CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Licitação para a recuperação da BR-364 será aberta nesta quarta

Obras de recuperação e manutenção da BR-364 são resultado de um esforço do governador Tião Viana pela integração do Acre (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Em mais um passo decisivo para a recuperação e manutenção da BR-364 entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) se prepara para abrir as propostas recebidas pelas empresas que estão concorrendo na licitação nesta quarta-feira, 21. As obras estão orçadas em quase R$ 300 milhões.

A recuperação da rodovia é um esforço pessoal do governador Tião Viana, que tem trabalhado incansavelmente pela manutenção da BR-364 junto ao Dnit e ao governo federal, ainda na gestão da presidente Dilma Rousseff.

Vale lembrar que foi no governo de Tião Viana que a BR-364 entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul passou a ficar aberta o ano inteiro, sem mais o fechamento de parte do seu trecho durante o período de chuvas.

Segundo o supervisor do Dnit no Acre, Tiago Caetano, as empresas estão apresentando propostas para assumir os seis trechos em que a rodovia foi dividida, por meio do Programa de Contratação, Restauração e Manutenção por Resultados (Crema). Os contratos terão duração de três anos.

“A expectativa é de que seja um processo bastante rápido. Depois que as propostas forem abertas, as empresas serão escolhidas, e esperamos que na sexta-feira a gente já saiba quais serão as empresas a assumir o processo”, conta Tiago.

Com o seguimento correto, o processo licitatório deve se encerrar em outubro, para que as obras já comecem em novembro. O programa Crema será capaz de assegurar a manutenção das boas condições da rodovia por um prazo que pode ser superior a três anos.

No primeiro ano de obras, será feita toda a recuperação dos trechos. Já nos dois anos seguintes, as empresas ficarão responsáveis pela manutenção da obra.

Histórico de esforços

A abertura definitiva da BR-364 foi responsável por uma revolução no sistema de transportes e serviços em todo o Acre (Foto: Arison Jarsim/Secom)
Os mais de 630 quilômetros de estrada entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul representam a integração de quase todo o Acre.

Com o esforço contínuo do governo do Estado, todas as cidades em sua extensão passaram por significativas transformações, vendo uma mudança na chegada de mercadorias e serviços, o escoamento da produção rural e a possibilidade de locomoção de pessoas de forma mais fácil.

Em maio de 2015, Tião Viana buscou ajuda diretamente com a então presidente da República, Dilma Rousseff, e o Ministério dos Transportes, conseguindo a liberação imediata de R$ 78 milhões, que foram aplicados em obras emergenciais.

Para este ano, ainda junto à presidente, ele havia assegurado a liberação de R$ 230 milhões, para que os trabalhos fossem realizados na principal rodovia de integração do Acre.

Nenhum comentário: