CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 8 de março de 2017

Jenilson pede curso de Direito e Enfermagem ao reitor da UFAC para a regional Tarauacá/Envira


Assessoria - O deputado estadual Jenilson Leite se reuniu com o reitor da Universidade Federal do Acre- UFAC, Minoru Kinpara, para tratar da expansão de cursos superior para a regional Tarauacá/Envira. Também participaram da reunião a vice-reitora, professora Guida Aquino e outros membros da direção da UFAC. O deputado solicitou do reitor que a universidade oferte cursos superior de forma permanente na região. Solicitou ainda, que seja mantido os cursos de matemática e de pedagogia que já é ofertado de maneira provisória para a formação de professores. Além de disso, amplie o número de cursos ofertados para as áreas de direito e enfermagem.

Minoru disse ao parlamentar que existem dois projetos que estão no plano de expansão da UFAC. “Temos dois projetos de ampliação da UFAC para o interior. Um é para atender Sena Madureira e Manoel urbano, e o outro será a implantação de um campus na divisa entre Tarauacá e Feijó , atendo assim as três cidades que são Tarauacá, Feijó e Jordão”. Contudo, ressaltou que a crise instalada no Brasil dificultou os novos projetos de ampliação da universidade para o interior.

O reitor acrescentou que, apesar da crise sua equipe vai continuar lutando para que estes projetos venham se concretizar. Kinpara disse ainda que nas visitas que fez ao interior pôde constatar a dificuldade de um jovem se descolocar destes municípios para à capital. “Pude ver de perto as dificuldades que um jovem enfrenta para se deslocar para estudar em Rio Branco. Estive em Tarauacá, Feijó, Jordão, e constatei a necessidade da implantação desses cursos nas regionais”. 

Jenilson ponderou ao gestor que é preciso discutir uma alternativa para a expansão de cursos superiores para os municípios de, Tarauacá, Feijó e Jordão. O deputado acrescentou ainda que seria extraordinário um curso de enfermagem ou direito para contemplar a população dessas cidades. “Isso teria um grande impacto de dez a quinze anos para essas cidades, uma geração de jovens formados em cursos dessa magnitude ajudaria muito nossa regional".
Leite destacou que a regional Tarauacá/Envira tem uma população estimada em 80 mil habitantes, e que é preciso investir em política que melhore a vida das pessoas, e a educação ainda é o melhor caminho.

Nenhum comentário: