CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Jorge Viana participou da COP22 em busca de mais incentivo à proteção de florestas no esforço contra o efeito estufa

Agência Senado - O senador Jorge Viana (PT-AC), disse à Rádio Senado que quer incluir o debate sobre REDD+ como instrumento de financiamento para redução de emissão de gases de efeito estufa. Trata-se da sigla para "Redução de emissões decorrentes do desmatamento e da degradação de florestas".

Para o senador, é importante que se faça um debate sobre a possibilidade de o Brasil fazer uma revisão de sua posição no acordo sobre REDD+ e sobre os incentivos de mercado e financeiros na redução de emissões dos gases do efeito estufa.

De acordo com Jorge Viana, a redução de quase 80% do desmatamento no país faz com que o Brasil tenha maior credibilidade nos debates sobre a questão climática. Mas, para ele, o desmatamento ainda está relacionado à atividade econômica e social porque, pois uma grande parcela da população, principalmente na Amazônia, não teria alternativa.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, REDD+ é o instrumento desenvolvido pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima para recompensar financeiramente países em desenvolvimento pela redução das emissões provenientes de desmatamento; pela redução das emissões provenientes de degradação florestal; pela conservação dos estoques de carbono florestal; manejo sustentável de florestas; e pelo aumento dos estoques de carbono florestal.

Nenhum comentário: