CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Coronel Ulysses entrega carta de demissão



Luis Carlos Moreira Jorge/AC24Horas - “Prefiro ficar com a tropa”. Foi esta, a reação do subcomandante da PM, coronel Ulisses Araújo, ao justificar nesta segunda-feira ao BLOG DO CRICA, a entrega do seu pedido de exoneração do cargo que vinha exercendo com a simpatia da população, por fazer questão de sempre estar à frente das operações da PM. Um dos motivos alegados para a sua decisão foi que, discorda da forma com a PM vem sendo comandada, mas a gota de água que o levou a deixar o cargo de confiança que ocupava, foi o corte pelo governo da “etapa alimentação” dos policiais militares. A medida atingirá toda a corporação ativa e ainda os mais de mil policiais militares aposentados. Em alguns casos terá PM que sofrerá um corte de 850 reais relativos ao corte do pagamento do benefício. “Eu prefiro ficar ao lado da tropa, com a qual estou no dia a dia; sei das suas dificuldades, do que ficar com o comando da PM, que não se insurgiu contra o fim da chamada “etapa alimentação” pelo governo”, pontuou o coronel Ulisses. Na sua avaliação, para termos um policiamento mais eficaz a PM teria que ter um carro baseado em cada bairro da cidade. Hoje a PM tem apenas 30 carros operando. Depois que conversei com o coronel Ulisses disparei telefonemas para vários amigos PMs e todos elogiando a decisão tomada por ele, pela solidariedade à tropa, já que poderia ficar comodamente no cargo de subcomandante sem importar-se com a tropa.

Nenhum comentário: