CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 30 de junho de 2008

CONVENÇÃO POPULAR EM TARAUACÁ

BLOCO DE ONZE PARTIDOS REALIZAM CONVENÇÃO HISTÓRICA EM TARAUACÁ E DEFINEM CANDIDATURAS MAJORITÁRIAS:
CHAGAS BATISTA PARA PREFEITO E DOUTOR JASONE VICE-PREFEITO








sexta-feira, 27 de junho de 2008

FINAL DE SEMANA MOVIMENTADO EM TARAUACÁ ( Batista X Vando: PARTE II)

Chagas Batista poderá ser o novo prefeito de Tarauacá


Vando Torquato tenta o segundo mandato



Domingo dia 29 de junho, acontecerão duas convenções conjuntas em horários diferentes na terra do abacaxi.
A primeira é da Frente Popular às 16 horas no Clube da Maçonaria.

Candidatos Majoritários: Chagas Batista do PCdoB e Jasone Silva do PT.
A segunda é da Coligação dos partidos que apóiam a atual administração municipal às 19 horas no Clube Dois Irmãos.

Candidatos Majoritários: Vando Torquato do PP e, provavelmente, Marilete Vitorino ou um nome do PMDB.

Os partidos se movimentam, a militância se mobiliza e a população espera ansiosa a definição dos candidatos a prefeitos, vices e vereadores.

Pelo que se percebe é que teremos duas grandes frentes de partidos e duas candidaturas a prefeito.

Uma da frente popular e a outra defendendo a reeleição do prefeito Vando.
Uma coisa é certa: o final de semana promete abalar o cenário político da nossa cidade.

Imagens de TK

Estudantes do ensino médio protestavam pedindo asfalto para a rua que dá acesso a escola Djalma Batista (a luta não foi em vão)

quinta-feira, 26 de junho de 2008

ACERTANDO AS CONTAS COM A JUSTIÇA


17:19 - TRE-AC condena prefeito e vereador de Tarauacá por compra de votos

Na Sessão Plenária realizada hoje (25), às 15 horas, o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), acolheu à unanimidade, denúncia oferecida contra Erisvando Torquato do Nascimento, atual Prefeito de Tarauacá e Raimundo Gomes Furtado, vereador desse mesmo município, por compra de votos.


A denúncia noticia que o réu Erisvando Torquato do Nascimento, quando em campanha eleitoral em 2004, deu, ofereceu e prometeu tratamento odontológico em troca de votos para sua candidatura à Prefeitura de Tarauacá. Para tanto, teria contratado a cirurgiã-dentista Márcia Helena Oliveira da Rocha, com o fim de prestar atendimento dentário "gratuito" aos eleitores.


Narra a denúncia que, passado o período eleitoral, Márcia Helena Oliveira da Rocha ingressou com Reclamação Trabalhista contra Erisvando Torquato do Nascimento, pleiteando o pagamento pelos trabalhos realizados durante a campanha eleitoral de 2004. E tendo o magistrado trabalhista, percebido a existência de indícios da prática de crime eleitoral, determinou a expedição de ofício ao Ministério Público Federal para a apuração do ilícito.


Com a denúncia, vieram aos autos cópias de vários documentos, entre eles: o Inquérito Policial instaurado, constando cópia da Reclamação Trabalhista; cópia de depoimentos de eleitores que declararam terem sido atendidos pela odontóloga, sob a condição de voto nos outros réus e cópia das declarações da referida dentista, Márcia Helena Oliveira da Rocha, prestadas perante a Vara da Justiça do Trabalho e em sede policial.


Desse contexto, o relator do processo, Desembargador Arquilau Melo, entendeu que o conjunto probatório colhido por meio de provas orais levou a concluir, sem dúvida, que os réus Erisvando Torquato do Nascimento e Raimundo Gomes Furtado, eleitos Prefeito e Vereador, no município de Tarauacá, utilizaram-se dos serviços odontológicos de Márcia Helena Oliveira da Rocha para angariar votos ilicitamente.


E considerando esse conjunto probatório, constante dos autos, o relator do processo, acolhendo denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE), votou pela condenação dos réus Erisvando Torquato do Nascimento e Raimundo Gomes Furtado, como incursos no crime tipificado no art. 299 do Código Eleitoral, no que foi acompanhado pelos demais Membros da Corte Eleitoral.


Em relação a Erisvando Torquato do Nascimento, diante das circunstâncias, somadas ao elevado número de eleitores que se submetaram aos tratamentos dentários em troca de seus votos, foi fixada a pena-base em 3 (três) anos, aumentando-se em 1/3, tornando a concreta e definitiva em 4 (quatro) anos de reclusão em regime aberto e à pena de multa na base de 12 (doze) dias-multa à razão de um salário-mínimo para cada dia-multa, vigente à época dos fatos. Sendo substituída a pena de reclusão, por duas penas restritivas, com base no artigo 43, incisos I e V, combinado com o artigo 44, todos do Código Penal: a) doação de 12 (doze) cestas básicas, a serem fornecidas à razão de 01 (uma) por mês a entidade assistencial, no valor de R$ 400,00 (quatrocentos reais) cada, e b) proibição de exercer mandato eletivo por tempo igual ao da pena privativa de liberdade (quatro anos), neste ou em futuro, a partir do trânsito em julgado da decisão.


Já relativo ao réu Raimundo Gomes Furtado, foi fixada a pena-base em 1 (um) ano e 6(seis) meses, aumentando-se em 1/3, tornando-a concreta e definitiva em 2 (dois) anos de reclusão em regime aberto. Sendo substituída a pena de reclusão, por duas penas restritivas de direitos: a) prestação de serviços à comunidade em escola pública a ser definida pelo juiz da execução, pelo mesmo prazo da condenação da pena privativa de liberdade, e b) proibição de exercer mandato eletivo, por tempo igual ao da pena privativa de liberdade (um ano e seis meses), neste ou em futuro mandato, a partir do trânsito em julgado da decisão.


Presentes na Sessão Ordinária de hoje (25), presidida pelo Desembargador Samoel Evangelista, estavam o Desembargador Arquilau Melo e os Juízes Denise Bonfim, Laudivon Nogueira, Jair Facundes, Maurício Hohenberger e Ivan Cordeiro, como também o Procurador Regional Eleitoral, Fernando Piazenski.

(ASCOM – TRE-AC, 25.06.2008)

quarta-feira, 25 de junho de 2008

OS DOIS VASOS DA VELHINHA



(blog do Altino)

O indigenista Armando Soares Filho enviou a historinha, mas não cita o autor.

"Uma velha senhora chinesa possuía dois grandes vasos, cada um suspenso na extremidade de uma vara que ela carregava nas costas.
Um dos vasos era rachado e o outro era perfeito. Este último estava sempre cheio de água ao fim da longa caminhada da torrente até a casa, enquanto aquele rachado chegava meio vazio.

Por longo tempo a coisa foi em frente assim, com a senhora que chegava em casa com somente um vaso e meio de água.

Naturalmente o vaso perfeito era muito orgulhoso do próprio resultado e o pobre vaso rachado tinha vergonha do seu defeito, de conseguir fazer só a metade daquilo que deveria fazer.

Depois de dois anos, refletindo sobre a própria amarga derrota de ser "rachado", o vaso falou com a senhora durante o caminho:
"Tenho vergonha de mim mesmo, porque esta rachadura que eu tenho me faz perder metade da água durante o caminho até a sua casa..."

A velhinha sorriu:
"Você reparou que lindas flores tem somente do teu lado do caminho? Eu sempre soube do teu defeito e portanto plantei sementes de flores na beira da estrada do teu lado.
E todo dia, enquanto a gente voltava, tu as regavas.
Por dois anos pude recolher aquelas belíssimas flores para enfeitar a mesa. Se tu não fosses como és, eu não teria tido aquelas maravilhas na minha casa".

Velho Armando, grato pela lembrança.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Domingo é dia de feira em Tarauacá

O Povo é mesmo sábio, guerreiro, sonhador e lutador.
O povo de Tarauacá acorda cedo, transporta seus produtos e vende na feira do domingo. Tem de tudo:
O povo compra, vende e conversa,
Os Pastores da Assembléia de Deus aproveitam para louvarem a deus através da boa música evangélica.
É assim todos os domingo pela manhã.
























domingo, 22 de junho de 2008

Cuba festeja primeiro lugar da Unesco em educação fundamental


Cuba comemorou neste sábado (21) os resultados de um estudo da Unesco [organização da ONU dedicada à educação] que aponta o seu sistema de ensino fundamental como o melhor entre 16 países da América Latina. O estudo foi apresentado na véspera pelo Laboratório Latino-Americano de Avaliação da Qualidade da Educação. A Ilha liderou os resultados nas provas de matemática, leitura e ciências.


''Cuba obteve os melhores níveis de desempenho, com pontuações muito superiores à média regional'', proclamou no sábado o diário Granma, órgão do Partido Comunista.

O estudo da Unesco (sigla em inglês do Fundo das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) mediu o desempenho de alunos do terceiro e do sexto ano do curso fundamental. A Unesco baseou-se em provas realizadas em 2005 e 2006, com participação de cerca de 200 mil alunos de 16 países latino-americanos.

No entanto, a visão dos cubanos não é ufanista e reconhece, por exemplo, dificuldades para contratar professores devido aos baixos salários.''Triunfalismos à parte, temos que continuar resolvendo os problemas que nos afetam e nos encararmos com sentido autocrítico'', disse ao jornal a ministra da Educação, Ena Elsa Velázquez.

O estudo foi elaborado pelo Laboratório Latino-americano de Avaliação da Qualidade da Educação (Llece) e contou com o apoio do Escritório Regional da Unesco para a América Latina e o Caribe, com sede em Santiago do Chile.

O relatório, que estabelece o nível médio da região em 500 pontos, destaca a liderança de Cuba, que se situa entre 600 e 700 pontos tanto em matemática e leitura, as duas matérias avaliadas na terceira série, quanto em matemática e ciência de sexta série.

Logo atrás de Cuba, no ranking da Unesco, vêm Costa Rica, México, Uruguai e Chile, com uma qualificação de entre 500 e 600 pontos em todas as áreas avaliadas. Brasil, Colômbia, Peru e Argentina acham-se dentro da média regional latino-americana.

Guatemala, Nicarágua, Panamá, República Dominicana, Equador, Paraguai e El Salvador se encontram, em todas as matérias avaliadas, abaixo da média regional, entre 400 e 500 pontos, exceto na última nação, cujo nível de leitura na terceira série se situa na média regional.

Quanto aos alunos melhor preparados, a metade dos estudantes de Cuba alcança o nível mais alto de aprendizagem, percentual muito superior ao do resto de países da região. No extremo oposto, Panamá, Paraguai, Guatemala, Nicarágua e República Dominicana têm menos de 3% de estudantes excelentes.

O estudo afirma que ainda é preciso avançar na igualdade da distribuição da aprendizagem nas diferentes camadas da população e destaca que a segregação econômica e racial tem um efeito negativo sobre os resultados do ensino.

O relatório, que não diferencia entre escolas públicas, privadas e subvencionadas, destaca que os colégios localizados em zonas rurais são os mais desfavorecidos, mas insiste em que a qualidade do ensino e o bom clima nos centros são o principal fator que explica (entre 40% e 49%) o bom desempenho de seus alunos.

Segundo o estudo, isto permite reduzir as desigualdades de aprendizagem associadas a disparidades econômicas, consideradas a segunda variável que determina o bom desempenho dos estudantes, já que o Produto Interno Bruto (PIB) explica entre 12% e 49% da variação no rendimento.

Da redação, com agências

www.vermelho.org.br

sábado, 21 de junho de 2008

GREVE, APITAÇO, ATO PÚBLICO E VITÓRIA

BASTOU APENAS UMA SEMANA DE MOVIMENTO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE TARAUACÁ, PARA A PREFEITURA NÃO RESISTIR A PRESSÃO DA CATEGORIA MAIS ORGANIZADA DO MUNICÍPIO.








No dia 06 de junho eu postei neste blog uma matéria sobre a greve dos Trabalhadores em Educação da Rede Municipal de Tarauacá, e afirmei o seguinte:
“..aqui em Tarauacá o Governo Municipal costuma não respeitar a Câmara de Vereadores, o Ministério Público e nem o Poder Judiciário. Porém, com os Trabalhadores em Educação mobilizados a história é bem diferente...”
Pois bem. Bastaram sete dias de greve e o Sinteac foi convidado para uma reunião com o prefeito (que tinha se recusado até a receber um convite do sindicato).
Foram sete Assembléias, uma caminhada, um “apitaço” e um ato público em frente a Secretaria Municipal de Educação.

Resultado: A prefeitura que havia apresentado ao Sinteac uma vergonhosa proposta de concessão de um acréscimo de 06% (seis por cento) nos salários dos professores e 0,0% (zero por cento) para os servidores de apoio, teve que recuar e refazer seus cálculos.

A proposta aceita pelos servidores foi muito maior:
17% (dezessete por cento) para os servidores de apoio;
10% (dez por cento) para professores de Magistério;
05% (cinco por cento) para professores de nível superior;


Algumas constatações importantes nesse período de luta intensiva:

1. A capacidade de negociação e mobilização dos dirigentes do Sinteac;
2. A disposição dos trabalhadores em educação que foram pras ruas e lutaram por seus direitos.
3. O “inchasso escandaloso” da folha de pagamento da Secretaria de Educação no ano eleitoral;
4. A necessidade de se realizar um concurso público na educação municipal;
5. O contrato provisório que “entra sem concurso”, é obrigado pelo governo a “furar” a greve e ainda recebe o aumento salarial conquistado pelos permanentes;
6. O prefeito que só veio tomar conhecimento da realidade depois de 07 dias de greve;
7. Trabalhadores unidos e organizados impõem respeito e conquistam dignidade.

Viva a luta dos Trabalhadores!

quinta-feira, 19 de junho de 2008

OS GAYS E O PAPA (Blog Alma Acreana - Isac Melo)

Conheça o Blog


Luís Corrêa Lima *


O Brasil possui a maior parada gay do mundo. E curiosamente é também o maior país católico do Planeta. O Governo Federal realizou uma conferência nacional de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais, a fim de tratar de direitos humanos e políticas públicas destinadas a esta população. Cabe perguntar: será que a Igreja tem algo a ver com os direitos humanos de pessoas homossexuais?
Em 1986, uma carta do Vaticano aos bispos dizia que a Igreja não deve considerar nenhum ser humano como mero homo ou heterossexual. Deve considerá-lo, sim, como criação de Deus e destinatário de Sua graça, que o tornam filho Seu e herdeiro da vida eterna. A oposição doutrinária às práticas homoeróticas não elimina esta dignidade fundamental da pessoa humana. Toda violência física ou verbal contra homossexuais, afirma a carta, é deplorável.

Neste ano, Bento 16 foi aos Estados Unidos e enfrentou o grave problema da pedofilia no clero. E esclareceu: não se trata de homossexualidade; é outra coisa. De fato, a pedofilia é movida por uma fantasia perversa de se aproveitar da inocência da vítima, neste caso, a criança. A maioria dos casos ocorre dentro de casa, e o responsável é o pai ou padrasto dela. Este abuso pode ser cometido por adultos homos ou héteros. Não é questão de orientação sexual. Distinguir as coisas, como fez o papa, afasta uma injusta suspeita de perversidade que às vezes paira sobre os gays.

Recentemente, Bento 16 declarou que a união do homem e da mulher, base da família, é um bem insubstituível para toda a sociedade, que não pode ser confundido ou equiparado a outras formas de união. Para alguns, isto significa dizer que somente as uniões heterossexuais são morais. Ora, as uniões entre gays não substituem as uniões héteros. Não há obrigação dos gays de se ‘curarem’ para se casarem com alguém de outro sexo. Por isso, não há concorrência entre estes dois tipos de união. Quanto à confusão ou equiparação, a maioria das legislações que reconhecem as uniões homoafetivas, não as designa como ‘matrimônio’, mas como ‘união civil’. A distinção é clara.

Algumas luzes sobre estas questões foram lançadas pelo cardeal Carlo Martini, uma figura de grande liderança na Igreja e de diálogo aberto com a sociedade. Martini teve uma atuação decisiva no conclave que elegeu o papa atual. Fazendo um balanço de sua vida, ele declarou: "Entre os meus conhecidos há casais homossexuais, homens muito estimados e sociáveis. Jamais me foi perguntado e nem me teria vindo em mente condená-los". Demasiadas vezes, acrescenta, a Igreja tem se mostrado insensível, principalmente com os jovens nesta condição.

Com a devida atenção, evitando equívocos, pode haver importantes contribuições da Igreja aos direitos humanos de pessoas homossexuais.


* Jesuíta, historiador e professor