CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Ministério Público oferece denúncia contra o jovem Renato Figueiredo que atirou na boca da namorada em Tarauacá



O Ministério Público do Estado do Acre, por intermédio do Promotor de Justiça Dr. Efrain Mendoza Mendivil Filho, com fundamento no art. 129, inciso I, da Constituição Federal e art. 24, do Código de Processo Penal, com base no inquérito policial ofereceu na data de hoje (27 de maio de 2009) denúncia em face de RENATO FIGUEIREDO TEIXEIRA, atualmente recluso na Penitenciária Moacir Prado em Tarauacá, considerando que no dia 11 de abril de 2009, por volta das 22 horas e 30 minutos, na Br 364 trecho/sentido Tarauacá-Cruzeiro do Sul, próximo ao local denominado “Violão”, nesta cidade, o denunciado, livre e consciente, utilizando-se de um revólver calibre 38, efetuou um disparo contra a vítima Steyce Nayara Fontenele Nascimento.
O denunciado agiu pela futilidade, eis que a motivação do crime residiu num desentendimento banal com a vítima com a qual mantinha um relacionamento amoroso e, ainda, agiu premeditadamente, à traição, buscando a vítima em casa, levando-a ao lugar do crime e, sem a presença de terceiros poderia consumar seu desiderato criminoso.
Renato está sendo denunciado em 03 crimes:
1. Tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil (art. 121, § 2º, incisos II e IV, c/c art. 14, caput, inciso II do Código Penal)
2. Crime Hediondo (art. 1º, da Lei 8.072/90)
3. Lei Maria da Penha (art. 5 – Lei 11.340/2006)

O Promotor requer a citação do denunciado para responder a todos os termos da Ação Penal observando o devido processo legal para ser submetido a julgamento perante o Tribunal do Júri.

STEYCE CONTINUA SE RECUPERANDO


Hoje, no final da tarde, entrei em contado com a Mãe de Steyce Naiara, Sra. Rosa Fontenele.

Steyce já passou por um processo cirúrgico para correção da mandíbula atingida pelo disparo e amanhã deve retirar os pontos.

Em relação à retirada da bala alojada na segunda vértebra, Steyce já se submeteu a exames através de tomografias, radiografias e ainda vai passar por uma ressonância.

Nesta terça feira os médicos vão em busca de uma autorização para a primeira tentativa de retirada do projétil.

Dona Rosa afirma que Steyce e toda a família estão muito otimistas com o tratamento. A operação para retirada do projétil é muito delicada.

Perguntada sob a denúncia do Ministério Público contra Renato, Dona Rosa foi taxativa: “nos queremos agora somente cuidar da Steyce, quanto ao rapaz, a acreditamos na justiça e ela deve tomar suas providências”


Fonte: Assessoria do Ministério Público Estadual

Um comentário:

Sanderson disse...

Caro amigo Accioly

Quanto ao posicionamento da defesa a respeito da denúncia do Ministério Público contra meu constituinte, Renato Figueiredo Teixeira, tenho a dizer:

Se me manifestarei quanto ao mérito da causa em juízo demonstrando provas favoráveis ao Renato.

É comum que em meios as paixões que foram despertadas com o episódio, o acusado seja acusado, julgado e condenado, antes mesmo do Júri Popular decidir.

Mas creio eu que o tempo se encarrega de serenar os ânimos, abrindo melhor espaço para a manifestação da verdade, que é como todos nós sabemos, a mãe da justiça.

Trata-se de um drama envolvendo dois jovens de duas famílias de bem de nossa querida Tarauacá. Peço a Deus pela recuperação da jovem Steyce.

E nunca deixei de confiar na Justiça do Júri de nossa Tarauacá, sempre firme e corajoso, quando é para decidir da maneira correta.

Aos amigos e familiares de Renato, podem contar com a defesa persistente e dedicada deste profissional, visando alcançar a mais justa decisão para o presente caso.

Forte abraços aos meus conterrâneos.

Sanderson Moura