CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

TARAUACÁ: CRIADOR DA 'TEORIA DO ENRIQUECIMENTO ACELERADO' DARÁ INÍCIO À PARTE PRÁTICA DO TRABALHO

Professor e Economista Edson Menezes
Contagem regressiva.
 
Está chegando a hora mais esperada por todos, sobre a "Teoria do Enriquecimento Acelerado". criada pelo Professor Edson Menezes, um economista formado pela UFAC que depois de nove anos de estudos e pesquisas a respeito da pobreza e das desigualdades sociais no Brasil, chega à conclusão de seu trabalho cientifico para reduzir a mesma. 

Edson será a própria cobaia da experiência
Edson, um baiano radicado em Tarauacá há muitos anos, é o criador da TEORIA DO ENRIQUECIMENTO ACELERADO, fundamentado nos estudos da Adam Smith, Karl Marx, Lavoisier e da Teoria do consumidor. Sua tese baseia-se em quatro pilares básicos e indicadores da economia que deram forma à TEORIA DO ENRIQUECIMENTO ACELERADO.

1 - A margem de sacrifício igual ou superior 50% da renda do individuo; 

2 - O investimento no domínio de todas as etapas possíveis de uma cadeia produtiva;

3 - O cruzamento entre cadeias produtivas diferentes que se completam;

4 - A reprodução de novos ciclos de investimentos a partir dos excedentes econômicos dentro de períodos pré – estabelecidos;


VEI COMEÇAR A PARTE PRÁTICA - Para aqueles que acreditam, os que não 'botam fé' e para aqueles que estão em 'cima do muro', o professor promete provar na prática a eficiência da teoria.  Será que vai da certo?Ou será que vai da errado? É o que saberemos em breve. 

Neste primeiro dia de março de 2017, o professor dará início a parte empírica da teoria, ou seja, a prática e seus resultados.

O Professor Edson Menezes, além de criador será o próprio cobaia da experiência. 

O que irá acontecer? 
Será que o professor vai ficar rico ou continuará pobre?

Só o tempo dirá. Por isso, convocamos todos os curiosos que acompanhem os trabalhos daqui para frente e sejam testemunhas oculares deste feito, que tem por objetivo diminuir as desigualdades sociais do município, num futuro bem próximo.

TARAUACÁ: SUCURI ENCONTRADA NO MUNICÍPIO


TARAUACÁ: COBRA SUCURI ENCONTRADA NO BAIRRO DO CORCOVADO, ASSUSTA MORADORES


Uma cobra sucuri de cerca de 5,5m, apareceu nesta terça feira, 28 de fevereiro, em Tarauacá e assustou moradores da região do Bairro do Corcovado. Acredita-se que o aparecimento do animal é por conta da enchente do rio Tarauacá. 


Era por volta das 14:30 horas, quando populares a avistaram atravessando a BR 364 e chamaram o Corpo de Bombeiros. Ao chegaram no local os bombeiros imobilizaram o animal, a colocaram na viatura e devolveram para as águas do Rio Tarauacá. 



De acordo com informações do corpo de bombeiros não é comum uma sucuri desse tamanho nessa região. "Esse é o procedimento que nós devemos ter nesses casos. Como não há no município um setor responsável para acolhimento desses animais, ela foi devolvida para seu habitat natural", disse um dos homens do corpo de bombeiros.


Anaconda ou Sucuri

A sucuri tem nomes diferentes em lugares diferentes. Ela também é chamada de anaconda, aribóia, boiaçu, boiuna, sucuriju, e é uma cobra sul-americana da família Boidae. É famosa pelo seu tamanho e agressividade, bem divulgados no filme "Anaconda".

Eunectes Murinus
Classe : Repteis
Orden : Squamata
Suborden : Ofidios
Família: Boidae
Comprimento máximo: 10m
Não peçonhenta
Alimentação: aves, peixes, répteis e mamíferos.
reprodução: vivípara
dentição: áglifa
hábito: diurno
habitat: brejo, banhado

É uma grande serpente, que pode ter 10 metros de comprimento.

Para caçar na água, a sucuri mergulha seu corpo, deixando apenas os olhos e as narinas a vista.

Num bote rápido a sucuri ataca o animal que for beber água, mordendo o pescoço.

A vítima debate-se, dá a impressão de que está puxando a sucuri para a margem.

Mas é apenas a serpente que se encolhe um pouco para enlaçá-la, uma, duas vezes.

Os ossos estalam, os órgãos internos são esmagados.

Minutos depois, o animal é apenas um cilindro ensanguentado, que a sucuri engole inteirinho.

Horrível né...mas é só um animal comendo. Não é mais bonito o que acontece com um frango para o nosso almoço.

A sucuri é a maior serpente do mundo e pode viver até 30 anos.

As fêmeas são maiores que os machos, e chegam a maturidade sexual aos seis anos de idade.

Existem quatro espécies, as três primeiras existem no Brasil:

Eunectes notaeus, a sucuri-amarela, menor e endêmica do Pantanal.
Eunectes murinus, a sucuri-preta, maior e mais conhecida, do cerrado e da Amazônia.
Eunectes deschauenseei, a sucuri-malhada, endêmica da Ilha de Marajó.
Eunectes beniensis, a sucuri-da-bolívia.

Existem várias espécies de anaconda (ou sucuri), a maioria delas vive perto da água.

A anaconda verde é vivípara (pare os filhotes so invés de por ovos).

Ela também come tartarugas de água doce, jacarés, mamíferos de médio porte e, também, aves.

São agressivas e perigosas havendo casos de ataques a humanos, registrados e até mesmo fotografados.

TARAUACÁ: EM NOTA, PREFEITURA DIZ QUE SERVIÇO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA SERÁ RESTABELECIDO EM BREVE.


Depois de muita cobrança da população por conta da escuridão nas ruas e praças da cidade pela falta de manutenção na iluminação pública, a prefeitura de Tarauacá publicou uma nota afirmando que no próprio dia 9 de março haverá um processo de licitação para compra de material e que o serviço será restabelecido em breve. A nota, assinada pela assessoria de comunicação do município, foi publicada nesta terça feira (28) na página da prefeitura.

ABAIXO, A NOTA NA INTEGRA

A Prefeitura de Tarauacá, através de sua titular Prefeita Marilete Vitorino, vem a público comunicar a toda a população, a real situação do serviço de iluminação pública: 

1. Desde os primeiros dias de mandato que o governo municipal trabalha objetivando que todos os procedimentos administrativos e jurídicos sejam observados e cumpridos, para que o serviço seja restabelecido. A partir de então se possa realizar o processo licitatório de aquisição dos material e toda a logística necessários para o inicio dos trabalhos de manutenção da Iluminação Pública no município. 

2. Observados os prazos, o processo licitatório deve acontecer no próximo dia 09 de março.

3. Já fizemos levantamento de preços e organizamos a equipe, sempre observando as normas legais exigidas pelos órgãos de fiscalização e controle do dinheiro público.

4. Entendemos que o serviço é essencial e a população paga para recebê-lo. Por isso , estamos priorizando a sua realização.

Tarauacá-Acre, 28 de fevereiro de 2017.

Assessoria de Comunicação 
Prefeitura de Tarauacá

ACRE: Peixes da Amazônia está certificada para exportar para os Estados Unidos

Peixes da Amazônia está oficialmente certificada para exportar pescado para os Estados Unidos. Certificação foi emitida na sexta, 24 (Foto: Ricardo Stuckert)
Secom/Acre - Mais uma grande conquista para a indústria acreana: o Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia está oficialmente certificado para exportar o pescado do Acre para os Estados Unidos da América (EUA). A autorização foi emitida na sexta-feira, 24.

O secretário de Indústria e Comércio do Acre, Sibá Machado, disse que as negociações com o mercado americano se iniciaram ainda no ano passado, tendo forte intervenção do governo. Com a ida do governador Tião Viana aos Estados Unidos em janeiro deste ano, foi possível avançar nas negociações e dar celeridade à emissão da certificação.

O Serviço de Inspeção Federal (SIF) autoriza a exportação da Peixes, mas cada país tem regra própria, por isso estamos contactando outros países para ofertar o nosso produto. Foram feitos vários testes rigorosos até se chegar a essa certificação. Com esse resultado, a peixes está apta a vender pescado para os EUA”, contou o gestor.

Presente nas principais redes de supermercado e restaurantes do Brasil, o pescado produzido e processado no Acre avança consolidando mercados nos grandes centros e também fora do país. Só para o Peru, por exemplo, a empresa já exporta cerca de 20 toneladas de pescado a cada dez dias.

Conseguir a certificação em outros mercados, como os Estados Unidos, que é altamente exigente e tem um consumidor estratégico, é um passo e tanto para o Acre. Esse certificado só foi conquistado graças ao atendimento de um conjunto de exigências do ponto de vista sanitário e de qualidade dos nossos produtos. Em breve nossa carteira de clientes nos EUA estará consolidada”, afirmou Inácio Moreira, diretor da Agência de Negócios do Acre (Anac).

Política de expansão de mercado

A Peixes da Amazônia avança numa política de expansão no mercado nacional e internacional com firmeza e celeridade. Com produtos de alto valor agregado, conquistou grandes mercados do Brasil, como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. A expansão segue com prospecção para as vendas internacionais, como é o caso da China, que está etapa de negociação avançada.

Um cliente bastante estratégico da indústria nesse aspecto, é a LSG Sky Chefs, empresa multinacional e uma das maiores fornecedoras de refeições para diversas empresas aéreas que fazem rotas nacionais e internacionais.

Esse é um espaço de degustação estratégico que pauta os restaurantes de outros países, quando os clientes degustam nosso pirarucu e o pintado e propagam a qualidade do nosso produto”, destacou Moreira.

Em pleno funcionamento, a Peixes da Amazônia tem estrutura e capacidade para alcançar a cifra de até 20 mil toneladas de peixe processados por ano, o que pode resultar num faturamento anual de até R$ 270 milhões. Atualmente, funciona utilizando cerca de 20% de sua capacidade com perspectivas de avanços e progressões nos próximos meses.

Níver do Luiz Carlos


Parabéns por Hoje, Felicidade para Sempre

Felicidades para você, por este dia tão especial que é o seu aniversário.

Parabéns, que possa ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.

Que seu coração, esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para mim.

Com todas as minhas forças, eu te desejo um feliz aniversário!

Que seu caminhar seja sempre premiado com a presença de Deus, guiando seus passos e intuindo suas decisões, para que suas conquistas e vitórias, sejam constantes em seus dias.

Parabéns por hoje, mas felicidades sempre.

De Eliane Corrêa e toda a familia.

NÍVER DO NILSON CURIÓ


Pai, uma palavra pequena mas que quando dita se transforma em uma infinidade de valores, é tão importante que quando nós oramos a Deus o chamamos de Pai nosso, pois assim Ele nos ensinou.

Toda bondade e misericórdia de Deus fizeram de você o meu pai. 

Você é maravilhoso, amigo, por quem eu tenho tanta admiração e respeito. 

Você me ensinou a ser humano, honesto e também feliz.

Mesmo quando me repreendia era só para o meu bem e por isso só tenho a lhe agradecer.

Hoje é o seu aniversário, e eu queria com uma pequena palavra, como pai, lhe proporcionar toda felicidade do mundo, toda alegria e toda a saúde possíveis.

Mas pai querido, ao declarar este meu sentimento deixo fluir o meu grande amor, afeto e carinho que tenho por você, e desejo do fundo do meu coração que seja feliz, que Deus ilumine você para que continue sendo sempre assim tão especial.

Eu Te Adoro Pai! 

Muitas Felicidades e parabéns pelo seu dia!

Nilson Filho

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

TARAUACÁ: CONVITE PARA MISSA DE SÉTIMO DIA


Avisamos a todos amigos e familiares do Sr. Raimundo Costa (Maranhão) que a missa de sétimo dia de seu falecimento, cerá celebrada nesta terça feira, 2 de fevereiro, as 19 horas, na Igreja São José.

TARAUACÁ: RIO DO MUNICÍPIO TRANSBORDA PELA TERCEIRA VEZ EM 2017 E PREOCUPA AUTORIDADES.


Depois de muitas chuvas, o município de Tarauacá sofre sua terceira enchente somente nesse início do ano de 2017. 

Nesta segunda feira, 27 de fevereiro, o nível do rio já ultrapassou a cota de transbordamento e chegou à marca de 10,05m, segundo medição do corpo de bombeiros. Já são 55 centímetros acima da cota de transbordo, que é de 9,50m. Algumas ruas do bairro Senador Pompeu, já estão submersas.

A Defesa Civil Municipal e Corpo de Bombeiros estão em estado de alerta e monitorando as regiões afetadas pela cheia do rio. A prefeitura já está preparando uma estrutura de atendimento para caso haja necessidade de remover famílias.  

75 mil acreanos devem fazer a declaração do IR 2017


G1 - Pelo menos 75 mil acreanos devem entregar a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) durante 2017, segundo dados da Receita Federal no estado. Nesta quinta-feira (23), o órgão liberou para os contribuintes o download do programa gerador do tributo, que é referente ao ano-base 2016.

Após instalar o programa, é possível começar a preencher as declarações, podendo ser enviadas ao Fisco somente a partir do dia 2 de março. Por isso, o período começa depois do Carnaval e se estende até 28 de abril.

Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, também receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda. Idosos, portadores de doenças graves e deficientes físicos ou mentais têm prioridade.

As restituições começarão a ser pagas em 16 de junho, seguindo até dezembro, para as pessoas cujas declarações não caíram em malha fina. A multa para quem não declarar ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo corresponde a 20% do imposto devido.

Quem deve declarar?

De acordo com a Receita Federal, deverá declarar, neste ano, o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2016. O valor subiu 1,54% em relação ao ano passado, quando somou R$ 28.123,91 (relativos ao ano-base 2015), embora a tabela do Imposto de Renda não tenha sido corrigida em 2016.

Quem optar pelo desconto simplificado, abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária em troca de uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.

Estudo divulgado em janeiro pelo Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional) aponta que, entre 1996 e 2016, a tabela do IRPF acumula uma defasagem de cerca de 83%. A defasagem acumulada no ano passado ficou em 6,36% – a maior dos últimos 13 anos. Isso sem contar a correção de 1,54% no limite de isenção.

No fim do ano passado, o governo informou que pretende corrigir a tabela do IR em 5% neste ano, o que valerá, se implementado, para a declaração do IRPF de 2018, referente ao ano-base 2017.

De acordo com a Receita Federal, também estão obrigados a declarar neste ano:

• Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado.

• Quem obteve, em qualquer mês de 2016, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

• Quem teve, em 2016, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural.

• Quem teve, em 31 de dezembro, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.

• Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2016. 

Projeto do governo suspende dívida de estados que adotarem contrapartidas

Agência Câmara dos Deputados - O governo enviou à Câmara dos Deputados um projeto de lei complementar (PLP 343/17) permitindo a suspensão por três anos do pagamento das dívidas dos estados com o Tesouro Nacional. Em troca, os estados terão que adotar uma série de contrapartidas, como a privatização de empresas estaduais e a elevação da alíquota dos servidores públicos para o regime de Previdência.

O projeto cria o Regime de Recuperação Fiscal do Estados e do Distrito Federal. Segundo o governo, o regime é voltado para atender os estados com grave desequilíbrio fiscal, que não têm condições de sair da crise de liquidez e de insolvência sem a adoção de “instrumentos auxiliares”.

No ano passado, o governo tentou emplacar as contrapartidas durante a tramitação do PLP 257/16, que deu origem à Lei Complementar 156/16. Uma emenda nesse sentido chegou a ser aprovada pelos senadores, mas foi derrubada na Câmara. O PLP 343 retoma parte da emenda descartada.

Medidas obrigatórias

Poderão aderir ao Regime de Recuperação Fiscal os estados que, cumulativamente, apresentarem dívida consolidada superior à receita corrente líquida; somatório de despesa com pessoal e serviço da dívida superior à 70% da receita corrente líquida; e recursos em caixa, sem vinculação, inferiores às obrigações a pagar.

O estado deve protocolar o pedido de ingresso no Regime de Recuperação Fiscal no Ministério da Fazenda, apresentando o Plano de Recuperação, que terá prazo máximo de três anos de vigência, podendo ser prorrogado uma vez. O plano deverá fazer um diagnóstico da situação fiscal do estado, com o detalhamento das medidas de ajuste, impactos e prazos para sua adoção.

Deverá ainda indicar a leis estaduais que implementaram as medidas de ajuste. Ou seja, primeiro o estado aprova as medidas, e depois requer a entrada no regime. Entre as medidas de ajuste já aprovadas devem estar, obrigatoriamente, autorização para privatizar empresas dos setores financeiro, de energia e de saneamento; elevação da alíquota de contribuição previdenciária dos servidores para 14%; redução de incentivos fiscais; e adaptação da previdência estadual às regras do Regime Geral de Previdência Social.

Controle do plano

Se o plano de recuperação for aceito pelo Ministério da Fazenda, o presidente da República poderá homologá-lo, dando início à vigência do Regime de Recuperação Fiscal do estado. Concomitantemente, serão empossados os membros do Conselho de Supervisão, uma instância de monitoramento e controle do plano.

O conselho terá três membros, e igual número de suplentes, todos saídos de carreiras ligadas às finanças públicas. Dois serão indicados pelo ministro da Fazenda e um pelo ministro da Transparência. O conselho poderá recomendar alterações no plano de recuperação para que ele atinja as metas propostas.

Proibições

Durante a vigência do regime de recuperação, o estado não poderá conceder qualquer aumento ao funcionalismo público, contratar pessoal e realizar concurso (exceto para repor vacâncias). Deve ainda cortar benefícios salariais não previstos no regime jurídico único dos servidores públicos da União.

Também não poderá ampliar ou criar incentivos fiscais. As despesas com publicidade oficial ficarão restritas à saúde e segurança. Essas restrições valem para os órgãos de todos poderes locais (governo do estado, assembleia legislativa e Justiça), além do Ministério Público e da Defensoria.

As operações de créditos também estarão proibidas. Mas o projeto cria uma válvula de escape para que os estados possam contrair empréstimos que auxiliem no ajuste fiscal. Assim, o ente poderá contratar operação de crédito para financiar plano de demissão voluntária de servidores, reestruturar a dívida, modernizar a máquina fazendária e até antecipar receita de privatização.

Como a Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe que entes com dívidas elevadas contraiam empréstimos, o PLP 343 contém dispositivos para flexibilizar a norma. Além de poder fazer operação bancária, a flexibilização permitirá ao estado continuar recebendo transferências voluntárias da União.

Caixa único

Outro ponto importante do projeto é determinar o recolhimento para a conta única do tesouro estadual das disponibilidades de caixa de cada poder e fundo. Os poderes também terão que depositar no caixa único do Tesouro as sobras de recursos não gastas até o final do ano (no jargão orçamentário, essa sobra é chamada de superavit financeiro).

O objetivo da medida é concentrar em uma única conta todas as disponibilidades do estado, facilitando a gestão dos recursos e permitindo uma melhor visualização da verdadeira situação fiscal. A União já adota a conta única, mas nem todos os estados a possuem.

TARAUACÁ: DR. JAYME CALDERON NO LAB CLIN


HOJE TEM CARNAVAL NO TEQUILA BAR


Níver da Alessandra Souza


domingo, 26 de fevereiro de 2017

Sindicato dos Urbanitários manifesta contra privatização da Eletrobras Acre


Da Assessoria - O Sindicato dos Urbanitários do Estado do Acre, juntamente com outros sindicatos do país, planeja uma campanha com atos e ações políticas ainda nesse semestre contra a privatização da Eletrobras Distribuição Acre, “a nossa Eletroacre”. A entidade já realizou diversas reuniões para discutir as questões sociais, econômicas, políticas e de soberania nacional que serão afetadas caso a privatização da concessionária seja realizada.

O presidente do Sindicato dos Urbanitários, Fernando Barbosa, disse que a privatização vai provocar diversos prejuízos aos consumidores, como também aos trabalhadores da Eletroacre.

“Precisamos de algo mais viável para reduzir os custos da Eletroacre, e não a privatização que vai tirar emprego e gerar uma conta de luz mais cara à população”, apontou.

De acordo com Fernando, a intenção do sindicato é mobilizar tanto o trabalhador como a população contra a privatização, mostrando que não terá benefício caso haja a privatização e sim prejuízos a todos.

“Se a Eletroacre for privatizada terá um impacto muito grande no Acre, como aumentos na tarifa da energia elétrica e no número de apagões, já que o interior ficará mais abandonado e, consequentemente, haverá queda na qualidade de serviço. Nossa ideia é esclarecer à população sobre as consequências dessa privatização”, comentou o sindicalista.

O diretor do Sindicato dos Urbanitários, Mauro Bezerra, reforça que a privatização resultará no aumento da tarifa para o consumidor e em uma ameaça, caso seja comprada por uma estatal estrangeira.

“É preocupante. Nossa biodiversidade estará exposta para aqueles que comprarem a empresa. Por isso nós do sindicato estamos buscar as esferas políticas e judiciais para evitar que a privatização aconteça”, ressaltou Mauro.

Marcelo Jucá lembrou empresas que foram privatizadas e que não atenderam, de forma eficiente, as demandas de seus consumidores, deixando a prestação de serviços deficitária.

“A distribuidora de energia no Maranhão é um exemplo. Um Estado grande em relação ao Acre, muito mais forte economicamente e politicamente, mas mesmo isso não deu certo. A concessionária teve que ser reprivatizada, pois a primeira empresa que privatizou não conseguiu realizar os serviços e deixou um prejuízo enorme”, explicou Jucá.

Outro ponto levantado é a questão da população de baixa renda e da zona rural.

“Certamente esses programas serão prejudicados caso haja a privatização. Em muitos municípios as despesas são maiores que as receitas e isso para iniciativa privada é inviável”, destacou.
Serviço

Entre outras coisas, os sindicalistas apontam para o risco de precarização dos serviços de energia após a privatização das empresas.

“O capital privado vai priorizar o serviço nas capitais, onde o mercado é mais rentável, e os municípios que ficam distantes, principalmente, tendem a ser prejudicados. A lógica do capital é atuar onde dê retorno, e rápido. Eles não têm qualquer preocupação social”, ressalta Fernando Barbosa. “Não só os trabalhadores das empresas, mas toda a sociedade perde com a privatização. A população vai sentir o impacto financeiro no bolso, porque isso sempre vem acompanhado de aumento de preço.”

TARAUACÁ: SINDICATO VAI COMANDAR PROTESTO CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA


Os dirigentes do Sinteac em Tarauacá vão realizar uma ampla mobilização da sociedade organizada no município para a realização de um grande Dia de Protesto contra medida que ficou conhecida como “PEC da Morte”, proposta pelo governo federal, que aumenta o tempo de serviço e de contribuição dos trabalhadores. Com o novo Regime Geral de Previdência proposto pelo Governo Temer, os trabalhadores precisarão contribuir por até 49 anos para reivindicar uma aposentadoria integral. 

Na data de 15 de março, haverá em todo o país, um dia nacional de protestos contra a proposta. 

Presidente do Sinteac Lauro Benigno
Em Tarauacá, O Movimento 'Vem Pra Rua Tarauacá' que sempre foi encabeçado pelo Sinteac, estará dialogando com as diversas organizações populares, servidores públicos, estudantes e trabalhadores de maneira geral, para ocuparem as ruas do município em protesto. A ideia foi consolidada no seminário sobre reforma da previdência promovido pela entidade recentemente em Tarauacá, que contou com as presenças de dirigentes sindicais e de outras organizações populares do município, além de gestores escolares.

"A ideia do movimento é sensibilizar nossa bancada de deputados federais, Cesar Messias, Raimundo Angelim, Jéssica Sales, Moisés Diniz, Alan Rick, Flaviano Melo, Major Rocha, Léo Brito e senadores Jorge Viana, Sérgio Petecão e Gladson Cameli, para se manifestarem contrários à proposta. Vamos realizar o protesto e encaminhar documentos a todos eles em nome do povo de Tarauacá", disse o presidente do Sinteac, Lauro Benigno.  

Segundo o sindicalista, a 'PEC da Morte' aumenta o tempo de serviço, por exemplo, das professoras por mais 24 anos, enquanto dos professores em mais 29 anos. Com a mudança, os educadores precisarão trabalhar até os 65 anos de idade, enquanto pelo regime antigo as professoras poderiam se aposentar as 50 anos e os professores com 55 anos.

Para conquistar o direito da aposentadoria, os trabalhadores em educação têm que contribuir com a previdência por 49 anos e o limite mínimo para solicitar a aposentadoria será de 65 anos. As mulheres serão equiparadas aos homens, com as novas mudanças no Regime Geral de Previdência.

Em contrapartida, os trabalhadores rurais precisarão contribuir por 25 anos para conquistarem o benefício da aposentadoria. Já os jovens precisarão começar a trabalhar aos 16 anos de idade, para conseguir se aposentar com o salário integral aos 65 anos.

Deracre realiza operação tapa-buraco em Brasileia

SECOM/AC - O governo do Acre, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagens (Deracre), em parceria com a prefeitura de Brasileia, iniciou as obras de recuperação das principais malhas viárias da cidade.

Na sexta-feira, 24, o titular da autarquia, Cristovam Moura, e o diretor de operações em exercício, André Mansour, estiverem no município acompanhando essas ações emergenciais junto com a prefeita Fernanda Hassem e a deputada estadual Leila Galvão.

Mais 15 técnicos atuam em diversas frentes de serviço. Os trabalhos seguem até este sábado e retornam após o período de Carnaval e têm previsão de conclusão até as primeiras semanas de março.

“Cerca de 170 toneladas de camadas asfáltica serão utilizadas para recuperar os trechos mais críticos e possibilitar mais segurança aos condutores e pedestres”, informa o diretor-presidente Cristovam Moura.

Além dessa ação emergencial de tapa-buraco, serão executados os serviços de desobstrução de bueiros, drenagem e iluminação pública.

“Com esta parceira entre governo e prefeitura, estamos fortalecendo o compromisso de reestruturar nossa cidade, e esses trabalhos de infraestrutura marcam esta nova etapa, que se intensificaram em todos os bairros no período do verão”, destaca a prefeita Fernanda Hassem.

A deputada Leila Galvão também reforça o compromisso do governador Tião Viana em continuar investindo em Brasileia e auxiliar o início da gestão municipal.

“Agradeço a diretoria do Deracre por atender as solicitações e demandas, dando uma atenção necessária para aquilo que é possível atender, sempre proporcionando melhorias para a nossa comunidade”, disse.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

FAMÍLIA PEDE AJUDA PARA CIRURGIA DELICADA EM GAROTO DE 9 MESES DE IDADE

Tácio e Letícia com o filho Eduardo
Esse garotinho da foto ao lado de seus pais é o Eduardo. Ele tem 9 meses, é filho do advogado Tácio Farias com a estudante Letícia Farias e neto do Professor Carlos Coelho. Eduardo precisa passar por um procedimento cirúrgico delicado, demorado e caro (nefrectomia). A família não tem condições de custear o valor da cirurgia que custará cerca de R$ 54.000,00 (cinquenta e quatro mil reais). 

Professor Carlos Coelho com o neto Eduardo
Nefrectomia é o procedimento cirúrgico para retirada do rim, geralmente indicado para pacientes com carcinoma de células renais, mas também para quem deseja doar o órgão para um paciente que necessita de um transplante renal ou para quem sofre de rim não funcional ou da doença de rim pequeno congênito.

A cirurgia é feita mais frequentemente em casos de carcinoma, já que a doença é muito grave e pode levar ao óbito. Trata-se de um tumor que atinge a região dos rins e pode se espalhar por outros órgãos se não for tratado precocemente. A nefrectomia tem como função remover o tumor, levando ao estadiamento e indicando ao especialista se será necessária a retirada apenas do carcinoma juntamente com a parte do tecido renal adjacente ou se o rim todo deverá ser removido. Dependendo do estágio, tanto a glândula suprarrenal quanto o tecido adiposo que reveste o rim podem ser retirados também.

AJUDA 

A família está promovendo uma rifa beneficente, onde os recursos arrecadados serão destinados ao pagamento do serviço da cirurgia do garoto. você poderá ajudar comprando um bilhetinho da rifa ou fazendo qualquer depósito em dinheiro.

Nas rede sociais os pais do garoto fazem um apelo para quem puder ajudar. 

"Olá amigos, a partir de hoje estaremos vendendo uma RIFA BENEFICENTE, em prol do nosso Príncipe Guerreiro EDUARDO!

Como todos sabem, logo quando nasceu, nosso filho Eduardo passou por um procedimento cirúrgico na cidade de Curitiba, procedimento esse que não teve o resultado esperado, diante disso, será necessário que ele passe por um novo procedimento cirúrgico (nefrectomia), por isso estamos fazendo essa Rīfa de um Celular SAMSUNG J7 , para arrecadar recursos para essa cirurgia , que custa o valor de R$ 54.000,00( cinquenta e quatro mil reais).

Pedíamos a todos que puderem nos ajudar de alguma forma, que seja ajudando a vender a Rifa, comprando, compartilhando essa mensagem ou de qualquer outra forma que sinta no coração, ficamos extremamente agradecidos e desde já pedimos a Deus que retribua 1.000 vezes mais em tudo que nos ajudarem . (Letícia e Tácio.)

SORTEIO

Dia: 30/04/2017
Valor: R$ 5,00

Contato:
Letícia Lopes -(68)9.9958-0427.
Tácio Coelho -(68)9.9998-8688.

Dados bancários:

Banco do Brasil
Agência: 0071-x
Conta Corrente: 65.291-1

Ou 

Caixa Econômica Federal
Tácio Augusto Moreno de Farias
Agência: 0534
Conta Poupança: 35387-1
Operação: 013
Titular: Tácio Augusto Moreno de Farias.

HISTÓRIA DO CARNAVAL E SUAS ORIGENS

Ilustração medieval simbolizando um carnaval do período
Brasil Escola - O carnaval é a festa popular mais celebrada no Brasil e que, ao longo do tempo, tornou-se elemento da cultura nacional. Porém, o carnaval não é uma invenção brasileira nem tampouco realizado apenas neste país. A História do Carnaval remonta à Antiguidade, tanto na Mesopotâmia quanto na Grécia e em Roma.

A palavra carnaval é originária do latim, carnis levale, cujo significado é retirar a carne. O significado está relacionado com o jejum que deveria ser realizado durante a quaresma e também com o controle dos prazeres mundanos. Isso demonstra uma tentativa da Igreja Católica de enquadrar uma festa pagã.

Na antiga Babilônia, duas festas possivelmente originaram o que conhecemos como carnaval. As Saceias eram uma festa em que um prisioneiro assumia durante alguns dias a figura do rei, vestindo-se como ele, alimentando-se da mesma forma e dormindo com suas esposas. Ao final, o prisioneiro era chicoteado e depois enforcado ou empalado.

O outro rito era realizado pelo rei nos dias que antecediam o equinócio da primavera, período de comemoração do ano novo na região. O ritual ocorria no templo de Marduk, um dos primeiros deuses mesopotâmicos, onde o rei perdia seus emblemas de poder e era surrado na frente da estátua de Marduk. Essa humilhação servia para demonstrar a submissão do rei à divindade. Em seguida, ele novamente assumia o trono.

O que havia de comum nas duas festas e que está ligado ao carnaval era o caráter de subversão de papéis sociais: a transformação temporária do prisioneiro em rei e a humilhação do rei frente ao deus. Possivelmente a subversão de papeis sociais no carnaval, como os homens vestirem-se de mulheres e vice-versa, pode encontrar suas origens nessa tradição mesopotâmica.

As associações entre o carnaval e as orgias podem ainda se relacionar às festas de origem greco-romana, como os bacanais (festas dionisíacas, para os gregos). Seriam festas dedicadas ao deus do vinho, Baco (ou Dionísio, para os gregos), marcadas pela embriaguez e pela entrega aos prazeres da carne.

Havia ainda em Roma as Saturnálias e as Lupercálias. As primeiras ocorriam no solstício de inverno, em dezembro, e as segundas, em fevereiro, que seria o mês das divindades infernais, mas também das purificações. Tais festas duravam dias com comidas, bebidas e danças. Os papeis sociais também eram invertidos temporariamente, com os escravos colocando-se nos locais de seus senhores, e estes colocando-se no papel de escravos.

Mas tais festas eram pagãs. Com o fortalecimento de seu poder, a Igreja não via com bons olhos as festas. Nessa concepção do cristianismo, havia a crítica da inversão das posições sociais, pois, para a Igreja, ao inverter os papéis de cada um na sociedade, invertia-se também a relação entre Deus e o demônio.

A Igreja Católica buscou então enquadrar tais comemorações. A partir do século VIII, com a criação da quaresma, tais festas passaram a ser realizadas nos dias anteriores ao período religioso. A Igreja pretendia, dessa forma, manter uma data para as pessoas cometerem seus excessos, antes do período da severidade religiosa.

Durante os carnavais medievais por volta do século XI, no período fértil para a agricultura, homens jovens que se fantasiavam de mulheres saíam nas ruas e campos durante algumas noites. Diziam-se habitantes da fronteira do mundo dos vivos e dos mortos e invadiam os domicílios, com a aceitação dos que lá habitavam, fartando-se com comidas e bebidas, e também com os beijos das jovens das casas.

Durante o Renascimento, nas cidades italianas, surgia a commedia dell'arte, teatros improvisados cuja popularidade ocorreu até o século XVIII. Em Florença, canções foram criadas para acompanhar os desfiles, que contavam ainda com carros decorados, os trionfi. Em Roma e Veneza, os participantes usavam a bauta, uma capa com capuz negro que encobria ombros e cabeça, além de chapéus de três pontas e uma máscara branca.

A história do carnaval no Brasil iniciou-se no período colonial. Uma das primeiras manifestações carnavalescas foi o entrudo, uma festa de origem portuguesa que na colônia era praticada pelos escravos. Depois surgiram os cordões e ranchos, as festas de salão, os corsos e as escolas de samba. Afoxés, frevos e maracatus também passaram a fazer parte da tradição cultural carnavalesca brasileira. Marchinhas, sambas e outros gêneros musicais também foram incorporados à maior manifestação cultural do Brasil.

Por Me. Tales Pinto

TARAUACÁ: SÁBADO DE CARNAVAL NO AEROPOINT


TARAUACÁ: VEREADORA JANAINA FURTADO APRESENTA NOVAMENTE PROJETO DE LEI QUE ISENTA MORADORES DA ZONA RURAL DO PAGAMENTO DA TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA


Na sessão desta quarta feira, 23 de fevereiro, a Vereadora Janaina Furtado, apresentou novamente o Projeto de Leio que isenta moradores da zona rural do pagamento da taxa de iluminação pública, já que não recebem o serviço. 

"Uma injustiça vem sendo cometida há anos com os consumidores da zona rural que estão pagando taxa de iluminação pública sem que o serviço seja oferecido. A proposta já havia sido apresentada na legislatura passada e aprovada pelos vereadores, porém o prefeito anterior não a sancionou. Dessa vez espero que a Prefeita Marilete corrija essa injustiça", disse a parlamentar. 

O PROJETO DE LEI Institui a Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública e dá outras providências.

Leia abaixo o projeto de lei na íntegra.

A PREFEITA DE TARAUACÁ- ACRE, usando das atribuições que são conferidas por Lei, FAZ SABER, que a Câmara Municipal de Tarauacá –Acre, aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º Fica instituída, nos termos do art. 149-A da Constituição Federal de 1988, a Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública – COSIP, devida pelos consumidores destinada ao custeio dos serviços de iluminação pública. 
Parágrafo Primeiro. Considera-se serviço de iluminação pública aquele destinado a iluminar vias, praças, passarelas, jardins, abrigos de usuários de transporte coletivo e logradouros, bem como quaisquer outros bens públicos de uso comum e livre acesso, inclusive a iluminação de monumentos, fachadas, fontes luminosas e obras de arte de valor histórico, cultural ou ambiental, localizadas em áreas públicas, assim como de atividades acessórias de instalação, operação, manutenção, remodelação, modernização, eficientilização e expansão da rede de iluminação pública, serviços correlatos e despesas havidas para consecução do objetivo. 
Parágrafo Segundo - Contribuinte da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública é todo aquele que possua ligação de energia elétrica, através de uma unidade consumidora, cadastrado junto à concessionária de serviço público de distribuição de energia elétrica, localizados no perímetro urbano do município, bem como os que estão localizados na zona rural.
Parágrafo Terceiro – Serão considerados contribuintes na zona rural, os moradores estabelecidos em vilas ou povoados reconhecidos oficialmente pelo poder público municipal, em que o serviço de iluminação pública seja oferecido e que existam no mínimo 10 unidades consumidoras.
Parágrafo Quarto – Os valores de COSIPA sofrerão reajustes sempre e na mesma proporção em que esses ocorrerem nas tarifas públicas da ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica. 
Parágrafo Quinto - Ficam isentos da respectiva contribuição:
I - Pessoas jurídicas de direito público. 
II – Consumidores residenciais com consumo de até 80 KW/h.
III – Consumidores da zona rural do município, exceto os habitantes de vilas ou povoados, que recebam o serviço e que sejam reconhecidas pelos poder executivo.
Art. 2º. A cobrança da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública será incluída na fatura mensal emitida pela empresa concessionária de distribuição de energia elétrica do município, observando-se o mesmo vencimento da fatura de energia elétrica de cada unidade consumidora.
Art. 3º. O valor mensal da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública será aquele que corresponder à faixa de consumo de energia elétrica indicado na fatura emitida pela empresa concessionária de distribuição de energia elétrica, fornecido ao município pela prestadora de serviços de energia elétrica, devidamente rateado entre as economias de consumos existentes no território municipal.
Art. 4º. A alíquota de contribuição é de 7% (sete por cento).
Art. 5º. Fica o Poder Executivo autorizado a celebrar convênio ou contrato com a concessionária de distribuição de energia elétrica para cobrança da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública.
Parágrafo único - A concessionária ficará responsável pelo encaminhamento periódico do cadastro de unidades consumidoras e da relação anual dos contribuintes inadimplentes à Secretaria Municipal de Finanças, bem como pela prestação de todas as informações por esta solicitadas, nos termos do convênio ou do contrato.
Art. 6º. O montante arrecadado da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública será destinado ao Fundo Especial de Iluminação Pública, ora instituído, vinculado exclusivamente ao custeio do serviço de iluminação pública, tal como definido no parágrafo primeiro do art. 1º desta Lei.
Parágrafo único. O Fundo Especial de Iluminação Pública do Município de Tarauacá fica vinculado à Secretaria Municipal de Obras.
Art. 7º. O Poder Executivo baixará os atos necessários à disciplina do Fundo Especial de Iluminação e à regulamentação da cobrança da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública.
Art. 9º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a partir de 30 dias após sua publicação. 

Governo convoca aprovados em concurso da saúde

SECOM/AC - A Secretaria de Estado de Gestão Administrativa do Acre (SGA) divulgou nesta sexta-feira, 24, cinco editais de convocação para inspeção médica, entrega de documentos e posse dos aprovados no concurso público da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

São chamados 153 profissionais, entre técnicos de enfermagem e laboratório de análises clínicas. cirurgiões-dentistas, enfermeiros, agentes administrativos, motoristas de ambulância, farmacêuticos, biomédicos e médicos anestesiologistas, cirurgião torácico, nefrologista, obstetra e ginecologista, ortopedista e traumatologista e terapia intensiva, para Rio Branco, Brasileia, Cruzeiro do Sul, Feijó, Jordão, Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus, Senador Guiomard, Xapuri e Sena Madureira.

Os convocados têm até o dia 17 de março para entregar o laudo médico solicitado e até o dia 20 para entregar a documentação exigida em edital. A posse está marcada para o dia 27 do mesmo mês.

Para mais esclarecimentos, acesse os editais:





Defesa Civil libera R$ 9 milhões para regiões atingidas por desastres naturais, Acre recebe R$ 291 mil

Assessoria/Ministério da Integração Nacional - A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, liberou cerca de R$ 9 milhões para ações de resposta e obras de reconstrução em regiões atingidas por desastres no Rio Grande do Sul, Acre e em Santa Catarina. As portarias que autorizam o empenho e a transferência dos recursos foram publicadas no Diário Oficial da União desta sexta-feira (24).

No Rio Grande do Sul, o município de Canguçu receberá R$ 6 milhões para recuperar 14 pontes danificadas por chuvas intensas em 2016, enquanto a cidade São Lourenço do Sul terá o aporte de R$ 1,4 milhão para obras em infraestruturas danificadas por inundações em 2015.

Os recursos para ações de resposta em cidades gaúchas atingidas este ano por desastres naturais contemplam Riozinho, com R$ 705,2 mil para restabelecer vias de acesso e desobstruir bueiros, e São Jerônimo, onde R$ 295,1 mil serão aplicados em limpeza urbana.

O município Salete, em Santa Catarina, terá R$ 267 mil para a reconstrução de estruturas danificadas por chuvas intensas em 2016.

No Acre, os municípios de Tarauacá e Rodrigues Alves receberão, respectivamente, R$ 187,8 mil e R$ 103,7 mil para ações de resposta. Os recursos para Tarauacá serão destinados à aquisição de kits de ajuda humanitária, combustível e locação de automóveis; em Rodrigues Alves o repasse será utilizado para a locação de veículos e embarcações, além da aquisição de lonas plásticas e combustível.

Os repasses são complementares às ações dos estados e municípios. As obras de recuperação tem o prazo de 365 dias para execução.

Auxílio federal

Para obter apoio financeiro da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração, as prefeituras devem solicitar o reconhecimento federal de situação de emergência. Também é necessário apresentar um Plano de Trabalho e um relatório com diagnóstico dos danos, no prazo de até 90 dias após a ocorrência do desastre.

Os pedidos são feitas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID), disponível no endereço: www.mi.gov.br/defesa-civil/s2id. Equipes técnicas da Sedec analisam os processos e, assim, o Ministério define o valor a ser disponibilizado.