CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 16 de junho de 2020

Polícia Civil investiga pelo menos outros três casos de abuso contra menores na região do Juruá


A prisão de um homem identificado como “Liu” na noite da ultima quarta-feira, 10, na zona rural de Rodrigues Alves, acusado de abusar sexualmente das três filhas chegando, inclusive, a ter um filho com uma delas, fez com que pelo menos outros três casos semelhantes fossem denunciados ao delegado José Obetânio, titular da Delegacia de Mâncio Lima.

José Obetânio, que foi o responsável por coordenar a prisão do pedófilo revelou que o acusado confessou os crimes em depoimento, inclusive detalhando como aconteciam os abusos. No momento da prisão, os policiais flagraram o acusado despido dentro de uma rede no mesmo ambiente em que as filhas estavam.

O delegado revelou ainda que após noticiada a prisão de “Liu” outros casos semelhantes foram denunciados na delegacia e que já estão sendo investigados. Em um desses casos a representação pela prisão do acusado já foi encaminhada ao Judiciário estadual.

“São crimes bárbaros praticados contra crianças e que não vamos tolerar. Vamos investigar toda e qualquer denuncia que chegar ao nosso conhecimento e se ficar comprovado os abusos os autores serão levados à Justiça”, enfatizou o delegado.

A autoridade policial revelou ainda que o resultado do exame de conjunção carnal realizado nas três vítimas confirmou os abusos, apontando também lesões recentes na filha mais nova, de apenas 11 anos.

O Delegado-Geral da Polícia Civil do Acre, José Henrique Maciel Ferreira enalteceu o trabalho realizado pela equipe da delegacia de Mâncio Lima e ressaltou a manutenção dos trabalhos da Polícia Civil mesmo durante a pandemia.

“Excelente trabalho realizado pelos investigadores e delegado em Mâncio Lima. Não permitiremos que crimes de qualquer natureza acontecem sem uma punição, principalmente crimes contra a dignidade humana e praticados contra crianças. Continuaremos trabalhando com a mesma dedicação e compromisso para levar mais segurança a população, mesmo em tempos de pandemia”, destacou Henrique Maciel.

(Assessoria Polícia Civil)

Nenhum comentário: