CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Governo paga quase R$ 10 milhões em prêmio de valorização para a Segurança

Gestores da Segurança Pública durante reunião de detalhamento dos pagamentos (Foto: Angela Peres/Secom)
Agência de Notícias do Acre - Nesta sexta-feira, 9, em cumprimento à lei sancionada pelo governador Tião Viana, o Estado paga a terceira e última parcela de 2016 do Prêmio de Valorização da Atividade Policial (PVAP) para PMs, civis, bombeiros e agentes penitenciários. Só este ano foram pagos pelo governo R$ 9.091.394,45 milhões em prêmios para a Segurança Pública.

Durante agenda para tratar do assunto, os comandantes da Polícia Militar do Acre (PMAC), coronel Júlio César, e do Corpo de Bombeiro Militar do Acre (CBMAC), Roney Cunha, comentaram a importância do prêmio, juntamente com os secretários de Polícia Civil, Carlos Flávio Portela, e de Gestão Administrativa, Sawana Carvalho, além do diretor-presidente do Instituto de Administração P

“O que mais o governador Tião Viana prima é pelos salários em dia. Prova disso é a garantia do salário de dezembro, o 13º, e o prêmio de valorização da Segurança. Além disso, diversos concursos foram realizados este ano, chamamentos para a Polícia Civil, agente, escrivão. Convocamos recentemente mais PMs e bombeiros e estamos trabalhando um concurso para o ISE [Instituto Socioeducativo]”, destacou Sawana Carvalho.

Mesmo em meio ao cenário mais drástico da crise econômica brasileira, o Estado do Acre tem sido um dos poucos da federação que conseguiu superar os momentos mais críticos. Isso graças aos esforços do governo, que, além de investir em alternativas econômicas, conseguiu honrar com o pagamento de salários dos seus servidores e fornecedores em 2016.


Somente para a Polícia Militar foram pagos R$ 4.461.569,08, como forma de valorizar os profissionais que recebem pelo desempenho calculado com base nos resultados das metas gerais, por unidade de trabalho (batalhões e delegacias), conforme definidas via decreto do Executivo. Além disso, também são pagos mensalmente R$ 800 mil com horas extras, representando um custo anual de R$ 9,6 milhões, para aumentar o efetivo operacional nas ruas e valorizar os policiais com uma remuneração extra.

“Esse prêmio vem contribuir com o trabalho dos profissionais da Segurança Pública. Enquanto em outros estados os servidores sequer recebem seus salários, aqui no Acre a gente vê nossos profissionais sendo pagos, reconhecidos e valorizados pelo governo. A corporação reconhece esse esforço, e o governo avança para começarmos 2017 a todo vapor, com o fortalecimento dos salários dos inativos”, declarou o comandante.

Para o CBMAC foram pagos R$ 992.509,95 em prêmio de valorização. Além disso, foi promovido concurso público para contratação de até 29 bombeiros. A tropa estima que 2016 foi o ano em que houve mais promoções.

“Esse prêmio traduz reconhecimento e compromisso do governo com a corporação. Este ano vamos fechar finalizando o concurso para oficiais, o que causa impacto muito positivo para a gente. A tropa retribui mantendo a qualidade da nossa instituição em ordem”, destacou Roney Cunha.

Já a Polícia Civil recebeu mais de R$ 1 milhão em prêmio de valorização e avançou em diversas outras linhas. “Exemplo disso é o pagamento do banco de horas, cumprido de maneira unânime em todo o sistema. Isso reforça o ânimo da tropa. Este ano foram convocadas 164 pessoas em concurso público. Também temos um certame em andamento e vamos avançar em mais processos em 2017”, afirmou Portela.

O Iapen, que conta com o segundo maior efetivo, calcula o pagamento de R$ 2.062.115,89 em prêmio de valorização. “Além disso, tivemos várias realizações, como a contratação de 130 agentes penitenciários provisórios, que estão ajudando muito no desempenho das funções nas penitenciárias. Graças aos esforços do governo, já recebemos os repasses dos convênios para 2017”, detalhou Hessel.O Iapen, que conta com o segundo maior efetivo, calcula o pagamento de R$ 2.062.115,89 em prêmio de valorização (Foto: Arquivo Secom)

Nenhum comentário: