CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

TARAUACÁ: Rodrigo Damasceno faz birra e deixa transição pra última hora, diz colunista


Por Gina Menezes
A folha do Acre

Mimado

O prefeito de Tarauacá, Rodrigo Damasceno (PT), terminará sua administração da forma que começou: Fazendo birras, seguindo intrigas e vivendo à base das frivolidades do grupo que o cerca. O menino petista com cara de mimado deixou para a última hora a transição que deveria ter começado há um mês.

Infantil

Não dá para entender uma atitude infantil e antidemocrática como esta do Rodrigo Damasceno de não fazer a transição e nem sequer permitir que a equipe de Marilete Vitorino (PSD), prefeita eleita para a próxima gestão, se aproximasse da prefeitura.

Teve todas as chances

Rodrigo Damasceno tinha tudo para ser a maior liderança política daquela região, mas, optou por seguir enredos de novelas mexicanas baseadas em intrigas miúdas, fofocas e todo tipo de mesquinharia.

Não ajudaram

Rodrigo foi cercado por pessoas que não o ajudaram na gestão, apenas uma pequena minoria realmente estava comprometida com o crescimento da cidade. Havia um bando que só queria saber das passageiras benesses do poder.

Hora de repensar

Se Rodrigo Damasceno realmente pretende disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) está na hora de repensar sua forma de fazer política, rever as reais intenções dos seus supostos aliados e colocar os pés no chão para traçar um novo caminho


Marfisa Galvão

A esposa do senador Sérgio Petecão, Marfisa Galvão (PSD), tem deslocado sua imagem a do marido e construído sua própria trajetória política. Tem começado a definir sua personalidade e “modus operandis”. Isso é ótimo para a moça e para aqueles que apostam em seu futuro político.

Menos populista, talvez funcione

Marfisa tem tudo para ter um promissor futuro político, mas, para que isso aconteça é preciso dosar o populismo barato que o marido dela usa e começa a traçar novas estratégias. O eleitorado do Acre amadureceu.

Deslumbrado

Tem vereador recém eleito de Rio Branco que ainda não colocou os pés no chão e acha que está indo compor o parlamento britânico. Bastarão três meses de trabalhos na Câmara e ele será obrigado a calçar as sandálias da humildade ou começar a se preparar para ser vereador de um mandato só.

Vai passar

Todo começo de legislatura é a mesma coisa: Parlamentares deslumbrados, incoerentes e sem noção. No final, eles terminam só incoerentes e sem noção, mais se tornam também mais humildes. Fato!

Juliana Rodrigues

A deputada estadual, Juliana Rodrigues (PRB), faz na Assembléia Legislativa do Acre (Aleac), um mandato sem arroubos e bravatas. Porém, nem por isso é menos competente em tudo que faz. A parlamentar possui uma das mais fortes bases eleitorais já vista.

Forte

Juliana Rodrigues cresceu bastante ao ajudar a reeleger o vereador, Manoel Marcos, para a Câmara de Rio Branco e mostrou força política.

Bom dia a todos!

Nenhum comentário: