CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 2 de março de 2017

Deputados da base de governo questionam ritmo da convocação de novos servidores para área de saúde

Os deputados da base de governo, Jenilson Leite (PCdoB), Raimundinho da Saúde (PTN) e Jesus Sérgio (PDT) questionaram na manhã desta quinta-feira (2) o ritmo da convocação de novos servidores concursados para ocupar as vagas dos quase 300 servidores com contratos irregulares na área de saúde que foram demitidos após recomendação do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC).

Segundo Raimundinho da Saúde, “lá em Cruzeiro do Sul foram demitidos 28 técnicos, o município tem um déficit de 100, mas contrataram apenas cinco técnicos. Em Rio Branco a mesma coisa. Temos pessoas morrendo, trabalhando exaustivamente, sem condições de saúde, mas para aumentar a renda fazem plantão extra. Pode acontecer problemas sérios para quem precisa de atendimento de saúde”, enfatiza.

Jenilson Leite destaca que “recebi muitas ligações de Tarauacá e Jordão, municípios que não tiveram um único convocado. Na reunião da comissão de saúde com o secretário de saúde e a secretária Sawana Carvalho, vamos pedir que se convoque o máximo de gente possível, se é questão burocrática a gente entende, mas precisamos saber porque demitiram 300 e convocaram apenas 120”, destaca.

Jesus Sérgio afirma que a situação é preocupante, já que em alguns casos, o governo teria renovado o contrato de profissionais demitidos por mais três meses para fazer treinamento, mas as aulas práticas para os concursados ainda não teriam começado. “Algumas áreas poderão sofrer com a carências de servidores. Precisamos acelerar as convocações e treinamento dos novos servidores”, finaliza.
Ac 24 horas 

Nenhum comentário: