CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 22 de março de 2021

Governo do Acre convoca 200 aprovados do cadastro de reserva do concurso da Polícia Militar

Mais um importante avanço foi consolidado para a Segurança Pública do Acre. O governo do Estado fez a convocação de 200 aprovados no cadastro de reserva do concurso da Polícia Militar. O chamamento foi publicado em edição extra do Diário Oficial, nesta sexta-feira, 19.

Governo do Estado fez a convocação de 200 aprovados do cadastro de reserva do último concurso da Polícia Militar Foto: Marcos Vicentti/Secom

Do total de vagas disponibilizadas, 160 serão preenchidas por candidatos homens e as outras 40 para mulheres. As inscrições para o curso de formação de aluno soldado serão realizadas entre os dias 1º de junho e 15 de julho, no Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública e Justiça (Cieps), em Rio Branco.

O anúncio foi realizado pelo líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Pedro Longo, e contou com a participação do secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cezar Rocha dos Santos, do comandante da Polícia Militar, coronel Paulo César Gomes, do secretário de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão, e do representante da comissão do cadastro de reserva do concurso, Leandro Mendonça.

Líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Pedro Longo falou dos esforços do governador Gladson Cameli para garantir a convocação Foto: Marcos Vicentti/Secom

Em sua fala, Pedro Longo destacou os esforços do governador Gladson Cameli e sua equipe para assegurar a convocação dos futuros militares. De acordo com o parlamentar, todos os trâmites foram feitos dentro da legalidade e em obediência a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“O chamamento destes aprovados em cadastro de reserva foi muito bem conduzido e contou com o acompanhamento do próprio governador Gladson Cameli. Isso demonstra a seriedade e transparência que esta gestão possui não só com os concursando, mas com a sociedade acreana”, destacou.

O deputado esclareceu ainda que os demais convocados serão transferidos para o preenchimento de 125 vagas no Corpo de Bombeiros Militar. Um projeto de lei regulamento a mudança será enviado para votação na Assembleia Legislativa. Ainda de acordo com Pedro Longo, não há prazo estabelecido para o futuro chamamento.

Secretário Paulo Cezar Rocha dos Santos lembrou que o governo de Gladson Cameli realizou cinco convocações para a área da Segurança Pública nos últimos dois anos, garantindo a contratação de mais de 700 novos policiais militares e civis Foto: Marcos Vicentti/Secom

Já o secretário Paulo Cezar Rocha dos Santos lembrou que mesmo em meio a uma crise econômica, agravada pela pandemia do coronavírus, o Acre, diferente de muitos outros estados do país, realiza a contratação de novos profissionais e reforça o efetivo de suas forças policiais.

“Somente na gestão do governador Gladson Cameli, esta é a quinta convocação para a área da Segurança Pública. Nos últimos dois anos, são mais de 700 novos profissionais para as polícias Militar e Civil. Essa é mais uma demonstração de respeito com a segurança e, sobretudo, com a população”, frisou.

Expectativa do comandante da PMAC é que os futuros policiais devem atuar nas ruas até o fim do primeiro semestre do próximo ano Foto: Marcos Vicentti/Secom

O comandante da PM comemorou a convocação e comentou sobre a expectativa para que os novos policiais atuem em defesa da sociedade. “Diante do nosso atual efetivo, recebemos esse anúncio do governo do Estado com muita satisfação. Se tudo ocorrer dentro do programado, o curso de formação deverá ser iniciado em setembro e esperamos contar com estes profissionais em abril de 2022. Tudo dependerá da situação da pandemia”, explicou coronel Paulo César Gomes.

Ricardo Brandão, titular da Seplag, afirmou que a convocação passou por um criterioso estudo de impacto econômico de maneira que os compromissos financeiros do Estado, principalmente a folha de pagamento dos servidores públicos, não serão comprometidas.

Secretário Ricardo Brandão explicou que convocação não compromete os compromissos financeiros do Estado Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Gostaria de destacar a ousadia do governador Gladson Cameli, que sempre tratou este assunto como prioridade. Estamos realizando uma convocação extremamente técnica e com a segurança jurídica necessária. Desta forma, estamos assegurando a saúde financeira do Estado e cumprindo o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal”, ressaltou.

Em nome dos convocados, Leandro Mendonça disse aguardar por esse momento com muita expectativa. Na oportunidade, agradeceu o governador Gladson Cameli pelo empenho e argumentou que a sociedade do Acre poderá contar com a dedicação dos futuros 200 policiais militares.

Leandro Mendonça, um dos convocados, agradeceu a determinação do governador Gladson Cameli e afirmou que a sociedade acreana poderá contar com a dedicação dos futuros policiais militares Foto: Marcos Vicentti/Secom

“O governador Gladson Cameli sempre nos tratou com respeito e foi muito verdadeiro sobre tudo que estava acontecendo. Hoje é um dia muito especial para todos nós e representa a realização de um sonho. A população pode ter a certeza que contarão com profissionais muito comprometidos em defendê-la”, declarou.

Agência/Acre

Nenhum comentário: