CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

PSDB PEDE AO TRE ANULAÇÃO DA ELEIÇÃO EM FEIJÓ

22/10/2008 : 19:25
Antonio Stélio
O PSDB acreano protocolou ontem pela manhã, no Tribunal Regional
Eleitoral (TRE), uma ação de investigação judicial eleitoral que, segundo o advogado José Wilson Mendes Leão, é preparatória para a impugnação do último pleito no município de Feijó.
A ação se constitui na única no gênero em todo o Estado, já que não existe, em nenhum outro município, uma ação semelhante, embora o senador Geraldinho Mesquita (PMDB), tenho denunciado, na tribuna do Senado Federal a ocorrência não só em Feijó, mas também no município de Capixaba.
Segundo José Wilson, a eleição em Feijó foi eivada de diversas irregularidades, todas elas em flagrante descumprimento da lei eleitoral. "Entre as ocorrências ilegais está, de maneira descarada, a compra de votos feita de forma maciça no município", alega o advogado dos tucanos.
Outro ponto de desrespeito à legislação eleitoral, segundo o PSDB, está ainda o fechamento da urna de Porto Rubim quando faltavam 15 minutos para às 19 horas. As urnas, por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deveriam ser lacradas às 17 horas em todos os municípios do país.
"O que se constitui em algo mais estranho ainda, é que nesta urna de Porto Rubim, eles expulsaram o único fiscal do PSDB, e o candidato do PT venceu seu adversário, mudando, na última hora o resultado final da eleição", informa José Wilson.

É que em Feijó, o candidato Dindim, do PSDB, liderou de ponta a ponta a eleição, por poucos votos, mas perdeu na reta final da apuração, justamente depois de divulgado o resultado da polêmica urna de Porto Rubim.
Mas, ainda segundo o advogado do PSDB, as denúncias de irregularidades na eleição de Feijó não param por ai, pois "muitas outras ocorrências que feriram frontalmente a legislação eleitoral foram registradas em Feijó".
"O próprio Ministério Público abriu vários processos em relação a eleição em Feijó, e nós juntamos estas ocorrências aos autos. O transporte irregular de eleitores e a doação de cestas básicas, por parte do candidato Juarez Leitão, são alguns desses processos", alega o advogado.
José Wilson informou ainda à nossa reportagem que existe um clamor popular que sustenta muita indignação pelas fraudes em Feijó, e que o próprio candidato tucano, Dindim, tem se esforçado muito para conter a revolta da população feijoense.

"A população de Feijó está revoltada e quer muito fazer manifestações contra essas fraudes eleitorais, mas o próprio Dindim tem pedido calma ao pessoal, e espera o julgamento da justiça eleitoral", informa.
O advogado diz que a revolta no município é tanta que os eleitores, sabendo da fraude, até criaram uma frase que toma conta das esquinas do município. "Em Feijó o prefeito é Dindim, Juarez Leitão ganhou em Porto Rubim", é o mote corrente na cidade, segundo os tucanos.

________________________________________
Redação
redacao@folhadoacre.com

Nenhum comentário: