CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Governo leva capacitação a comunidade do Rio Muru em Tarauacá

Produtores rurais do Rio Muru em Tarauacá participaram de diversas atividades (foto cedida)
Agencia Acre - A Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), em parceria com a empresa de assistência técnica Ekoar, realizou, durante quatro dias, diversas atividades de capacitação, visitas técnicas e ações de extensão rural na comunidade Semeada, às margens do Rio Muru em Tarauacá.

Os produtores rurais foram contemplados com recursos do Programa de Inclusão Social e Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado do Acre (Proacre), por meio de um Plano de Desenvolvimento Comunitário (PDC).

Ao todo, 35 famílias produtoras rurais da região passaram pelas atividades de assistência técnica, reuniões temáticas e oficinas de roçados sustentáveis.

O PDC na comunidade envolve seis cadeias produtivas: escoamento da produção, avicultura, beneficiamento de grãos, produção de farinha, roçado sustentável e armazenamento da produção.

As atividades fazem parte do acompanhamento técnico e da assistência técnica necessários para o bom uso dos equipamentos recebidos por meio do programa e do acompanhamento do crescimento da produção e da renda das famílias beneficiadas.

Maria Alves, presidente da associação de produtores rurais, conta como a vida dos produtores mudou após a chegada dos investimentos na comunidade. “Nossa vida melhorou muito, pois agora cada produtor tem condições de produzir mais e melhor.”

A comunidade foi beneficiada com a doação de kits de casa de farinha, peladeira de arroz e sementes de mucuna, entre outros investimentos.
Recuperação de áreas degradadas e diversificação da produção

Um dos objetivos do programa é incentivar a recuperação de áreas degradadas, por meio da implantação de roçados sustentáveis e fazer com que os produtores apostem na diversificação da produção com o objetivo de melhorar a renda das famílias.

“Essa é uma das nossas orientações. Fizemos a análise financeira de algumas famílias e constatamos a melhoria na qualidade de vida dessas pessoas”, afirma Giliarde Lima, técnico em agroecologia.

O gerente da Seaprof em Tarauacá, Narcélio Silva, explica como a parceria com a empresa de assistência técnica tem sido importante para acompanhar o andamento dos programas implantados pelo governo na região.

“Temos essa parceria tanto no Fundo Amazônia, onde atendemos aqui 775 famílias, como também no Proacre. É de grande importância, para que tenhamos o acompanhamento da utilização dos equipamentos e a oferta de cursos que capacitam nossos produtores”, destaca Silva.

Nenhum comentário: