CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Bolsonaro garante a Gladson Cameli total apoio para obras no Acre

Governador Gladson Cameli em reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta terça-feira Foto: Marcos Corrêa/PR.

Da Agência/Acre: Um dos principais pedidos ao presidente Bolsonaro foi de apoio para a conclusão da nova maternidade em Rio Branco

O Estado do Acre vai ser um dos primeiros a receber as doses de vacina contra a Covid-19, a partir de janeiro de 2021. A informação foi dada diretamente pelo presidente Jair Bolsonaro ao governador Gladson Cameli, no início da tarde desta terça-feira, 6, em audiência no Palácio do Planalto.

Jair Bolsonaro se disse “feliz em rever o amigo Gladson” e, como ponto primeiro da pauta, Cameli solicitou apoio ao presidente para as obras da nova maternidade da capital. Conforme o governador explicou ao presidente, faltam R$ 25 milhões para a execução total do projeto. Bolsonaro determinou que fossem feitas as tratativas junto aos ministérios competentes e garantiu que fará o possível para que a obra siga seu cronograma. 

Cameli também solicitou ao presidente que abra um mapa de obras para o Estado do Acre, no tocante às rodovias estaduais. Gladson lembrou a Jair que, durante o inverno amazônico, a maioria das estradas se torna quase que intrafegável, prejudicando até mesmo a produção agrícola pela falta de escoamento da produção.

Com relação ao aumento nos focos de queimadas, Gladson explicou ao chefe do Executivo que o estado tem usado os recursos que tem, e pediu para que ele reforce com o ministro Ricardo Salles um programa de combate às queimadas no Acre.

Covid-19

Bolsonaro também fez questão de dizer ao governador que o Acre será um dos primeiros estados a receber a vacina que está sendo finalizada no Instituto Butantã. “O Acre terá sua vacina contra a Covid-19 a partir de meados de janeiro, se Deus quiser”, disse.

Para completar a sua “lista de pedidos”, como ele mesmo disse, Gladson enfatizou o convite para que o presidente inaugure a ponte sobre o Rio Abunã em dezembro próximo, salientando que “aquela obra é um anseio de décadas das populações dos estados do Acre e Rondônia”. 

Nenhum comentário: