CONTATO: gomesaccioly@gmail.com - 68 99775176

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Senador Jorge Viana conversa sobre a reforma política com o judiciário acreano


Nessa semana entrou em funcionamento no Senado Federal a Comissão especial da Reforma Política que tem o senador Jorge Viana como seu presidente e o senador Romero Jucá como relator. Por conta disso, Jorge Viana deu início a uma série de visitas institucionais e conversas de modo a colher apoios, sugestões e demandas para a reforma política que o país precisa.

Nessa semana as conversas se deram com ministros do TSE, com o presidente da Câmara dos Deputados, com o presidente do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski e com a presidenta Dilma Roussef, buscando uma inédita costura entre os três poderes da república de forma a dar efetividade à reforma.

Nesta sexta-feira o senador cumpriu agenda em Rio Branco e esteve reunido com membros do judiciário acreano. Estiveram presentes à conversa o desembargador Adair Longuini, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Acre, os desembargadores Roberto Barros e Junior Alberto, o juiz estadual Dr. Raimundo Nonato, o juiz federal Dr. Naider Pontes de Almeida, o procurador da República Dr. Ricardo Alexandre e os advogados da OAB Dr. José Teixeira e Dr. Antônio Araújo da Silva. Durante o encontro Jorge Viana ouviu atentamente, sugestões e observações daqueles que lidam diretamente com o processo eleitoral, colhendo importantes contribuições para seu trabalho na Comissão Especial.

É muito importante ouvir aqueles que aqui, no meu estado, cuidam do processo eleitoral. Precisamos dar uma resposta à sociedade. É uma questão muito complicada, mas começamos a ver uma luz no final do túnel, para que possamos moralizar nossas eleições e, consequentemente, a atividade política”, ressaltou o senador Jorge Viana. E, logo depois, complementou o trabalho que está sendo feito ao dizer que “Nosso principal objetivo é reduzir o poder do dinheiro nas eleições. É fazer com que o candidato precise ter propostas e não marqueteiros.”

O senador deixou claro, ainda, que vai dar prosseguimento às conversas sobre a reforma política. “Na próxima semana vamos procurar os ex-presidentes Fernando Henrique e Lula. Assim estamos criando o ambiente apropriado para votarmos temas que deem uma satisfação à sociedade que cobra mudanças na política.” 

(Assessoria)

Nenhum comentário: