CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 20 de abril de 2010

ASSOCIAÇÕES DE MORADORES DE TARAUACÁ RECLAMAM DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM TARAUACÁ

Reunião: DEAS e Associações de Moradores


Os presidentes das Associações de Moradores de Tarauacá dos principais Bairros de Tarauacá e o Representante da União Municipal das Associações de Moradores – UMAM resolveram enfrentar um problema histórico aqui de Tarauacá e que nos últimos dias se agravou. Trata-se do sistema de abastecimento de água sob Responsabilidade do Governo do Acre através do DEAS. 

Na segunda feira, 19 de abril, convocaram o Gerente local do DEAS, Senhor Tadeu Moreira para explicar as razões dos problemas que estão acontecendo;
Na terça Feira, 20 de abril, foram aos estúdios da Rádio Comunitária Nova Era FM, conversar com a comunidade.
Na quarta feira, 21 de abril, será produzido um documento conjunto que deverá ser encaminhado ao Governo do Estado pedindo providências.

Tadeu Moreira: Gerente do DEAS

Tarauacá vive atualmente uma de suas maiores crises no que se refere aos serviços essenciais prestados pelos poderes públicos aos habitantes da cidade. Energia elétrica, coleta de lixo, serviços de saúde, saneamento e outros.

UM DOS PRINCIPAIS REFERE-SE A DISTRIBUIÇÃO DA ÁGUA POTÁVEL.
Devido ao crescimento (desordenado) da cidade com as pessoas construído suas moradias em áreas sem a menor urbanização, o sistema de abastecimento de água potável não chega à maioria dessas ocupações. Um exemplo é o Bairro do Luis Madeiro, um dos mais populosos da cidade, que não conta atualmente com rede de água. Bairros tradicionais como Copacabana, Praia e Triângulo são os mais prejudicados.

A população reclama da água que não chega ou chega insuficiente. Uma reclamação que mais se houve atualmente é a recente mudança de horário do fornecimento que pegou a população, que recebe água, desprevenida. O DEAS mudou o horário de fornecimento sem discutir com a população. Resumindo: quem recebe água está reclamando e quem não recebe também.

O DEAS reclama do desperdício e aponta a população do bairro de Copacabana como a campeã do desperdício de água.
Outra realidade constatada pelos líderes comunitários é a falta de infraestrutura básica de armazenamento de água, nas residências maioria das famílias. Em 65% das residências atendidas pelo DEAS, não existem caixas d’água, torneiras e nem registros. Apenas o tubo que jorra água durante todo o horário de fornecimento.

ESTRUTURA ATUAL
Tarauacá conta hoje com 3.600 ligações e segundo o DEAS são fornecidos diariamente 6.700.000 (seis milhões e setecentos mil) litros de água para a população, porém o sistema de fornecimento é insuficiente para que essa água possa chegar diariamente aos consumidores. Só dos usuários são arrecadados cerca de 30 mil reais.

INADIPLENCIA: Somente um percentual de 70% dos usuários paga água regularmente. A inadimplência chega aos 30%. A Prefeitura de Tarauacá deve cerca de 90 mil reais aos cofres do DEAS.

OS INVESTIMENTOS PREVISTOS: Tadeu Moreira anunciou aos líderes comunitários que desde 2008 o governo do Estado prepara um projeto que deverá ser executado agora em 2010 em Tarauacá. O projeto visa substituir redes já existentes e instalar novas redes nas áreas que não dispõem. A Empresa MODELE venceu a licitação e o prazo para início das obras se encerra no final de abril.

HIDRÔMETROS – Há também uma proposta que já é realidade em três municípios e que Tarauacá deverá ser o quarto a receber, que é a instalação de hidrômetros (famoso medidor) nas residências que recebem água do departamento.

Professor Sérgio Aragão - Presidente da UMAM

AÇÃO DO MOVIMENTO COMUNITÁRIO:
A UMAM, juntamente com todos os presidentes de associações irá elaborar um documento contendo um “raio x’” da questão da água em Tarauacá, sugerir algumas ações e exigir medidas imediatas para solucionar os problemas enfrentados pela população da cidade, e encaminhar aos poderes públicos para que tomem providências, especialmente, o Governo Estadual.

Um comentário:

Anônimo disse...

a qui em tarauacá tem muita bonba nas casa o Deias tem de fazer uma vistoria nas casa, tambem colocar torneiras nas casa que não tem, porque tem muitas casa que derama água o dia em teiro e falta nas outras.