CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

domingo, 31 de janeiro de 2016

HOJE É O NÍVER DO FÉLIX


FEIJÓ: UM POUCO DA HISTÓRIA DO MUNICÍPIO SOBRE A SEPARAÇÃO OU DESMEMBRAMENTO DE TARAUACÁ

Avenida Epaminondas Martins 
SEPARAÇÃO DO EMBIRA

O jornal O Município, de 8 de março de 1931 (Num. 822, Ano XXII), de Tarauacá, trazia a seguinte notícia do anseio dos moradores de Feijó pela separação do município de Tarauacá: “SEPARAÇÃO DO EMBIRA Dizem de Villa Feijó que os habitantes dos rios Embira e Jurupary se congregaram para se separarem da tutela do Tarauacá em face do abandono em que vivem. 

Querem crear um Município seu, que trate de melhorar e fazer progredir aquella importante zona, já que o do Tarauacá delles só lembra na ocasião da colheita dos impostos. 

Para mais acelerarem o seu “desideratum”, tratam de fundar um jornal em Villa Feijó, em cuja frente está o prestigioso doutor Epaminondas Martins. 

Em qualquer parte do mundo deve predominar o “crescei e multiplicai”. 

É o que se dá no Embira que não deve ficar na estacada pela incúria de governos incompetentes. 
Praça da Bandeira
Nós sempre lembramos que aquella zona tem direito à consideração dos administradores deste Município, pois rende e produz tanto como este rio e o Murú. “Quem adeante não olha, atraz fica”...” 

A tão sonhada independência política e territorial de Feijó viria no dia 21 de dezembro de 1938, quando, por meio do Decreto-lei Federal n.º 968 é elevado à categoria de município, sendo desmembrado definitivamente de Tarauacá.

As duas fotos que ilustram são da década de 1950, do Arquivo dos Municípios Brasileiros, disponíveis na Biblioteca do IBGE. 

Postado por Isaac Melo
Blog Alma Acreana

Municípios do Acre na lista negra do SIOPS

Nada menos que sessenta e três por centro dos municípios do Acre não enviaram dados de nenhum bimestre do exercício 2015 ao Siops – Sistema de Informação sobre Orçamento Público em Saúde. Do total de 747 municípios que não realizaram o envio de informações de nenhum dos bimestres do exercício de 2015, dezesseis são do Acre e caso não se regularizem até hoje, dia 30, estarão passivos de suspensão de repasses de transferências voluntárias da União até que seja feita a regularização.

A responsabilidade dos dados declarados no Siops é do gestor do fundo municipal e conforme a Lei Complementar 141/2012 a prestação de contas de saúde deve ocorrer até 30 dias após o fim de cada bimestre.
Suspenção do FPM

Os Municípios que não transmitirem os dados até 30 de janeiro, já serão notificados, e terão o prazo máximo até 2 de março para regularização, caso não seja realizada a partir de 10 de março já terão a suspensão das Transferências Constitucionais, entre eles a do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A CNM alerta a todos os Municípios que não transmitiram nenhum dado do exercício 2015 que é de competência do gestor analisar os motivos da não alimentação do sistema. Além disto é importante verificar a disponibilidade de acesso, o conhecimento dos prazos, as implicações legais e identificar ainda se, a falta de informações dos bimestres anteriores não refletirão na transmissão do último bimestre.

As datas e prazos de entrega:

30 de janeiro: Prazo legal para entrega do 6.º bimestre de 2015;
31 de janeiro: Notificação automática aos entes que não declararam o 6.º bimestre;
02 de março: Prazo para entrega do 6.º bimestre sem aplicação de penalidade;
3 a 9 de março: Envio das informações do SIOPS ao Banco do Brasil;
10 de março: Suspensão de Transferências Constitucionais e voluntárias para entes que não declararam o 6.º bimestre de 2015.

Municípios do Acre regularizados

Manoel Urbano
Rio Branco
Cruzeiro do Sul
Santa Rosa do Purus
Sena Madureira
Jordão
Mâncio Lima
Feijó

Do Jornal Tribuna

VENDO HONDA CIVIC EM TARAUACÁ


HONDA CIVIC
ANO: 2007
DOCUMENTAÇÃO EM DIA
CONTATO
99472471
PROFESSOR ROSINHA

VENDO MOTO EM TARAUACÁ

XR TORNARDO
CONTATO
99309725
ALISSON

sábado, 30 de janeiro de 2016

ARTIGO: "Marina não é esfinge"


A despeito do editorial caricato da Folha de S. Paulo.

Mas Marina continua a mesma.

E talvez seja esse o único ponto de concordância que se possa encontrar com a opinião de Elio Gaspari e aquela aqui expressada.

E que bom que continua a mesma, pois consistência, deveras, é fenômeno raro em matéria de política.

Os comentaristas apressam-se nas conclusões sobre Marina. Equivocam-se na leitura de fatos passados, e equivocam-se na compreensão de fatos presentes.

Parece bastante simples atribuir a Marina, unica e exclusivamente, a queda em pesquisas passadas. Taxar o seu discurso como utópico e raso. Sua personalidade como emotiva. Sua razão como ambígua.

Difícil mesmo é reconhecer que, num sistema político falido, em que se pode "fazer o diabo para vencer as eleições", com palanques, minutos de TV, marketing, orçamento e todos os tentáculos possíveis do sistema que lutam com força feroz para para nele permanecer, fazer política com o objetivo de furar o bipartidarismo brasileiro é, indubitavelmente, colocar-se frente-a-frente com um monstro voraz. E Marina, a despeito das pechas vexatórias de "candidata dos banqueiros" que lhe quiseram pregar, era mais anti-sistema que qualquer candidato majoritário.

Obviamente, Marina não é perfeita. Não é deusa. Nem santa. Comete erros e às vezes se contradiz. Erra no que quer expressar. E erra em algumas ideias, pelos olhos de algum observador, em algum lugar do planeta. A diferença de uma parcela razoável dos políticos, todavia, é que, ao que tudo indica, Marina sabe disso.

Por isso mesmo ela se auto-define muito bem: é mais professora que política; é mais interlocutora para uma longa conversa do que liderança calculista com todas as respostas prontas. Nas boas palavras do professor Márcio Sales Saraiva, Marina é o anti-marketing político.

E até nas entrevistas, Marina deixa às claras muito de si mesma. E do que quer transmitir ao seu companheiro de prosa e, às vezes, até de poesia. Sem grande preocupação com o que "vão pensar de mim".

Ao falar com Bruno Torturra, em entrevista ao Fluxo, Marina se encontra no ambiente em que se sente mais confortável. Ali, em meio às árvores de um parque de Brasília, sentada num banco de madeira, com um interlocutor versado em teoria política e sociológica, Marina discute ideias profundas e como transformá-las em realidade. Cita autores renomados e de admirável composição no repertório de uma presidenciável. Ela fala de Hannah Arendt e a origem do mal, fala de Baumman e a crise política. Toca em pontos profundos que traduzem a crise no sistema representativo. Critica o sistema de produção e consumo. Critica a acumulação capitalista em frases que acusam a falta de equidade na distribuição das riquezas. Explica com mais detalhes a polarização política e o conceito de Sustentabilismo: segundo ela própria, uma forma de agregar as conquistas da humanidade num novo "ideário". O entrevistador, preocupado com o longo prazo. Com as políticas que permanecem mesmo depois de esgotados os prazos dos políticos, deixa escapar expressões que parecem esconder uma mistura de espanto e admiração. A sensação que se tem é que talvez nunca, desde a redemocratização pelo menos, alguém próximo da presidência da república foi capaz de alcançar aquele nível de síntese e observação do quadro político, econômico e social. (Com possível exceção ao ex-presidente FHC) Ali, falou a Marina professora. A Marina preocupada em usar seu capital político para dar novos caminhos, ou como ela mesma diz "novas maneiras de caminhar".

Ao falar com a Folha de. S. Paulo e em recente entrevista à Rede TV, de Marina são cobradas respostas rápidas. Ali, não querem que ela seja professora. Não querem que ela ensine. Que ela transmita reflexões. Querem apenas respostas diretas. Querem saber se ela é socialista ou capitalista. Marina apresenta seu ideal de "Sustentabilismo". É chamada de abstrata. O interlocutor não quer reflexões, quer manchetes chamativas, que gerarão comentários nas redes sociais.

Marina quer discutir o Brasil do longo prazo no seu curto prazo político. O interlocutor quer discutir o curto prazo para o curtíssimo prazo da manchete de "amanhã". Afinal, as frases "Marina se diz anticapitalista" ou "Marina se diz capitalista" vendem. Mas "Marina se diz Sustentabilista" gera apenas uma grande interrogação na cabeça das pessoas. Faria alguém preocupado com fins minuciosamente eleitorais uma afirmação dessa? Dificilmente.

A fala de Marina apenas abre espaço para romper com estruturas tradicionais de poder que se formam ao redor das correntes ideológicas, sejam elas quais forem. Mesmo que essas ideologias tenham sido desidratadas pelo fisiologismo das estruturas humanas. Obviamente que ter uma professora quase filósofa que carrega consigo a responsabilidade de 20 milhões de votos tentando romper uma nova barreira ideológica assusta. Afinal, o que pode sair disso?

Marina, obviamente, necessita fazer uma reflexão de como lidar com essas situações, e como tornar sua linguagem mais acessível ao povo que não leu Hannah Arendt ou Baumman.

A mídia, obviamente, deveria se esforçar um pouco mais para entender uma pessoa que, ao que parece ser incontestável, "não tem por objetivo de vida ser presidente da República." Fosse o caso, estaria bradando por aí palavras de ordem, trejeitos de stand up comedy e respostas prontas e populistas como bem o fazem Jair Bolsonaro e Ciro Gomes.

Mas a mídia não vai mudar. Discutir ideias não dá destaque. E quando dá, não é muito.

Só que aquilo que nem a mídia, nem aqueles que estiverem acostumados a discursos "fast-food" poderão esquecer, nas palavras de uma dessas reflexões profundas que surgem apenas em status de rede social, é que Marina "preferiu ser profeta a ser rainha". Prefere os paradoxos às divisões binárias. Prefere enxergar o arco-íris que se esconde entre o preto e o branco. Prefere Edgar Morin a Marx (aparentemente). Prefere não acusar sem provas. Prefere não atacar adversários na campanha, mesmo que a sua disposição tenha diversas ferramentas. Parece que ela escolheu se apresentar assim: sem filtro, sem ajustes de luz, sem ajustes de som, sem ajustes de cor e sem ódio. E, ao que tudo indica, isso também não vai mudar.

Leia mais AQUI

ACRE: TCE condena 16 prefeitos por irregularidades

Tonheiro, do Bujari, nem entregou contas de 2014
Dos 22 prefeitos eleitos em 2012, e, que, estão no cargo, 16 deles foram condenados pelo Tribunal de Contas do Estado por irregularidades com os recursos públicos.

Os outros seis: Antônio Vareda de Capixaba; Roney Firmino de Plácido de Castro; Antônio Portela de Porto Acre; Merla Albuquerque de Feijó e Marcus Alexandre de Rio Branco, também podem entrar na lista: ainda faltam as análises das últimas prestações de contas. O sexto prefeito, Antônio Brito, o Tonheiro, do Bujari, nem entregou a prestação de contas de 2014.

A lei da ficha limpa determina que todos os gestores condenados estão impedidos de concorrer nas próximas eleições. Mas, a lista dos “fichas sujas” do TCE é extensa. Na eleição de 2012, foram enviados ao Tribunal Regional Eleitoral 46 nomes de ex-prefeitos e prefeitos que não aplicaram corretamente os recursos do município.

Em 2014 e 2015, essa relação engordou e muito. Somando prefeitos, vereadores, secretários de estados são mais 100 nomes, o que daria hoje quase 150 “fichas sujas”.

Dos prefeitos que estão no cargo há os recordistas de irregularidades: Cleidison de Jesus Rocha, de Mâncio Lima, tem oito condenações; James Pereira, de Senador Guiomard, tem cinco; mesma quantidade de Humberto Gonçalves, o “doutor Betinho” de Assis Brasil, e Aldemir da Silva Lopes, de Marechal Thaumaturgo.

O que beneficia esses gestores é uma brecha na lei. Quando condenados, recorrem e logo ficam livres para concorrer novamente nas eleições e ficar no cargo.

A maioria dos prefeitos condenados já entregou os recursos no TCE para ver se livrar, momentaneamente, da condenação. A lei brasileira presume inocência quando a pessoa recorre de uma condenação.

Além dos prefeitos atuais, praticamente todos os ex-prefeitos cometeram ilegalidades em suas gestões, talvez isso explique, em parte, as dificuldades da rotina administrativa dos municípios.

Nos anos de 2014 e 2015, o TCE pediu a devolução de R$ 23 milhões dos gestores condenados, dinheiro que deveria ter sido aplicado no município e em programas do Governo do Estado, que foram gastos sem explicação.

As multas para esses gestores chegaram a R$ 5 milhões. O ex-prefeito de Santa Rosa, José Brasil vai ter que desembolsar R$ 5 milhões, dinheiro que jamais vai aparecer.

Prefeitos recordistas de irregularidades

Cleidison de Jesus Rocha (de Mâncio Lima) 8 condenações
James Pereira (de Senador Guiomard) 5 condenações
Humberto Gonçalves (de Assis Brasil) 5 condenações
Aldemir da Silva Lopes (de Marechal Thaumaturgo) 5 condenações

Fonte: TCE/AC

TARAUACÁ/ELEIÇÕES 2016: PTN DECLARA APOIO A RODRIGO DAMASCENO

Reunião com o prefeito Rodrigo Damsceno
 A Direção Executiva do Partido Trabalhista Nacional (PTN ) se reuniu com o nesta sexta feira, 29/02, para declarar sua adesão e seu apoio total à pré-candidatura a reeleição de Rodrigo Damasceno. "Tomamos essa decisão por acreditar que dentre os nomes que estão posto para nossa cidade, ele ainda é o melhor para administrar Tarauacá, razão pela qual iremos nos empenhar ao máximo para sua reeleição e ajudá-lo administrar nossa cidade por mais 4 anos" disse o presidente do PTN, Albanir Moraes.

Filiação do desportista Dicélio Martins
Além do apoio a Rodrigo Damasceno, o partido tem ainda como prioridade a eleição para vereador do atual Secretário Municipal de Finanças, Árife Eleamem. foi a nunciada ainda a filiação do desportista Dicélio Martins. 

O PTN tem como expressões maiores em Tarauacá, o Secretário de Municipal de Finanças, Árife Eleamem, Ex-Deputado Estadual Chico Sombra e o Empresário Alexandre Aquino.

Acre tem perda de R$ 33 milhões em repasses da União, em janeiro

Com perdas cada vez maiores de repasses, governo do Estado anuncia alerta dentro da administração pública
 (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, 29, o governador Tião Viana, acompanhado de sua equipe econômica, anunciou perda de R$ 33 milhões em repasses do governo federal, por meio do Fundo de Participação dos Estados (FPE), somente em janeiro, em relação ao ano passado. O momento reflete a crise econômica e política que o país tem passado e cria um sinal de alerta dentro da administração pública estadual.

“Isso demonstra um momento muito delicado. Se nós conseguimos fazer a travessia de 2015 contando cada centavo, nós temos que ter uma resposta econômica para manter viáveis as responsabilidades de governo. E nós temos um compromisso sagrado no Acre: assegurar em dia o pagamento dos servidores públicos”, disse o governador Tião Viana, ao manter seu compromisso pela folha estadual.

Na próxima segunda-feira, 1º, o governador Tião Viana estará em Brasília, onde irá se reunir com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, em um encontro com outros governadores, para defender medidas de impulsão à economia, como a utilização das reservas cambiais, repatriamento de recursos, liberação de jogos de azar, mudanças no Imposto de Renda e a volta da CPMF.

“Mesmo diante desse quadro delicadíssimo, a presidente Dilma anunciou que deve haver sinais de uma melhoria agora e liberou R$ 83 bilhões de créditos e R$ 36 bilhões para a construção civil com recursos do FGTS. E, mesmo com esse cenário, o governo está consolidando créditos e oportunidades de investimentos. Porque na hora da crise, o que nos dá possibilidade de trabalhar é o governo ter recursos para investimentos, que gerem atividades econômicas e que nos permitam fazer a travessia da crise”, destacou o governador.
Estudo de medidas

O governo está realizando um estudo de medidas em todos os cenários da crise econômica. Está sendo analisada a possibilidade de que alguns setores de serviços dentro do governo passem a funcionar em horário corrido e cortes salariais nos cargos em comissão, evitando o máximo possível a necessidade de demissão.

“Mais de 20 estados passando por uma gravíssima situação e nós estamos alertando no momento para essa perda. E se continuar nesse ritmo, medidas duras terão de ser tomadas de corte no orçamento do Estado e na responsabilidade de custeio”, ressaltou.
ICMS

O governador também demonstrou preocupação com a situação financeira dos municípios acreanos. Mesmo com a crise, em 2015, o governo do Estado foi capaz de transferir, por meio do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), R$ 274 milhões, ajudando a manter a administração das cidades.

A nova modalidade de ICMS estadual, passando do lucro presumido para o lucro apurado, teve apoio unânime dos setores empresariais do Acre e trouxe justiça ao meio, sem possibilidades de driblar o sistema. “Mais de 15 estados já aumentaram os impostos e nós ainda não estamos trabalhando nisso”, disse Tião Viana.

O secretário de Estado de Fazenda, Joaquim Mansour, completou: “Efetivamente, a arrecadação não cresceu. No fim do ano, as receitas do ICMS são maiores, mas houve uma redução no consumo e, consequentemente, houve uma queda no imposto. A alíquota continua em 17%”.

Por Samuel Bryan
Agência Acre

TARAUACÁ: HOJE NO CHEGA MAIS


TARAUACÁ: TRÊS ESPECIALIDADES HOJE NO LAB CLIM


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

TARAUACÁ: PRESIDENTE DA CÂMARA, VEREADOR EZI ARAGÃO, HOMOLOGA CONCURSO PÚBLICO


O Presidente José Ezi do Nascimento Aragão homologou hoje (29), o resultado final do concurso público (confira aqui a lista de aprovados), para o quadro de funcionários efetivo da Câmara Municipal de Tarauacá.

O concurso público terá validade pelo prazo de 02 anos, podendo ser prorrogado por mais dois, conforme disponibilizado no Edital.

Os concursados deverão observar o comunicado desta Casa para preenchimento das vagas que será divulgado em toda a imprensa tarauacaene.



Assecom

TARAUACÁ/ELEIÇÃO 2016: Oposição acena para candidatura única durante encontro com Major Rocha e Luiz Gonzaga


Durante encontro realizado na Câmara Municipal de Tarauacá nesta quinta-feira, 28, lideranças dos partidos de oposição do Acre declararam oficialmente ao presidente regional do PSDB, deputado federal Major Rocha, a intenção de apresentar candidatura única para a Prefeitura da cidade.

No momento todos os partidos de oposição apresentaram um pré-candidato e têm divulgado aos eleitores os nomes escolhidos.

Pelo PSDB, o comerciante Manoel Gomes, um dos fundadores do partido em Tarauacá, apresentou a intenção de concorrer à Prefeitura da cidade.

O radialista Gilson Amorim também colocou o nome à disposição.

Em clima de harmonia, vereadores de oposição debateram com Major Rocha e o deputado estadual Luiz Gonzaga a situação política do município para as Eleições 2016.

“Este é o partido onde o diálogo entre os partidos está mais harmônico e se encaminhando sem tumulto. O PSDB apresentou seus nomes e, no momento oportuno, haverá a escolha do nome para concorrer a prefeitura”, disse Major Rocha.

Assessoria PSDB AC

TARAUACÁ:CD Arrocha Sertanejo Vol.17 - 2016 - Dj Tiago Albuquerque

NÍVER DO F. SALLES


Hoje você completa mais um ano de vida e quem ganha o presente sou eu por ter o prazer de conviver diariamente com a pessoa magnífica que você é!

Feliz aniversário meu amor, você é extremamente importante para mim .Desejo toda saúde, paz, amor e felicidade do mundo para você. Você merece o melhor por ser esse esposo atencioso, dedicado, esse exemplo de homem na minha vida. Serei eternamente grata a Deus por colocar você em minha vida e torço para que essa união seja abençoada e o amor dure a eternidade.

Hoje eu quero te lembrar como sou grata por ter casado contigo… As melhores coisas da vida aconteceram depois que nos conhecemos. O tempo tá passando rápido e nós vamos aprendendo o valor do respeito no relacionamento. 

Muitas pessoas passam a vida procurando e não encontram, mas eu encontrei você, o melhor homem do mundo, que só me dá orgulho por tudo que é e me faz ser. Parabéns! Muita saúde, paz e que venham mais anos para eternizarmos nosso amor.

PARABÉNS MINHA VIDA

Kesiane França


Vereador acusado de estupro diz que foi vítima de armação política: “Isso abalou minha vida”

Após ser inocentado da acusação de estupro de uma adolescente, o vereador do PT de Tarauacá, Lulu Neri, afirmou, por meio de nota, que a acusação causou um profundo abalo nele e em toda a sua família. O vereador disse também acreditar que a acusação, que chegou a ser apurada pelo delegado José Obetanio, não passou de uma suposta armação que teria por finalidade atingir a sua imagem política.

O caso veio a público na última quarta-feira (27) depois que o delegado José Obetanio afirmou a um site local que Lulu era acusado de estupro e que o caso estava sob investigação.

O presidente regional do PT, Ermício Sena chegou a afirmar à ContilNet que em caso de comprovadas as denúncias contra Lulu o parlamentar seria expulso do partido.

De acordo com o delegado, o exame de corpo de delito feito na adolescente de 16 anos comprovou, preliminarmente, que não houve estupro.

O vereador afirmou que nada deve a Justiça, mas que mesmo assim se coloca à disposição para qualquer esclarecimento.

“Na manhã desta quinta-feira, o conceituado delegado José Obetonio, em entrevista a uma rádio local, falou que a polícia apurou o caso e que tudo não passou de boatos e especulações”, disse Lulu.

Por Gina Menezes
ContilNet

VENDO CASA NO BAIRRO DO TRIÂNGULO


Endereço: Rua Isaura Borges - Triângulo
Contato: 99849798

TARAUACÁ: HOJE TEM GIOVANNI ACIOLY NA MAMUTE HALLS


TARAUACÁ: COMITÊ DE DEFESA DOS CONSUMIDORES DO MUNICÍPIO SE REÚNE COM DEPUTADO FEDERAL MAJOR ROCHA


O comitê de Defesa dos consumidores Tarauacaenses, criado recentemente em Tarauacá, se reuniu na tarde desta quinta feira, 28 de janeiro, com o Deputado Federal Major rocha (PSDB), por razão de sua visita a Tarauacá. 

No encontro, os membros apresentaram uma série ações que se pretende desenvolver no município, especialmente contra os preços abusivos, que é o caso da conta de energia elétrica que nos dois últimos anos aumentou assustadoramente. 

"Acabo de participar de reunião com o Comitê em defesa do Consumidor de Tarauacá. Os integrantes pediram meu apoio contra os constantes reajustes de energia elétrica em Tarauacá. A reunião foi solicitada pelo sindicalista Raimundo Accioly e pela vereadora Janaina Furtado. Me comprometi a lutar,ainda mais, contra os reajustes absurdos no preço da energia elétrica praticados pelo Governo Federal", disse o Deputado em uma rede social. 

TARAUACÁ: AMISTOSO DE VOLEIBOL NESTE SÁBADO


TARAUACÁ: PREFEITURA CONVOCA MAIS 15 PROFESSORES CONCURSADOS


Aconteceu na noite desta quinta-feira, 28, no gabinete do prefeito Rodrigo Damasceno, uma importante reunião com os novos professores convocados para contratação por meio de concurso público para o quadro de permanentes da Secretaria Municipal de Educação. 

Serão 15 novos contratados que irão alavancar ainda mais o quadro de professores da rede municipal, aprovados no certame realizado ainda no ano de 2014 pela Prefeitura de Tarauacá. 

O Prefeito Rodrigo Damasceno destacou a importância da valorização e do compromisso do executivo com a rede de ensino municipal que tem alcançado avanços significativos. Presentes, ainda, o Vice-Prefeito Chagas Batista e o Secretário Municipal de Educação Carlos Gomes, que reafirmou não medir esforços para garantir uma educação de qualidade para a população rural e urbana do nosso município.

Por Gilberto Coelho
Assecom

TARAUACÁ/ELEIÇÃO 2016: REDE E PT SE REÚNEM E DEBATEM SOBRE ANO ELEITORAL

Dirigentes da Rede e do PT
TARAUACÁ - Com o objetivo de dialogar com as diversas forças políticas municipais para falar das intenções do partido e ouvir o que elas pensam sobre o ano eleitoral, a Rede Sustentabilidade se reuniu na noite desta quinta-feira, 28 de janeiro, com a direção do Partido dos Trabalhadores. 

Pela Rede Sustentabilidade participaram os dirigentes Eurico Paz, Janaina Furtado, Ricardo Lima, Aldomir albano, Flávio Santos e Raimundo Accioly. Pelo PT os dirigentes Adriano Cacau (presidente), Edmundo Maicel, Marcus Vinícius, Enivaldo do Ó, Carlinhos Félix e Márcio André. 

O PT é O  partido do atual prefeito Rodrigo Damasceno. Segundo sua direção o projeto é trabalhar a formação de uma boa aliança para garantir a reeleição da gestão. No que se refere à chapa de vereadores, o partido deve apresentar uma chapa própria.

A rede deve apresentar seu projeto político eleitoral após a rodada de conversa com todos os partidos. 

Assessoria Rede/Tarauacá

Boas notícias! Processo seletivo para Curso Técnico em Agronegócio


PROCESSO
SELETIVO 2016/1
CURSO TÉCNICO
EM AGRONEGÓCIO
DIRETO DA AULA PARA O MERCADO DE TRABALHO
Aproveite a oportunidade de se formar em um curso técnico e fique pronto para atuar em propriedades rurais, indústrias, federações, associações e em empresas de pesquisa e fomento, entre outras.

Este é o primeiro curso técnico de nível médio na modalidade a distância oferecido pelo SENAR através de polos de apoio presencial, mediante parceria com Administrações Regionais.

Eixo Tecnológico (SETEC/MEC): Recursos Naturais
Nome do Curso: Curso Técnico de Nível Médio em Agronegócio
Habilitação Profissional: Técnico em Agronegócio
Nível de Ensino:
 Técnico de Nível Médio
Modalidade de Ensino: A distância
Carga Horária Total: 1.230 horas
Duração do Curso: 4 semestres

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES AQUI

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Tarauacá: maior parte da produção de banana é exportada


“O Mercado de banana em Tarauacá está em ascensão e continua crescendo em ritmos acelerado”. A afirmação é do diretor de Agronomia da SEAP, Carlos Augusto. 

Segundo o diretor, toda banana produzida atualmente no Acre está sendo exportada para Rondônia e Manaus; e explica como o produtor de Tarauacá deve conduzir sua produção para que não fique pra trás.

Segundo Carlos, o Acre caminha para a independência econômica. Exemplo disso é o modelo de negócios implantado envolvendo as esferas pública, privada e comunitária na gestão de indústrias instaladas no estado nos últimos anos, desenvolvendo as cadeias produtivas sustentáveis. 

Uma das áreas de grande produção é a Terra Indígena da Praia do Carapanã, A aldeia formada por 602 índios fica às margens do Rio Tarauacá. Na época do verão, a viagem até o local dura 36 horas.

Depois que a comunidade firmou parceria com o governo do Acre, a produção agrícola do local tem crescido a ponto de o excedente ser levado para a capital e comercializado na Central de Abastecimento de Rio Branco, a Ceasa.

Por mês, a produção de bananas chega a 700 cachos, parte do que produzido é destinado para consumo próprio, já que a fruta é uma das bases da alimentação da comunidade.

Por Ivo Roberto

Cidade no interior de MG tem todos os vereadores presos por corrupção


A pequena cidade de Centralina (MG), com seus 10 mil habitantes e localizada a 669 quilômetros de Belo Horizonte, vive um situação inusitada: todos os seus nove vereadores foram presos preventivamente suspeitos de corrupção.

Eles são investigados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Uberlândia acusados de desvio de dinheiro público.

Segundo a investigação, todos os nove vereadores eleitos para legislatura que termina este ano fraudaram notas fiscais para justificar recebimento de diárias de viagens que nunca foram feitas.

Quatro deles foram presos na semana passada, na primeira etapa da investigação que recebeu o nome de "Viagem Fantasma" e renunciaram aos cargos.

Os quatro, entre eles o presidente da Câmara Municipal, Eurípides Batista Ferreira, o Baianinho (Pros), o primeiro secretário, Hélio Matias (PSL), Carla Rúbia (Solidariedade) e Roneslei do Carmo Soares (PR), foram ouvidos e soltos um dia após a prisão. Agora cumprem prisão domiciliar.

Os outros cinco: o vice-presidente da Casa, Ismael Pereira Peres (PT), o 2º secretário Rodrigo Lucas (Solidariedade), Wandriene Ferreira de Moura (PR), Sônia Martins de Medeiros Rosa (PP) e Cleison Vieira (PDT), foram detidos na manhã desta quinta-feira (28) durante a segunda etapa da operação.

Os cinco serão encaminhados para o presídio Professor Jacy de Assis em Uberlândia (537 quilômetros de Belo Horizonte). Além dos vereadores, um ex-servidor da Câmara Municipal e um ex-vereador, que hoje atua como advogado, também foram presos na operação. Outros 12 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

Segundo o Ministério Público, os suspeitos cometeram associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.
Câmara está em recesso

Com a prisão dos cinco vereadores e a renúncia dos quatro primeiros presos, a Câmara Municipal de Centralina fica sem representantes.

O UOL tentou entrar em contato com a comunicação da Casa, mas foi informada que a Câmara está em recesso, que retorna aos trabalhos apenas na próxima semana e que os suplentes devem assumir os cargos.

Renata Tavares
Colaboração para o UOL, em Uberlândia

TARAUACÁ: NOTA DE ESCLARECIMENTO DO VEREADOR LULU NERI

A respeito da matéria publicada no site de notícias AC24Horas, no dia 26 de janeiro de 2016, assinada pelo jornalista Jairo Carioca, com o título Vereador do PT é acusado de estuprar adolescente, que trata de um suposto envolvimento da minha pessoa com uma menor, venho publicamente esclarecer o seguinte: 

1-) Sinceramente isso abalou minha vida, da minha família e das pessoas da minha convivência e não se sabe as razões que fizeram com que as pessoas criassem uma história tão mentirosa como essa; 

2-) Um boato que tomou uma dimensão sem precedentes depois que virou notícia no referido site e que deixou toda minha família na lama e atingiu profundamente minha moral de pai de família e de homem público; 

3-) Considero que a notícia foi publicada de forma irresponsável sem a devida avaliação de sua veracidade como manda o bom jornalismo; 

4-) Não houve, não há e nem haverá denúncia em delegacia ou conselho tutelar contra minha pessoa, muito menos mandado de prisão sobre esse ou qualquer outro tipo de crime como foi infelizmente noticiado pelo jornalista; 

5-) Mesmo assim me coloquei a disposição da polícia e do poder judiciário para que não pairassem dúvidas sobre minha conduta; 

6-) Na manhã desta quarta-feira, 27 de janeiro, os pais da garota em questão se apresentaram na delegacia juntamente com a garota para conversar com o Delegado José Obetânio e com riqueza de detalhes contaram que a mesma não foi violentada sexualmente e nem sofreu qualquer tipo de ameaça; 

7-) Para se certificar o Delegado pediu que fosse realizado, na tarde desta quarta-feira, na maternidade local, um exame de conjunção carnal que comprovou que a menina não foi violentada sexualmente e não teve relação sexual recentemente. Com isso não há investigação em curso contra minha pessoa; 

8-) Na manhã desta quinta-feira, 28 de janeiro, o conceituado Delegado José Obetânio, em entrevista a uma rádio local, falou sobre o caso e disse que pelo que polícia apurou, tudo não passou de boatos e especulações . 

9-) Todas essas ilações associando os boatos à questões políticas têm objetivos claros de atingir a minha pessoa e o partido dos trabalhadores, já que estamos num ano de disputa eleitoral; 

10-) Diante de tuto isso vou me reservar a buscar na justiça o direito de responsabilizar juridicamente todos os responsáveis por causarem esses transtornos na minha vida somente por questões políticas; 

11-) Por fim, peço que a população de Tarauacá compreenda que não se pode julgar e condenar uma pessoa sem antes garantir que ela possa exercer o “sagrado direito de se defender”. 

Lulu Neri 
Vereador do Partido dos Trabalhadores 
Tarauacá-Acre 

Prefeito de Marechal Thaumaturgo cancela Carnaval e manda população “ir orar”

Prefeito manda mensagem inusitada aos moradores de Marechal Thaumaturgo/Foto: Secom
O momento de crise vivido no país tem obrigado muitas cidades a cancelarem as festas de Carnaval. No Acre não é diferente. Em alguns municípios do Vale do Juruá, para garantir que o Carnaval aconteça foi firmada uma parceria entre prefeituras e inciativa privada. Menos em Marechal Thaumaturgo.

Lá, o prefeito da cidade, Aldemir Lopes (PT-AC), não só cancelou a festa popular como aconselhou a população a procurar uma igreja para orar. 

“Todo mundo tem que ir é para a igreja orar e pedir a Deus. Por parte da prefeitura, não haverá nada nem com parcerias. Também não fui informado de nada sobre os clubes da cidade. Nós não faremos nada, de forma nenhuma”, declarou.

Segundo ele, o momento não é de comemoração e o gasto, segundo ele, desnecessário. “Acho que com a crise estamos passando é um gasto de dinheiro desnecessário com uma coisa tão mundana, acho errado. Temos que ir procurar a Deus nesse período de crise”, disse.

Em Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima, cidades próximas ao município administrado por Lopes, foram feitos acordos e as festas serão realizadas em parceria com empresários.

Carnaval em Rio Branco será nos bairros
A Prefeitura de Rio Branco confirmou que vai cortar o apoio institucional para a festa de Carnaval, que este ano ocorre entre os dias 5 e 9 de fevereiro. Em 2015, 30 bairros da capital acreana foram apoiados, esse ano, apenas 13 terão apoio.

Texto: Anny Barbosa/Do G1 AC

Porto Acre abre novo processo seletivo

A Secretária Municipal de Ação e Assistência Social de Porto Acre publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira, 28, abertura do processo seletivo simplificado para atender a demanda dos Programas e Serviços Sociais do Programa Bolsa Família.

São ofertadas duas (02) vagas para Assistente Social e outras duas (02) para Psicólogos, ambas com salário de R$ 1.900,00; Educador Social (04 vagas) R$ 897,00; Orientador Social (06 vagas) R$ 897,00; e Cadastrador R$ 897,00 (não informado o número de vagas).

As inscrições serão realizadas exclusivamente na Secretaria Municipal de Ação e Assistência Social de Porto Acre, situada à Rodovia AC 10, Km 57, Porto Acre – AC, no dia 04 de Fevereiro de 2016 das 08h às 12h e de 13h às 16h. As inscrições serão gratuitas e não serão aceitas inscrições fora do prazo, por via eletrônica, por via telefônica ou por correio.

Para se inscrever o candidato deverá ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos e preencher os requisitos mínimos para ingresso na função. O candidato não poderá efetuar mais de 01 (uma) inscrição, mesmo que seja para cargos distintos. Para mais informações, acesse a página do DOE: http://www.diario.ac.gov.br/

Acre, Amapá e Amazonas são os 3 únicos Estados sem registro de casos suspeitos de microcefalia

O número de casos suspeitos de microcefalia notificados no país até 23 de janeiro subiu para 4.180, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (27). Desse total, 3.448 casos continuam em investigação e 270 casos foram confirmados, sendo que 6 tinham relação ao vírus zika. Outros 462 casos notificados já foram descartados.

“Em relação ao boletim divulgado no dia 20 de janeiro, é possível constatar a tendência de redução no número de notificações. O aumento identificado em uma semana de casos notificados foi de 7%. No entanto, a quantidade de casos descartados cresceu 63%, passando de 282 para os atuais 462″, disse Cláudio Maierovitch, diretor do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde.

De acordo com o boletim, os 4.180 casos notificados foram registrados em 830 municípios de 23 Estados e o Distrito Federal.

A região Nordeste concentra 86% dos casos notificados, sendo que Pernambucocontinua com o maior número de casos que permanecem em investigação (1.125), seguido dos Estados da Paraíba (497), Bahia (471), Ceará (218), Sergipe (172),Alagoas (158), Rio Grande do Norte(133), Rio de Janeiro (122) e Maranhão(119).

Até o momento, foram notificadas 68 mortes provocadas pela má-formação, doze confirmados para a relação com alguma infecção congênita, todos na região Nordeste (10 no Rio Grande do Norte, um no Ceará e um no Piauí). Continuam em investigação 51 mortes e outras cinco já foram descartadas.

Segundo o boletim, até o momento, 22 Estados registram casos de circulação autóctone (com origem no local) do vírus zika: Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul,Roraima, Amazonas, Pará, Rondônia, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo eParaná.
O que é microcefalia

Um bebê nasce com microcefalia quando o tamanho de sua cabeça é igual ou menor a 32 centímetros. O tamanho padrão do crânio do bebê fica em torno de 34 a 37 centímetros.

O grande aumento dos casos de microcefalia acontece ao mesmo tempo em que o país vive um surto de casos de zika, vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite a dengue e a febre chikungunya.

A relação do vírus com a microcefalia já foi confirmada após a morte de um bebê cearense cuja mãe foi infectada durante a gravidez.

A investigação dos casos de microcefalia relacionados ao zika está sendo feita em conjunto com gestores de Saúde de Estados e municípios.
Distribuição dos casos notificados de microcefalia por Estado

REGIÃO NORDESTE

Alagoas: 158 (158 em investigação)
Bahia: 533 (471 em investigação, 35 confirmados, 27 descartados)
Ceará: 229 (218 em investigação, 4 confirmados, 7 descartados)
Maranhão: 134 (119 em investigação, 0 confirmado, 15 descartados)
Paraíba: 709 (497 em investigação, 31 confirmados, 181 descartados)
Pernambuco: 1.371 (1.125 em investigação, 138 confirmados, 110 descartados)
Piauí: 91 (91 em investigação)
Rio Grande do Norte: 208 (133 em investigação, 60 confirmados, 15 descartados)
Sergipe: 172 (172 em investigação)

REGIÃO SUDESTE

Espírito Santo: 52 (52 em investigação)
Minas Gerais: 48 (8 em investigação, 1 confirmado, 39 descartados)
Rio de Janeiro: 122 (122 em investigação)
São Paulo: 18 (18 em investigação)

REGIÃO NORTE

Acre: sem registro
Amapá: sem registro
Amazonas: sem registro
Pará: 6 (6 em investigação)
Rondônia: 1 (1 em investigação)
Roraima: 5 (5 em investigação)
Tocantins: 82 (70 em investigação, 0 confirmado, 12 descartados)

REGIÃO CENTRO-OESTE

Distrito Federal: 14 (5 em investigação, 0 confirmado, 9 descartados)
Goiás: 62 (62 em investigação)
Mato Grosso: 147 (110 em investigação, 0 confirmado, 37 descartados)
Mato Grosso do Sul: 4 (3 em investigação, 0 confirmado, 1 descartado)

REGIÃO SUL

Paraná: 10 (2 em investigação, 0 confirmado, 8 descartados)
Santa Catarina: 1 (1 descartado)
Rio Grande do Sul: 1 (1 confirmado)

TARAUACÁ/ELEIÇÕES 2016: Grandi Almeida chega no PP como pré-candidato a prefeito

O empresário Grandi Almeida chega ao PP como pré-candidato a prefeito de Tarauacá. A proposta é apresentar uma frente alternativa que possa unir a população em torno de um nome empreendedor.

Segundo Grandi, a pré-candidatura veio depois de uma reunião com a direção estadual do partido que busca há meses a união de todas as legendas em torno de um projeto político para a melhoria dos serviços públicos.

“Depois de meses em torno de nomes e propostas que pudessem representar a renovação, o debate entre os partidos ainda continua, pois buscamos a união de forma incansável. Vamos combater aqueles que defendem o projeto pessoal”, explicou o empresário.

Para o filiado do PP, a atual gestão não proporcionou melhoria nas condições de vida da população, deixando apenas promessas vazias.

“O povo votou acreditando em melhorias, mas todo mundo continua sofrendo com a falta de creches, continuam sem ruas asfaltadas, sem saneamento básico, sem emprego, então os projetos não priorizaram mudanças para todos. Apenas poucos foram beneficiados, o que é preciso terminar”, reclamou Grandi Almeida.

O empresário afirmou que espera apenas a realização da convenção do partido para oficializar a candidatura, mas, até o dia do evento, ainda estará aberto para negociar com todas legendas que buscam a união e a melhoria dos serviços básicos.

(assessoria)

Conta de luz vai baixar a partir de fevereiro, anuncia Aneel

A conta de luz vai baixar a partir de fevereiro. A Agência Nacional de Energia Elétrica criou uma faixa mais barata pra bandeira vermelha, a taxa que os consumidores pagam quando as usinas térmicas estão ligadas. Faz um ano que a bandeira vermelha entrou em vigor. Até novembro, ela produziu uma arrecadação de mais de R$ 13 bilhões.

A Mônica não sabe mais o que fazer para economizar. Roupa pra passar? Olha aí, tudo acumulado. Só passa uma vez por mês. Lavar, começa sempre pelo tanquinho que é mais econômico. Micro-ondas, exaustor, tudo desligado. E as lâmpadas? Ai do filho que pensar em deixar alguma acesa.

Tanto esforço, mas as contas não diminuem. Com a decisão desta terça-feira (26) ela está um pouco mais animada.

“Vai ajudar. Pelo menos pra mim, sim vai ajudar muito”, diz.

Vai ajudar sim. Mas é bom continuar economizando. Porque vamos continuar com a bandeira vermelha, e todo mundo já sabe, bandeira vermelha, conta mais cara. No sistema de bandeiras tarifárias, há um ano nas contas, as cores são fixadas de acordo com o custo da geração de energia. As hidrelétricas produzem energia mais barata. As termelétricas, mais cara. Pra sair do vermelho, só com muita chuva, com os reservatórios cheios. 

Nesta terça-feira (26), a Agência Nacional de Energia Elétrica disse que com as últimas chuvas, a situação melhorou, principalmente no Sudeste e algumas termelétricas já foram desligadas e por isso decidiu reduzir as tarifas das bandeiras amarela e vermelha. 

“Nós ainda estamos no período úmido, que se encerra em abril, mas começa a dar acenos de que ele está muito mais favorável do que a gente identificou de 2010 até 2015 e isso nos permite tomar uma decisão com segurança, diminuindo o valor da bandeira tarifária. Entretanto, a cor ainda é vermelha”, explica André Pepitoni, diretor da Aneel.

Com a cor verde, não mudou nada. Se ela for adotada um dia, a tarifa não vai ter nenhum acréscimo. Já amarela caiu. De R$ 2,50 para R$ 1,50 para cada cem quilowats consumidos. 

E a bandeira vermelha, a única que tivemos até agora e que cobrava R$ 4,50, passa a ter duas faixas, dois patamares. O primeiro, mais baixo: R$ 3. O segundo, os mesmos R$ 4,50 de hoje.

A partir de primeiro de fevereiro, a bandeira vai continuar vermelha, mas com a tarifa menor, de R$ 3. 

O especialista Fernando Umbria diz que a conta continua cara: o governo baixou por decreto em 2013, depois teve que subir porque criou problemas no caixa das empresas. Veio a crise hídrica e a conta disparou, 51% no ano passado, segundo o IBGE.

“Nós temos encargos que precisaram ser repassados pro setor elétrico e que permanecem ao longo dos próximos quatro ou cinco anos. Não há uma expectativa de reduções importantes nesse período. Se formos pensar em alguma coisa, já temos que pensar do médio prazo pra frente”, aponta o consultor da LPS Energética.

Do G1/Jornal/Nacional