CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Bancários de Tarauacá em greve.


 Agência do Banco da Amazônia

 
 Servidores esperam uma solução para amanhã

 
 Servidor Julio Guilherme (Basa) coordena o movimento em TK




Banco do Brasil


 
 Servidoras do Banco do Brasil


Os bancários de Tarauacá aderiram ao movimento nacional da categoria e deflagaram greve também nas agências de Tarauacá.
Servidores das agências do Banco do Brasil e do Basa estão de braços cruzados.
"esperamos que os sindicatos e os banqueiros cheguem a um entendimento na reunião marcada para amanhâ (quinta feira) e que nossa categoria seja contemplada com as melhorias que estamos reivindicando", afirmou Júlio Guilherne, servidor do Banco da Amazônia.

OS FURA-GREVE





Servidores da agência local da Caixa Econômica Federal, não estão colaborando com os demais companheiros e resolveram "furar" a greve dos bancários em Tarauacá. Eles estão trabalhando normalmente.


leia mais abaixo

notícia publicada hoje no AC24Horas


Bancários acreanos fazem passeata pelo centro da capital

A véspera da negocia com a Fenaban, os bancários acreanos foram às ruas do centro de Rio Branco , em caminha, para mostrar o descaso dos banqueiros para as reivindicações dos trabalhadores, que entre elas estão melhoria do atendimento a clientela. O protesto foi pacifico e começou no centro financeiro de Rio Branco - em frente ao Banco do Brasil, Banco da Amazônia e Bradesco. Os bancários passaram em frente ao Banco Itaú, Caixa Econômica, Banco do Brasil, agências Aquiry e Avenida Brasil. O ato foi encerrado em frente à agência do ABN Real Santander. 
Entre as palavras de ordem, os bancários criticaram a política gananciosa de acumulo de capital dos banqueiros brasileiros [somente no primeiro semestre o setor acumulou lucro da ordem de R$ 19 bilhões], assim como a falta de responsabilidade social dessas instituições. A presidente Elmira Farias criticou a postura nas instituições no que se refere à qualidade no atendimento. A dirigente sindical pediu mais contratações para que o usuário não seja sacrificado com horas nas filas dos bancos.
Na negociação desta quinta-feira com a Fenaban, Elmira Farias espera que os banqueiros apresentem uma proposta digna aos trabalhadores e deixe de tanta enrolação. "Queremos aumento real de salário. Uma PLR digna e garantia do emprego, sem esquecer a melhoria na qualidade do atendimento a clientela e tantas outras reivindicações", comentou a dirigente.
Itaú  e Bradesco funcionam com interditos
A greve nacional dos bancários que chegou nesta quarta-feira ao sétimo dia continua coesa nas agências bancárias acreanas. O Bradesco e Banco Itaú estão funcionando por força do interdito proibitório - liminar que proibi a presença do Sindicato nas portas das agências para a realização de piquetes. Os demais bancos estão paralisados, seja total ou parcialmente.
Agências de Sena Madureira entram em greve
Nesta quinta-feira, as agências bancárias de Sena Madureira (Banco do Brasil, Caixa Econômica e Banco da Amazônia) aderiram ao movimento grevista. Na cidade de Tarauacá, a greve é parcial nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica, mas é forte no Banco da Amazônia, onde até aqueles bancários com função interina aderiram ao movimento grevista. 
Num balanço realizado na manhã  desta quarta-feira, pelo Sindicato dos Bancários do Acre, a greve já atinge 36 unidades das 48 existentes na base sindical. Na capital Rio Branco, apenas as agências do Bradesco e Itaú estão com as portas abertas.


MANOEL FAÇANHA - SEEB-AC 



Nenhum comentário: