CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

MAIS UMA DA PREFEITURA DE TARAUACÁ: AEROPORTO DA CIDADE É FECHADO POR FALTA DE CONDIÇÕES DE POUSOS E DECOLAGENS.




A Prefeitura de Tarauacá recebeu hoje, 30 de novembro, a informação, através do 7º Comando de Operações do Espaço Aéreo Amazônico, de que a partir desta data até o final de maio de 2010, estão expressamente proibidas operações de pouso e decolagens na pista do Aeroporto José Galera dos Santos.
O COMAR constatou que o asfalto da pista de pouso de Tarauacá, nas condições que se encontra, não oferece a mínima de segurança para continuar operando, pois coloca em risco a vida de passageiros e tripulantes das aeronaves.
A pista de pouso do aeroporto de Tarauacá, que mede 1.130 metros, há muito tempo funciona em condições precárias devido ao grande número de buracos e as péssimas condições do asfaltamento. Isso tem causado muitas reclamações e preocupações dos pilotos que a utilizam diariamente.
O Aeroporto José Galera dos Santos, além da pista de pouso, apresenta outros problemas que vão desde instalações do terminal de passageiros, hangares construídos em locais indevidos, cercado de proteção insuficiente e o próprio gerenciamento que é feito de forma muito amadora.
A responsabilidade da administração do aeroporto, seu aparelhamento e manutenção da pista de pouso é da Prefeitura de Tarauacá.
A prefeitura já provou que não reúne as mínimas condições de administrar o aeroporto devido a sua condição financeira e incapacidade de gerenciamento.
Conversei hoje com o Líder do Governo na Assembléia Legislativa Deputado Moisés que é defensor de que o Governo do Estado seja o responsável pela administração do aeroporto já que a prefeitura já comprovou que não tem condições de continuar com essa responsabilidade.
Disse o Deputado,
“queremos que o prefeito formalize o pedido para o Governo de o Estado administrar o aeroporto e a partir daí vamos criar todas as condições para sua modernização e seu funcionamento. O que não pode é a população continuar sofrendo com essa situação”
Com o fechamento do aeroporto a população de Tarauacá passa a depender do aeroporto de Feijó tanto para viajar quanto para o transporte de carga, situação que vai encarecer mais os custos.
Outros prejudicados são os taxistas da cidade que trabalham diariamente fazendo corrida direto do aeroporto.


Buracos e até atoleiros


vejam as condições da pista de pouso de Tarauacá















Por  Raimundo Accioly

Um comentário:

Anônimo disse...

Caro colega accioly,
Muito boa esplanação sobre o problema de nossa pista de pouso e condições do nosso aeroporto, mas não se esquecendo que a ultima reforma da pista foi efetuada pelo Governo do Estado no ano de 2007, pois a mesma não saiu a contento desejado, mas ficou por isso mesmo.
Acho eu que deveria ter uma parceria das nossas autoridades, como governo e prefeitura para a realização de uma reforma com de alto padrão para que no futuro não venha acontecer novamente este contratempo, o que você acha?