CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 4 de abril de 2017

O médico Jenilson Leite diz que a teoria sobre Síndrome é absurda e preconceituosa


Assessoria Parlamentar - O deputado estadual e médico Jenilson Leite (PCdoB) vem a público manifestar sua solidariedade com as famílias e a pessoas com a síndrome de Down. Além disso, o deputado repudia veemente a conduta do delegado de polícia civil do Acre, Sr. Henrique Paviane, pela comparação infeliz que fez das pessoas com a síndrome de Down com os ETs.

Na qualidade de médico, Leite ressalta que a síndrome de Down é uma condição genética com expressão fenotípica que gera características particulares, mas não diferenciar o portador de qualquer ser humano. Essa característica se dar porque a formação das células foi gerada com a presença de três cromossomos 21. Essas pessoas podem trabalhar, brincar, cantar fazer tudo que as demais pessoas fazem.

Como médico e representante da sociedade acreana no parlamento estadual, Jenilson Leite afirma que é inaceitável que um Agente público ou qualquer outro membro da sociedade haja de forma tão preconceituosa contra as pessoas com Down.


Entenda o que é : SÍNDROME DE DOWN





síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população.

As crianças, os jovens e os adultos com síndrome de Down podem ter algumas características semelhantes e estar sujeitos a uma maior incidência de doenças, mas apresentam personalidades e características diferentes e únicas.

É importante esclarecer que o comportamento dos pais não causa a síndrome de Down. Não há nada que eles poderiam ter feito de diferente para evitá-la. Não é culpa de ninguém. Além disso, a síndrome de Down não é uma doença, mas uma condição da pessoa associada a algumas questões para as quais os pais devem estar atentos desde o nascimento da criança.

As pessoas com síndrome de Down têm muito mais em comum com o resto da população do que diferenças. Se você é pai ou mãe de uma pessoa com síndrome de Down, o mais importante é descobrir que seu filho pode alcançar um bom desenvolvimento de suas capacidades pessoais e avançará com crescentes níveis de realização e autonomia. Ele é capaz de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar. Poderá ler e escrever, deverá ir à escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, ele poderá ocupar um lugar próprio e digno na sociedade.

Entenda a trissomia

Os seres humanos têm, normalmente, 46 cromossomos em cada uma das células de seu organismo. Esses cromossomos são recebidos pelas células embrionárias dos pais, no momento da fecundação. Vinte e três vêm dos espermatozoides fornecidos pelo pai e os outros 23 vêm contidos no óvulo da mãe. Juntos, eles formam o ovo ou zigoto, a primeira célula de qualquer organismo. Essa célula, então, começa a se dividir, formando o novo organismo. Isso quer dizer que cada nova célula é, em teoria, uma cópia idêntica da primeira.

Os cromossomos carregam milhares de genes, que determinam todas as nossas características. Desses cromossomos, 44 são denominados regulares e formam pares (de 1 a 22). Os outros dois constituem o par de cromossomos sexuais – chamados XX no caso das meninas e XY no caso dos meninos. 

Nenhum comentário: