordei só após 03 dias quando sair da UTI assustada sem entender tudo que estava acontecendo. A partir de então fui surpreendida todos os dias durante os noves meses.

Precisei ainda passar por vários procedimentos cirúrgicos e transfusão sanguínea e ainda pelo processo de desnutrição por não conseguir me alimentar devido os antibióticos fortíssimos, na primeira internação passei um período de 60 dias no Hospital Regional do Juruá. Porém agradeço tudo aquilo que está na minha vida até neste momento, incluindo até as dores. A nossa compreensão do universo ainda é muita pequena, para julgarmos o que quer que seja da nossa vida.

Logo depois precisei ser transferida para o Hospital das Clínicas - Fundacre – Acre para dar continuidade ao tratamento. Devido a infecção que estava se alastrando pelo fato de ser fratura exposta tive o que não foi possível recuperar minha perna por diversos motivos diagnosticado pelos médicos como trombose, perda ósseo da tíbia, rompimento dos tendão e a não circulação sanguínea no membro inferior que foi acometido de uma forte infecção hospitalar que foi comprometendo até minha vida rapidamente, assim tive que passar por mais esse ciclo da vida a última cirurgia, assim espero de amputação do meu membro esquerdo inferior.



Aos 21 anos eu não conhecia o que uma dor é capaz de nós fazer chorar, gritar, rolar cair e no final se levantar restaurado como um vaso de barro que na construção o primeiro processo é a escolha do barro e sei que fui escolhida por Deus para passar por isso. Agradeço a DEUS todos os dias porque em nenhum momento ele me deixou só.

Hoje após esse processo todo de cirurgias, curativos me sinto viva, restaurada para recomeçar uma nova fase de minha vida, mas agora com o pai que cuidou de mim cada segundo na UTI, nos hospitais juntos com minha família e amigos que não me faltaram.

Quero ainda aqui pedi encarecidamente uma pequena doação em dinheiro para que eu possa comprar minha prótese ortopédica. Hoje dia 25/07/2021 estou no Hospital das Clínicas - Fundacre – Acre em Rio Branco. 

Quero também agradecer todos os familiares e amigos que de uma forma ou de outras estava se doando na minha recuperação a passos lentos, mas estou me recuperando com a graça de Deus breve vou receber a licença de ir para a casa e iniciar a fisioterapia e com as doações e a rifa poder comprar minha prótese ortopedia.

O Senhor é a minha luz e a minha salvação; 
De quem terei temor?
O Senhor é o meu forte refúgio;
De quem terei medo?

Salmos 27:1

segunda-feira, 26 de julho de 2021

TARAUACÁ: REALIZADA A NONA EDIÇÃO DO FESTIVAL TOCA RAUL


Com participação de 12 cantores, alem de 6 musicos que formaram uma banda base, foi realizada a nona edição do Festival "Toca Raul" em Tarauacá. Anualmente, sempre no mês de julho (mês do rock), os musicos do município se reúnem para celebrar a arte o maior roqueiro do país.

Em 2020 não foi possível a realização do evento por causa da pandemia. 2021 com o avanço da vacinação criou-se as condições para tal. A sede social da associação da Polícia Miititar foi o local escolhido esse ano. Um publico seleto assistiu durante quase tres horas, os cantores da terra se revezando para cantar "Raul". 

Destaque para a única mulher que participou do show. Marcia Rocha, que é policial militar cantou "Tente outra vez" e "o dia em que a terra parou".

A edição 2021 do Festival Toca Raul foi o primeiro evento promovido pela Fundação Giovanni Accioly. Teve o apoio cultural dos Deputados parceiros Jesus Sérgio, Edvaldo Magalhães e Jenilson Leite. O Secretário Tom Sérgio (FUNTAC) também colaborou, assim como o Sinteac, radios Nova Era, Difusora e Estúdio Voz de Ouro.

Foi o primeiro evento musical promovido em Tarauacá sem a presença do saudoso Giovanni Accioly, morto em 2020 num acidente de carro. Giovanni foi um dos homenageados. O outro foi o empresário e Professor Dagoberto Guimarães, que faleceu um dia antes do festival.

A Fundaçao Giovanni Accioly estuda a possibilidade de levar o evento para os municípios de Feijó e Jordão.

TARAUACÁ: MORRE O PROFESSOR E ESCRITOR FRANCISCO FREITAS


Tarauacá amanheceu mais triste nesta segunda feira (26) com a notícia da morte do Professor e Escritor Francisco Freitas, 70 anos.

Homem de familia, de tradição religioosa e que deixa um legado na educação e na cultura do município com suas obras na literatura.

Que Deus conforte o coração dos familiares e amigos.

Recusa a tomar vacina contra Covid-19 e retornar ao trabalho pode levar à demissão


Trabalhadores que se recusam a tomar a vacina contra a Covid-19 devem estar cientes de que podem ser demitidos por justa causa. A recusa ao retorno do trabalho presencial também pode ser motivo de demissão por justa causa.

Neste mês, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo confirmou a modalidade de demissão para uma auxiliar de limpeza de um hospital de São Caetano do Sul (SP) que se recusou a ser imunizada. Essa foi a primeira decisão em segunda instância sobre o tema na Justiça do Trabalho.

Segundo especialistas, a decisão foi acertada, principalmente, por se tratar de um ambiente de trabalho que oferece alto risco de contágio. Porém, em casos gerais, ainda não há consenso no Judiciário, já que não existe uma regulamentação específica sobre o assunto.

Prevalece, ainda, o debate entre o direito de escolha do trabalhador e a segurança da coletividade, já que a recusa pode colocar os demais em risco.

Em fevereiro, o Ministério Público do Trabalho (MPT) divulgou orientação de que os trabalhadores que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19 e não apresentarem razões médicas documentadas para isso poderiam ser demitidos por justa causa. O órgão sugere ainda que as empresas conscientizem os empregados sobre a importância da vacinação e abram diálogo sobre o assunto.

Os funcionários devem estar cientes do risco em recusar a vacina: a dispensa por justa causa exclui o direito ao aviso prévio, ao seguro-desemprego e à multa de 40% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
Responsabilidades vão além da vacinação

Cíntia Fernandes, advogada especialista em Direito do Trabalho e sócia do escritório Mauro Menezes & Advogados, explica que os colegas do trabalhador que se recusa a ser vacinado também contam com o direito constitucional de atuar em um ambiente seguro e saudável, cuja responsabilidade é da empresa.

“A responsabilidade não se limita à vacinação, mas abrange todas as medidas de segurança que já têm sido reiteradas como o uso de máscara, disponibilidade de álcool em gel e o distanciamento”, aponta.

“A decisão do TRT foi correta, tendo em vista que, por se tratar de um hospital, a recusa da trabalhadora coloca em risco a sua saúde e a dos demais colegas de trabalho. Para os trabalhadores de setores essenciais, que têm contato com muitas pessoas, bem como muitos materiais que podem estar contaminados com o vírus, o trabalhador deve ser obrigado a tomar a vacina”, opina Ruslan Stuchi, advogado trabalhista e sócio do escritório Stuchi Advogados.

Cintia destaca que não há unanimidade na Justiça do Trabalho a respeito do limite de poder de imposição do empregador.

“Há a discussão sobre vários direitos. O Direito Público, o bem comum e o direito individual muitas vezes conflitam. O bem comum se relaciona a proteger a coletividade e há entendimentos que se sobrepõem ao direito individual”, observa.

No caso julgado pelo TRT, a auxiliar criticou o hospital por não ter realizado reuniões para informar sobre a necessidade de se imunizar. Também apontou que a falta grave foi registrada sem que tivesse sido instaurado processo administrativo. A imposição da vacina, conforme argumento apresentado pela trabalhadora no processo, ainda teria ferido a sua honra e dignidade humana.

Na visão do professor da pós-graduação da PUC-SP e doutor em Direito do Trabalho, Ricardo Pereira de Freitas Guimarães, foi correta a decisão, já que, além do elevado risco de contágio, a empresa comprovou a realização de campanhas de vacinação e concedeu todas as oportunidades para que a auxiliar fosse vacinada. Por outro lado, a trabalhadora não apresentou justificativa para não ser vacinada, mesmo sabendo que poderia sofrer a consequência da dispensa.
Empresa deve fazer sua parte

Daiane Almeida, advogada especialista em Direito do Trabalho do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados, orienta que as empresas tenham cuidado na comunicação aos funcionários das possíveis sanções para quem não seguir as recomendações sanitárias e aderir à vacinação. O alerta deve ser feito por escrito ou verbal na presença de testemunhas, o que pode ser utilizado como prova pelo empregador em uma eventual ação trabalhista.

“Em caso de recusa, a empresa deve adotar, em um primeiro momento, a imposição de advertências e suspensões e, se persistir a negativa do funcionário em se imunizar, pode resultar na dispensa por justa causa”, orienta.
Retorno ao trabalho

Outro tema que dá margem ao surgimento de disputas judiciais entre trabalhadores e empresas é o fim do regime de home office com o avanço da vacinação.

Julia Demeter, especialista em Direito do Trabalho do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados, alerta que a recusa do trabalhador em abandonar o teletrabalho também justifica a dispensa por justa causa.

“É critério unilateral do empregador determinar que o funcionário deixe o home office. O empregado não pode se recusar sob a justificativa de não estar imunizado ou por receio de contaminação, uma vez que a recusa pode acarretar em abandono de emprego. Há exceções para aqueles que pertencem ao grupo de risco ou tenham comorbidades, devendo apresentar justificativa médica plausível e documentada. Já a empresa deve observar as disposições legais, respeitando o prazo mínimo de 48 horas entre a comunicação ao funcionário e o seu retorno”, explica.

Apesar da discussão em torno da vacinação e do fim do home office, Lariane Del Vechio, advogada especialista em Direito do Trabalho do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados, avalia que há uma tendência de que diminua o número de conflitos na Justiça sobre o assunto.

“Acredito que o impacto positivo da vacina, a diminuição da transmissão e das internações e a retomada da economia façam com que não tenhamos mais os mesmos problemas no próximo ano. Os benefícios vencem o negacionismo da importância de se vacinar”, opina.

ac24horas
com g1