CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Nazareth Araújo vistoria áreas alagadas e abrigos no interior do estado

Vice-governadora acompanhou o trabalho da Defesa Civil em Cruzeiro do Sul (Foto: Onofre Brito/Secom)
Agência - Acre - A três centímetros de atingir a cota história de 14,18 metros, O Rio Juruá em Cruzeiro do Sul já inundou 13 bairros, vitimando 425 famílias no município. Já em Tarauacá, o manancial que recebe o mesmo nome da cidade afetou diretamente 123 pessoas, alojadas em dois abrigos públicos.

Na manhã desta terça-feira, 31, a vice-governadora Nazareth Araújo visitou áreas alagadas e abrigos públicos, instalados nos municípios para amparar as vítimas das enchentes.

O abrigo, administrado pela prefeitura de Cruzeiro do Sul, ampara 50 famílias no Ginásio Poliesportivo Elailton Negreiros de Lima, que totalizam 247 pessoas. No local são ofertados serviços de saúde, social e alimentação. As vítimas da enchente estão sendo assistidas pela Defesa Civil Estadual e são removidas de suas residências pelo Corpo de Bombeiros Militar do Acre.

Com o aumento do volume de água do Rio Juruá, estima-se que outras famílias sejam afetadas, por isso um novo abrigo foi improvisado na antiga Santa Casa de Cruzeiro do Sul, com disposição para alojar 40 famílias.

O consumo de água potável às vítimas da alagação tem sido assegurado pelo Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa).

O cadastramento das pessoas atingidas pela cheia é realizado pelo Corpo de Bombeiros. A Defesa Civil Estadual está auxiliando o município na coleta de dados, para que o decreto de emergência seja reconhecido pelo governo federal.

Elisangela Gomes Maça, de 31 anos, está no abrigo há três dias com os filhos e afirma que só retorna para casa quando a situação estiver normalizada. “Jamais colocaria a vida dos meus filhos em risco. Aqui estamos seguros”, frisou.

A vice-governadora Nazareth Araújo reforçou o pedido de cuidado à vida. “A vida é o bem mais precioso, por isso a gente pede para que as pessoas não tentem realizar a religação clandestina de energia elétrica. Isso coloca em risco a vida tanto das equipes que realizam a assistência quanto dos atingidos pela enchente”, observou.

Nazareth destacou ainda a realização de uma campanha de arrecadação, encabeçada pela primeira-dama do Estado, Marlúcia Cândida, por meio do Acre Solidário, que visa angariar recursos às vítimas de alagações no Acre.

As visitas foram acompanhadas pelo coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Carlos Batista, e pelo prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, que agradeceu o apoio do governador Tião Viana e o empenho dos órgãos de proteção e defesa.

Em Tarauacá foram instalados dois abrigos públicos, nas escolas José Augusto de Araújo e João Ribeiro. Um administrado pela prefeitura e o outro pelo governo do Estado. Na cidade, 21 famílias foram removidas de suas residências.

Nesta terça-feira, 31, o Rio Tarauacá apresentou sinais de vazante, registrando a marca de 10, 55 metros. O município também recebe suporte da Defesa Civil Estadual. Durante a agenda no município, Nazareth Araújo se reuniu com vereadores, vice-prefeito Chico Batista e Corpo de Bombeiros para avaliar a situação e traçar estratégias de redução dos danos causados pela cheia.

Nenhum comentário: