CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

'Operação Volta ao Mundo', do MPAC, cumpre mandados de busca e apreensão em Xapuri


Agência de Notícias do MPAC - O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) deflagrou, nesta terça-feira (10), no município de Xapuri, a primeira parte da 'Operação Volta ao Mundo', que investiga gastos abusivos da antiga gestão municipal com combustíveis.

Segundo apurado pela equipe de investigação do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) da instituição, os gastos com combustível apresentam significativa incompatibilidade com as possibilidades fáticas do município de Xapuri, sendo suficiente para dar várias voltas ao mundo, o que acabou denominando a operação.

Durante todo o dia, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão em residências e estabelecimentos comerciais de ex-integrantes da gestão municipal e pessoas envolvidas.

A sede da Prefeitura de Xapuri foi inspecionada para busca de notas de compras de combustível, bem como, contas e convênios para comparar com o que foi declarado.

Nos documentos apreendidos, foram encontradas notas com valores altíssimos, incluindo uma no valor de R$ 101 mil, referente a 18 dias de consumo de combustível. A nota era da Secretaria de Infraestrutura e contém o selo fiscal da Secretaria de Fazenda do Estado.


Em razão disso, ainda não é possível precisar o cálculo exato do possível dano ao erário em Xapuri.

Além da prefeitura, todas as secretarias municipais estão sendo investigadas, mas, nessa terça, a busca e apreensão compreendeu apenas as secretarias de Infraestrutura, de Educação, Agricultura, Saúde e Finanças.

Apenas o início

A ação foi coordenada pelo promotor de Justiça substituto do município, Fernando Henrique Santos Terra, que desde setembro de 2016 investiga o caso e acompanhou de perto o desfecho da operação.

A promotora de Justiça substituta do município de Brasiléia, Juliana Barbosa Hoff, também participou da operação.

Segundo o promotor de Justiça Fernando Henrique Santos Terra, é apenas o início. A ideia da operação é verificar o motivo desse consumo de combustível, a priori excessivo para as secretarias do município. “Nós cumprimos mandados nas casas para garantir se havia ou não documentos que foram ocultados, que foram levados por algumas pessoas”, disse.

Ainda segundo o promotor de Justiça, apesar de terem havido algumas faltas por parte de pessoas que deveriam ser abordadas na diligência, mesmo assim, foi possível acessar a documentação que se pretendia, tudo de forma regular, com acompanhamento da Justiça.

“Esperamos, assim, confirmar, com o que se tem, o que realmente aconteceu no município de Xapuri com relação aos gastos com combustível e, ao que tudo indica, outras espécies de irregularidades”, contou.

Apreensões

Foram recolhidos computadores, mídias em CDs, DVDs e pendrives, caixas de arquivo, notas de compra, celulares, requisições e contratos.

Também foi feito o flagrante de uma arma com a numeração raspada e documentos oficiais em casas de particulares.

Estiveram envolvidos na 'Operação Volta ao Mundo', cerca de 50 componentes do MP Estadual, da capital e dos municípios de Xapuri e Brasiléia. As equipes tiveram apoio da assessoria de segurança institucional do MPAC.

Texto e Fotos: Tiago Teles - Agência de Notícias do MPAC

Nenhum comentário: