CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Alunos, sociedade civil e lideranças indígenas participam de diagnóstico no Campus Tarauacá


ASSESSORIA IFAC - Representantes da sociedade civil organizada do município de Tarauacá atenderam ao convite da direção geral do Campus do Instituto Federal do Acre (IFAC) e participaram ativamente das atividades desenvolvidas na tarde do dia 4 e manhã do dia 5, durante a realização do fórum de gestores e encontro com a comunidade para a elaboração do Planejamento Estratégico da instituição.

O evento contou com a participação dos alunos e lideranças indígenas, através de pedido do grêmio e dos próprios alunos. Na abertura a metodologia de divisão dos eixos temáticos e participação dos convidados foi explicada pelos consultores Peter Dostler e Marcos Flávio. Na abertura do fórum, o diretor geral do Campus Tarauacá, prof. Sérgio Flórido, que agradeceu a presença dos alunos e das lideranças indígenas e das entidades representativas do município.


Participaram do encontro o assessor Indígena da Prefeitura Municipal de Tarauacá, Bené Kaxinawa; o cacique Assis Kaxinawa, da Aldeia Pinuya; o representante da Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária, Francisco Assis Souza; o representante do Colegiado Territorial Rural da Regional Tarauacá/Envira, Lázaro Almeida; o professor Kaxinawa da Aldeia Caucho, Francisco das Chagas Kaxinawa; e o representante do Nedet em Tarauacá/Envira, Diana Maria de Sá Oliveira.

A reitora do IFAC, profa. Rosana Cavalcante dos Santos, em sua saudação inicial fez referência aos Institutos federais que estão realizando o Planejamento Estratégico, enfatizando que, com esta ação, o IFAC planeja o seu futuro, transformando fragilidades em potencialidades, através das propostas apresentadas pelos participantes de cada eixo temático.


A mobilização nacional em defesa da educação e dos Institutos Federais realizada no dia 29 foi lembrada pela reitora, que destacou a importância do envolvimento de cada unidade atendendo a convocação do Conif. “Não podemos deixar de participar dessa discussão nacional, para que todo o trabalho que está sendo realizado nos campi não seja prejudicado. Esta mobilização é importante para que se discuta o papel da Rede Federal e qual a contribuição que o IFAC oferece à sociedade”.

Envolvimento com as comunidades indígenas – As lideranças indígenas e alunos que participaram do diagnóstico, após o encerramento das apresentações, fizeram uma avaliação da participação da comunidade externa nessa fase do Planejamento Estratégico. O intercâmbio e troca de conhecimento tradicional entre os participantes do encontro foi enfatizado pelos representantes das comunidades indígenas.


O cacique Assis Kaxinawa, líder da Aldeia Pinuya, destacou a importância de participar com membros da aldeia, das discussões nas salas temáticas. “Para mim é muito importante participar desse encontro, pois podemos propor a ampliação da participação de nossos jovens nos cursos. Hoje temos dois alunos e precisamos dos conhecimentos técnicos, para ampliar a área de produção da agricultura, piscicultura e da nossa cultura”.

O assessor indígena da Prefeitura Municipal de Tarauacá, Bené Kaxinawa, agradeceu ao convite e disse que o IFAC já vem desenvolvendo ações conjuntas com a prefeitura, citando a oferta de cursos através do Pronatec Indígena, valorizando a cultura local. Ele disse que o IFAC pode contribuir, também, com ações na área da Extensão, com a oferta de cursos nas comunidades e na sede do campi.

Com vistas a ampliar as parcerias com as comunidades indígenas, o IFAC deverá assinar Termo de Cooperação com a coordenação da FUNAI na Regional do Juruá, para atender demandas específicas nos municípios de Tarauacá e Cruzeiro do Sul. Uma reunião foi realizada no dia 3 de outubro, com o coordenador da FUNAI, Luiz Valdenir, quando ficou definido que a reitora Rosana Cavalcante dos Santos assinará o documento com um Plano de Trabalho envolvendo os campi de Cruzeiro do Sul e Tarauacá.

Valorização dos alunos nas decisões – Os alunos fizeram questão de valorizar a participação no encontro com sugestões, contribuindo para que as decisões sejam baseadas no interesse da comunidade. Os alunos reconhecem que a implantação do IFAC no município está fazendo a diferença com a formação em áreas de interesse da comunidade.

A representante dos alunos no Conselho Superior do IFAC, Luzia Neri da Silva, aluna do 2º ano do curso Técnico em Agricultura, destacou que a participação no planejamento é fundamental para os alunos. “Além de adquirir mais conhecimento, os alunos podem contribuir com propostas, pois vivenciamos os problemas e podemos dizer como resolvê-los”.


Outro aluno do mesmo curso, Denilson Silva Davi, monitor de Solos, destacou que o Planejamento estratégico tem importância para o futuro do IFAC. “Estes debates, com a participação dos alunos, oferece uma oportunidade para que possamos apresentar nossas propostas e dizer o que o IFAC pode oferecer para a juventude do futuro”.


Veja mais fotos na REDE IFAC

Nenhum comentário: