CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sábado, 28 de novembro de 2009

Município de Jordão terá agência da Caixa


Prefeito Hilário Melo e vereadores buscam parceria



O município de Jordão, um dos mais isolados do Estado, deve ganhar em breve uma agência da Caixa Econômica. Um protocolo de intenções foi firmado na manhã de ontem entre o prefeito da cidade, Hilário Melo, e o superintende da Caixa no Acre, Aurélio Cruz. O evento contou com a presença de cinco vereadores, de oposição e situação. Todos apóiam a iniciativa, pois acreditam que a presença da instituição financeira dará um novo impulso na economia da cidade.
Na quinta-feira, Aurélio Cruz recebeu uma comitiva de três vereadores, entre eles o presidente da Câmara, Edvan da Rocha Silva, o Matias, do Partido dos Trabalhadores (PT). Acompanharam os vereadores João Alves Cordeiro, do Partido Popular Socialista (PPS) e Ademir Batista, também do PT. Os três buscaram informações sobre a viabilidade da presença da Caixa na cidade. De Aurélio Cruz receberam a informação de que desde o ano passado a instituição se prepara para se instalar no Jordão. “A presença da Caixa em Jordão foi definida durante a sessão do programa Assembleia Aberta, realizada pela Assembleia Legislativa do Acre. Naquela oportunidade definimos que a instalação se dará numa parceria da Caixa com a prefeitura. Está parceria está caminhando e precisamos agora que a administração municipal defina local adequado para a instalação da agência”, garantiu Aurélio Cruz.
Hilário Melo garantiu que a prefeitura disponibilizará espaço adequado. Garantiu ainda que, se nenhuma edificação na cidade for compatível com o que exige a instituição, um novo prédio será construído.
Prefeitos, vereadores e o próprio superintendente admitem que a presença da Caixa na cidade poderá dar um grande impulso na economia de Jordão. Hilário e os vereadores argumentam que grande parte dos recursos da cidade são transferidas para Tarauacá, pois é onde se encontra a agência bancária mais próxima. “Quando precisamos pagar uma conta, temos que procurar os bancos de Taruacá. Daí, o dinheiro fica por lá e não na nossa cidade”, explicou o prefeito. Outro problema é que as contas acabam sempre sendo pagas com atraso, pois o acesso à Tarauacá só se dá de barco ou de avião. A passagem de avião é cara e, de barco, leva-se pelo menos três dias de navegação até lá.
Mais do que a simples comodidade para o pagamento de contas, uma agência da Caixa Econômica na cidade deverá alavancar as atividades do comércio, financiar atividades empreendedoras e contribuir com a economia individual do cidadão, haja vista que a instituição oferece diversas linhas de crédito que vão do simples empréstimo consignado à financiamento de imóveis. A Caixa será uma agência de fomento, dado ao grande número de possibilidades e viabilidades econômicas que oferecerá à cidade e à sua população.
“Entendemos que a Caixa deve estar em todos os municípios acreanos, pois ela é uma instituição financeira que não visa apenas o lucro, mas o desenvolvimento social do país. Neste sentido estamos obtendo êxito, pois contamos com o apoio dos prefeitos e das bancadas parlamentares nos municípios, bem como apoio das bancadas estadual e federal”, ressaltou Aurélio Cruz.

Por Tião Vitor - tiaovitor@pagina20.com.br

fonte: Página20

Nenhum comentário: