CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 8 de março de 2017

Deputado Jesus Sérgio repudia nota da Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros


José Pinheiro/Agência Aleac - Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (7), o deputado Jesus Sérgio (PDT) repudiou a nota emitida pela Associação dos Oficiais da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar do Acre. A nota faz referência ao discurso do parlamentar no último dia 2, em que Jesus Sérgio fala sobre a situação de violência em Tarauacá. Na oportunidade, o deputado pediu a mudança de comando da corporação na regional Tarauacá/Envira.

De acordo com o parlamentar, a nota é ‘infeliz’, isso porque ele conhece Tarauacá e o discurso proferido é um clamor da população tarauacaense que se sente insegura com a onda de violência vivenciada nos últimos dias.

Jesus Sérgio pontuou que o pronunciamento em momento algum teve a intenção de atacar os integrantes da corporação, mas apenas alertar para um problema que atinge a todos. Ele frisou a importância do trabalho que a Polícia Militar desenvolve no município.

Quero lamentar e repudiar a nota divulgada pela Associação dos Oficiais da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar do Acre com relação ao meu discurso na última quinta-feira (2). Em nenhum momento o meu discurso foi direcionado à Polícia Militar. Tenho colocado que os nossos policiais fazem um ótimo trabalho, são guerreiros, aguerridos. O meu discurso foi direcionado ao comandante da regional Tarauacá/Envira. Não houve intuito algum de desrespeitar ninguém. O que fiz foi pedir uma atitude mais enérgica por parte daquele comando, pois essa é uma das principais atribuições do mandato parlamentar: fiscalizar, reivindicar, cobrar e, acima de tudo, dá voz ao clamor popular”, afirma o deputado pedetista.

Jesus Sérgio também pediu mais policiamento nas comunidades. Para ele, as ações precisam ser desenvolvidas nas ruas. Ele afirmou que os atos criminosos praticados em Tarauacá preocupam o Parlamento, isso porque são crimes praticados contra entes do Estado.

Nesta madrugada mais um veículo incendiado, o interessante é que esses últimos atentados estão sendo focados em homens ligados direta ou indiretamente à própria corporação e agentes penitenciários de Tarauacá. Isso nos preocupa. Quando disse que Tarauacá hoje é uma terra onde o crime organizado comanda em cima do comandante desorganizado, é porque o comandante da PM naquele município não está atuando. É um comandante de gabinete. Não sai para as ruas para combater o crime. Quando isso acontece, quem passa a mandar é o crime organizado”, não menti, tampouco exagerei. Prova disso é que a onda de crimes, violência e incêndios segue e estampa a página principal de sites e blogs de nosso Estado.”, reforça o parlamentar.

Jesus Sérgio frisou que a situação caótica foi evidenciada com os resultados de uma operação desencadeada em Tarauacá no último final de semana. “Foi só eu denunciar a situação caótica da segurança naquele município que uma série de ações foram realizadas, resultando na prisão e identificação de vários suspeitos. O que para mim evidencia que havia, sim, um comodismo. Não pense que me calarei, pois fui eleito para dá voz aos reclames da população e sempre que eu for procurado e o clamor do povo chegar a mim estarei pronto para repercutir nesta tribuna”, argumenta.

Finalizando, o pedetista não eximiu o governo do Estado da culpa e pediu mais investimentos na Segurança Pública, especificamente na regional Tarauacá/Envira. Além disso, ele citou que é necessário combater os crimes que vêm ocorrendo no Estado. Segundo ele, não se pode ficar assistindo de ‘camarote’ a juventude ser executada pelo crime.

Nenhum comentário: