CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 31 de outubro de 2017

TARAUACÁ: DEPUTADO JESUS SÉRGIO NEGA DENÚNCIA DE SINDICALISTA E VEREADOR


Uma denuncia feita pelo Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tarauacá, Fernando Feitosa do PCdoB, juntamente com o Vereador do PT Raquel Souza de que máquinas do Deracre e da Prefeitura de Tarauacá estariam trabalhando num terreno de propriedade do Deputado Jesus Sérgio do PDT, foi publicada hoje pelo site Folha do Acre e chegou também nas mãos do presidente da Câmara Carlos Tadeu do PCdoB. Fotos supostamente das máquinas em ação, foram enviadas aos vereadores.

Ainda de acordo com os denunciantes, a área em que o maquinário está sendo utilizado será implantado um loteamento, além de um condomínio de apartamentos. Por telefone, Fernando Feitosa informou à Folha do Acre que as fotos, assim como a denúncia, serão repassadas aos órgãos competentes, assim como um requerimento foi protocolado junto à Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Tarauacá para que o caso seja apurado.

“Estivemos protocolando essa denúncia nos órgãos fiscalizadores e também apresentamos um requerimento na Câmara de Vereadores para pedir providências sobre esse o caso”, disse.

Fernandes revelou também que todo o trabalho realizado no terreno que pertenceria ao deputado Jesus Sérgio foi acompanhando pelo gestor do Deracre no município Hugo Oliveira e pelo prefeito em exercício, Chico Batista (PP), que é tio do parlamentar estadual.

Em nota enviada à redação do Portal Tarauacá, Jesus Sérgio faz esclarecimentos sobre o assunto.

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

Em resposta a denuncia de um suposto uso indevido de maquinários da prefeitura de Tarauacá e do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) em terreno de minha propriedade tenho a esclarecer os seguintes fatos: 

1. A informação não procede. A meu ver trata-se de uma denuncia inverídica, pois as máquinas da Prefeitura e do Deracre estavam realizando trabalho de acesso da Rua Copacabana ao Instituto Federal do Acre (IFAC). 

2. O maquinário utilizado nos serviços do terreno de minha propriedade foram todos alugados de prestadores de serviço particulares. Para provar tal afirmação tenho recibos dos serviços com datas e valores cobrados. 

3. Esclarecido os fatos, reitero meu compromisso e respeito aos entes públicos e a sociedade tarauacaense. Por fim, coloco-me à disposição para esclarecimentos, bem como para comprovação de inocência mediante provas e testemunhas que se fizerem necessária. 

Rio Branco- Acre, 31 de Outubro de 2017. 


Jesus Sérgio de Menezes

Nenhum comentário: