CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Deracre anuncia fechamento de parte da BR-364

O Departamento Estadual de Estradas e Rodagem do Acre (Deracre) está anunciando o fechamento de trecho da BR-364 para o Vale do Juruá e também o número recorde no transporte de cargas e passageiros este ano.

Segundo o diretor-presidente do Deracre,Marcos Alexandre, no último dia 25 foi suspenso o tráfego de caminhões na BR-364 e que neste verão houve um aumento no número de veículos que trafegaram pela estrada e um aumento de quase 100% no volume de cargas, no trecho entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

Marcos Alexandre lembrou que a estrada abriu este ano para veículos de carga no dia 25 de junho, ficando, portanto, quatro meses com intenso trânsito com carga,bem superior ao mesmo período do ano passado. De acordo com os números parciais estamos com quase 70 mil toneladas transportadas nesses quatro meses.

Até a primeira quinzena de outubro, comparado com o ano passado, segundo Marcos Alexandre, conseguiu-se chegar a cerca de 40 mil toneladas, quase que dobrou o fluxo de carga do ano passado para este ano.

“Nós fizemos o comunicado para todas as cooperativas que fazem transportes de carga à Real Norte, que manteve uma linha regular de ônibus até Manuel Urbano e Feijó, enfim, a todos os setores que utilizam a estrada de forma antecipada, que a partir do dia 25 o trânsito seria interrompido nesse trecho”, disse o diretor.

Continua ainda o trânsito de veículos leves, como toyotas e camionetes. Também o Deracre está dando manutenção em algum segmento da estrada para que esses veículos leves continuem transitando, principalmente, até o município de Manuel Urbano.

Outra informação é que nesse período as obras não cessaram, as máquinas avançam ainda no trecho de terraplanagem na medida que as chuvas permitam. Estão sendo concluídas também as obras de artes. (I.N.)


________________________________________
Tráfego entre Feijó e Tarauacá garantido

Com relação ao trecho de Feijó a Cruzeiro do Sul, o diretor afirma que a exemplo do ano passado o tráfego de veículos permanece mesmo no período do inverno.

De acordo o diretor do Deracre, agora é o período das empresas fazerem o planejamento para o próximo verão, dando manutenção à máquinas e comprando os insumos possíveis para aproveitar ao máximo o período de estiagem de 2009.

No ano passado, segundo Marcos Alexandre, foram concluídos 124 quilômetros de rodovia entre Tarauacá e Rio Liberdade, ligando, de inverno a verão, o trecho Feijó-Cruzeiro do Sul, depois de muito tempo. Essa ligação permanece sem nenhum problema, e o único trecho que fica interrompido nesse inverno é de Sena Madureira e de Feijó.

“Nós estamos reunindo todas as empresas para que elas façam a aquisição dos principais insumos no inverno, como a gente tem feito nos últimos anos. A brita, por exemplo, estamos organizando para que ocorra o transporte e fique estocada na região de Sena Madureira, a mesma coisa com outros insumos, de forma que no momento certo estejam próximos aos locais das obras”, disse Marcos Alexandre.

O diretor afirmou também que dos 652 quilômetros que separam Rio Branco de Cruzeiro do Sul, hoje já existem 448 quilômetros, cerca de 70% da estrada com tráfego de veículos tanto no inverno quanto no verão.

“As obras de galerias, pontes, drenagem e base das balsas flutuantes continuam sendo realizadas e pelo menos quatro equipes com patrulhas mecanizadas estarão de plantão para alguma eventualidade que ocorra durante o inverno”, concluiu Marcos Alexandre, diretor-presidente do Deracre.

Nenhum comentário: