CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

TARAUACÁ: 55X13 ( MAIS UM ROUND)

AC24HORAS - As eleições terminaram em outubro, mas o clima político em Tarauacá entre os dois principais grupos, o do atual prefeito Rodrigo Damasceno (PT), derrotado no pleito passado, e o da prefeita eleita Marilete Vitorino (PSD), continua quente e disputado.

Dessa vez, a polêmica gira em torno da convocação para o dia 20 de dezembro das mais de 100 pessoas que passaram no concurso público feito em 2014 pela Secretaria Municipal de Educação. Será um dos últimos atos do atual prefeito da cidade.

Ocorre que para Marilete Vitorino, prefeita eleita, a contratação neste momento de crise é irresponsável. Ela informou que vai entrar com um mandado de segurança junto à Justiça para que a posse das pessoas seja prorrogada para o mês de fevereiro.

Eu não sei como estão as contas. Numa crise dessa que nós estamos, esses convocados vão receber parte do mês de dezembro e todo o mês de janeiro sem trabalhar?! Eu vou convocar sim, mas só em fevereiro”, disse.

Em sua página no Facebook, Rodrigo Damasceno alimentou o desejo das mais de 100 pessoas e convidou-as para serem empossados em seus cargos.

Rodrigo disse ainda que Marilete teria se reunido com as pessoas que passaram no concurso pedindo para que elas não participem da posse convocada por ele. “A argumentação é de que a nossa convocação estaria infringido a lei nos três meses antes e três meses depois das eleições e que em fevereiro ela faria essa convocação. Não posso homologar, mas posso convocar. Separarem a documentação”, concluiu o petista ao fazer o chamamento.

Nenhum comentário: