CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

sábado, 10 de setembro de 2016

Policial militar é assassinado com tiro à queima-roupa durante assalto no Conjunto Esperança


O 3º sargento do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do Acre, Jean de Oliveira Menezes, 40 anos, foi assassinado por volta das 12 horas desta sexta-feira (9) no Conjunto Esperança, em Rio Branco. Jean foi morto após perseguir os assaltantes próximo a uma casa de carne, na rua Cruzeiro do Sul, durante um assalto.

De acordo com informações de populares, o policial foi a óbito ao levar um tiro à queima-roupa por um dos assaltantes. “Mandaram todos deitar e viram que ele estava armado e atiraram”, contou uma das pessoas que foi feita refém no assalto. Segundo informações da polícia, dois assaltantes invadiram a casa de carne durante o assalto.


De acordo com o coronel da PM, Kimpara, a polícia ainda levanta maiores informações. “Estamos fazendo de tudo para prender logo o assassino”, disse.

Assaltante que atirou em PM é morto; “Infelizmente o outro está vivo”, diz coronel.

O sub-comandante da Polícia Militar do Acre, coronel Ulisses Araújo, afirmou que um dos assaltantes envolvidos na morte do 3º sargento do Batalhão de Trânsito, Jean Menezes, foi morto durante troca de tiros com a polícia ainda no bairro Conjunto Esperança.

Ele lamentou que o outro assaltante tenha sido capturado vivo. “Infelizmente ele está vivo, não teve nem a hombridade de reagir, pois se tivesse reagido ele também estaria morto”, declarou.

Com a voz embargada, Ulisses afirmou que a PM vai reagir de forma dura a todo ataque contra um dos seus membros.

A nossa resposta vai ser sempre assim”, declarou sobre a morte do assaltante ainda não identificado.

A resposta da Polícia Militar veio 40 minutos após a morte de Jean Menezes, assassinado com um tiro à queima-roupa durante assalto a uma casa de carne.


Assaltante foi morto com tiro na cabeça/Foto: Folha do Acre

Folha do Acre

Nenhum comentário: