CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Três agências do Banco do Brasil serão fechadas no Acre

AC24HORAS - O presidente do Sindicato dos Bancários do Acre, Edmar Batistela confirmou na tarde desta segunda-feira (21), que serão três agências do Banco do Brasil fechadas no Acre. Uma será em Assis Brasil, como o site ac24horas publicou pela manhã, e duas em Rio Branco.

Em Assis Brasil, a agência será transformada em Posto de Atendimento. Em Rio Branco, serão extintas a agência situada no bairro Estação Experimental e a Agência Parque, situada no centro em frente a OCA.

A medida anunciada pelo Banco do Brasil prevê fechamento de 402 agências e 379 serão transformadas em postos de atendimento, além de encerramento 31 superintendências em diversos municípios. Com a reorganização, 222 agências serão fechadas apenas no Estado de São Paulo.

A reestruturação de agências e o plano de aposentadoria incentivada podem gerar uma economia anual de R$ 3,798 bilhões, caso os 18 mil funcionários habilitados optem por deixar o banco em troca de benefícios.

Batistela ressaltou que o sindicato repudia a medida e não concorda com essa reestruturação porque o atendimento irá piorar.

A medida irá piorar o atendimento à população e à sociedade, atendimento esse que já não é bom. E esse possível plano de aposentadoria, sem a reposição dos bancários aposentados, certeza irá também sobrecarregar os bancários que permanecerem na ativa causando mais transtornos e prejuízos à população”, disse.

O presidente disse ser cedo para informar o número, mesmo em estimativa, de bancários que podem ficar desempregados ou partir para a aposentadoria e também a quantidade de clientes afetados.

A migração de clientes atendidos em agências fechadas será automática. Não haverá mudança de cartões e senhas para transações na nova agência, mesmo que haja alteração no número da conta. O banco vai comunicar a mudança via site, SMS, aplicativo para celular, caixa eletrônico, correspondências e cartazes nas agências. As mudanças estão previstas para o início do próximo ano.

Nenhum comentário: