CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sábado, 8 de julho de 2017

TARAUACÁ: EM ASSEMBLÉIA E POR DIFERENÇA MÍNIMA, CATEGORIA VOTA PELA CONTINUAÇÃO DA GREVE DA EDUCAÇÃO.


Depois que Servidores da Educação Municipal anunciaram a paralisação de suas atividades na quarta feira (5), deflagrando uma greve por tempo indeterminado, a categoria voltou a se reunir na tarde desta sexta feira, 7 de junho, para avaliar o resultado de uma reunião entre diretoria do Sinteac e Prefeitura, que resultou numa nova proposta de reajuste salarial, oferecida pelo governo.

Um reajuste linear correspondente a 6% (seis por cento) para toda a categoria, sendo que 3% (três por cento) seriam pagos em julho de 2017 e os outros 3% (três por cento) seriam pagos em janeiro de 2018. Na proposta, estariam suspensas ainda as medidas administrativas de corte de gratificações dos servidores em disfunção e outras.

Participaram também da assembléia, o vice prefeito Chico Batista acompanhado do Secretário Municipal de Rosenir Arsênio e do Secretário de finanças Raimundo Vitorino, onde apresentaram a proposta e as justificativas da administração.

Depois de longo debate, a diretoria do Sinteac colocou a proposta em votação para que os servidores presentes pudessem decidir pela aceitação ou rejeição.

Dos 92 servidores que votaram, 47, foram a favor da aceitação da proposta e 48 votaram pela sua rejeição. Mesmo por diferença mínima, que demonstra a divisão da categoria, a greve continua.

A direção do Sinteac deve continuar negociando até que se chegue a uma proposta que tenha apoio da maioria.

fonte: Portal Tarauacá

Nenhum comentário: