CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

STF absolve senador Sérgio Petecão de denúncia por compra de votos em 2006


A 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) absolveu por unanimidade, nesta terça-feira (19), o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) da denúncia de compra de votos nas eleições de 2006, quando ele foi eleito deputado federal.

Oferecida pela PGR (Procuradoria-Geral da República), *a denúncia foi recebida pelo STF em maio de 2014. Desde então, Petecão era réu no processo. O acriano foi eleito senador em 2010.

O relator da ação penal, ministro de Alexandre de Moraes, sustentou que ao longo da instrução não houve provas suficientes para confirmar a denúncia. O voto foi acompanhado pelos outros membros da 1ª Turma, Marco Aurélio, Luiz Fux, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso.

Quando do acolhimento da denúncia, os ministros do STF seguiram o voto do então relator, ministro Teori Zavascki, que na ocasião apontou “haver indícios bastante veementes” do crime eleitoral. Zavascki morreu em um acidente aéreo em janeiro de 2017 e foi substituído por Moraes, que herdou a relatoria desta ação.

Segundo a denúncia, Petecão participou de um esquema de compra de votos em Rio Branco, oferecendo dinheiro, asfaltamento de ruas e outras vantagens a eleitores. A acusação era de que havia uma lista mostrando a elaboração de um cadastro de eleitores que receberiam vantagens para votar a favor do congressista.

“Não há como acolher a tese da defesa de que as acusações seriam incompatíveis com corrupção eleitoral. As declarações são elucidativas e claras em relação à promessa de pagamento em troca do voto”, disse Zavascki, em 2014.

“Há uma descrição minuciosa do título de eleitor e de onde seria o pagamento. Entendo que há indícios bastante veementes para o recebimento da denúncia”, completou o ministro.

Procurado pela reportagem minutos depois do julgamento, o senador, que ainda não conhecia o resultado da sessão, celebrou a absolvição.

“É boa a notícia que você me dá, até te agradeço. Mas isso aí foi uma questão política no Estado. Lá no Acre, eu sempre fiz oposição ao PT, entendeu? Essa ação foi quando eu fui eleito deputado federal e criaram uma situação dizendo que eu tinha comprado voto”, comentou o Petecão. A advogada do senador, Danyelle Galvão, que nem precisou fazer sustentação oral durante o julgamento, afirmou que durante as audiências nenhuma testemunha confirmou que houve compra de votos.

“Os testemunhos são superconfusos. Tudo que disseram na polícia, desdisseram na Justiça. E a Procuradoria-Geral da República, nas alegações finais, fez um pedido de absolvição por ausência de provas”, declarou a advogada.

http://www.evandrocordeiro.com

TARAUACÁ: FESTA DO PEÃO COMEÇA HOJE E SE ESTENDE ATÉ DOMINGO


Começa hoje em Tarauacá, a Festa do Peão 2017, com diversas atividades e atrações. Montarias, musica ao vivo, alimentação, concurso escola da garota Rodeio 2017 e Leilão.

leia AQUI

TARAUACÁ: VEREADORES SE REÚNEM COM MORADORES DO “BECO DA GARAGEM”


Na noite desta quarta feira, 20 de setembro, os Vereadores Carlos Tadeu e Lauro Benigno do PCdoB e Antônio Araújo (Príncipe) do PT se reuniram com moradores do “Beco da Garagem” para discutirem uma saída para um impasse que acontece no local. O encontro foi realizado na Câmara Municipal e contou também com a presença do assessor Jurídico da Prefeitura Dr. Luiz Robson e o Proprietário da terra, Sr. Zequinha.

Prêmio de Gestão Escolar vai conceder mais de R$ 42 mil a escolas do Acre

A coordenação da 16ª edição do Prêmio Gestão Escolar divulgou nesta terça-feira, 19, a relação das dez escolas finalistas da etapa estadual da premiação.

Apenas uma se consagrará campeã, em solenidade de premiação da fase estadual no próximo dia 29, no auditório da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), em Rio Branco.

A escola campeã na etapa estadual segue disputando a etapa regional, cuja vencedora será conhecida dia 20 de outubro, em grande festa no Acre.

No entanto, todas recebem premiação em dinheiro, neste dia 29 de setembro, na etapa estadual. A ordem é a seguinte: R$ 10 mil para o primeiro lugar, além de abono de 20% no salário dos servidores lotados na escola no mês subsequente ao prêmio. Para o 2º lugar, R$ 7,5 mil, para o 3º lugar, R$ 5 mil e do 4° ao 10° lugar, R$ 3 mil. A premiação total é de R$ 42,5 mil.

Ressalta-se ainda que o gestor da escola campeã também nesta fase estadual tem direito a participar de um intercâmbio nacional ou internacional.

As dez instituições de ensino foram classificadas por serem consideradas referência em gestão escolar, em 2017. Os municípios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Porto Acre foram os que mais classificaram suas escolas, duas de cada cidade. Rio Branco só teve uma eleita para a final.

Já entre os dias 19 e 20 do próximo mês, os olhares de toda a educação do Brasil estarão voltados para o Acre. O Prêmio de Gestão Escolar é uma iniciativa do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e tem como coordenador nacional o secretário de Estado de Educação e Esporte do Acre, Marco Antonio Brandão Lopes.

“O prêmio tem caráter inclusivo e o de estimular nos gestores das escolas inovações que permitam agregar valor ao ensino, incentivando os jovens a serem atuantes e produtivos e evitando práticas que causem a evasão escolar, por exemplo”, afirma Brandão Lopes.

São parceiras do Prêmio de Gestão Escolar instituições como a própria SEE e a União Nacional dos Dirigentes Municipais, além da Universidade Federal do Acre, sindicatos e movimentos estudantis e a União dos Conselhos Municipais de Educação.

Eles selecionaram os avaliadores e coordenaram o processo seletivo em suas respectivas jurisdições, considerando os critérios descritos no edital do Prêmio. (Secom/acre)
Confira os finalistas:
Nome da escola Município RedeLocalização
Divina ProvidênciaCruzeiro do SulEstadualUrbana
Djalma BatistaTarauacáEstadualUrbana
Valerio CaldasCruzeiro do SulEstadualUrbana
Edmundo PintoPorto AcreEstadualRural
Francisco LeitãoFeijóEstadualUrbana
Instituto Santa JulianaSena MadureiraEstadualUrbana
Jader SaraiavaPorto AcreEstadualUrbana
José AugustoTarauacáMunicipalUrbana
Raimundo MagalhãesSena MadureiraEstadualUrbana
Ruy AzevedoRio BrancoEstadualRural

VENDE-SE MOTO EM TARAUACÁ


BROSS 2017
2.000 KM RODADOS
R$ 12.000,00

CONTATO:
68 - 99948-1289
ZEQUINHA

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

TARAUACÁ: PROFESSOR EURICO PAZ REPRESENTANTE DO SINTEAC É ELEITO PRESIDENTE DO CONSELHO DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDEB

Na tarde da última terça-feira (19) foi realizada na sede da Secretaria Municipal de Educação -SEME, a eleição e posse dos novos membros do CACS – Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB que assumirão mandato de dois anos. 
A votação se deu na reunião que aconteceu ontem às 15:00 horas na sala de reunião da secretaria de Educação (SEME) na presença de representantes de alunos, pais, professores, diretores, sindicato e demais segmentos sociais. 
O professor e sindicalista Eurico Paz foi reeleito presidente de Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB vencendo a conselheira Camila Figueiredo numa eleição direta por um placar de 7 x 3.
Os membros são indicados pelas instituições que representam e não são remunerados. Já os dirigentes são eleitos pelos respectivos colegiados. 
Entre as atribuições do conselho, estão supervisionar a realização do censo escolar; acompanhar a elaboração da proposta orçamentária anual, no âmbito de suas respectivas esferas governamentais de atuação; e instruir, com parecer, as prestações de contas a serem apresentadas aos respectivos tribunais de contas.
O Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb é um colegiado, cuja função principal, segundo o art. 24 da Lei nº 11.494/2007, é proceder ao acompanhamento e controle social sobre a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos do Fundo, no âmbito de cada esfera municipal, estadual ou federal.
O Conselho não é uma unidade administrativa do Governo, assim, sua ação deve ser independente e, ao mesmo tempo, harmônica com os órgãos da administração pública local. É importante destacar que o trabalho do Conselho do Fundeb soma-se ao trabalho das tradicionais instâncias de controle e fiscalização da gestão pública.
O Poder Executivo tem duas grandes obrigações em relação ao Conselho do Fundeb:
1) Oferecer o apoio que assegure o seu funcionamento, garantindo material e condições, como local para reuniões, meio de transporte, materiais, equipamentos etc., de maneira que seja possível a realização periódica das reuniões de trabalho, permitindo que o Conselho desempenhe suas atividades e efetivamente exerça suas funções com autonomia;
2) Elaborar e disponibilizar, mensalmente, os registros contábeis e os demonstrativos gerenciais mensais e atualizados relativos aos recursos repassados ou recebidos à conta do Fundo, deixando-os, permanentemente, à disposição do Conselho, inclusive solicitações de dados e informações complementares formuladas sobre o assunto.
O Conselho reunirá na próxima semana para elaborar o calendário de reuniões ordinárias, plano de trabalho e escolher a secretária executiva.
Assessoria SINTEAC

TARAUACÁ: VEREADORA JANAINA FURTADO SE REÚNE COM A PREFEITA MARILETE

Na segunda feira, a Vereadora Janaina foi recebida pela prefeita Marilete Vitorino em seu gabinete oficial, onde as mesmas conversarem sobre uma série de questões importantes que dizem respeito a vida da população de Tarauacá. 

A vereadora cobrou da prefeita que sancione a Lei de sua autoria que isenta moradores da zona rural de pagarem a taxa de iluminação pública. "A lei foi aprovada pela câmara e até agora não foi publicada no diário oficial. Ano passado a câmara aprovou e o prefeito da época também não sancionou. Em 2017 foi aprovada novamente e eu não sei qual a razão dessa demora e fazer justiça com as comunidades rurais que são lesadas todos os meses com a cobrança dessa taxa sem receberam o serviço. Outra questão é que a assessoria da prefeita nem satisfação deu para a câmara o que incorre em desobediência à legislação". 

Janaina pediu ainda que a prefeita reveja sua decisão de devolver os recursos dos postos de saúde da Cohab, Ipepaconha e Tauary e que se buscasse emendas parlamentares junto à bancada federal para complementação desses recursos.

Janaina fez questão de deixar claro sua postura política em relação ao mandato de vereadora. "Eu não sou vereadora de base de prefeita e nem tão pouco de oposição. Esse conceito e esse comportamento nunca deu certo e a história está provando isso. Eu não preciso esculhambar com a prefeita por discordar de decisões suas. Eu posso dizer isso a ela de forma serena e educada. Como também posso me privar de reconhecer os seus feitos. O povo espera de nós vereadores muito mais do que isso. O povo espera que sejamos parceiros de suas lutas no dia a dia", disse. 

Por fim, a vereadora recomendou à prefeita que pudesse dar mais atenção e ouvido aos vereadores pois, em que pese as críticas duras de alguns, no fundo todos querem melhorias para a comunidade. "A falta de diálogo do governo com a câmara e outras instituições, gera desconfiança e conflitos", concluiu. 


(assessoria)

TARAUACÁ; MORADORES DA COPA PEDEM NOVO TRAPICHE


SOS

Moradores do Bairro Copacabana que moram nos fundos do terreno do antigo Havaí Clube, estão pedindo a construção de um novo trapiche no local, por onde passa a comunidade, diariamente. 

NOTA DE REPÚDIO À DECISÃO DO JUIZ FEDERAL DA 14ª VARA DO DISTRITO FEDERAL WALDEMAR CLAUDIO DE CARVALHO REFERENTE À AÇÃO POPULAR N. 1011189-79.2017.4.01.3400, DE 15 DE SETEMBRO DE 2017 E DE SOLIDARIEDADE AO CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA.

O Centro de Atendimento à Vítima do Ministério Público do Estado do Acre e as Promotorias de Justiça Especializada de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, 7ª e 8ª Promotorias de Justiça Cíveis (Família), 2ª Promotoria de Justiça Criminal de Rio Branco, 16ª Promotoria de Justiça Criminal de Rio Branco (Crimes contra a Vida), 13ª Promotoria de Justiça Criminal de Rio Branco (Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher), manifestam o seu repúdio à decisão judicial proferida pelo Juiz Federal Dr. Waldemar Cláudio de Carvalho, em Audiência de Justificação Prévia, realizada no dia 15 de setembro de 2017, nos autos da Ação Popular nº 1011189-79.2017.4.01.3400, visando a suspensão dos efeitos da Resolução nº 001/1990 do Conselho Federal de Psicologia (CFP), a qual estabeleceu normas para a atuação dos psicólogos em relação às questões relacionadas à orientação sexual, ao mesmo tempo em que se manifestam em defesa da integridade da referida Resolução do Conselho Federal de Psicologia nº 001/1990, nos seguintes termos:
  1. O Relatório de Violência Homofóbica, publicado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e Direitos Humanos, da Presidência da República, publicado em 2016, informa que recebeu 1.695 denúncias por meio da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, correspondendo a 3.398 violações, sendo a grande maioria pessoas do sexo masculino (73%), predominantemente em idade entre 18 e 30 anos de idade (54%). Desse total, 40% sofreram violência psicológica e 36% discriminação, sendo que 77% informou que as violações foram relativas à orientação sexual e 15% relacionadas à identidade de gênero, associadas à lesão corporal (52%) e maus tratos (37%). Especificamente em relação à agressão, 43% afirmaram ter sofrido abuso sexual e 37% estupro. Importante destacar que as pessoas do sexo masculino sofreram as agressões por serem gays (53%) e travestis (26%).
  2. Em maio de 2017, o jornal O Globo publicou dados sobre violência LGBT. Segundo o jornal, a Associação Transgender Europe coloca o Brasil como um dos países com o maior número de assassinatos de transexuais em número relativos no mundo entre 2008 e 2016. Somente no ano de 2016, pelas estatísticas foram registradas 343 mortes com motivação homofóbica, consideradas mortes violentas. Desse total, 173 foram homens gays (50%); 144 travestis e transexuais (42%), 10 lésbicas (3%), 04 bissexuais (1%), incluindo na lista 12 heterossexuais, como amantes de transexuais.
  3. O Centro de Atendimento à Vítima do Ministério Público do Estado do Acre, inaugurado em junho de 2016 já atendeu 12 casos extremos de violência física e sexual de pessoas LGBT, os quais alegam, além das agressões sofridas por motivação homofóbica, maus tratos e humilhações nos setores públicos de atendimento à vítima. Além desses casos, no ano de 2016 foram registrados 04 homicídios dolosos contra homossexuais no Acre e em 2017 foi registrado 01 caso em Rio Branco, cujas características evidenciam a crueldade humana em face das diferenças de gênero.
  4. A decisão do Juiz Federal Dr. Waldemar Cláudio de Carvalho determina ao Conselho Federal de Psicologia que não se proceda interpretação equivocada da Resolução 001/1990, baseada no art. 5º, inciso IX, da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Por isso, assegura aos profissionais de psicologia a plena liberdade de “promoverem estudos ou atendimento profissional, de forma reservada, pertinente à (re)orientação sexual”. Dessa forma, concede a possibilidade do uso de terapias para a reversão sexual.
  5. Destaque-se que a referida Resolução é, em síntese, uma carta de princípios éticos aos profissionais da psicologia que, ao contrário de ter o propósito de censura, ressalta a soberania dos bens jurídicos mais valiosos, que são a vida, a liberdade, a igualdade, a dignidade e a segurança, expressos no mesmo artigo constitucional.
  6. A questão central da Resolução 001/1990, por sua vez, trata-se de garantir aos indivíduos, independente de sexo ou identidade de gênero, a não discriminação, vez que a orientação sexual ou identidade de gênero não são consideradas condição patológica, segundo a Organização Mundial de Saúde (1990) e, sendo a psicologia uma ciência de saúde, não há contradição, nem mesmo incoerência entre a liberdade de expressão da atividade intelectual, nem mesmo científica, matéria que deve ser tratada com mais embasamento científico e com a participação de outros órgãos científicos especializados no tema.
  7. A “cura das homossexualidades ou cura gay”, em face da decisão do Juiz Federal Dr. Waldemar Cláudio de Carvalho, recoloca na centralidade das discussões e da opinião pública as contradições entre o senso comum (ideologias ou crenças); a ciência (definições da OMS) e o bom senso (intepretação e aplicação das leis), sem considerar as consequências sociais terríveis para as pessoas LGBT, em que as discriminações, preconceitos e intolerâncias de gênero foram responsáveis por 3.306 assassinatos dos anos 2000 a 2016, conforme é demonstrado no estudo realizado pelo Grupo Gay da Bahia, estatísticas que tem embasado diversos diagnósticos para elaboração de políticas públicas no Brasil.
  8. A violência direcionada à orientação sexual e identidade de gênero se manifesta em forma de tratamentos diferenciados, violência física, psicológica e simbólica, posicionando as pessoas travestis e transexuais entre as categorias mais vulneráveis socialmente no Brasil. Tal decisão, novamente, abre precedentes para se criar separação e conflitos sociais pelas diferenças de gênero, vez que a (re)orientação sexual não categoriza sujeitos humanos pelas preferências homoafetivas e sim pelas condições de saúde. Contudo, a OMS estabelece que saúde é “um estado de completo bem estar físico, mental e social e não somente a ausência de afeções e enfermidades”.
  9. Importante, ainda, dar relevo as conquistas da população LGBT no Brasil nos últimos 20 anos, especialmente no que tange aos direitos de saúde, previdência social e de família, todas elas reconhecidas pela Corte Suprema do país.
  10. Decisões ou recomendações de autoridades públicas constituídas e legitimadas devem alicerçar-se pelo princípio do interesse do bem comum, visando a eliminação dos conflitos sociais que resultam na prática indiscriminada de violência e o fomento de uma cultura de paz.
Assim sendo, os Procuradores e Promotores de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre se posicionam em defesa da integralidade da Resolução nº 001/1990 do Conselho Federal de Psicologia, com a redação explicita na forma em que foi formulada, considerando o texto e o contexto em que foi publicada, bem como o atual cenário nacional de acirramento da violência pela intolerância de gênero e conclama uma manifestação pública do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e do Grupo Nacional de Direitos Humanos (GNDH), órgão do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais dos Ministérios Públicos dos Estados e da União (CNPG), por considerar que se trata de um retrocesso na defesa dos direitos fundamentais.
Rio Branco-Acre, 19 de setembro de 2017.
Patrícia de Amorim Rêgo
Procuradora de Justiça
Coordenadora do Centro de Atendimento à Vítima (CAV)
Sammy Barbosa Lopes
Procurador de Justiça

Marco Aurélio Ribeiro
Promotor de Justiça
Promotoria de Justiça Especializada de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania
Promotor de Justiça da 7ª e 8ª Promotoria de Justiça Cível de Rio Branco
Joana D’arc Dias Martins
Promotora de Justiça
2ª Promotoria de Justiça Criminal de Rio Branco
Tales Fonseca Tranin
Promotor de Justiça
16ª Promotoria de Justiça Criminal de Rio Branco
Dulce Helena de Freitas Franco
Promotora de Justiça
13ª Promotoria de Justiça Criminal de Rio Branco

Jorge Viana apresenta requerimento para debater orçamento da BR-364


Senador Jorge Viana destacou relatório da Federação do comércio e convocação do diretor do DNIT e representante do Ministério do Planejamento para tratar dos recursos para a rodovia

O senador Jorge Viana (PT-AC) aprovou nesta terça-feira (19) um requerimento na Comissão de Infraestrutura do Senado convocando o Diretor Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro, e o Secretário de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, George Soares, para discutir recursos para manutenção e continuidade das obras da BR-364 em 2018. Jorge Viana destacou em seu discurso o relatório apresentado pela Federação das Indústrias do Acre e disse que irá apresentar o documento durante a audiência.

“A Federação das Indústrias fez um relatório sobre a BR-364, resultado de uma caravana realizada com técnicos entre os dias 7 e 8 de setembro. Foram de Rio Branco a Cruzeiro do Sul. O documento traz propostas de ações que precisam ser executadas imediatamente para evitar que a rodovia fique intrafegável com a chegada do período chuvoso que já se apresenta”, relatou Viana. 

O parlamentar falou das três viagens recentes que fez pela rodovia. O documento produzido foi entregue pessoalmente por Viana ao diretor do DNIT. Para o senador, é preciso união da bancada para que os cortes orçamentários do governo federal não atinjam os recursos para a manutenção da BR-364 no próximo ano.

“O presidente da Federação das Indústrias pede a união de todos para que essa estrada não venha a ser fechada. Eu falo em nome dos taxistas, dos moradores de todos os municípios, tanto da 317, que precisa de manutenção, como a BR-364. É muito importante a união de deputados estaduais, vereadores, prefeitos, governo do Estado e a bancada federal neste momento”.

(assessoria)

PROPAGANDA VOLANTE EM TARAUACÁ


VENDE-SE BICICLETA ELÉTRICA EM TARAUACÁ


HOJE É O ANIVERSÁRIO DA SILVIA


Você não imagina como ficamos felizes ao lembrar que hoje é o seu aniversário. Saiba que você é uma pessoa que admiramos muito, pessoa mais que especial, nunca houve um momento em que precisamos e você não estivesse lá. Você está sempre presente, e sabemos que possamos contar com você para o seja, quando seja.

Faça com que a sua simpatia possa contagiar ainda mais pessoas, pois você é uma pessoa de muito brilho e a humanidade merece que sua luz seja compartilhada.

Feliz aniversário, filha, irmã, tia, esposa e amiga. 

De toda a família Viana, que te admira muito.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

TARAUACÁ: ABERTO MAIS UM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DO PROGRAMA QUERO LER

ESTADO DO ACRE 
Secretaria de Estado de Educação e Esporte 
Gabinete do Secretário Adjunto de Educação 

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DO PROGRAMA QUERO LER 

EDITAL Nº 59/2017/SEE, DE 13 DE SETEMBRO DE 2017. 

A Secretaria de Estado da Educação e Esporte – SEE, considerando a disposição contida na META 9 da Lei Federal nº 13.005, de 25 de junho de 2014, c/c a Lei Estadual nº 2.965, de 2 de julho de 2015, Lei Estadual nº 3.129, de 23 de maio de 2016 e o Decreto Estadual nº 5.066, de 12 de julho 2016, divulga e estabelece normas específicas para a abertura das inscrições para a realização de Processo Seletivo Simplificado destinado a selecionar candidatos para concessão de bolsas Alfabetizador do Programa Quero Ler, mediante as normas e condições estabelecidas neste edital. 


AVISO

Avisamos a população Taraucaense que o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC está oferecendo em nosso Município os seguintes cursos:

· Excelência ao Atendimento ao Cliente

· Técnicas de vendas

Local do Curso: Escola Instituto São José.

Inscrições: 20 de setembro a partir das 8: 00 da manhã e ás 1: 30 da tarde no Núcleo da Ufac.

Documentos: RG, CPF, COMPROVANTE DE RESIDENCIA ATUALIZADO, COMPROVANTE ESCOLAR.

Obs: Xerox

Atenciosamente;

Marlenilda Cunha
Coordenadora do SENAC local.

PROCURA-SE UM CELULAR IPHONE 7 (DOURADO) PERDIDO EM TARAUACÁ


Peço ajuda para encontrar um IPHONE 7 Prata, que uma amigo meu perdeu em Tk na ultima sexta feira. 

O aparelho ja foi bloqueado e não terá utilidade para quem o encontrou.

Sera oferecida uma recompensa de 500 reais para quem o devolver.

Contato.

999775176

Níver da CÂNDIDA


Parabéns mãe pela família que somos, pelo o amor que sentimos por você, afinal foi o seu coração que nos ensinou a lhe amar tanto assim" Feliz aniversário, e te amamos. 

De sua família.

NÍVER DO PAULO ONOFRE


NÍVER DA SARA CRISTINA


NIVER DA CRIS COSTA


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Jenilson representará o AC em seminário sobre a construção da ferrovia Brasil-Peru


O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) representará o estado do Acre no seminário sobre a construção da Ferrovia Bioceânica para o Peru e o Brasil, sediado pela BJTU (Beijing Jiaotong University), em Pequim, na China. O evento que terá duração de quinze dias, e será patrocinado pelo Ministério do Comércio da República Popular da China, custeará passagens a hospedagens dos participantes.

O seminário contará com 25 participantes dos dois países que receberão o empreendimento financiado pelo Governo Chinês. Além do curso de formação sobre infraestrutura ferroviária, sistema de gestão ferroviária, eles serão levados à cidade de Xangai Qingdao e outros lugares no país asiático para conhecer a cultura e a história das grandes mudanças desde o início da reforma e da abertura da China para o capital.

O acordo para a construção da Ferrovia Bioceânica ou Transconinental (Brasil-Peru) foi assinado em 2008, sendo que o estudo de viabilidade técnica custou cinquenta milhões de dólares custeados pela China, que propôs o ambicioso projeto. A projeção de gasto para tirar o projeto do papel é de 200 bilhões de reais.

A ferrovia terá 4,9 mil km de distancia. A extensão do trecho peruano será de 1,6 mil km e o brasileiro, quase 3,3 mil km. Ela se inicia em Campinorte (GO), passando pelo Mato Grosso, Rondônia e Acre, até chegar à fronteira peruana, cruzando a Amazônia e os Andes até o porto, na costa do Pacífico.

Segundo o projeto, no Acre, a ferrovia ligará Rio Branco (capital) à cidade de Cruzeiro do Sul. Caso a ideia se concretize, o mapa econômico do país no tocante a saída e entrada de produto mudarão completamente. Isso, porque, a maioria das cargas que saem e entram no Brasil são a partir do Porto de Santos (SP) e Porto Paraguaçu, na cidade de Foz do Iguaçu (PR), gerando grande fluxo de capital oriundos dos impostos. A mudança não será apenas na movimentação das exportações e importações, mas também na economia para os estados da Amazônia, principalmente para o Acre que sai da condição de isolado.

A concretização desse projeto poderá auxiliar o Estado em relação ao transporte de passageiros. Uma vez a manutenção de trafegabilidade da BR-364 não é certeza. Pois o solo e as condições climáticas não favorecem a construção de rodovia na região.

Para o deputado Jenilson Leite, o seminário é um momento importante para se conhecer como na prática funcionam as ferrovias construídas pela China. “A China tem feito as maiores construção na área de ferrovia, como, por exemplo, o trem-bala que foi inaugurado recentemente pelo país. E participar desse seminário é uma oportunidade ainda que distante, de olharmos para o futuro do Acre com esperança “. Em relação aos benefícios que o Estado poderá usufruir, o deputado destaca que podemos sair de uma economia que movimenta milhões de impostos para à casa dos bilhões, assim como acontece com os estados da região Sul e Sudeste.


Da redação ac24horas

Moisés Diniz é relator de projeto de resgate de valores patrióticos


Os estudantes das escolas de educação básica do Brasil deverão, uma vez por mês, cantar o Hino Nacional e o do Estado e hastear as respectivas bandeiras, antes do início das aulas. De autoria do deputado João Rodrigues (PSD-SC), o projeto será relatado na Comissão de Educação por Moisés Diniz (PCdoB-AC).

“A gente sentia orgulho em cantar o hino nacional, havia disciplina e isso não nos deformava”, argumenta Moisés. A proposta determina ainda que seja garantido o estudo do desenho e do significado dos Símbolos Nacionais.

“O Brasil precisa voltar a cultivar valores patrióticos, da família, culturais e éticos. Nos tornamos a pátria onde tudo é permitido. É possível ser patriota sem ser reacionário”, conclui o parlamentar acreano.

(assessoria)

VENDE - SE CASA EM TARAUACÁ

Vendo casa ( Madeira, cozinha e banheiro em alvenaria) medindo 6m x 16m.
- Localizada na rua Benjamin Constant, em frente à Escola Rilza Daniel, no bairro da praia.
- Terreno medindo a 10m x 65m.
- Tem um poço.
- Título definitivo.

Interessados entra em contato via fone ou zap 99988-9374. Marcelo.

TARAUACÁ: GAROTO DE APENAS 15 ANOS CONFESSA QUE MATOU POR CIÚMES DA EX-NAMORADA.


Policiais Militares do Serviço Reservado da PM investigaram e logo identificaram, com a colaboração da comunidade, o autor do disparo de arma de fogo que vitimou Adelino Farias Kaxinawá, 28 anos na noite de domingo (17), no “Trapichão do Flávio, Bairro da Praia, em Tarauacá.  

VENDO MOTO BROSS EM TARAUACÁ


Vende-se uma moto Honda Bross ano 2009 com toda documentação quitada. 
Os interessados entra em contato pelo fone: 999836222 falar com Adriano Furtado.

TARAUACÁ: MAIS UM HOMEM MORTO NO MUNICÍPIO POR DISPARO DE ARMA DE FOGO.


Adelino Farias Kaxinawá, 28 anos, é mais uma vítima da violência que assola a população de Tarauacá, especialmente, na região localizada no Bairro da Praia, conhecida como “Trapichão do Flávio”.

Leia tudo AQUI

Você come transgênicos sem nem saber que estão na carne e derivados


Brasília – Metade das carnes e derivados contém em sua composição ingredientes transgênicos e o consumidor nem desconfia.

É o que sugere uma pesquisa do Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) divulgada durante o Agroecologia 2017 – 6º Congresso Latino-Americano de Agroecologia, 10º Congresso Brasileiro de Agroecologia e 5º Seminário de Agroecologia do Distrito Federal e Entorno.

Dos 496 produtos analisados, 49,2% continham pelo menos um ingrediente derivado de soja ou milho. A maior concentração foi encontrada nos subgrupos de peito de peru e patês. A proteína de soja, detectado em 217 alimentos do grupo (43,7%), foi o ingrediente mais usado. (43,7%), seguido do amido de milho, que estava em 27 itens (5,4%).

Do total, 209 alimentos continham ingredientes derivados de soja, 18 deles continham derivados de milho e outros 21, derivados de ambos.

Os ingredientes derivados de milho e soja identificados na tabela dos rótulos destes alimentos são a proteína de soja, o amido de milho, lecitina de soja, óleo de milho, farinha de soja, farinha de milho, óleo de soja, xarope de milho, molho de soja e dextrose de milho.

As lavouras brasileiras de soja e milho são, em sua maioria, geneticamente modificadas. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), os organismos geneticamente modificados (OGM) estão cada vez mais presentes na alimentação da população mundial, seja como alimento ou como ingrediente de alimentos industrializados.

O Brasil é o segundo país que mais planta transgênicos no mundo e desde 2003 têm aprovado para cultivo e consumo soja, milho, algodão e, mais recentemente, um feijão transgênico, que ainda não está disponível para consumo. Atualmente, 94% da soja, 85% do milho e 73% do algodão cultivados no Brasil são transgênicos.

“Tais cultivos dão origem a subprodutos que são utilizados pela indústria alimentícia como constituintes de muitos alimentos. Considerando a crescente produção de alimentos transgênicos no Brasil, presume-se uma grande possibilidade de que os ingredientes derivados de milho e soja, presentes nesses produtos, também sejam transgênicos”, afirmou a professora da UFSC e líder da pesquisa, Suzi Barletto Cavalli.

Mais agrotóxicos

Essa notícia é ruim porque plantas transgênicas recebem muito mais agrotóxicos durante seu cultivo. Sem contar outros riscos à saúde e ao meio ambiente que sequer foram dimensionados.

No Brasil, o Decreto no 4.680/2003 estabelece que todos os alimentos e ingredientes alimentares que contenham ou sejam produzidos a partir de transgênicos, com presença acima de 1% do produto, devem ser rotulados.

Contudo, estudos brasileiros revelaram a presença destes ingredientes em alimentos com quantidade superior a 1% sem, no entanto, informar a presença destes componentes no rótulo, apesar da legislação de rotulagem.

Para chegar a essas conclusões, as pesquisadoras Rayza Dal Molin Cortese, Suellen Secchi Martinelli, Rafaela Karen Fabri e Rossana Pacheco Proença, do Núcleo de Nutrição em Produção de Refeições (NUPPRE/UFSC), analisaram os rótulos das embalagens de carnes e preparações à base de carnes comercializados em um grande supermercado do Brasil pertencente a uma das dez maiores redes brasileiras, segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Foram registradas informações como denominação, nome comercial, marca, fabricante e país de origem. Todos os rótulos foram fotografados para posterior identificação, transcrição e análise da lista de ingredientes e a presença do símbolo “T” referente à identificação de transgênicos na rotulagem. As carnes foram classificadas em subgrupos e analisadas por meio de um software específico.

Origem

Foram considerados subprodutos de soja e milho aqueles ingredientes que continham a determinação da origem, como óleo de milho, proteína de soja. Ingredientes como óleo vegetal ou amido não foram considerados, se não contivessem essa especificação. Também foi analisada a frequência dos ingredientes, com o intuito de verificar quais ingredientes derivados de soja e/ou milho estavam entre os mais frequentes nos alimentos analisados.

Do total de carnes e preparações à base de carnes analisadas, 49,2% traziam em sua composição pelo menos um ingrediente derivado de soja ou milho, sendo que a maioria dos subgrupos apresentava mais da metade dos alimentos com esses componentes.

Em apenas dois subgrupos (caviar e charque) não havia nenhum alimento contendo ingredientes derivados de soja e/ou milho. Os subgrupos que continham mais alimentos com ingredientes passíveis de serem transgênicos foram os subgrupos 13 – peito de peru; 14 – patês; 11 – preparações de carnes com farinhas ou empanadas e 1 – almôndegas a base de carnes.

Os achados são semelhantes aos de estudos internacionais e nacionais, que demonstraram a utilização de proteína de soja pela indústria alimentícia como um ingrediente em produtos processados à base de carne.

Estudos apontaram a presença de soja transgênica em carnes como presunto, mortadela de frango e steak de frango; outra, em 12 de 50 amostras de alimentos derivados de mortadela, salsichas, salame, patê, linguiça, frios e rocambole de carne, e em 11 de 30 amostras de salsichas contendo soja.

No caso de carnes e preparações à base de carnes, as proteínas de soja são amplamente utilizadas por suas propriedades de ligação de água, ligação de gordura, textura e capacidade emulsionante, além das características organolépticas como aparência, firmeza e corte.

No estudo catarinense, nenhum dos alimentos analisados continha identificação da presença de transgênicos no rótulo. Contudo, estudos brasileiros identificaram a presença de soja e milho em diversos alimentos, incluindo carne processada e produtos à base de soja em quantidade superior a 1% sem, no entanto, declarar a presença de transgênicos no rótulo, conforme a legislação de rotulagem.

“Assim, considerando que 94% da soja e 85% do milho cultivados no país são transgênicos, é provável que os ingredientes derivados de soja e milho identificados no presente estudo também o sejam”, disse Suzi Cavalli.

Segundo ela, esses resultados são preocupantes porque, segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, 24,5% da quantidade per capita média diária de consumo da população brasileira são provenientes de produtos de origem animal, incluindo carnes, leite e derivados e ovos.

Além da grande quantidade de ingredientes possivelmente transgênicos adicionados pela indústria alimentícia em carnes e preparações a base de carnes, animais alimentados com ração produzida com milho e/ou soja transgênicas também podem constituir fonte de transgênicos na alimentação humana.

por Cida de Oliveira, Rede Brasil Atual