CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Rio Juruá transborda e começa a desabrigar famílias



As águas do Rio Juruá em Cruzeiro do Sul atingiram a marca de 13,50 metros, na manhã desta segunda-feira 26, ultrapassando a cota de transbordamento, que é de 13 metros, e forçou a remoção das primeiras quatro famílias afetadas pela alagação, que começa a preocupar as autoridades municipais. A segunda maior cidade do Estado está a 640 quilômetros de Rio Branco.

O prefeito Vagner Sales e o major Marcelo Araújo, comandante do Corpo de Bombeiros de Cruzeiro, vistoriaram a situação nos bairros Lagoa, Boca de Môa, Cruzeirinho Novo, Várzea, Miritizal e Olivença, onde a situação é mais complicada, e estabeleceram um plano de ação para minimizar o sofrimento dos moradores.

Segundo o prefeito, a exemplo de anos anteriores, a sua administração e os órgãos de Defesa Civil já estão mobilizados para ajudar a população se for necessário.

Segundo Sales, as secretarias de Assistência Social, Obras, Saúde e Educação já estão prontas para agir pelas famílias vitimadas.

O comandante dos Bombeiros informou ao prefeito a situação nos demais municípios do Alto Juruá. Segundo ele, existe um sinal de vazante em Marechal Taumaturgo, mas os rios Juruá Mirim, Valparaíso, Paraná dos Mouras e Môa estão contribuindo bastante para o acréscimo do nível das águas, que em menos de 24 horas subiu mais de 20 centímetros.

Na vistoria, ficou comprovada a necessidade de que novas famílias sejam retiradas de suas casas.

A princípio, elas estão sendo levadas para a casa de parentes e, caso isso não seja possível, serão alojados em abrigos nos ginásios de esportes e escolas da rede municipal de ensino. 

Nenhum comentário: