CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

JORDÃO: MULHER ASSASSINADA A FACADAS NO BANHEIRO DE CASA


Por Leandro Matthaus - Mais uma mulher foi vitimada no município de Jordão. No início da noite de quinta-feira, 13. A vítima é Maria José Bezerra Paulino “a Boneca”, 29 anos, foi morta com várias facadas dentro do banheiro da própria casa, segundo a polícia, a mando do ex-marido, José Roberto do Nascimento vulgo "Gilbertinho do Lanche”, 43 anos. O suspeito de ter esfaqueado Maria José é Esmael Carlos do Nascimento, 20 anos, irmão de Gilbertinho. Ambos já cumpriram pena por tráfico de drogas. 

Segundo o Comandante da Polícia Militar de Jordão, Sargento Fortunato, o crime aconteceu por volta das 19h20min. “Por volta das 19h20min aconteceu lamentavelmente um homicídio em Jordão, o mandante conhecido como Gilbertinho do Lanche mandou seu irmão o agente conhecido como Ismael matar sua ex-esposa com vários golpes de faca”. Afirmou Fortunato.  Ainda segundo o PM, o crime foi premeditado e que segundo informações a vítima vinha sendo espancada há dias pelo ex-companheiro. “A Polícia Militar juntamente com a Polícia Civil imediatamente investigou os fatos e associou que o crime foi premeditado, pois os autores premeditaram o crime. Também obtivemos informações que a vítima sofria espancamentos e ameaças constantes do seu ex”. 

Os acusados de assassinarem a mulher já foram presos, e encontram-se a disposição da Justiça para que sejam julgados pelos seus crimes. 

A vítima foi encontrada morta dentro do banheiro com vários golpes de facas. Um dos golpes foi desferido na sangria. “Quando o pessoal do SAMU chegaram para socorrer ela já estava morta, caída dentro do banheiro e vestida apenas de calcinha”. Segundo consta o boletim de ocorrência. 

Três assassinatos com requintes de crueldades foram registrado em menos de dois em Jordão. Diante desse cenário de tristeza se há algo a comemorar é a agilidade da PM e da PC do município em solucionar os casos. 


Blog Tarauacá Agora

Nenhum comentário: