CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

domingo, 28 de junho de 2020

EM ENTREVISTA AO RADIALISTA ALBANIR MORAES, JANAINA FURTADO APRESENTA IDEIAS PARA UM POSSÍVEL MANTADO DE PREFEITA


A Vereadora e Pré Candidata a Prefeita de Tarauacá pelo Progressistas, Janaina Furtado, concedeu uma entrevista na manhã desta sexta feira (26) ao radialista Albanir Moraes nas rádios Difusora AM e Aldeira FM, simultaneamente. Além de Janaina, durante a semana o radialista entrevistou outros précandidatos.

Leiam os principais pontos:

Biografia:

Janaina Araújo Furtado Accioly, casada, mães de 3 filhos, nasceu em 14 de julho de 1987, no Seringal Conceição, Rio Murú, em Tarauacá. Janaina foi alfabetiza pelos próprios pais, numa sala de aula que funcionava em sua residência. Lá, estudou até a quarta série. Depois, teve que vir morar na cidade para concluir os estudos. Estudou ensino fundamental nas Escolas José Augusto e Plácido de Castro (onde foi presidente do Grêmio Estudantil) e ensino médio na Escola Djalma Batista. Em 2010, concluiu o curso de graduação em pedagogia. Em 2015 ingressou no serviço público como professora concursada da rede municipal de ensino. Antes porém, trabalhou como professora provisória no ensino de jovens e adultos. 


"Meus pais largaram a vida na Zona Rural para morar na cidade pra que eu e minhas irmãs pudéssemos continuar nossos estudos. Eu vim para a cidade ainda muito jovem carregando dois sonhos, ou dois compromissos. Um era entregar aos meus pais o meu diploma da faculdade e o outro era o meu contrato de professora. Graças a Deus e a dedicação deles eu consegui", disse Janaina. 

Na Educação Janaina já atuou professora do Ensino Infantil nas escolas José Augusto de Araújo e Aucilene Calixto, professora da EJA (Garis), professora do Programa Pro-jovem Urbano e Coordenadora Municipal da Educação de Jovens e Adultos. Exerceu ainda a função de Coordenadora Municipal de Politicas Públicas para as Mulheres. No movimento Comunitário foi vice presidente dos Bairros Avelino Leal e Cohab. No movimento sindical é filiada ao Sinteac e sempre participou das lutas dos trabalhadores em educação. 

Janaina é originária também de uma familia que tem atuação forte na política. Seu pai e seu tio ja foram vereadores e a sua família sempre elegeu dois vereadores em diversas campanhas eleitorais. Isso fez com que ela se elegesse vereadora ainda muito jovem em 2012 sendo reeleita em 2016.

"Desde o primeiro dia do meu mandato procurei honrar o povo do meu município. Fui para as suas lutas. As lutas pela água, energia, ruas, esgoto, concurso público e por dignidade. Representei os servidores publico. Pedi respeito ao povo no atendimento bancário. Me juntei à luta das mulheres, dos desportistas, dos fazedores de cultura, dos presidentes do bairros e do povo de forma geral. Nunca me calei. Fiz proposições. Apresentei leis, projetos e não usei o mandato para meu benefício e da minha família. Não tive relação incestuosa com prefeito, grupos políticos. Não subi escadas da prefeitura para pedir empregos para parentes e nem outro benefício para mim. Exerci o mandato com liberdade e coragem. Não sujei meu nome, nem dos meus eleitores e muito menos da minha família" destacou Janaina. 

Bandeiras e Principais Projetos e Pautas do Mandato 

- Projeto de Lei os veículos oficiais, locados e cedidos; 
- Projeto de Lei define as cores oficiais do município; 
- Defesa dos concursados mais de 200 pessoas foram convocadas; 
- Agua para o conquista e Copacabana; 
- Melhor estrutura e servidores para o Bradesco; 
- Extensão de Rede para o bairro Luís Madeiro ; 
- Contrario a Criação do Decimo Terceiro Salário, Prefeito, Vice - prefeito e vereadores (Onerar em 100 mil reais o município); 
- Projeto de Lei que cria o Dia do Bancário; 
- Sistema para emissão de Carteira de Trabalho; 
- Defesa dos terceirizados 
- Não aceitei aprovar o Projeto de Lei do Décimo Terceiro Salário; 
- Devolvi diárias; 
- Abri mão da Cota de Combustível; 
- Outras

Em 2018 Janaina Furtado entra para a história como a primeira mulher candidata a governadora do Acre. Na disputa dos 5 candidatos, ele obteve o quarto lugar pela Rede Sustentabilidade. 

"Encarei com coragem e garra o desafio a rica experiência de ser candidata a governadora por um partido pequeno e não me intimidei frente aos tradicionais.

Janaina acredita que o próximo gestor ou gestora do município deverá lutar para:

- Buscar junto às instituições bancárias, ministérios, bancada federal, governo do estado a CAPTAÇÃO DE RECURSOS para investimentos no município; 

- Criar Projeto de saneamento sócio ambiental. Isso inclui a construção de ruas, redes de esgotos, coleta seletiva e reciclagem de lixo, aterro sanitário e demais ações de Infraestrutura Urbana; 

- Valorizar os servidores público que são os verdadeiros responsáveis pra cuidar do município e do povo; 

- Discutir com os trabalhadores rurais a viabilidade econômica e de sustentabilidade de cada comunidade e promover o desenvolvimento com a força do homem do campo; 

- Discutir com os pecuaristas o melhor aproveitamento do nosso rebanho bovino no abastecimento do município e na exportação da nossa carne. 

- Qualificar os serviços públicos com valorização dos servidores e condições dignas de trabalho; 

- Viabilizar um grande projeto de construção de casas populares para diminuir o déficit habitacional. 

- Resgatar o campeonato municipal de futebol com uma política de semi profissionalização de nossa maior competição esportiva e incentivar os torneios alternativos dos finais de semana. 

- Resgatar o campeonato de futebol da zna rural;

- Melhorar o programa de transporte escolar na zona rural; 

- Eficiência na assistência farmacêutica ; 

- Implantar de uma Central de Agendamento para atendimento nos postos de Saúde; 

- Recuperar os espaços para a pratica de esportes “quadras”; 

- Fomentar atividades de formação cultural e esportivas com aulas de atividades culturais e abertura de escolinhas de esportes nos bairros, além da promoção de eventos culturais” 

- Resgatar a festa de aniversário do município; 

- Recuperar e realizar a manutenção das ruas ; 

- Modernizar e potencializa a Cerâmica Municipal; 

- Criar o Enceja (Centro de Educação de Jovens e Adultos ) 

- Equipe de governo deve ter qualificação e relação com o povo; 

"Estaremos elaborando nosso plano de governo que será em breve apresentado ao povo de Tarauacá", destacou.

Janaina Furtado fala, ainda, sobre:

Pre-candidatura

"Na última eleição em Tarauacá, em 2016, fui convidada por um grupo de pessoas e alguns partidos para ser candidata prefeita e, naquele momento achei que ainda não era o ideal pra apresentar meu nome e optei para concorrer à reeleição de vereadora. Hoje com a experiência de 2 mandatos de vereadora, uma candidatura a governadora, meu nome limpo graças à minha conduta tendo como base a luta do povo com respeito e honestidade, minha vida renovada com o nascimento da minha Alzira, minha familia unida e eu filiada a um partido que poderá me oferecer as “condições necessárias” decidi aceitar o desafio. E que desafio. E meu nome está aí a disposição do partido, sua direção e seus filiados e sendo apresentado ào povo de Tarauaca como uma das opções na disputa eleitoral. Então eu sou sim precandidata a prefeita pelo progressistas". 

O partido (progressistas)

"Quando me filiei ao progressistas algumas pessoas até comentaram que eu mudo muito de partido porém não me perguntaram as razões. No meu primeiro mandato eu era filiada ao PSD partido da prefeita Marilete derrotada na época pelo Rodrigo Damasceno do PT. Quando o Rodrigo iniciou o mandato e eu que era vereadora de um partido da chamada oposição, fui diversas vezes taxada de “vendida” pelos meus partidários porque queriam que eu fizesse oposição raivosa contra o prefeito. Era pra eu me opor a tudo que viesse da prefeitura e não foi pra isso que eu me elegi. Não conto as ameaças de expulsão do psd por não fazer oposição agressiva ao prefeito. Então resolvi sair antes da minha expulsão. Muitos dos que me criticaram terminaram o mandato abraçados com o prefeito Rodrigo. Eu tratei o prefeito Rodrigo com o devido respeito mesmo sabendo que por parte da sua administração na época não havia reciprocidade. Hoje eu trato a prefeita Marilete com o devido respeito mesmo sabendo que não há da atual administração o mesmo tratamento comigo. Mas, eu faço o que eu acho correto e justo". 

A rede

"Eu fundei a rede aqui em Tarauacá com um grupo de amigos que gostam da luta política. Me reelegi vereadora com os frutos do trabalho do meu primeiro mandato porque o partido não tinha dinheiro e muito menos eu tinha. Fui candidata a governadora a convite da sua direção estadual e fui pra luta com minha bebê récem nascida no cólo e dando a ela o mais perfeito dos alimentos que é o leite materno. Sem grandes estruturas, cumpri uma importante tarefa partidária, fiz história, produzi orgulho e representei as nossas mulheres com garra. Nosso partido concentrou suas poucas estruturas na candidatura da nossa presidenta marina silva e o resultado eleitoral foi um verdadeiro 'desastre para o partido'. Com o baixo desempenho nas urnas perdemos os direitos às verbas, tempo de tv e rádio e estruturas de campanha. Da rede só trago boas lembranças e la fiz muitas amizades sinceras". 

O progressistas

"Como eu havia decidido colocaria meu nome na disputa majoritária em 2020, precisaria estar num partido que pudesse me acolher e oferecer as condições pra eu entrar na disputa. Esperei o tempo certo que a lei permitia e fui para o progressistas a convite de sua presidente Senadora Mailza, Deputado Bestene, Governador Gladson e outros dirigentes estaduais. Eu havia recebido convite de quase todos os partidos, o que me deixou muito feliz. Minha familia é originaria do progressistas, inclusive meu pai ainda é filiado. Hoje, eu sou a presidenta do partido aqui em Tarauacá e sua pré candidata a prefeita". 

Alianças em contrução

"Eu tenho conversado muito com os outros partidos e outros précandidatos. Conversei com Junior Feitosa do MDB, Abdias do Democratas, Gilmar Torres PSL e conversei recentemente com Rodrigo Damasceno. São todos dignos de respeito. Estou em busca de alianças para minha précandidatura e acredito que eles também, o que é muito comum nesse período eleitoral. As alianças são importantes e necessárias". 

Chapa de vereadores

"Quando assumi o progressistas aqui em Tarauacá tive a árdua missão de montar uma chapa de precandidatos a vereadores. E meu tempo era de apenas duas semanas. Então fui correr contra o tempo. Convidei muitas pessoas a se filiarem no partido para se tornarem candidatas. Uns aceitaram outros não. Mas, graças a Deus conseguimos reunir nomes de pessoas de vários segmentos, numa chapa bastante representativa e qualificada, que no momento certo será apresentada ao público". 

Lutas do mandato

"Vou completar 8 anos de mandato. 4 anos tendo como prefeito Rodrigo damasceno do qual eu não fiz campanha pois, apoiei a Marilete e fomos derrotados e mais 4 anos da prefeita Marilete que se elegeu com meu apoio. São oito anos de mandato dedicado ao povo de Tarauacá, sem fazer conchavo político, sem me “ajoelhar” para prefeito ou prefeita em troca de cargos ou outros benefícios. Como vereadora nunca subi as escadas da prefeitura para pedir algo em meu benefício pessoal. São 8 anos de mandato sem precisar agredir, xingar, esculhambar ou coisa parecida para poder me expressar e ser ouvida. O que faz um mandato digno é a sua conduta. Não há segredo nisso. Devemos sempre fazer o correto. Ser justos. Elogiar sem ajoelhar e criticar sem agredir. Assim conquistamos o respeito das pessoas. 8 anos em que fui propositiva, atuante, dedicada, cuidadosa, critica. Apresentei projetos, votei leis, votei a favor de criação de cpis, abri mão de vantagens, denunciei, cobrei, fiscalizei enfim, trabalhei muito". 

(assessoria)

Nenhum comentário: