CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Adelaide Neri, a única tarauacaense a ser eleita para o Congresso Nacional, faleceu nesta quinta-feira

A ex-deputada federal pelo Acre, Adelaide Neri, veio a óbito nesta quinta-feira (24), em Rio Branco, capital do Estado. Ela foi a primeira e única mulher nascida na cidade de Tarauacá a ser eleita para o Congresso Nacional.
Foi registrada como Antônia Adelaide da Rocha, tendo  acrescentado o sobrenome de Neri do seu esposo, pelo qual veio a ser conhecida. Professora da rede estadual de ensino, esteve afrente da direção do Departamento de Ensino Supletivo da SEE nos governos de Nabor Júnior, Iolanda Fleming e Flaviano Melo.
A ex-deputada é mãe da atual prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, e irmã do ex-deputado Manoel Machado, político de grande expressão política nas décadas de 80 e 90 do século passado. 
Adelaide Neri nasceu aos dias 16 do mês de dezembro de 1940, na cidade de Tarauacá, vindo a falecer aos 77 anos de idade. Além da prefeita de Rio Branco, Adelaide deixou mais três filhos.
Filha de Vicente Crescencio da Rocha e Rosa Machado da Rocha. Era formada   pela Universidade Federal do Acre.
ingressou no MDB em 1965, ainda no pediper militar,  e trabalhou no magistério até assumir a direção do Departamento de Ensino Supletivo da Secretaria de Educação e Cultura do Acre em 1983 no governo Nabor Júnior, sendo mantida no cargo por Iolanda Fleming e Flaviano Melo.
O trabalho de Adelaide Neri lhe rendeu uma cadeira na Câmara Federal. Ela  votou a favor do impeachment de Fernando Collor em 1992. Candidata a reeleição em 1994 ficou na terceira suplência chegando a ser convocada para o exercício do mandato, durante a passagem de Chicão Brígido pela Secretaria Especial de Representação Política e Cidadania de Rio Branco na administração do prefeito Mauri Sérgio.
Por Leandro Matthaus

Nenhum comentário: