CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

CRUZEIRO DO SUL: Expoacre Juruá será realizada na Avenida Mâncio Lima

Barracas estão sendo montadas Elas vão abrigar mais de 400 expositores (Foto: Flaviano Schneider)
Agência Acre - Começou a montagem das barracas para a 13ª edição da Expoacre Juruá, evento realizado em parceria entre o governo do Estado e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Diferentemente dos últimos anos, em que a exposição realizou-se no pátio de estacionamento do Estádio Arena do Juruá, nesta edição ela será realizada na Avenida Mâncio Lima, no período de 4 a 7 de setembro.

O coordenador da feira pelo governo do Estado, Dudé Lima, conta que muito se falou de que o evento não iria ser poasível devido à crise econômica, mas o governador Tião Viana, pelo respeito que tem com a região e motivado pela pujança do comércio, da indústria e dos pequenos empreendedores locais, decidiu se empenhar pela realização.

Dudé lembrou o apoio decisivo do Sebrae e a parceria com empresários locais, que vão organizar os shows e possivelmente a cavalgada e o rodeio, itens que ainda aguardam confirmação final.

Secretarias como a de Estado de Turismo (Setul), de Indústria (Sedens) e dos Pequenos Negócios (SEPN) estão empenhadas na realização da feira, além do Deracre, que tomou para si a incumbência de limpar toda a Avenida Mâncio Lima e o canal.

A gerente da SEPN, Marisa Diniz, informou que mais de 40 empreendimentos que têm ligação com o trabalho da secretaria estarão participando da exposição, entre eles 12 de artesanato, além da presença da Malharia Verde Moda e da Floricruzeiro. “A exposição até perde a graça se não tiver a participação dos pequenos”, disse.
Otimismo

O gerente do Sebrae local, Manoel Orleilson Silva, está otimista quanto aos resultados financeiros da Expoacre Juruá. “Vamos ter negócios de pequeno porte, microempresas, microempreendedores individuais, agricultores e representantes da economia solidária. São mais de 400 expositores”, adianta.

A expectativa, segundo ele, é de que as vendas pelo menos alcancem o mesmo patamar do ano passado – em torno de R$ 2 milhões.

Para fundamentar sua expectativa, ele lembra que a feira do Novenário deste mês (6 a 15) teve um faturamento de R$ 1,5 milhão, superando em R$ 500 mil a do ano passado.

Ele considera que o fato de a exposição ser na Avenida Mâncio Lima deverá atrair mais pessoas, a julgar pela economia que haverá com o transporte para a feira.

Nenhum comentário: