CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Moisés escreve sobre o referendo

SEXTA-FEIRA, 29 DE OUTUBRO DE 2010

PRA LIMPAR O TEMPO



Ao vencer o 55, mantendo o horário atual, algumas bandeiras precisam ser erguidas e corrigidas algumas distorções.

O governo do Estado e as prefeituras devem realizar consultas à comunidade escolar sobre o horário ideal para iniciar as aulas nos três períodos.

Os demais órgãos públicos devem seguir a definição das escolas, evitando a contradição entre horário de estudo e de trabalho.

O sindicato dos comerciários deve ser fortalecido para evitar que comerciantes inescrupulosos imponham a seus trabalhadores uma hora a mais de trabalho sem ganho extra.

Em muitas empresas de construção civil já está havendo pagamento de hora extra, especialmente na BR 364, tendo em conta o tempo maior de sol e o tempo curto de verão.

Vou defender a constituição de uma Comissão Especial na Assembléia Legislativa para acompanhar essas situações e ajudar na regulação de horários públicos e fiscalização de ações similares no setor privado.

Vou votar no 55. Mas, aqueles que votarem no 77 me terão como aliado para ajudar a corrigir as distorções.

A minha alegria mesmo é que, pela primeira vez no Acre, haverá uma eleição em que o cidadão vai votar sem receber vantagens ou promessas. O 55 e o 77 tiveram as mesmas armas.

E viva a democracia!
Moisés Diniz

Nenhum comentário: