CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

domingo, 31 de março de 2019

MOISÉS DINIZ: "AGREDIR UMA MULHER É BATER NUMA CRIANÇA"

O deputado Roberto Duarte (PMDB) é oposição à administração de Socorro Neri (PSB), mas, é um cara decente, tem caráter e demonstra uma sensatez que só os melhores têm. Roberto Duarte tem o meu respeito!

Sua publicação em defesa da honra de Socorro Neri joga alguma luz nessa lama em que se transformaram as redes sociais, aonde qualquer micróbio quer escrever como Platão e só sai esgoto, quando qualquer barata quer voar como águia nas letras e não supera o voo de uma galinha. 

Como lagartas que nunca vão ser borboletas, confundem a luz da crítica e da democracia com a lama da agressão pessoal e do desrespeito (principalmente a uma mulher). 

Mas, o que fazer? Se o Acre é o Estado que mais agride e mais violenta mulheres?

Se eles batem (fisicamente) em suas mulheres dentro de casa, acham que podem bater (moralmente) em uma mulher que exerce funções públicas.

Os buracos deles são mais graves, porque não têm cura (estão na alma), já os buracos de Rio Branco serão consertados no verão, com 52 milhões de reais já disponibilizados pela prefeita Socorro Neri (com recursos próprios) e ainda haverá parceria com o governador Gladsom Cameli.

Esses heróis de redes sociais são 'éticos' e valentes para agredir uma mulher, mas, se pelam de medo quando veem um guarda do Detran, na hora que estão infringindo a lei.

Querem uma cidade urbanizada, mas, 50% não pagam a água que consomem e 35% a deixam desperdiçar.

Exigem uma cidade limpa, mas, jogam a lata de refrigerante na beira da rua, pela janela do carro, e restos de geladeira dentro dos córregos.

Sei que a maioria dos homens de Rio Branco não engrossam essa estatística da vergonha, porque respeitam as mulheres, da sua casa e da vida pública.

Roberto Duarte ficou maior do que uns 666 perfis do Facebook, que não são feras, mas, são bestas.

Moisés Diniz é Secretário Municipal de Educação de Rio Branco

Nenhum comentário: