CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quinta-feira, 28 de junho de 2012

PDT e PSDC oficializam bloco independente e entregam liderança dos partidos na Aleac

O bloco independente de deputados estaduais foi oficializado na manhã desta quarta-feira, 27, na Aleac. Os deputados Walter Prado (PDT) e Edvaldo Souza (PSDC) entregaram a liderança dos partidos na Casa e protocolaram requerimento junto a Mesa Diretora.
Os dois partidos fazem parte da base de sustentação do governador Sebastião Viana (PT). Nos últimos dias, se instalou um clima de intranquilidade entre os partidos e a cúpula da FPA. Os deputados reivindicam mais espaço e poder para indicar candidatos no interior do Acre.

Segundo Walter Prado, ele teria sido destituído da liderança do partido pelo presidente do PDT, que na manhã de hoje, declarou que não faria mais parte da base do governo na Aleac. “Fui destituído pelo meu presidente. A decisão é para oficializar o bloco socialista”, diz Prado.
Eber Machado e Edvaldo Souza, do PSDC destacaram que até o mês de outubro, o partido permanecerá como está, mas depois deste prazo, novas definições decidirão o redirecionamento dos sociais democratas referente a alianças políticas.
PDT e PSDC estariam descontentes com a condução das escolhas dos candidatos a prefeituras do interior. Os pedetistas reivindicam no âmbito da FPA, a escolha dos candidatos nos municípios de Tarauacá e Capixaba, onde teriam chances teóricas de vitória.
Já o PSDC não abre mão do nome de Messias Ribeiro, em Brasileia, candidatura defendida pelo deputado Edvaldo Souza. O município de Acrelância é o segundo alvo dos sociais democratas. Eber Machado quer manter a indicação do pecuarista Eudalino Nogueira.
A queda de braços dos partidos com a FPA vem rendendo baixas políticas dos dois lados. As brigas internas que seriam uma prática dos partidos de oposição se tornou fato corriqueiro na relação dos 11 partidos que integram a Frente Popular.

Nenhum comentário: