CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Deputado acreano diz que PEC 241 é “freira por fora e prostituta por dentro”


A Folha do Acre - O deputado federal Moisés Diniz (PCdoB) usou o Facebook para justificar a sua ausência na sessão de segunda-feira (10) que foi votado, em primeiro turno, o Projeto de Emenda a Constituição (PEC) 241, que versa sobre a definição do teto de limites de gastos, mas aproveitou para afirmar que é contra a proposta e classificou a PEC como um engodo.

Para o comunista, a proposta 241 é uma “freira por fora e prostituta por dentro”.

Moisés afirmou que a intenção, equilibrar as contas públicas, chega até ser uma boa intenção, mas frisou que o método não seria adequado.

O problema é realmente o método: tira dinheiro da população, sendo recursos da educação e saúde”, disse.

O parlamentar comunista afirma, ainda, que será, supostamente, retirado da população seria destinado especificamente para quitar débitos com banqueiros.

O deputado que afirmou que se ausentou da sessão por motivos de saúde garante que estará na Câmara Federal durante votação em segundo turno.

Estou me recuperando de uma cirurgia e por isso não pude participar, mas se Deus quiser, estarei lá para votar em segundo turno”, disse.

2 comentários:

Josman Neri disse...

Preconceituosa essa analogia do Dep. Moisés.

_ disse...

O primeiro item das prioridades da nova ordem mundial é a eliminação de 90% da população mundial algo em torno de 6,5 bilhões de pessoas para que os recursos naturais seja compatível com uma população limitada a 500 milhões apenas. A PEC 241 está sendo implantada no Brasil para favorecer o cumprimento da agenda da elite global iluminattis nesta nação onde o povo pobre nunca tenha condições de fazer parte da elite e serão obrigados a trabalhar como escravos durante o tempo em que viver saudável para enriquecer cada dia mais o bolso da elite perdendo assim sua saúde e consequentemente sua vida pois ao ficarem doentes não encontrarão respaldo do sistema de saúde que não terá médicos, remédios, tratamentos e nem recursos financeiros sociais para se manter vivo e com saúde, em suma o governo de Michel Temer quer um povo burro, pobre e sem saúde para viver pouco e enriquecer a elite maldita enquanto vivo ou melhor, sobrevivente aqui no planeta terra.

Tags: pec 241, golpe, farsa, nova ordem mundial, iluminattis, iluminates, controle, redução da população, elite global, perigo, ameaça, atentado à vida, #foratemer.