CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

TARAUACÁ: CANCELADO O CARNAVAL DE RUA NO MUNICÍPIO, EM 2017.

Reunião realizada hoje sobre o carnaval
Na cidade de Tarauacá, também não haverá carnaval de rua em 2017. Nem prefeitura do município nem tão pouco a iniciativa privada se comprometeram em realizar o evento. 

A prefeita Marilete Vitorino já havia se manifestado sobre o assunto dizendo que diante da crise e por consequência as condições financeiras do município, a prefeitura não teria condições de realizar a festa. 

Para complicar, na data de hoje, a prefeita recebeu uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado - TCE, que o município não gastasse recursos públicos com eventos carnavalesco e nem com outras festividades, pois, a gestora poderia estar incorrendo em crime de improbidade administrativa, descumprindo preceitos constitucionais fundamentais da administração pública conforme previsto na Lei 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa). Além disso, o município decretou recentemente estado de emergência por conta da alagação. 

Doc com recomendação do TCE
"Não vamos gastar dinheiro público em festas se estamos precisando urgentemente investir em outras áreas vitais para o a cidade como restauração de nossas ruas e outras necessidades do nosso povo. Vamos organizar nosso município e criar as condições para comemorarmos o nosso aniversário no dia 24 de abril. Esse ano queremos ainda resgatar a nossa festa do abacaxi", disse a prefeita.    
Havia ainda a possibilidade de realização da festa por parte da iniciativa privada em parceria com o município. A empresa bancava a festa e o município ofereceria uma contra partida em serviços de limpeza e outros. O que também não foi possível. 

Em reunião realizada na tarde desta sexta feria (17), no gabinete da prefeita, a empresária Ivete Damasceno (Grupo RI), anunciou que estaria desistindo de realizar a festa. Ivete alegou que havia escolhido a Rua Quintino Bocaiúva que dá acesso ao mercado, porém, moradores fizeram um abaixo assinado pedindo à prefeita que não permitisse a festa naquele local, o que foi aceito pela prefeita. Outro argumento usado pela empresária é que por conta do cancelamento do carnaval em Cruzeiro do Sul e Feijó, o principal patrocinador desistiu. Para a realização da festa deveria haver uma contra partida da prefeitura.

Portanto, não haverá carnaval de rua em Tarauacá em 2017, por parte da prefeitura e da iniciativa privada.

Nenhum comentário: